EU JÁ LI!

4 livros infantis para não ficar de "Cabeça Quadrada"

Livros infantis discutem o uso da tecnologia na infância.

Emília Nuñez (contatomaequele@gmail.com)
- Atualizada em

Recentemente participei de uma mesa redonda promovida pela "Revista Meu Bebê" no Colégio Antônio Vieira que discutia "A geração Alpha". Dentre outras grandes profissionais, na mesa estava a maravilhosa Tatiana Pedreira, psicologa e mãe. Ela nos falou sobre as relações esvaziadas que muitas vezes são a consequência do uso excessivo das telas. A fala dela repercutiu demais em mim. De fato é o que mais vemos (temos) hoje em dia. Relações atravessadas pelas urgências dos bips do celular, pela curiosidade e ansiedade de ver as redes sociais, de muitas vezes estarmos muito ocupados com nossas telas mas de fato, fazendo/vendo/resolvendo nada. E nesse movimento, diversas vezes deixamos no meio do caminho o que realmente importa. Quando temos filhos, muitas vezes interrompemos os nossos momentos juntos para verificar se está tudo bem on-line ou para atender algum chamado virtual. "Mamãe precisa responder" / "É o trabalho"/ "É rapidinho" são algumas justificativas que damos para nossos filhos. Se é consenso que uma criança não deve ficar mais de duas horas expostas às telas... Eu me pergunto: E nós, pais, quantas horas por dia podemos utilizar nossos tablets, celulares e computadores na presença dos nossos filhos?

Na resenha de hoje trouxe 4 livros infantis que podem nos ajudar a pensar no tema!

Boa leitura!