Amor de primo

Se você passou pela infância e adolescência, sem se apaixonar por um primo ou prima… parabéns! Você pode entrar para o gráfico das exceções em alguma pesquisa que o IBOPE venha a fazer algum dia sobre este assunto.

Por todos os relatos que ouvi de amigos, “primos”, colegas e até desconhecidos… a maioria das pessoas já viveu uma paixãozinha, quase sempre platônica, por um primo.

Os primos que eram mais próximos, criados como irmãos, não vamos considerar como amostra… mas vez ou outra aparecia aquele que morava distante, que você não via há muito tempo, que da última vez que você encontrou era feio, sem graça e bobão… mas de repente, vocês se reencontraram e para surpresa dos dois, surgiu aquele “climinha”. Ele percebia que a prima se tornou uma gatinha de encher os olhos, ela notava que o primo se transformou em um garoto lindo e interessante… e então na troca de olhares, subia uma trilha do U2 e começava aquela atração gostosa e ao mesmo tempo com gostinho proibido.

E ainda tem aquela situação em que os primos viviam brigando, discutindo, saiam até no tapa, mas no fundo mesmo queriam era terminar aos beijos. E assim resolviam confessar, depois de muito tempo, que o desdém não passava de uma atração incubada.

Já ouvi falar de alguns casos que deram certo e foram parar no altar, outros não passaram de uma paquera sem pretensões maiores e que acabou depois daquelas férias de verão onde a família inteira se reuniu… outros quiseram ficar juntos, mas os pais foram contra e interromperam a história.

Trouxe esse assunto hoje, a pedido de um rapaz que lê o blog e me mandou um e-mail contando a sua história de amor com uma prima. Eles chegaram a namorar por um tempo, mas a família não aceitava muito bem, então eles terminaram. Hoje, cada um leva a sua vida… ele casou logo depois de ter terminado com ela… e ela se casou no ano passado.

Os dois sempre se encontram nas festas de aniversário da família e invariavelmente, passam o Natal juntos. Para muitos, essa foi uma história que ficou no passado… para ele, esse é um sentimento que ainda não foi finalizado. Nunca traiu a sua esposa, mas confessa que sempre que reencontra a sua prima, tem a certeza que teria sido muito mais feliz com ela… e contrariando a razão, o coração bate mais forte ao revê-la.

Sobre ela não se sabe… no e-mail ele me contou que sente um olhar carinhoso e meio nostálgico que vem dela, mas prefere não acreditar que aquilo seja algo parecido com amor… é uma forma de se manter distante e aceitar o que o destino separou.

Bom, para contribuir com a pesquisa que fiz para saber quem já viveu um affair com algum primo… declaro que também já tive o meu… na adolescência, fui muito apaixonada por um primo bem mais velho e que não me dava a menor atenção de homem… apenas brincava muito comigo, nada além disso. E eu? Ahh… cheguei até a imaginar o nosso casamento inúmeras vezes e até o nome dos nossos filhos, claro!

Mas assim como veio, acabou… e no primeiro namoradinho que encontrei, esqueci por completo o amor pelo primo.

Desejo ao meu amigo que inspirou esse post, muita serenidade para entender o que passa no seu coração, independente do caminho que ele queira seguir. Não sou eu quem vou explicar as questões que envolvem esse tipo de sentimento, aposto em Freud para dar uma força…

Mas estou aqui torcendo para que os finais sejam sempre felizes.

E você? Já se apaixonou por algum primo ou prima?

Esta entrada foi publicada em Cotidiano. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

274 respostas a Amor de primo

  1. Paloma disse:

    Noooossaaaaa!!!!!
    Fui longe agora! Como vc consegue ficar futucando os nossos amores, hein Liz??? kkkkkkkk
    Que coisa boa de lembrar.
    Já me apaixonei perdidamente por um primo. Era EXATAMENTE como vc descreveu: a gente brigava, quase se estapeava, mas no fundo o que a gente queria era outra coisa…rsrs
    Ficamos em uma festa de Natal e emendamos reveillon e o verão inteiro. Ficávamos escondido…rs
    Mas ele teve q viajar p fazer um intercambio e tivemos q nos separar :(
    Qdo ele voltou, tudo já tinha passado e cada um vivia novas experiências.
    Mas foi lindo!!!! E uma delícia poder relembrar agora!
    Tomara q o seu leitor consiga entender e correr atrás do que ele quer!!! Sorte!
    Beijos
    Adoooooro o seu blog!

    • Maria Luiza disse:

      Eu nem precisei ir muito longe, minha historia começa em 1987, há 26 anos,eu com apenas 18 anos, em ferias do meu primeiro emprego, resolvi ir ao interior de SP visitar meus tios e primos, sentia fatal deles, que hã algum tempo não via, reencontrei todos bem, mais rever meu primo da minha idade, mexeu comigo, passei creio que 10 dias lá, uma noite estavamos os dois comendo pipoca na varanda da casa e nos beijamos, nunca mais esqueci o gosto daquele beijo, me apaixonei pra sempre por ele, e creio que ele por mim, eu morava no interior de Minas 800 km de distancia, passamos noites perfeitas juntos, agarradinohs, ciente da paixão que nos unia, masi eu tonah de voltar, como doeu essa separação, naquela epoca, so existia o correio pra aliviar nossa saudade. Quando nossa familia soube que estavamos apaixonados, porque não tinhamos sequer rotulado de namoro, nosso beijos, nossos encontros,, estavamos amando so isso, mais quando eles descobriram, começou a guerra por sermos primos primeiros, a mae dele com um genio fortissimo, identico ao meu, abriu fogo contra mim que no auge da juventude não sabia como contornar e reagia a campanha que ele fazia contra mim, apresentando garotas, demonstrando a ele o meu lado dificil, dominando o filho querido.Enfim nos separamos, meses depois um tio nosso faleceu , e ele veio a minas juntamente com a familia para o funeral,é inexplicavel, dizer como doeu ver ele ali pertinho, e não poder tocar, beijar, por raiva, medo.Acabou que mais uma vez discuti com a mae dele, fui ora minha casa e ele voltou pra Sp sem sequer nos falarmos. Dois meses depois ele voltou a Minas desta vez de mala e cuia, desentendido com a mae, veio morar na casa de um dos nosssos tios, eu tinha acabdo deiniciar um namoro com um carinha legal, e ele passava as tarde na minha casa, me provocava elogiava ostensivamente as outras garotas, teve uma vez que do nada, beijou uma garota na minha frente, beijo que custou meu namoro, pq foi impossivel não ver que ele tinha me atingido com tal gesto, mais nem assim conseguimos nos acertar,eu achava que ele tinha me abandonado, cedido a pressão da familia, da mae, e que ele devia me procurar,não o fez, voltou pra cidade dele, algumas vezes eu ainda cinfessei a ele o meu amor, mais ele não acreditou, não me restava fazer nada, além de sofrer, emagreci, chorei e levantei,fui viver minha vida, namorei, casei, no mes do meu casamento, dezembro/91minha tia foi ate a casa deles em sampa e voltou me dizendo que tinhamos feito besteira que bastava nos olhar separadamente pra ver que somente juntos seriamos felizes, e que ele no periodo em que ela permaneceu lá, raramente saiu do quarto, que não tinha a alegria de antes, que nem sorria mais…e ele tem o maior e mais lindo sorriso que ja vi.18 meses deposi ele se casou. Entendia-se encerra ali quqlquer historia do passsado. Durante 10 anos, não soubemos um do outro, o assunto era tabu quanto nos encontravamos com alguem que tinha tido contato com o outro e assim construimos nossa vida, criamos nossos filhos, em 1997 minha mae decidiu que iria reencontrar a irmã, decidiu-se que iriamos eu, meus filhos , meu marido e ela visita-los em SP, acho que meu marido queria ver que era este primo que namorei, e eu queria olhar pra ele, e tentar descobrir porque todas as noites ele povoava meus sonhos.Eu não tinha uma imagem facial dele, se o visse na rua talvez nem o reconhecesse, e assim fomos, tive a maior surpresa ao chegar lá e ser recepcionada por ele, e mais ele me reconhecer ao passar de carro por ele, sem ter me visto por uma decada. Fiquei mais surpresa, por constatar que aquele garoto sonhador não existia mais, que acreditava que casar fosse o FIM de todos nós, que a partir de então criaria os filhos, respeitaria o parceiro, e esquecia a paixão. Fiquei 5 dias lá, encontrei meu amor frustrado e obssesiv em sua frustração, mais o que eu poderia fazer, na noite que anteceu a minha volta, ele foi jantar conosco, ele , filho esposa, que não tirava os olhos de mim, mais no final da festinha, foi pro quarto, fechar a mala,, resolver as ultimas coisinhas da viagem, e ele veio se despedir, quando me abraçou parecia que o mundo tinha parado,nos encontramos naquele abraço, a vontade era nunca mais sair dos braços dele, era impossivel não olhar para cima, praqueles labios e não se entregar a um beijo, impossivel. E foi o que ocorreu, aqueles segundo foram eternos,quando terminou em seguida a esposa dele entrou no quarto pra dar tiau, não sei se ela viu algo, sei que vim embora ciente da vida que tinha escolhido com marido e filhos, mais consciente que o amava tanto quanto antes. Mais 6 anos se passaram sem novos contatos, até que um dia vivendo uma crise no casamento lembrei que numa de nosssas conversas ele tinha falado o email dle, que minha memoria egistrou, resolvi então entrar em contato,resolvi que faria isso como outra pessoa e assim fiz, misturei fatos que todos sabiam com alguns que so alguem intimo poderia saber , criei a Maria Luzia, e contactei, e pasme ele respondeu,, no inicio cheios de ze-los, mais com o passar do tempo fui conquistando a confiança, constatei o homem integro que ele é, bom pai, bom esposo, que respeita e admira a mulher , mais que guarda no peito as lembranças da prima, que ainda se emociona com as musicas preferidas dela, que sente o cheiro do perfume dela, que se recorda o filme que viram no cinema há mais de 20 anos, o dialogo da tela entre os personagens, e o dialogo dos dois. Depois de ter envolvido ele a ponto de saber disto tudo, me senti mal, tive medo , mais achei que o minimo que devia era dizer a ele quem eu era, se se fosse capaz de compreender, iria me perdoar, contei pra ele, ai ele me disse que no fundo sempre soube que era eu, tinha duvidas se não estava se deixando levar pelo romantismo, mais que algo dizia ser eu a amiguinha virtual.Nos tornamos amigos, Veio então o Orkut e começamos então a vivenciar mais a vida do outro, com o facebook então, nos aproximamos definitivamente, conseguimos ficar horas absortos conversando com o outro, falando de musica, trabalho, as vezes brigando por termos visão diferente das coisas, não falamos tanto de nosso sentimento, não e nossa intenção magoar ninguem, mais sabemos como deixar a msg chegar ao outro, com uma simples palavra, uma postagem solta nos faz saber que aquilo ali foi postado pro outro. Não precisamos dizer nosso amor é palpavel….Eu amo esse homem e sei que ele me ama, so não sei se um dia viveremos juntos…quem sabe quando estivermos velhinhos gagá.

      • Daniela Amorim disse:

        Que linda história!

      • Micaely disse:

        Minha historia começou quando meu primo e o pai dele(que é irmão da minha mãe)veio passar uns dias aqui em casa. Assim que o vi me apaixonei por ele,mas sabia que não deveria porque alem de ser meu primo de primeiro grau ele já estava em um seminário ha dois anos,pois ele queria ser padre. Tinha duvida se ele sentia o mesmo,mas meus pais e meu tio já sabiam que gostávamos um do outro antes mesmo de sabermos que o sentimento era reciproco. Apesar de todos saberem o que estava acontecendo ficávamos escondido e foi assim durante 11 dias,ate que tivemos que nos despedir já que ele mora no Sul e eu no Nordeste. ele voltou pro seminário e quase todos os dias ele dava um jeito de me ligar escondido do telefone do seminário e depois de um mês de ligações,ele sempre me ligava no domingo no mesmo horário,ate que chegou um domingo que ele não me ligou. Depois de se passar três dias liguei pra saber o que tinha acontecido,ele me contou que o padre tinha achado o rascunho da carta que ele havia me enviado e chamou os pais dele para terem uma conversa,e disse que meu tio falou que se ele tava pensando em sair do seminário pra ficar comigo ele estava muito enganado, a ligação caiu e desde desse dia ele não me ligou mais,sei por intermédio da minha mãe que meu primo depois de uns 4 meses saiu do seminário e que no final do ano eles virão nos visitar. Resumi bastante a historia.
        Amei o seu blog.

      • joyce ferreira disse:

        que linda essa historia maria luiza

      • Taynan Borges disse:

        Maria Luiza… Fiquei muito emocionada com sua historia.. Por está vivendo a mesma historia só q a minha ainda está no incio, na parte onde ele tem que viajar 800Km pra passar um dia e meio ao meu lado…
        Minha familia não compreende tanta locura, mais num seii mais seguir minha vida sem a presença presente dele a todo momento..
        Queria poder conversa com você mais sobre o assunto.. nao conheço ninguem que tenha uma historia parecida e me identifiquei muito com a sua…. queria conselhos, e tirar duvidas. Por favor entre em contado com migo.

      • Eugênio disse:

        Maria Luiza, tudo bem?
        Sua história em muitos momentos se parece muito com a minha! Depois com mais tempo, prometo conta-la.

      • Talia Vieira disse:

        minha historia começou quando meu avó acabou falecendo,bom eu não conhecia ele,minha avô tinha se separado dele antes de um nascer,então não convivia com ele, e nem com as irmãs dele e primos.Nesse dia do falecimento dele acabamos indo la na casa onde ele morava,pois ele faleceu em casa,minha mãe foi resolver todas as coisas que precisavam ser resolvidas,acabei ficando na casa do meu padrinho,filho da irmã do meu avó,ele tem dois filhos que são meus primos,que eu não via a muito tempo a muito tempo mesmo,a menina se chama Lauren e o grande amor da minha vida se chama Leonardo.Só estava eu e meu padrinho e a filha dele,Léo nem tinha chegado em casa,estava na escola,eu fui brinca com a Lauren e a amiguinha dela que tinha chegado la,brincamos bastante.O Leonardo chegou e casa ja era tarde e foi bem estranho pq ele tava muito diferente da vez que eu vi ele,bom a gente se olhou e nos demos oi,foi bem estranho,mais meu coração disparou quando vi ele,e quando olhei nos olhos dele e ele olhou nos meus foi como ja nos conhecesse a muito tempo mais a muito tempo mesmo,depois do “oi” continuei brincando com as gurias e de longe ele ficava me olhando e eu tbm ficava olhando pra ele,e ele sorria cada fez que a gente se encarava.A gente começou a conversar por causa da irmã dele,perguntei se ele tinha outras musicas e se ele colocava Metallica pra tocar ou AC/DC entre outras e ele me olhou surpreso e disse que sim,ai ele colocou uma musica e fomos pra cozinha,eu perguntei se ele desenhava ele respondeu sim,então ai começamos a conversar de verdade e foi uma química perfeita pq a gente é muito parecido ate nas coisas bizzarisses(não sei se existe essa palavra kkk),demos muitas risadas,falamos das nossas vidas,nossos namoros frustados,e o mais incrivel que aconteceu com nós dois nossos ex namorados(A) nos traiaram,e ai começamos a conversar sobre isso,ele meio que me consolo e eu consolei ele,então falamos em outras coisas,ate que ele me conto que ele tinha uma banda,bom eu pedi pra ele cantar pra mim,só que ele me disse que tinha vergonha e eu insisti,ele abaixo a cabeça e depois me olhou com uma carinha tão triste e disse que tinha vergonha,ele tava sentado na guarda do sofá e eu no sofá,depois que ele me olhou com aquela carinha,eu do nada peguei e puxei ele e comecei a agradar os cabelos dele (ele tinha um cabelo bem grande),ficamos uns 5 minutos em silencio,ate que ele olhou pra mim e disse “ooi” e eu falei olha o que ele me fala,ele olhou pra mim e eu pra ele,o Léo pergunto olhando nos meus olhos o que eu esperava e nesse momento a gente acabou se beijando e foi a coisa mais incrivel da minha vida,a gente passou uma noite abraçados,juntos,so que no outro dia eu tive que ir embora,e foi bem triste se despedir dele,bom conversamos pelo face e outras redes sociais.Eu amo muito ele,e sei que ele tbm me ama,por mais que ele não diga isso pq não quer me ver sofrer por não estarmos juntos pq somos primos eu sei que existe algo muito forte entre a gente e o amor que sinto por ele nunca vai acabar,pode se passar 100 anos eu vou encontrar ele e meu coração vai disparar pq ele é o amor da minha vida.A gente converso bastante pelo face e depois de um ano a gente se encontro de novo e foi a mesma coisa,nossos olhares se cruzaram e esse amor ficou mais forte em mim e a gente tentava não ficar se olhando mais as vezes era impossivel. Depois fui em bora e não vi mais ele,conversamos por mais uns tempos pelo face,a gente fico bem amigos,ele começou a trabalhas a namorar e nunca mais entro no face e nem tive mais noticias dele.Sabe eu quero que ele seja feliz por mais que isso curte a minha felicidade pq a minha felicidade era estar ao lado dele,eu so quero que essa garota faça ele feliz como ele merece ser,pq eu amo muito ele e sempre vou amar,já que não posso fazer ele feliz então quero que essa menina o faça feliz como eu queria fazer.

        • bella disse:

          Minha historia ta na kela parte que rola um romançe e meus pais nao aprovao de jeito nenhum mas da minha parte ta confuza eu era doida pelo meu outro primo o ‘r’ mas ele nem me dava bola mss ai em 2011 chegou o ‘e’ e fiquei segamente apaixonada e que eu nem conhessia ele ai ele veio de sao paulo entao e so love o en começou a me da bola e senpre quando estou com ele me sinto muitoooo bem ai entao o ra começou a me da bola tambem me jogando indireta mas eu amo oen e mas nao quero magoar o ra ele e tao fofo tao meigo e o en e tao rock brincalhao e legal amo ele ai deppois de 2 anos o ra vem pra cima de mim agora estu super comfuza …. se auguem quiser me ajdar me daraugum conçelho eu vou agradesser muito obrigada por meouvirem foi otimo desabafar.

      • Maybe disse:

        Maria Luiza, tudo bem? chorei com tua historia pois vi a minha vida descrita ali… dificil né? queria saber… algum tempo se passou, como estão agora?

        • Maria Luiza disse:

          Então Maybe, somos amigos, queridos, nos falamos via rede social quase todos os dias, como encerrei a historia não creio que um dia fiquemos juntos, a não ser bem velhinhos, não queremos magoar as pessoas que amamos, sempre digo a ele que o melhor é sabermos que nesta vida tive o privilegio de ama-lo, porque muitos passam pela vida sem saber o que é amor. As vezez achamos que precisamos estar juntos pra estar perto e não é assim, dentro de nos sempre estaremos juntos.

          • Rosana disse:

            Oi Maria luiza me identifiquei com a sua estoria. Queria mto conversar com vc saber como vc tem lidado com essa historia. Reencontrei meu primo + ñ to sabendo lidar com isso. Se possivel vc poderia me passar um contato para conversarmos

        • Maria Luiza disse:

          Chora não…rs, estamos felizes , somos amigos, so não somos casados, ele tem a vida dele e eu a minha, brinco que somos tão diferentes que nosso amor so existe pq não estamos juntos, mais somos grandes amigos, há um bom tempo não nos vemos, há pouco ele convidou a mim e meu marido pra viajar com ele e esposa, não sei bem porque, acho que a vontade de estarmos pertinho levou ao convite, mais sinto um perigo enorme, prefiro não arriscar, não vamos.

      • Cintia Aguiar disse:

        Nossa que história linda… Me emocionei em varias partes … =D
        Estou torcendo por vocês.
        Espero um dia amar alguém como você o ama.

      • amanda cristina disse:

        Olá Maria Luiza eu queria muito compartilha a minha história com você me passa seu email gostei muito da sua historia. Aqui está meu email amanda14love_you@hotmail.com

        • Dayanne disse:

          Nossa!
          Gente estou passando por essa situação agora, só que a minha é muito complicada, tem um monte de coisas envolvendo…Na infância sempre passava férias na casa dele, e temos uma diferença de idade de 6 anos, sou mais velha que ele.
          Tudo começou quando o Pai dele faleceu, fazia uns dez anos que não nos víamos, fui ao velório pois tenho uma consideração enorme pela família , minha tia (mãe dele, irmã do meu pai) e pelo pai dele (marido da minha tia) que sempre foi um pai pra mim…Quando olhei ele logo percebi que aquele garoto tinha crescido, nos brigávamos muito na infância, ele era um pirralho bem atentado (rsrsrsrs)…Desde então ficamos mais uns meses se ver, e agora recentemente pouco mais de 1 mês nos encontramos em um almoço na casa de um prima, onde ele estava com minha tia, meu pai, minha mãe primos, todos reunidos. Então começamos a conversa lembrar do passado foi bem divertido, pedi o numero dele pois em algum momento precisaria da ajuda dele, mandei um whatsapp e ele gravou o meu, desde então começamos a conversa via whatsapp e ficamos nessa frescurinha, e foi surgindo um interesse de ambas as partes, até que nos encontramos no natal. Nossa! Não sabíamos como disfarça, o que conversa no meio dos outros primos, foi bem estranho. A vontade que tinha era de beijar ele, mais consegui disfarça, até que ficamos sozinho por um instante e ele me perguntou o que estava acontecendo e disse que não sabia, porém não aconteceu nada…Três dias marcamos e nos encontramos, a gente ficou conversou se beijou, foi bem estranho. Eu até pensei em me afastar, mais não consegui e ele também não…De lá pra cá a gente se encontra as escondidas, ele apesar de mais novo é uma pessoa bastante responsável, acho que nunca iremos assumir, eu to gostando muito dele. Estou recentemente separada e tenho um filho de 3 anos. Não sei o que fazer, se paro com os encontros ou se continuo. Minha tia (mãe dele) é evangélica e toda família do meu pai é uma família muito rígida, se souberem de algo a maior atingida serei eu, até mesmo pela minha condição, mais velha, com um filho e divorciada. Tudo isso pesa. É bom encontrar pessoas que estão passando ou já passaram pela mesma situação.
          Mais sinceramente não sei o que fazer :(

      • Jean Carlo disse:

        Me apaixonei por minha prima de segundo grau e espero q tudo oq vc e seu primo sentem um pelo outro aconteça entre minha prima e eu…..mas por enquanto só me resta chorar porque ela ja tem namorado …kk

      • debora disse:

        noooooosssaaa muito linda sua historia estou vivendo isso atualmete bem parecida comigo ,quando eu tinha 16 anos conheci meu primo no começo eu odiava ele mas depois isso virou amor a mãe dele foi contra mas a fraca fui eu pois ele enfrentou a mãe e todos pra ficar comigo mas eu não tinha serteza do que queria então resolvi deixa-lo ele veio atraz de mim por muito tempo masi eu não quiz saber solbe que ele começou a usar drogas por minha causa me senti muito mau e me culpava muito temtei falar com les varias vezez mas ele não quiz mais saber de mim aionda sofro por isso dai mei tio fez um grupo no zap para sobrinhos e ele estava no grupo eu falei com ele e mesmo assim ele meio relutante disse oi depois me chamou no particular nos estamos conversando agora masi ele ja é casado e tem uma filha estou muito triste pq não sei se ele ainda me ama tenho tanto medo nas conversas ele jogol tudo na minha cara mas disse que ja tinha me perdoado por eu ter deixado ele e agora o que faço tenho duvidas se eu fico com ele eu o amo sem duvidas mas não tenho serteza do amor dele por mim vou encontrar com ele depois de 14 anos sem velos não sei se vou ou não meu coração esta em atritos me ajude com seu consehos se puder obrigada amei sua historia e me emociomei muito bjos

    • Lucas disse:

      Eu to apaixonado pela minha prima. Cara ela e muito gata e muito gostosa. Sinto vontade de fuder com ela e acho q ela sabe. Ja trocamos olhares ja rimos junto. So q tem um porem. Ela tem dois filhos e eh casada e mora em outro estado e vem pra ca fazer visita. Ai fico louco por ela.

  2. Léo Nogueira disse:

    Já fui muito apaixonado por uma prima!!!
    Não deu em nada, mas foi uma coisa boa de viver na adolescência :)
    BEIJO

    • isabelly disse:

      eu amo um menino q ele não me ama mais minhas primas diz q ele gosta de mim mais eu não acho nós briga muito e depois nós estamos se falando mais eu amo muito ele eu não consigo esquese ele da minha vida.te amooooooooo muito lucasss vamos viver essa amoo juntoooo
      te (amooooooooooooooooooooooo)

  3. Diná Nascimento disse:

    Acabei de voltar ao meu passado, qdo eu era apaixonada por um primo
    ficamos algumas vezes escondido mais nada além disso,hj tenho contato
    com ele mais nem parece,cada um segue a sua vida.
    Mais foi muito bom lembrar dessa historia.kkkkk
    Um abrço liz.
    Como eu faço pra mandar uma historia para vc?
    Alias vc tem alguma historia de amigos q se apaixonam
    e teve um final feliz.
    Agurdo resp.

    • Liz Passos disse:

      DINÁ!!!!
      Querida, pode me escrever sempre que quiser, segue o meu e-mail: lizpassos29@hotmail.com
      Já escrevi sobre amigos que se apaixonam, mas não sobre uma história específica… se tiver alguma e quiser ver publicada, pode mandar :)
      Veja qual foi o texto: http://portalibahia.com.br/blogs/coisasdeliz/?p=175
      Beijos

    • binha disse:

      hahahahahaha seria bom de mas eu mi apaixomar por um primo mas ja ouvi muitos cazos

      • luisa disse:

        não fasa isso, porque eu sou completamente louca pelo meu primo e ele ném dá bola pra mim. mais se você quiser você se apaixona porque o amor não dá pra controlar.

        • disse:

          Será que ele não te dá bola mesmo Luisa??? durante 20 anos fui apaixonada por um primo que mora distante, sempre vivi calada este sentimento,estou casada a 6 anos, e eis que uma vez q fui lá, ele pediu o numero do meu celular, começamos a trocar msgs e descobri q ele sempre foi a fim de mim, só que nunca conseguimos concretizar nada pq nunca conseguimos ficar a sós, ele também é casado e tem 2 filhos, trocamos sempre msgs e elesempre insinua algo a mais, e assim vamos vivendo ate o dia q possamos ficar juntos

    • francisco cruz disse:

      é dureza gente! minha historia começou a 7 anos atrás. quando já tinha muito tempo sem ir ao interior que nasci e morei durante 15 anos, na época essa prima era ainda criança, ainda não gostava dela, inclusive já ate a carreguei pois sou 7 anos mais velho. depois de 7 anos retornei ao interior para o velório de meu avô, quando a encontrei, muito linda com 17 anos e eu com 24. foi amor a primeira vista de ambas as partes. mas nenhum de nos tivermos coragem de contar um para o outro, ate pq minha família é radicalmente contra esse tipo de relacionamento. depoi de alguns anos o amor foi maior q contei p ela através da net e ela falou q sente o mesmo p mim. ainda não rolou nada pois ela mora a 80km de mim e no momento tenho uma noiva q gosto mais não amo como amo minha prima. conseguir marcar um encontro c ela mais não sei oq fazer. sei que nos nos amamos mais estou muito perturbado sem saber oq fazer….aceito conselhos.

  4. Hanna Carolina disse:

    Quem já não se apaixou por um primo ??? Rsrsrsrsrs
    Eu também já postei esse assunto no meu blog (hannafases.blogspot.com)

    Eu também já me apaixonei por um primo, não só me apaixonei como gosto dele até hj. Nos conhecemos ano passado nas férias de verão, e começamos a namorar depois de alguns meses, o problema é que moramos em Estados distantes ( eu moro em Salvador e Ele em BH), nada normal esse namoro, mais ficamos juntos por muito tempo, mais ou menos 8 meses, confeso que nos gostamos até hj, conversamos sempre , mais decidimos terminar pq não estava dando pra aguentar de tanta saudade por causa da distancia é bem tenso da gente se ver.
    Mais ainda não é o fim dessa historia não, tenho certeza disso, ainda muita coisa vai rolar (eu espero)..
    A familia não teve nada contra não, pelo menos eu acho, apesar de ter tido alguns buatos de que iamos casar (kkk) nada haver, pq somos de menor, eu tenho 17 e Ele também…. Todo mundo sem noçaõ.
    Mais é isso, torço por todos que espera ter um final feliz, eu espero que o meu seja. Mesmo que não seja com Ele. :( rsrs

    Obs: Primeira vez que li esse blog e gostei bastante.. Parabéns Liz.
    “/

  5. rogerio disse:

    Nunca passei por essa situação.
    Mas conheço um caso assim, porém a prima se casou com outro e o primo está solteiro hj.
    E sempre que rola(va) um encontro de familia as pessoas ficavam meio assim com eles, principalmente o marido dela !!!

  6. milena disse:

    rsrssrsn eu nunca me apaixonei por algum primo, minha familia sempre de principios antigos acho q bloqueiou isso na minha familia…achava eles todos uns bobões ..rsrsr mas foi uma safe q queria ter experimentado, deveria ser legal e emocionante tb..beijosss

  7. Josi disse:

    Ah!! Já me apaixonei sim por um primo! E ele por mim também. Sempre fomos apaixonados um pelo outro,só que eu sempre estava namorando, mas, assim que fiquei solteira em 2007 no final do ano ele começou a se aproximar de mim, e foi ótimo aquele final de ano, fizemos até amor, foi perfeito!! Passou um tempo distante, devido morarmos em cidades diferentes e 2 anos depois, nos encontramos de novo e foi maravilhoso. Já pensamos em namorar, mas sabiamos que seria um grande abalo na estrutura da família, e que como está é melhor. Hoje só algumas amigas e umas primas que sabem do nosso caso. E com certeza é muito emocionante e estranho ao mesmo tempo…

  8. Viviane disse:

    Adorei!!

    As lembranças desse tempo me deixou com muita saudade…. é realmente uma época maravilhosa… E sim… quase todo mundo já passou por isso, inclusive eu..rsrs

    Tem pouco tempo que descobrir seu blog e estou fascinada com a clareza, realidade e suavidade de suas palavras. Parabéns.

  9. Sá Vilares disse:

    Nuss
    Eu que tenho 23 anos as vezes me enrolo com minha prima, fora que tem outtra que crescemos praticamente juntos mas vive com ciumes de mim, é um triângulo amoroso familar, rsrsrsrs

    Adorei, lembrei muito minha junventude
    Bjim Lôra… Tidolloo!!! ;)
    :) :) :)

  10. Cris disse:

    Quando eu tinha 14 anos , dormi no mesmo quarto q meu primo,pq o irmao dele estava doente,e foi a deixa pra de madrugada ele aproveitar que estavamos conversando e me roubar um beijo.Hoje tenho 22 anos, e continuamos nos pegando sempre que ele aparece na minha casa,ou que eu vou na dele . Não foi com ele que perdi minha virgindade,o que deixou ele extremamente enraivado e se sentindo o injustiçado…Nossa família nem desconfia!!! Só meu irmão sabe que já fiquei com ele pq contei..É coisa de pele oq nos une, o proibido é muito gostoso!Ele quis assumir pra família,casar,ter filhos,mas isso nunca passou pela minha cabeça.Já tentei ficar com outros primos mas ele não tolera,e faz de tudo pra que isso não aconteça!E ele sempre consegue!Até quando isso vai durar nao sei,mas tá muito bom por enquanto!;*

  11. Bruna Sampaio disse:

    Não Liz, primo não mas amigo do primo kkkkkk
    Beijo

  12. My disse:

    Poxa!!
    Eu nunca me apaixonei por nenhum primo!!
    Acho que era por ser muito molecona…

    bjs

  13. Já namorei um primo meu e meu pai quase infartou… hahahaha porque sabia de tudo que ele (o primo) havia aprontado até então.
    Eu não queria nem saber.
    Foi atração à primeira vista, pq eu não conhecia ele, q morava em outra cidade e é mais velho que eu (além de ser primo de segundo grau.

    hahahaha

    A gente se apaixonou e vivemos nosso romance.
    Mas acabou como qq outro namoro.
    Mas a familia ficou estressada demais… mesmo sendo primo de segundo grau.

    E diga que valeu! huhu
    bjks

  14. Lariss disse:

    Sou fruto desse amor. Meus pais são primos de 1° grau e foi o maior bafafá para se casarem, pois além do fato de serem primos, ainda eram de igrejas diferentes! Mas tudo deu certo e já são 50 anos de casados! :)

  15. Lissa Varjao disse:

    Liiz,

    Parabéééééns pelo seu blog.
    Muito legal! Nao conhecia e ai vi no face de nando e entrei.

    Beijos

  16. Shirlei disse:

    Não amiga, nunca namorei um prima! a maioria da minha familia só tem prima, os poucos primos são gays!! pode uma coisa dessa… sempre ouvia minhas colegas da escola quando passava férias no interior e que tinha ficado com algum primo e eu nem sonhava em falar uma coisa dessa há 20 anos atrás.
    Mas gostraia de ter tido uma experiencia assim!!!

    bjs

  17. Marcos disse:

    Pode crê… Pra ter noção eu namoro a minha prima a mais de dois anos a gente num mora na msm cidade saka mais eu vivo indo pra la qr dize q fico mais la doq na minha cidade msm. Num me arrependi nunca eu amo minha prima e qro viver feliz com ela até o fim.

  18. gabriela disse:

    oiiie , nao consigo conter a paixao que sinto pelo meu primo de 17 anos ele tem 17 e eu tenho 16 anos , pelo amor de de deus mande uma mensagem pr mim e sou APAIXONADISSIMA por ele quando tinho 14 anos o beijei e meus pais nao sabem ele tbm gosta de mim agente ate pensamos em ficar juntos como namorados mais nos somos apenas primo

    EU AMO ELE DE MAIS >S2<

    • fernando disse:

      viva intesamente com ele pois esse momento e só de vcs apreveite ame e ame abçs :)

    • gabriela disse:

      poise eu tbm so apaixonada pelo meu primo so que minha familia nao sabe to com muito medo de conta, sera que conto nao sei” ele e muito legal amo ele muito nao conhecia ele mais ai minha prima me apresento ele iae comecei a conversa com ele e ate que rolo

  19. Caragua disse:

    Olha vou te dizer viu sou apaixonado por uma prima .Crescemos praticamente juntos,mas eu me mudei pra longe. Fazia tempo que não nos viamos dae fui pra casa dela nas ferias agora em abril, quando a vi rolou aquela quimica. Ainda to com dúvida se ela realmente gosta de min , mas ela me provoca o tempo todo me morde me belisca , e me toca o tempo todo quando estamos proximos. Ta sendo muito bom . Espero que tudo fique bem entre nós. Acho que to gostando dela de verdade. prima te amoooo.

  20. MEL disse:

    Eu já me apaixonei por um primo, até hoje sinto saudade dos tempos em que agente ficava era super perfeito, pq tinha aquele clima de aventura, tudo escondido , até que minha mãe descobriu e achava o fim do mundo mais no meu ponto de vista nunca foi afinal ele mora em outra cidade bem distante da minha,e quando agnt se encontra sempre rola de ficar de beijin *-*

  21. Jose Lucas disse:

    *_* Eu já me apaixonei por uma prima minha e estou até hj
    mais ontem eu falei com ela que estava apaixonado pr ela
    só faltou ela querer me espancar pq ela nao gostou do que eu falei mais já fiquei com ela pouco tempo…
    e estou com vontade de ficar com ela de novo…
    mais não posso pq isso foi pasado e agora estou no presente com uma nova vida e estou namorando com a minha vizinha e estou muito feliz *_*…

  22. Jose Lucas disse:

    *_* Liz eu queria que vc me falasse mais sobre esse assunto,
    pq ás vezes da vontade de voltar no passado com a minha prima mais eu não
    posso romper o meu laço de amor!!!
    e ainda mais vc nao vai acreditar o que aconteceu depois que o pai daminha namorada descubriu que a jente estava namorando!!
    ele foi até a minha casa pra me pedir que eu casasse logo com a filhadele mais felizmente conseguir tirar essa idéia maluca da cabeça dele*_*
    se puder manda pro meu email (lukinhas_741@hotmail.com)
    muito obrigada pela a atenção!!
    um beijãoooo!!!

  23. Ana disse:

    Amor de primos?!! Sim, vivemos isso!!Minha avó me levava na casa da minha tia..e lá tinha o “G”..lembro-me da sensação de estar perto dele..que ficávamos no quarto e ele me contava piadas…com tanto encantamento, o primeiro amor chegou, rsrs, ele diz que eu que dei o primeiro beijo nele..(não me lembro exatamente disso, mas é bem capaz pq sou muito “corajosa” srs) nos beijamos algumas vezes , éramos muito novos, pré adolescentes ainda!!Por motivos que só a vida proporciona…nos distanciamos ..depois com uns 19 ou 20, voltei à casa da tia, mas nunca mais o encontrei…(deveria tê-lo procurado…) os anos passaram, cada qual se casou..+- 30 anos se passaram e nos reencontramos..Tudo voltou…..forte, intenso, verdadeiro , porém mais maduro.Hj estou com 41 e ele 44….estamos vivendo tudo que nos é possível no momento,pela distância e circunstâncias.Nos amamos muito e queremos estar juntos ..resgatar o que a vida nos tirou naquele tempo!!Toda vez que nos encontramos é um “renovar de sensações , emoções e sentimentos”!! Realmente , AMOR DE PRIMOS É PRA SEMPRE!!!
    Um abraço LIZ :)

    • Liz Passos disse:

      Que história linda, Ana!!!!!!!!!!
      Isso sim é ter uma história de amor escrita pelo destino.
      Desjo toda a felicidade do mundo p vcs :)
      Beijos

    • marcos disse:

      sabi eu li a tua historia ,de amor ,he deparei com a sua ,sabi hoje eu tenho 34 anos a mesma idade de minha prima ,ha 13 anos ,eu ela tinhamos vontades de nos casar ,ela me pedia pr comprar os moveis ,que ela veria ,pois ela morava em sao paulo eu no pr,foi com ela que eu dei o meu primeiro beijo , e começamos a namorar por carta e telefone eu e ela ficavamos horas ehoras conversando por telefone ,porela euia ate o fim do mundo , ate enfrentaria o inferno porela,e um dia eu e o irmão dela brigamos eu fiquei com tanta raiva dele que queria que ele morresse e e que fosse para o inferno, e o que deu deus me castigou ele morreu matado ,quando eu fiquei sabendo ,nao tenho palavras ,foi o pior momento de minha vida que carego ate hoje,sabi eu nao fiquei do lado dela quando ela precizou,fui um covarde ,eu tava tao triste com a historia ,e no momento de depreçao terminei com ela ,e nao falei mais com ela e se passou um ano ,e um dia minha falicida vô ,vem em casa falando que a gra ira se casar em mes ,quiz morrer naquela hora ,me lembro nas duas utimas semana de seu casamento eu nao dormia ,queimei todas as fotos dela para esquecela pr sempre ,chorei muito,no dia de seu casamento,eu sempre duvidei do amor dela,eu odiei ela minha vida acabou,pasando 2 anos depois eu casei, o tempo passou e procurei ela no orkut e achei ,ela mae de dois filhos e ja esperando o terceiro,foi um tiro dentro do meu coraçao ,so deus sabi como eu queria ter sido ao pai dos filhos dela ,acredito nas leis deus ,mas penço eu que deus nem ligou pr mim ,sou uma pessoa boa ,ajudo as pessoas como eu rezei para deus te me ajudado,to casado com minha mulher que e mais que uma amiga e companheira e temos uma filha linda e cheia de vida que me traz tamta alegria e amor se deus quiz isso ,origado deus eu so uma homen de coraçao preenxido de amor amem

  24. Marcella disse:

    Quem me dera ter vivido meu conto de fadas,ao lado do meu primo,se não o vivi não foi por falta de amor,pois amor eu tinha até demais.
    “Ele me roubou um beijo,e eu que fui para a prisão”,tudo começou em 2004, no verão,eu tinha 18 anos e ele 22.lembro quando ele desceu do carro,se espreguiçou e deu uma leve passada de mão no cabelo,ali meu coração parou de bater!
    Passamos o verão todo flertando,estavamos sempre juntos,saimos juntos,praia,cinema,sorveteria…ele não queria ficar comigo,pois tinha receio de que alguém descobrisse,mas eu ensisti,faltando dois dias para eles voltarem pra sp, ele resolveu roubar-me um beijo,naquele momento foi dada a minha sentença,estaria condenada a viver todos os meus dias com ele em minha cabeça e ama-lo de corpo,alma e coração.No ano seguinte,2005 vieram passar férias denovo,e mais uma vez ele só ficou comigo faltando poucos dias para regressar a sp,em 2006 ele e a família decidiram vir morar aqui na minha cidade,no meu bairo e pra ser bem exata,na minha rua e nesse mesmo ano,ele já sabendo de todo amor que eu sentia,no dia 30 de maio de 2006 aproximadamente meia noite ele me disse: “Não se iluda comigo,porque entre nós as coisas não vão passar disso,e eu acho melhor a gente parar isso por aqui”. Alguém de vocês já foi atropelado por um trem? Na hora eu senti como se minha alma tivesse saido do meu corpo,eu não podia acreditar no que eu estava ouvindo,depois disso meus dias foram amargos,eu tinha 20 anos,pesava 54 kilos,baixei para 45,deixei de ir para universidade,pois entrei em depressão,passei por psicologa,isso tudo sem que minha família soubesse,pois inventei que estava indo mal nos estudos e por isso havia deixado a universidade… Tive que ve-lo com outras garotas,doía tanto que muitas vezes pedi a Deus pra me tirar daquele sofrimento…Depois disso tentei refazer minha vida,anos mais tarde fiquei com ele algumas vezes, primeira vez q fizemos amor foi em dezembro de 2009, foi meu presente de aniversário, e o último beijo que nos demos foi na virada do ano de 2009 para 2010,e confesso,nas vezes q ficavamos entre os anos de 2008 a 2009 sempre acreditei que ele iria me dizer: “Eu te amo,vamos ficar juntos,eu errei quando te disse aquelas coisas”,mas minha vida é real,não foi escrita por Manuel Carlos e hoje,nas rarrissimas vezes que nos encontramos mal nos falamos,ele não mora mais na minha rua, e a precisamente três dias atras recebi a noticia que ele vai se casar mês que vem,em busca de um consolo,vim a internet procurar algo que falasse de amor de primos e encontrei esse blog e agora posso dividir com outras pessoas a minha dor e meu total desconsolo,e para findar esse texto quero postar uma música da Ana Carolina que eu acho que combina com quem tem um amor de primo que é assim PRA SEMPRE…

    O Avesso Dos Ponteiros
    Ana Carolina

    Sempre chega a hora da solidão
    Sempre chega a hora de arrumar o armário
    Sempre chega a hora do poeta a plêiade
    Sempre chega a hora em que o camelo tem sede

    O tempo passa e engraxa a gastura do sapato
    Na pressa a gente não nota que a Lua muda de formato
    Pessoas passam por mim pra pegar o metrô
    Confundo a vida ser um longa-metragem
    O diretor segue seu destino de cortar as cenas
    E o velho vai ficando fraco esvaziando os frascos
    E já não vai mais ao cinema

    Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
    Tudo passa e eu ainda ando pensando em você

    Penso quando você partiu
    Assim… sem olhar pra trás
    Como um navio que vai ao longe
    E já nem se lembra do cais
    Os carros na minha frente vão indo
    E eu nunca sei pra onde
    Será que é lá que você se esconde?

    Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
    Tudo passa e eu ainda ando pensando em você

    A idade aponta na falha dos cabelos
    Outro mês aponta na folha do calendário
    As senhoras vão trocando o vestuário
    As meninas viram a página do diário

    O tempo faz tudo valer a pena
    E nem o erro é desperdício
    Tudo cresce e o início
    Deixa de ser início
    E vai chegando ao meio
    Aí começo a pensar que nada tem fim…

    • Luciana disse:

      Olá Marcella, sua historia muito bonita.Mais pense pode ser que ele nem vai ser feliz com esta pessoa.Tente sair conversar fazer amigos, vc vai encontrar alguém que ame de vdd.Não adianta uma pessoa amar sozinho,amor pra ser lindo e de vdd, as duas tem que estar mesma sintonia.Beijão flor
      Se valorize viu tem gente melhor neste mundo,que vai dar valor pra vc.

      Fica com Deus

    • valdirene xavier disse:

      Oi Marcella! tudo bem? Que pena que vcs não ficara juntos muito linda o seu amo por ele. Olha vou te conta a minha…..
      Eu e meu primo moravamos no mesmo lugar, até meus 15 anos não tinha sentido nada por ele quando foi em 2005 comesei sentir um carinho diferente por ele e ele por mim, quando eu via ele perto de alguma mulher ja ficava com silmes. kkkk quando foi em 11 de janeiro de 2006 do nada ele mim deu um beijo e dai foi que iniciamos o nosso namoro, nossa era muito amor envolvido eramos completamentes apaixonados um pelo outro, mais tinha um problema a nossa familia a gente não sabia como contar para eles com medo deles não aceitar, portanto namoramos uns dois anos escondidos nossa era muito bom os risco que a gente corria. kkkk era muito lindo. Em um certo dia descidimos contar para a nossa familia….. nossa que confusão nossa familia e super grande uns aceitava outro não a mãe dele então foi a que mais foi contra ela não aceitou de forma nenhuma até ficou sem falar comigo por um longo tempo ja minha mãe meu pai foram mais compreensivos gaças a Deus. Em fim no meio de tanta brigas ele terminou comigo no dia que ele vei termina foi muito doido tanto para ele quanto para mim. O tempo passou….. apos uns dois meses ele chegou perto de mim e mim deu um beijo e pedio para voltar nossa não pensei duas vezes em aceitar enfrentamos tudo e todos pelo nosso lindo amor, era muita briga muita raiva entre a nossa familia, mais nosso amor era maior foram mais 4 anos assim uns contra e outro afavor. Juntos fizemos muitas loucuras kkkkkk formos muito felizes, ai em um certo dia ele chegou proximo de mim e falou assim “” Meu amor hoje qundo sai da casa de minha mãe falei pra ela que eu estava vindo te encontrar para te pedir em casamento ela querendo ou não ”’ Meu Deus”" perdir o chão era tudo que eu queria, dentro de mes casamos esto foi no ano de 2012, no inicio de nosso casamento as brigas ainda era constante mais nos não estavamos né ai o que queriarmos mesmo era ser felizes juntinhos. Hoje tem dois anos e nove meses de muito amor. A minha sogra mim ama para mim e nota 10 mim ajuda no que preciso e eu gosto dela tambem, o restante da nossa familia então nem se fala nos adora en fim juntos somos o casal preferido da familia. Sou muito grata a Deus pelas maravilhas que ele nos dar, ano que vem estamos planejando ter nosso primeiro filho não tenho medo dele nascer com nenhuma deficiencia que seja a vontade de Deus iremos amalo da mesma forma. Bom acabei de te contar o resumo do resumo da minha hetoria kkkkk . Lute pelo seu amor assim como eu lutei e seja feliz como eu sou pois tenho certeza que nos somos primos de primeiro grau somos marido e mulher e alma gemias.
      O que vcs acharam da minha linda hestoria de amor?
      Beijos!!!!!!!!

  25. brenda disse:

    VIVO ESSE AMOR AMO MEU PRIMO AGENTE SE AMA MAIS A FAMILIA N ACEITAA

    • Beatriz Monteiro disse:

      Olá, meu nome é Beatriz Monteiro e sou pesquisadora para séries de TV e documentário. Estou à procura de um amor entre primos, atual, que a família não aceite. Queremos falar sobre o tabu de viver um relacionamento como esse. Por favor, se tiverem histórias e quiserem dividir comigo, entre em contato pelo bealuke@gmail.com.

      Um abraço e obrigada,
      Beatriz

  26. Flávia disse:

    Oi Liz, essa é a primeira vez q vejo o seu blog e preciso de uma ajudinha básica sobre esse negócio de se apaixonar por primo…
    Eu tenho um primo q mora numa cidade diferente da minha, as vezes ele e os pais demoram pra ir na minha cidade. Mas em março desse ano eles foram lá e eu fiquei apaixonada por esse meu primo só q naum aconteceu nada até pq eu naum sei se ele tbm é afim de mim! = / E esse mês de julho eu vim passar as férias aki na ksa dele, vou passar o mes todo aki, e tipo tah sendo meio impossível naum fik deprê aki, dormindo e acordando junto com ele, na mesma ksa, fazendo td junto, e eu naum sei se ele é afim de mim…. uma vez um outro primo meu perguntou pra ele se eu tinha alguma chance, e ele disse q naum sabia de nada pq a gente era primo e tal’ e naum ficava mt legal! e a gente nem é primo de primeiro grau… é primo de um grau bem distantee… heheheh’ e assim.. eu naum to conseguindo aproveitar as minha férias akii desse jeitoo, pelo contrário to na maior deprê! Será q vc podia me ajudar e dizer como eu devo chegar com ele e conversar, tocar no assunto, sei lá…. eu precisoo de conselhooos q me façam até o fim das férias fik com elee! Detalhe: eu tenho 14 anos faço 15 no fim do ano e ele tem 16 então ia seer tão bonitinhoo se a gente ficasse, por favoor me ajudaa!

    • Liz Passos disse:

      Flavinha, vc é uma figuraaa!!!…rsrsrs
      Imagino q esteja sendo difícil essa convivência, mas antes de qualquer coisa, vc precisa segurar essa ansiedade… ficar mais tranquila e serena.
      Nessa fase, as paixões parecem mais intensas e sufocantes, é como se nada tivesse sentido se não estivéssemos ao lado do nosso amor.
      Mas veja, se ele não demonstra nada é importante que vc esteja preparada p tudo e q não gere tantas expectativas. Demonstre o seu sentimento de uma forma sutil, sem se insinuar muito, sabe?
      Se vc se aproximar de uma forma mais atirada, talvez ele se assuste.
      Não se exponha muito, se preserve para não sofrer caso ele não queira… e se ele não quiser, não será o fim do mundo.
      Talvez vc esteja voltada p essa paixão e esquecendo que o mundo está cheio de oportunidades… de repente tem alguém bem apaixonadinho por vc e vc nem está percebendo :)
      Bom, só não deixe de aproveitar a sua viagem e as sua férias, tá?
      Beijo grande e boa sorte!!!

    • Rafaela disse:

      Ki fofo flavinha!!!
      Mas vc pretende só ficar com ele ou pretende namorar???

    • Johnson disse:

      olha vi seu comentario e achei interessante, e notei o tanto q vc gosta do seu primo, entao resolvi te dar uma dica. Sou homem e sei o q vc deveria fazer nesse caso. Voce devia chegar nele quando estiver sozinho e pedir pra falar com ele, se ele nao quizer ensite um pouco. Fale pra ele q vc ja esta gostando dele faz um tempo e q vc queria saber o q ele achava disso, pergunte se ele gosta de vc ou se quer ficar com vc, se ele falar q nao pergunte o motivo, se falar q e por causa de seus ou dos pais dele fale q nao vai contar pra ninguem (mas nao conte pra NINGUEM, se nao ele pode ficar bravo e nao falar mais com vc), esteja pronto para levar um nao pois nunca se sabe, e nao ensita tanto, prometa pra ele q vc nao vai falar pra ninguem q vc ficou com ele. Esteja preparada para o q der e vier, e tenha coragem de falar tudo, perca essa timidez e va logo ,pois se nao vai acabar as ferias e vc nao vai ter falado com ele e vc vai acabar saindo na pior.
      Espero q isso rezolva seus problemas. Te desejo boa sorte.

  27. Murilo disse:

    Liz parabéns pelo seu blog!!!!
    também nunca cheguei a me apaixonar por uma prima!

  28. lian disse:

    oi Liz eu to gastando de uma prima minha so q eu n sei como dizer isso para ela me responde como falar isso para ela
    pf… obrigado pela atenção

  29. Alexandre disse:

    Nunca tive nenhuma experiencia sexual com primos nem pegação pq só tenho primos(as) feios (as). Meu melhor amigo é tbm meu primo, fomos criados juntos e somos muuuito próximos. Eu confesso que já fui apaixonado por ele (eu sou bissexual) pq ele é um cara muito bacana, de caráter, ficou bonito tbm depois que cresceu, ele é a única pessoa pra quem eu contei que sou bissexual e ele leva isso numa boa. Nunca rolou nada, eu até já quis mas nunca me insinuei ou dei em cima dele pq eu o respeito muito e ele é completamente hétero. Hoje continuamos inseparáveis, eu conto minhas aventuras pra ele com meus namorados e namoradas, mas somos irmãos mesmo.

  30. Oi Liz, é a primeira vez que vejo o seus blog, então, atualmente namoro um primo, há 2 anos porém desde de menininha que sempre admirei ele, ñ é tão lindo! mas tinha algo que mim chamava atenção. As vezes namoravamos com outras pessoas, mas passava quando viamos estavamos se pegandos, isso desde de 2002 pra cá, ñ perdi a minha virgindade com ele. moravamos na msm casa, era eu meu tio e meus 2 irmão e os irmão dele, eu era muito assaiada, e se nos estamos junto até hoje a culpa foi minha, agora já aconteçeu o mais intimos que se possa imaginar, então né a minha familia ñ tem aceitado, tem gerado muita discordia eu cheguei nele e disse vamos acabar porque ñ quero trazer mas confusão entre ninguém -- ele disse; ñ vamos lutar acredito em nosso amor, quero casar com vc, quero dividir a minha vida completamente com vc. E agora o que fazer? ñ sei se dou prioridade a minha familia ou a minha felicidade? eu sei que todo mundo fala faz o que é melhor pra vc; as vezes nem sei mais o que é melhor pra mim; acho que vou casar msm assim , e ser feliz, como se disse (AMOR DE PRIMO NUNCA ACABA, PASSAM DIAS PASSAM ORAS…) AMAR Ñ É PECADO. NA verdade ñ sei estou a angustiada e aflita DEUS DISSE; A MINHA VONTADE É PERFITA E AGRADAVEL.
    PORQUE TANTA INTRIGA, E SE ELE SE PREOCUPASSE COMIGO ELE DECHAVA EU TERMINAR E CADAUM PARA O SEU CANTO.
    E AE CASA OU Ñ CASA? FAMILIA OU MINHA FELICIDADE?
    OBRIGADA POR ESSE BLOG LIZZ SUCESSO PRA VC
    Ñ SE ENROLA COM PRIMO ELES SÓ QUEREM ALIVIAR SUAS CARÊNCIA. BJSSS

  31. Marcella disse:

    Ellen,já que vc conseguiu conquistar esse amor,lute por ele,a família uma hora aceita. Principalmente quando vierem os frutos dessa união, (os filhos) portanto,seja feliz com seu primo. Deus te abençõe. :)

  32. eu gosto de mais do meu primo eu ja fiquei com mts vez so q so moes dois q sb tem mt tempo q moes ficar moes seda mt beemm cera q vai da certo tomara q dar certo eu amor ele de++++++ bjuss xaau ate

  33. Luana disse:

    tenho 26 anos e a primeira vez em q fiquei com meu primo foi quando eu tinha em torno dos 13 anos e de lá pra cá muitas coisas aconteceram, ele ja se casou e separou eu namorei anos e terminei, ainda em uns intervalos de tempo ficavamos, mais hj temos certeza do nosso amor e estamos juntos com planos de morar juntos, a familia ainda não sabe mais isso é um pequeno detalhe perto do nosso amor. Te amo Rô!

  34. prima.com disse:

    cara viajei em seu texto, tipo, namorei 5 anos com um primo meu, sempre fui apaixonadíssima por ele, porém ele me decepcionou demais, terminamos, reencontrei um garoto que fiquei antes de começar a namorar com meu primo e na época deixei de ficar com esse garoto para ficar com meu primo, 5 anos depois eu e esse garoto nos reencontramos, ficamos, namoramos e casamos, mas confesso, nunca amei qualquer pessoa que fosse com a mesma intensidade que amei meu primo, as vezes fico de bobeira em casa e me pego pensando nas coisas boas que vivemos e como estaríamos agora se tivéssemos casados…
    morro de medo dos meus pensamentos (risos), mas sinto muita falta dele, e o pior é que quando nos encontramos em festa de família, fica aquele climão, sabe!? percebo que meu marido tem ciumes dele e que a namorada dele tem de mim, mas é inevitável os olhares ”curiosos” que trocamos, sei lá, não sei explicar, sei que as vezes doí, as vezes dá vontade de voltar no tempo, tipo estou ficando louca? e o pior é que ele não merece nada, ele aprontou horrores comigo, mas….
    o que tenho? (risos) será que o que senti a tempos atras ainda não morreu? acredita que nunca comentei isso com ninguém me recuso a crer nessa hipótese! o que você acha desse meu caso? tenho 3 anos de casada e 4 de namoro com meu marido, tipow comecei a namorar com meu primo em 2002, terminamos em 2007, comecei a namorar com meu marido em junho de 2007, e estamos até hoje, se você tivesse que me dizer, o que diria? minha cabeça está tão confusa….
    obrigada qualquer coisa!
    abraços

    • Liz Passos disse:

      Querida!
      Vc não está louca… de forma nenhuma!
      O que vc viveu com o seu primo, foi um grande e lindo amor.
      E como qualquer história de amor verdadeira, é difícil de esquecer. Não se culpe por isso!
      Normal vc ainda olhá-lo de forma diferente… mas sentir essa inquietação pode ser sinal de que vc ainda tem sentimento por ele ou uma certa angústia por não ter dado certo!
      Pense bastante…analise cada detalhe! Talvez se vcs tivessem ficado juntos, ele poderia te fazer sofrer mais.
      Mas antes de qualquer coisa, reflita sobre o seu casamento.
      Vc está feliz? Se estiver, preserve isso!
      Do contrário, priorize vc!!!!
      Beijo e boa sorte!

  35. Ruber disse:

    Caramba que interessante este post, minha historia é exatamente esta, tira a palavra casamento e coloca namorado o resto idêntico, mais ainda ah esperança sim sempre ah.

  36. Mariana disse:

    Estou vivendo uma situação difícil… Tenho um sentimento muito forte por um primo desde criança, na verdade nem me lembro quando começou… A gente se via ao menos 1 vez por ano desde bebê até uns 4 anos atrás (tenho 25 anos)… a gente brincava, sempre dormiamos no mesmo quarto, faziamos carinho, conversavmosa até amanhecer o dia.. a gente cresceu assim! tudo com muito respeito, admiração, amizade e paixão.. uma mistura de tudo! a gente já se declarou um pro outro algumas vezes, a gente já se beijou, já pensou em ficar junto… mas existiam muitas dificuldades: família, religião, distância… na ultima vez que nos beijamos ele decidiu que era errado ficarmos juntos… e a gente se distanciou… eu comecei a namorar, na esperança de esquece-lo… ficamos uns 3 anos sem nos ver, e agora nos reencotramos… a gente sentiu tudo de novo e foi muito difícil, pois eu estava namorando, ele noivo… nossas vidas já estavam encaminhadas, não era pra sentirmos isso de novo. Então ele decidiu se casar. E se casou! Estou sofrendo muito… tenho a sensação que perdi um grande amor, talvez o amor da minha vida! A única coisa que posso fazer é não vê-lo pelos próximos muitos anos…. O tempo passa e tudo continua do mesmo jeito… eu nunca esqueci ele.. acho que nunca vou ser feliz… estou namorando há 4 anos, mas não posso me lembrar dele que me dá uma saudade tão grande, uma tristeza… Não vou terminar com meu namorado pra ficar sozinha… nenhum homem me fez esquecer ele.. nunca! Desde adolescente, todos os meus paquerinhas e namorados eu esquecia quando o via. E agora não vai ser diferente… nenhum homem me fez deixar de sentir o que sinto por ele. Acho que só Deus pra me ajudar…

  37. Kássia disse:

    ahhhh! eu to namorando um primo.. é um sentimento inexplicável e incomparável. eu e uma prima minha estamos namorando primos.. é com toda certeza o melhor relacionamento que estou tendo e espero que tenha um ”final felizzzz” ( casório ) kkkkk !

  38. Ju disse:

    Bom eu tenho uma historia d uma vida toda cm meu primo . a gnt sempre foi mto unidos e tal ate qe demos nosso primeiro bjo criancas ainda , e ate hj a gnt fica , eu amo mto ele e ele me ama , td vez qe a familia c distrai a gnt da uma fugidinha p dar uns bjo , kkk , ele qer namorar cmg serio mas ngm da minha familia sabe e eu tenho mto medo deles nao aceitarem . hoje tenho 17 e ele 16 anos e vou levando e curtindo os melhores momentos do mundo do lado do meu priminho , *-*

  39. LL disse:

    Pode-crê
    é muito ruim ser apaixonada por um primo q ñ sabe q vc gosta dele,digo isso pq até hj sou loucamente apaixonada por ele!!

  40. Beatriz disse:

    Nossa!! Tô boba, como vc conseguiu dizer tudo o que eu sentia?? rs
    Eu sempre fui apaixonada por um primo meu, mas não sei se ele sentia o msm por mim. Jah tive um garoto pelo qual fui muito apaixonada, mas a atração pelo meu primo nuuuuuuuunca passou! Espero que algum dia eu saiba que ele sente o msm! Amei o post, amei !!!!!!! *-*

  41. Andressa Luft disse:

    Parabéns pelo post Liz… Estava mesmo procurando experiências nesse assunto. Assim como algumas pessoas no mundo, também acabei me envolvendo com um primo. Morávamos na mesma cidade, mas sempre em “mundos distintos”! Mudei de cidade e estado, e apenas nas férias volto à cidade onde ele mora. Estava sufocada com a rotina aqui, e resolvi passar uma semana lá, perto dos meus pais. Acabei encontrando e me encantando por ele! Ficamos juntos durante a minha viagem, escondidos da minha mãe, que não queria nossa aproximação…Com ele, tudo foi diferente…O beijo, os abraços e até achuva (risos). Voltei a duas semanas de lá, e ainda não consegui me desgarrar das lembranças. Acho que me apaixonei… Nos falamos todos os dias, e me parece que ele também ficou balançado. Tô preparando um fim de semana lá, vou fazer surpresa! Vou raptá-lo pra uma praia, e vê o que sinto, e se é recíproco. Preciso disso, e por mais que eu venha sofrer na despedida, vou ter certeza dos nossos sentimentos… Pensei em várias coisas pra falar quando vê-lo novamente, mas entendo que a naturalidade é a melhor companhia nessas horas malucas da nossa vida. Vamos ver o que isso vai dá! “Que seja belo enquanto dure…” Super beijo.

    • Camila disse:

      Que maravilha! Aproveite mesmo… Eu sou apaixonada por meu primo… a gente já teve uma história… mas a gente se distanciou e ele se casou… acho que eu devia ter me arriscado mais… ainda sinto um olhar diferente dele… talvez se a gente tivesse se permitido mais estariamos juntos…

  42. jennifer disse:

    Sou apaixonada por um policial, da minha cidade vizinha, ele tbm gosta de min mais ele ten namorada em outra cidade(3 anos de namoro) ke vê uma vez por mês, ele ker terminar com ela mais naum consegue, nós dois passa momentos otimos, de muito amor e carinho, mais naum sei mais o ke fazer para te-lo so pra min. só sei ke ele me faz muito bem, e meu mundo fica mais colorido perto dele.Ele ker ficar comigo mais naum ker magoa a namorada ke tanto ajudou ele no passado, o ke eu faço????
    me ajudem!

  43. Angela Castanheira disse:

    Nosssa, que lembrança maravilhosa que eu tive agora.

    Fui apaixonada por um primo de 2º grau que eu tenho. Tivemos um casinho, nos beijamos algumas vezes e embora ele quisesse muito ficar comigo, eu resistia cada vez mais, pois nunca achei certo esse lance entre primos. Por mais que eu quisesse, algo me dizia que estava errado. Hoje me arrependo muito por ter ido contra meu sentimento, pois eu poderia ter sido muito feliz com ele. E da mesma forma que conta na carta, hoje quando eu vejo ele, meu coração bate mais forte, e sinto que ele tambem.

    Meu conselho, é que se vc tem paixão por algum primo, não vá contra seus sentimentos, pois é a coisa mais comum do mundo, e esse tipo de coisa acontece há milhares de anos, faz parte da história.

    Beijinhos a todos.
    Obrigada por esta materia. Me fez lembrar um momento maravilhoso da minha vida!!!

  44. Mel disse:

    Oii! nossa é tão difil escrever sobre minha história! mas vamos lá..Meu amor meu primo chama-se Felipe ! até 2008 no começo do ano eu odiava ele e vice-versa poi na infancia brigamos feio ele me chingava pros outros… eu tenho 17 hj e ele 21! no dia 1 de Novembro de 2008 fui para uma balada e o encontrei ( desde pequena 14 anos sempre fui com as minhas amigas e pela liberdade que tenho pelo fato da minha mae ser liberal cmg).. nessa balada quando ele passou pedi um gole da bebida dele.. nisso nos beijamos… era melhor amiga da minha prima(irma dele) na epoca! mas depois do beijo fiquei com vergonha e desapareci 1mes da casa dela detalhe moramos a uma esquina uma da outra… no Natal ficamos denovo na balada e no dia seguinte ja tinhamos marcado de ir para bahia no revellion eu como convidada da minha prima… lá flertamos muito e nos apaixonamos… para trem noçao deixava minha prima de lado para ir na piscina e praia com ele… efim… começamos a ficar escondido até no carnaval quando voltavamos da praia uma funcionaria da minha tia nos viu e contou tudo… tivemos que nos separar e ficamos 2009 escondido dnvo mas cheio de idas e voltas por causa dele beber muito e eu tb.. ele dizia que tinha problema com a bebida e realmete assumo que tenho… em 2009 no natal ele me pediu em namoro… e quis passar por cima de tudo e nossa familia aceitou… foi um namoro conturbado mas mesmo assim no dia dos namorados ele me deu aliança a mesma que joguei na cara dele no dia 16 d agosto do ano passado por brigarmis na balada… ficamos 2 meses se corruendo sofrendo e ele veio me procurar novamente… entao ficamos dnvo escondido… no final de 2010 prestes a voltar cm ele assumidamente dnvo para a familia caguei no pau… e bebi dnvo e perdi a chance de ratar cm ele, perdi a viagem de revellion sofri muito mas ele veio atras de mim denovo… e foi a mesma historia… soh que dessa vez eu com uma cabeça totalmete diferente… parei de beber dar vexames e causar na nossas vidas.. entao voltamos e hj em uma epoca tao boa da minha vida a melhor fase do namoro ele terminou cmg.. sem motivos.. cada hora fizia uma coisa… falando q jja vou prestar vestibular.. e que quer se divertir cm os amigos que temos muito para viver e que com 15 anos ele me busca para casar… eu nao sei se quero mais apesar de amar ele demai… jacansei desse joguinho nao quero que ele venha bater na minha porta tentando algo cmg e mais uma vez sem assumir… sabe passamos por tantas coisas juntos que nao entendo o pq ele fez isso hj! =(( meu amor por ele é inexplicavel… mas acho que agora cansei… porem nao consigo viver minha vida de antes… o que faço Liz? sendo que é impossivel ficar longe dele, nossas mae trabalham juntas, os lugares que vamos são os mesmos, minha amiga é irmã dele, minha tia mae dele é mais mãe para mim do que miha propria mae… Liz tem uma coisa que ainda nao citei nossos pais morreram na mesma epoca e todos falam que na epoca carente da nossas vidas nos aproximamos e encontramos nisso um amor meio que paterno… quando ele termina cmg parece que passaram cm um caminhao em cima de nim e deu ré 500 vezes.. é horrivel… nao sei masi o que faço para mim fugiria cm ele.. casaria e que se dane o resto… mas pena que nada é facíl =(

  45. eu amo muito um primo meu mais nao tenho certeza se ele gosta mesmo de mim queria tanto sabe mais tenho medo de perguntalo e receber um nao mais esse amor e des de pequena amo muito memo so em ler tudo aquilo me fez refleti muito e vou criar coragem e vou perguntalobjbjbjbjbj!!!!!!!!!!!!!!!

  46. Mylle disse:

    Sou completamente apaixonada por meu primo!!!
    Não sei se ele sente o mesmo, mas provavelmente nn, se gostasse nn materia distância…
    Mas infelizmente nn mando em meu ♥

  47. Marilia Lins disse:

    Essa é a primeira vez que falo sobre isso para alguem…
    Eu estou desesperada, não sei mais o que fazer.
    Quando tinha uns 12 anos dei meu primeiro beijo e foi no meu primo, sempre que a gente se encontrava rolava essas brincadeirinhas, para nós era brincadeira, nem sabiamos o que era aquilo na verdade. Os anos se passaram, e hoje temos 23 anos cada um, estou noiva e ele solteiro, ele começou uma amizade com meu noivo, começou a vir muitas vezes durante a semana na minha casa, isso esta me MATANDO, não consigo deixar de pensar nele, a gente vive discutindo por NADA, ele ultimamente me da só más respostas, tudo é motivo para descordar de mim durante uma conversa, sempre que estamos falando com todo mundo numa ”rodinha” um dialogo legal, quando falo ele não aceita NADA, tudo que falo para ele é errado, vive me implicando, e eu vivo chorando escondida. Tem 1 mes que sonho com ele TODAS AS NOITES. Não estou mais aguentando, me ajuda POR FAVOR. O QUE EU FAÇO.
    UUUUUUUUUUUFA, estou me sentindo bem mais leve depois de compartilhar isso com vocês. E espero uma ajuda, preciso de uma ajuda.
    OBRIGADA

    LUZ PARA TODOS VOCÊS!

    • Liz Passos disse:

      Ohhh querida!
      Obrigada por desabafar a sua história aqui!

      Bom, está claro que o que houve entre vcs, marcou e não ficou bem resolvido.
      Esse comportamento dele é típico de quem não pode ter o que quer e então resolve ser grosso ou discordar do outro. Vc já ouviu aquele ditado que diz “quem desdenha quer comprar”??? Pois é!

      Mas veja só… se ele ainda provoca algum sentimento em vc, é hora de repensar o seu noivado. Será que vc ama mesmo o seu noivo?? Nesse momento, dê atenção ao que o seu coração está pedindo :)

      Beijo grande e boa sorte!

      • Marilia Lins disse:

        Obrigada querida, você me fez refletir com suas palavras sabias…
        A cada minuto que passa meu coração fica mais apertado ainda. A verdade é que eu devo ser realista comigo mesma, não é?! Mas estou com medo, me falta coragem.
        A partir do que você me disse pensarei melhor.
        OBRIGADA DE CORAÇÃO.

        Beijos.

        • Liz Passos disse:

          Pense sim!
          E pense mais em vc… sua felicidade nesse momento, é o mais importante.
          E esse primão aí, tem é ciúmes de vc, viu? rsrsrs
          Pare de chorar e deixar ele te atingir… levanta essa cabeça e se mostre poderosa.
          Boa sorte e fica com Deus
          Beijos

  48. Daianna disse:

    Tenho minha historia tambem,estou vivendo uma louca paixao,conheci meu primo no sao joao (junho),tenho 18 anos e ele 36,foi paixao a primeira vista,nos encontramos 3 meses depois,conversamos e estamos ficando,estamos apaixonados um pelo outro,o poblema e que ele e casado tem uma filha,e eu tenho namorado,namoro a 3 anos,mesmo assim nada impede de viver-mos nossos momentos intensos,estamos querendo progredir,ficar juntos de verdade asumir nossa relacao pra todo mundo saber,mais quero saber qual opiniao voce mim daria,sera que estou mim precipitando? obrigada pelo espaco….bjs

  49. cintia silva dos anjos disse:

    NOSSA COMO ISSO E LOUCURA NE?MAIS E SEMPRE BOM AMOR DE PRIMO,PQ SABEMOS QUE AMOR DE PRIMO ACABA NUNCA,MESMO QUE CADA UM FACA SUA VIDA….
    TIVE UMA RELACAO GOSTAVA COM MEU PRIMO SEMPRE FUI LOUCA POR ELE,MAIS NAO TIVE MUITA OPORTUNIDADE DE FICAR COM ELE,MINHA MAE ERA COMPRAR O MEU AMOR PELO MEU PRIMO
    MAIS CHEGAMOS A TROCAR BJINHOS ESCONDIDO(ERA MAIS GOSTOSO)
    MAIS AGORA ELE SEGUIU SUA VIDA CSAOU E TEM UM FILHINDO LINDO,ATE OJE SINTO AGUMA COISA POR ELE SABE E SEI QUE ELE TBM QUANDO ELE ME OLHA ME ENCARA…MAIS TENTO SER FORTE PRA NAO CAI EM TENTACAO….
    QUERO QUE ELE SAIBA QUE AMOR DE PRIMO E PRA SEMPRE E NUNCA VAI ACABAR E SEMPRE VAI SER SINCERO…QUERO APENAS QUE ELE SEJA MUITO FELIZ MESMO NAO SENDO AO MEU LADO……AMODORO VC MARCIO(BILOTO)….

  50. oi o que eu faço me apaixonei pelo primo do meu melhor amigo mas eles nao sabem disso por favor me ajudem

  51. Anderson Jorge disse:

    Ola pessoal!!! Eu estou apaixonado pela minha prima de 1 grau,ano passado fui viajar com minha mãe para Minas,para visitar meus avos e tios que não via há tempos. Quando cheguei lá,a primeira pessoa a me receber na casa foi minha prima,ela estava diferente,muito linda…eu me reapaixonei na hora por ela (era apaixonado por ela quando criança). Ela todo dia me tirava do serio dizendo que eu sou feio,me xingava,discutiamos todos os dias que estive la,até que um dia tentei beijar ela,mas ela não deixou e sorriu dizendo que nunca ficaria comigo,nossos outros primos só desconfiavam,depois ela foi tomara banho,eu estava com minha mãe sentada na mesa..ela saiu só de toalha e mesmo com minha mãe ali ela tirou a toalha e se mostrou pra mim. Fui tomar banho e la foi no banheiro,fiz o mesmo,ela saiu rindo. Mas a noite,eu sentava no sofa ( com espaço para 2) e ela vinha com a coberta perguntando se eu queria me cobrir,dai ficavamos agarradinhos e passamos as mão um no outro. Um dia na rua com minha mãe,a mãe dela (minha tia)e outra tia,estavamos andando devagar um do lado outro,até que passou um garoto e ela disse: que gostoso,eu cheio de odio disse: muito,oooh que gostosão!! Ela parou na minha frente nariz com nariz e me perguntou:Tá com ciumes?? Na mesma hora nossas mães se viraram e perguntaram algum problema ai,eu :nada,nada e ela continuava a andar com um sorisso no rosto. No outro dia estava indo embora,ela estava deitada e não se levantou pra se despedir,na rodoviaria minha tia me diz para eu não arrumar namorada,prq minha prima ficaria com ciumes. Chegando em casa,liguei pra lá e meu tio me disse que depois que eu fui embora ela chorou.
    Passando se alguns meses,dezembro para ser exato ..voltei lá ,sozinho dessa vez para passar o fim de ano…mas com a diferença de que ela estava namorando,mas as ”brincadeiras” ainda continuavam,com um pouco mais intensas mais ainda sem beijos. Até deitamos juntos agarradinhos no sofá,enquanto todo mundo estava em casa,durmiamos no sofá..e as brigas continuavam,dei até um presente a ela…um dia eu estava super irritado,não queria falar com ninguem,ela conseguiu me enfurecer discutimos feio,até ela me dar um tapa no rosto e eu revidar (eu me arrependi muito depois),falei com nossa tia para conversar com ela,antes que eu me enfurecesse de verdade,nos ficamos dois dias sem nos falarmos (nosso temperamento é muito parecido,quando nervoso o melhor a se fazer é ficar quieto). No meio de uma brincadeira entre eu e nosso segundo primo mais velho,ela me acertou uma bolada e mandava indiretas para eu me irritar e responder. Logo depois estavamos bem e …deitados no sofá. Fui embora,mas dessa vez ela não chorou,liguei pra lá e ela me perguntava quando eu ia lá de novo,se eu estava namorando..
    Em Julho minhas outras primas que moram aqui no Rio,foram para lá,mas eu não fui e ela ainda me perguntava quando eu ia lá…
    Semana passada,liguei para lá ela me disse que estava namorando 2 garotos agora (ah vá) e me perguntou se eu estava namorando,para não sair por baixo eu disse que estava saindo com algumas,ela disse vindo de voce não duvido não. Eu perguntei sobre o namorado dela,ela disse que iria com ele para um baile com ele,na raiva disse que o odiava,odiava o ex dela e o proximo que ela irá namorar. Ela ficou espantada,dizendo que u não o conhecia e eu disse que não precisava conhece-lo para odia-lo. Ai ela perguntou se eu ia no tal baile,pra ficar com a vizinha dela (ela é bonitinha,mas não me interessa),seu pegaria a vizinha…ela falou que tinhas outras garotas no baile,se eu ia pegar..eu disse que ia,ela disse que não dava tempo de eu ir e depois perguntou se eu iria lá no final de ano. Antes de desligar chamei ela de minha chatinha,ela disse eu te amo e depois dise te odeio,eu dise que tambem a amava e desligamos. Eu vou até faltar o trabalho só para me declarar pra ela. Não aguento mais essa situação.

    Ela geralmente me trata com apatia,mas sempre fica perto de mim…senta do meu lado,deita comigo,mas não me deixa beija-la. Ela gosta de mim ou é coisa da minha cabeça ou só uma fase?
    Um detalhe é que temos 8 anos de diferença e alem de primo sou padrinho dela!!
    POR FAVOR RESPONDAM!!!

    • Liz Passos disse:

      Anderson!!!!
      Com certeza ela se sente muuuito atraída por você.
      Talvez se morassem perto um do outro, já tivesse rolado um namorinho.
      Ela gosta de fazer charminho com vc… quer, mas não dá o braço a torcer.
      Vc precisa dominar essa ferinha… primeiro faça o tipo “não tô nem aí”… deixe que ela sinta falta da sua atenção… esnobe um pouco, deixe em dúvida se você gosta dela ou não :)
      E então quando ela se aproximar cobrando satisfasção pela sua mudança (pq isso vai acontecer), vc olha nos olhos dela, fala o que sente e resolve logo esse impasse.
      Mas se ela disser que não quer… se afaste!
      Ou então vc será sempre um brinquedinho nas mãos dela.
      Boa sorte, querido! E depois conte o que aconteceu :)
      Beijos

  52. Anderson Jorge disse:

    Muito obrigado Liz,logo logo darei noticias!!! Bjos

  53. Manoel Felipe disse:

    Olá caros leitores e idealizadores.
    Minha historia é assim!!!!
    Eu tenho hj 18 anos e ela tem 13, trabalhamos juntos e eu morro com meus tios que são avos dela. Com isso mantemos contato direto.
    Minha paixão por ela começou quando eu ainda tinha 14 anos, já tentei demonstrar a ela muitas vezes minha paixão por ela, mas sinceramente não sei se ela percebeu ou não. Ela foi a única menina com a qual pensei em me casar, constituir família, não sei se sou capaz de olhar nos olhos dela e disser q estou apaixonado por ela, mas gostaria muito de ter ela como minha mulher. Ela é a motivação de meu dia, do meu amanhecer, minha alegria, o brilho da lua, as estrelas do meu céu, tudo o que faço é para ela e tudo o que eu penso é ela.
    Gostaria muito de que vcs me ajudassem, me dêem saídas, por favor, me falem o que fazer sou muito tímido e inseguro, tenho muito medo da reação dela caso eu seja direto a ela. Medo de levar um NAO.
    Atenciosamente

    • Denise Muller disse:

      Histórias entre primos são sempre lindas e intrigantes… Mas temos sempre que tomar alguns cuidados: Sua prima tem apenas 13 anos. As garotas nessa idade podem se assustar ao falar em casamento. Se for abrir o jogo, tente apenas demonstrar seus sentimentos.Outra dica: demonstre que ela meche com você mas não deixe claro que você está perdidamente apaixonado -- as mulheres tem tendência a esnobar quando sentem o rapaz está em suas mãos. Tente fazer com ela um joguinho de conquista, sedução, dúvida, como as pessoas descrevem aqui nos posts. Relacionamento entre primos sempre tem aquele tempero de coisa proibida, aproveite isso! E tenha sempre cuidado com os seus avós (tios dela) e com os pais dela, antes de agir tente imaginar (pelo que você conhece deles) o que eles iriam pensar…
      Relacionamento entre primos é tão complicado quanto encantador. Tenho uma história com um primo também. Espero que minhas dicas te ajudem!

  54. Leila disse:

    Nossa…minha história é parecida com muitas que li aqui…Namorei com meu primo quando tinha 16 anos, foi uma fase muito legal da minha vida, mas não me recordo o porque dela ter acabado…Hoje estou com 33 anos, já casei, me separei, seguimos nossas vidas, totalmente distintas, ele também casou e continua casado até hoje(pra minha tristeza). Agora em novembro nos reencontramos na net, já eramos amigos de orkut, mas com pouco contato, vendo seu orkut, pensei que estava solteiro e resolvi me reaproximar dele, como todos já disseram, “amor de primo é pra sempre”, mas depois de algumas conversas ele me falou que continua casado, ao retomarmos o contato agora por msn, percebi que não o esqueci, e todo aquele sentimento da adolescência voltou com força total. Sinto muita vontade de estar com ele, de senti-lo pertinho de mim…mas ao mesmo tempo tenho medo, devido ao casamento dele…Não sei o que fazer…

    • Denise Muller disse:

      Também tenho uma história com um primo e ele se casou recentemente… ainda gosto dele, tenho muito medo do futuro! Estou me mantendo longe, já que ele está casado.
      Se você quiser muito ele, vale apena ir lá e investir. É péssimo se arrepender de não ter lutado pelo que se quer. Mas antes, tente perceber se isso que você está sentindo é porque você gosta mesmo dele ou por que você se separou e está precisando de carinho, de paixão, atenção… Será que outra pessoa mais perto, solteira não poderia te fazer feliz?

  55. Manoel disse:

    olá, otimo site!!!!
    li todos os comentarios,me identifiquei com muitas historias aqui presentes, percebi que nao sou o unico nesta estrada inserta e perigosa, tambem sou apaixonado pela minha prima, ela tem 13 anos e eu sou 5 anos mas velho que ela, mantemos muito contato e ela confia muito em mim, conta-me muito sob suas esperincias amorosas, e a poucos dias contou-me que esta gostando de outro garoto, mas ele esta apaixonado por outra, para aminha felicidade, lendo os outros casos acabei ficando com medo, percebi que muitas destas paixoes se tornao realmente amores e que duram para a vida toda. Comigo nao é difirente, me apaixonei pela primeira vez por ela no ano de 2006, e de la pra cá este sentimento sempre vai e vem de uma hora para a outra e sempre que volta parece voltar mas forte que da ultima vez. Antes de ontem durante a noite, lá pelas 2 da madrugada ela me chamou no msn, queria dizer q estava gostando muito de outro garoto, no mesmo momento meu coração se abriu ao meio e cortei o papo no mesmo momento, disse a ela que nao era um bom momento para falarmos sobre isso. Ela ficou muito surpresa pois sempre me fiz presente, ouvi, dei dicas e apoiei, mesmo querendo ser eu aqueles garotos das historias dela.
    ela me perguntou porque nao era um bom momento, ai virei em lagrimas e abri o jogo com ela, contei de meus sentimentos para ela, ela ficou triste por ter me feito sofrer, mas nada alem disso, hoje nao consigo nem olhar nos olhos dela, estou muito inseguro de mim mesmo, me recuperando e pedindo a Deus que este sentimento encontre outra pessoa, alguem que esteja disponivel e nao seja um alguem impossivel de ter.

    Comente por favor.

    • Liz Passos disse:

      Querido!!!
      A parte mais difícil vc já fez, que foi confessar esse amor.
      Infelizmente, o coração dela não irá mudar de uma hora p outra, mas com certeza a partir de agora, ela começará a te olhar com outros olhos!
      Mas já tem mto tempo que vc se entrega à esse amor, se ela não der nenhum sinal é melhor recomeçar, vc não acha?
      Talvez tenha alguém por aí te esperando e vc nem está percebendo por causa desse amor não correspondido!
      Pense nisso :)
      Beijos e boa sorte!!!!

      • Manoel disse:

        Liz Passos, obrigado pela atenção, realmente foi muito bom ver a opinoao de outra pessoa, e realmente vou repensar meus ideais, sei que não sera facil esquecer mas sera mas dificil ainda continuar assim como esta.
        felicidades para você querida.

  56. Camila disse:

    Simplesmente a minha história. Sempre fingi que odiava meu primo mas no fundo sempre amei, e ainda amo. O problema é que ele é bem mais velho que eu, tem uma namorada, ama muito ela e se bobear logo se casam. E ele nunca vai nem pensar em mim. Mas eu já fiz de tudo para esquece-lo, só que é impossível. Luto contra isso há uns 7 ou 8 anos, não suporto mais.

    • Denise Muller disse:

      Eu tenho uma história parecida com muitos aqui do site. E ele se casou. Estou há 1 ano tentando me recuperar disso. Mas fico feliz, pois sei que fiz o que pude:
      Quando ele ficou noivo eu fui atrás dele e tivemos uma longa, linda e triste conversa. Fiz isso porque a vida toda a gente se paquerou, se beijou, sempre tivemos uma amizade colorida, então, eu sabia que eu mexia com ele de alguma forma e que eu não ia levar um não enorme. Então, foram horas e horas de conversa. Resumindo: Ele disse que amava a noiva e que ia se casar mesmo, mas confessou que foi a vida toda apaixonado por mim e ainda é, mas que mesmo sendo muito atraído por mim ele ia se casar. Ficou tudo muito claro entre a gente e assim foi melhor. Respeitei a decisão dele e entendi o que ele sente. Acho que se não tivesse ido atrás dele eu ia ficar o resto da vida imaginando que não fiz tudo que podia, que a gente poderia estar junto. Hoje eu sei que fiz o que pude e isso me ajuda, mas mesmo assim é muito dificil lidar com essa situação. Vou me dar mais um tempo porque foi tudo muito recente. Se não melhorar, vou procurar terapia.

      Espero que meu exemplo te ajude.

  57. jéssika disse:

    quando era criança eu tinha um primo e agente sempre dava beijinhos escondidos, ele foi embora para SP e eu fiquei no PI mais mesmo assim sempre que nos falamos lembramos da infancia e ficamos com muita vointade de viver a maturidade hoje tenho 22 anos estou casada e tenho um filho mais no fundo no fundo sinto vontade de ficar com meu primo talvez para relembrar o passado, talvez por gostar de verdade dele é uma coisa confusa…

  58. Ana disse:

    A minha história com meu primo é atual, nossas famílias sempre foram bastante próximas, pois moramos em cidades vizinhas, tudo começou quando eu com 16 anos e ele com 22 anos depois de sairmos sempre juntos em um dia qualquer em um grupo de amigos após ele beber um pouco a mais da conta como é de costume, ele descide confessar que fazia mais de 1 ano que ele queria fikar comigo mas que ñ tinha coragem de me contar, e então naquele instante ele suplicou por apenas um beijo meu…. confesso q no momento fiquei um tanto confusa, pois somos primos de 1º grau e ele estava namorando, tentei mudar de assunto e desconversar, mas depois ao ir me levar embora de carro, pois era tarde da noite ele desviou o caminho e parou em outra rua…. ficamos pela primeira vez, a sensação foi estranha, pois de repente eu estava fikando com meu primo q estava namorando, mas também foi um tanto bom, talvez por ser proibido. depois dakele dia nos encontarmos com mais frequencia em reuniões de família e os olhares eram enevitaveis, tanto que descidimos evitar ao maximo tal situação. na formatura da minha prima e irmã dele eu fui dormir na cas deles, e eis que no outro dia a irmã dele passou muito mal e foi com os pais para um hospital em outra cidade fikando na casa somente eu ele e a nossa avó q estava lá devido a formatura do dia anterior, e como toda senhora de idade avançada ela foi dormir um pouco durante a tarde (aproximadamente umas 4 horas de agradavel sono com som de chuva) enquanto isso nós dois permaneciamos bem juntinhos naquele sábado chuvoso assistindo tv (mais precisamente ao desenho ”pica- pau”) tudo akilo parecia um sonho, até q a vó acordou e então cada um em um canto da casa, para voltar para a minha cidade ele vei me trazer e viemos sozinhos, pois minha prima não estava em condições…. akele dia vai ficar para sempre em nossa memória tenho certeza e até hoje ñ tivemos mais oportunidades de siquer dar um beijo, me tornei amiga da ex namorada dele , estamos levando a vida assim as escondidas, é maravilhoso, porem ñ sei até quando isso irá se estender e tememos a reação da família… minha mãe sabe e ñ é contra assim como a irmã dele tbm parece ñ ser contra, mas mesmo assim temos medo. eu ñ queria gostar dele, mas percebo q já é tarde demais e pelo o que ele fala ñ é tão diferente de mim, pois caso contrario ñ teria terminado o namoro pra ficar comigo como ele diz… aguardo resposta, ou melhor sugestões……… gostei muito dos comentários acima e graças a eles pude perceber que ñ sou a única a estar nesta situação. obrigada a todos que tiveram a paciencia de ler este pequeno grande relato!! bjs

    • Felipe disse:

      Que lindo querida, adorei sua historia, hoje vivencio uma história parecida e sei de que nao é facil tal situação, estou torcendo por voce e espero que de tudo certo para vcs dois.
      Bjos amor.

  59. MATHEUS disse:

    Eu tenho 13 anos e minha prima tem 15,desde de que eu era pequeno eu gosto dela,mas ela mora em uma cidade muito longe da minha,só que agora eu viajo para a cidade dela todas férias de dezembro.Nós somos muito amigos só que ela tem um primo preferido,só acho que ela não sente atração por ele.Quando nós saimos com a familía nos sempre ficamos muitas vezes trocando olhares,mas eu fico em dúvida se são olhares de atração ou não,eu agora estou meio deprimido pois estou tendo uma série de sonhos onde eu namorava com ela( o que eu acho legal só que fico deprimido porque queria que acontecesse na vida real)eu a amo de uma forma inexplicável.eu espalho fotos dela pelo meu quarto inteiro,eu nao sei se ela gosta de mim por isso que fico com medo de declarar meu amor pro ela mesmo que eu passe um ano longe dela eu nao consigo amar outra pessoa.eu também fico com medo pela questão de ela ser 2 anos mais velha que eu.LIZ por favor me dê conselhos e me fale se tem algum problema de ela ser 2 anos mais velha que eu. bjs

    • Liz Passos disse:

      Achei sua história linda, Matheus! :)
      Bom, sobre a idade não vejo nenhum problema… a diferença não é tão grande assim e acho que idade é algo muito relatico. O que importa mesmo é a maturidade.
      Mas sobre o seu amor por ela, acho que deve ser declarado logo, mesmo que vc leve um “não”.
      Só assim vc vai poder investir ou então partir pra outra, já que tem tanto tempo gostando dela.
      Torço pra q tudo dê certo, mas caso não dê… nada de tristeza, ok?
      Vc ainda é muito novo e tem muuuuita coisa p viver :)
      Beijo grandão

  60. lala disse:

    oi eu queria muito ajuda, eu amo meu primo nos somos como unha e carne desde pequenos, ele é muito atencioso, mas tem um problema ele é gay. buaa, oque eu fasso?

  61. amanda disse:

    Estou em uma situação difícil, gostaria de alguns conselhos.
    Bem, temos mais de 20 anos. Nos encontramos depois de uns 2 anos há pouco tempo, nas festas de fim de ano. Rolou uma atração muito forte entre eu e ele que foi crescendo nesse poucos dias que ficamos próximos. Não houve nada, só aquele forte clima constrangedor (ele me encarava, principalmente quando eu não estava olhando, troca de olhares em alguns momentos, ficava me rondando/observando,etc).. Não conversamos muito e também nunca ficávamos a sós. O reencontrei um mês depois, mas durante esses 2 dias não conversamos o tanto que eu queria para haver alguma aproximação e além disso sempre havia mais alguém junto.
    A situação ficou assim.. mas não consigo tirá-lo da cabeça e não sei como fazer para me aproximar dele.. moramos longe, em estados diferentes. Tive a impressão que ele me deu indiretas em um momento, nesses 2 dias, sobre o fato de se eu não estaria querendo morar por lá, já que terminei a faculdade, não tenho emprego,etc. Cheguei a enviar uma msg à ele, pois não havíamos nos despedido, dizendo que se caso voltasse para cá ainda neste verão podíamos combinar algo, ao que ele respondeu que avisaria. Depois disso não entrei mais em contato.. acontece que não quero parecer insistente ou atirada, adicionando-o e correndo atrás.. enfim não sei que atitude tomar. Minha timidez tmb colabora muito,no mau sentido, mas ele também é um pouco assim. Bjs

  62. amanda disse:

    Onde foi parar meu comentário anterior?

  63. Greice disse:

    oooii, então Liz… eu sou completamente apaixonada pelo meu primo! e ele por mim… tudo começou nessas férias de verão,ele mora em sp e eu se,ele veio pra sergipe agra. Então a gente sempre demora muito pra se reencontrar,a ultima vez que eu tinha visto ele foi a 4 anos atrás, eu tinha 12 anos…e ele 13! hj temos 16 e 17! dessa vez que ele veio foi tudo mt diferente,pois passamos a nos olhar diferente,ele passou as férias aqui na minha casa. Sempre a gente brigava,implicava um com o outro,mas smp adimitamos o amor de primo que tinhamos um pelo outro! brigavamos o dia inteiro,mas ai qdo chegava a noite q ele deitava cmg na minha cama sempre nos acaríciavamos,brincavamos,conversavamos,riamos..até qdo os carinhos começaram a fikram profundos, e as curiosidades de adolescente começaram a aparecer… o desejo pelo que é proibido começou a ficar intenso,demoramos pra dar um bjo pois eu não queria,pq no momento eu estava namorando! Mas o desejo que eu tinha por ele ficava maior a cada dia que passava. Até quando um dia não guentamos, e nos beijamos intensamente,foi maravilhoooooooso *-* então desse dia, a gente ficava toda noite eu dormia deitada no peito dele, conversavamos muuuito! era muito gostoso… mas a gente antes de se beijar tinhamos combinado de: Não rolar sentimento nenhum entre a gente,que aquilo só seria um desejo de primos,uma coisa momentânea! mas ai com o passar das férias,foi ficando mt bom e mt intenso. No dia em que ele foi embora que descobrimos que estavamos realmente apaixonados,qdo ele ia partir,ele disse q me amava *--* e foi um momento maravilhoso, logo quando ele saiu meus olhos encheram de lágrimas e uma dor no peeeito mt forte,um sentimento que parecia q eu tinha terminado um relacionamento de anos. Um sentimento de perda terrível, chorei mt! . Logo qdo foi o primeiro dia sem ele, foi horrível. eu tava mt triste,a primeira noite sem ele na mh cama… :/ eu chorei mt,estava com mt saudades e ai a gente começou a se comunicar por sms, e o sentimento começou a ficar cada vez maior, Tem um mês q ele foi embora e eu to com muitas saudades, a gente conversa todo santo dia por sms ou por msn,por tel ele smp me liga e ficamos hrs se falando…oqto queriamos estar perto um do outro!Agora só vamos nos ver nas férias de julho, e a gente não ver a hora de nos reencontrarmos novamente. Acredito que vai ser perfeeito como da outra vez! Eu já terminei com meu namorado,não por isso,sim por outros motivos…mas isso fez com q eu alimentasse mais esse sentimento pelo meu lindo primo.Morro de medo que nossos pais descubram,a gente já conversou sobre isso… só que nós sabemos que não damos certo,nem tanto porque somos primos e sim pela distancia. é díficil. Mais escondido é bem melhor,a sensão de perigo é muito gostoso *—* Eu queria muito que nossa paixão desse certo, mais é muito díficil… moramos mt longe,só vamos nos ver em férias! ;/ Maais tudo beeem, agora vou aproveitar mt essa paixão intensa e que seja feita a vontade de Deus nas nossas vidas. rs
    beeeijo

    • Mariana disse:

      Nossa! Minha história com meu primo é muuuuuito parecida! Desde criança a gente sempre dormiu no mesmo quarto e todas as noites ficavamos trocando carinhos, fingindo sempre que era só amizade. A desculpa sempre era “primo, tô sem sono… vem fazer cafuné pra eu dormir” ou então a gente assistia filme de terror e eu ficava com medo e ele vinha pra minha cama. Nossa, como era gostoso! Nunca vi um carinho mais gostoso que um dele, uma pele mais gostosa, o cheiro, a voz… Nossa! Ele não existe…. E olha que demorou muitos anos pra darmos nosso primeiro beijo! A gente sempre trocou carinhos antes mesmo de uns 12 anos de idade e o primeiro beijo foi acontecer só com uns 18 anos. Sempre fingimos um pro outro que era só amizade. A gente sempre contou um pro outro das outras paqueras, até ficavamos tentando arrumar amigos pro outro ficar, tudo pra fingir que não estávamos a fim. Um dia ele veio pra minha cidade e eu estava ficando com outro rapaz, e aí eu arrumei uma amiga pra ele e ele ficou com ela e eu quase infartei de ciumes!!! E adivinha o que aconteceu? Ele percebeu meu ciume e parou de ficar com ela, eu parei de ficar com o rapaz e nos beijamos! Foi maravilhoso! O melhor beijo da minha vida!
      Muitos anos já se passaram e ele se casou, eu também… mas não posso nem vê-lo. Eu ainda gosto muito dele, muito mesmo! Ninguém é como ele. Ninguém tem o carinho dele, o beijo dele, a pele, a voz, o charme, o olhar…

  64. ♥ Mona ♥ disse:

    Bom, nossa que interessante esse no textos .
    Tenho um primo que conheci pela net e somos amigos pra sempre.
    Mais importante do que seja feliz!!!!!!

  65. ♥ Mona ♥ disse:

    Tenho uma duvida: É normal ser amizade primo casado?

    Espero que suas respondas!!!!! Um beijão.

  66. M. disse:

    Eu sou louca pelo meu primo! Eu gosto dele desde criança. Mas ele se casou e eu também. O que eu faço então? Fujo dele o tempo todo! Eu sou casada, não posso desejar alguém que não seja o meu marido. Mas confesso que sou louca por ele. Então há anos eu fujo dele, não viajo pra cidade dele (e de minha família) se ele estiver lá. É muito triste isso. Mas é mais forte do que eu. Se ele fosse um vizinho eu mudava de casa, se fosse um colega de trabalho eu mudava de emprego, mas ele é meu primo, é muito difícil! E vez ou outra alguém fala dele. Nós sempre fomos muito unidos. Depois que ele se casou eu evaporei. Ninguém entendeu nada. Imagino que alguem deve até estranhar. Mas eu não consigo mais ve-lo sabendo que a gente não pode mais fazer tudo que a gente fez a vida toda. Ele me mandou o convite do casamento dele. Eu quis morrer!

  67. Arianne disse:

    Sou apaixonada por um primo, mas ele não falar mas comigo, porque ele quis ficar comigo e no dia em que isso aconteceu, eu não sei o que aconteceu comigo que eu não fiquei com ele. Mas me arrependo ate hoje pela idiotice que fiz, mas agora morrer de amores por ele e ele nem se quer me olha direito ,se chego em algum lugar ele sair.
    E ficar assim, fico arrasada quando o vejo com sua namorada, mas fazer o que, ele não me quer mais. Tenho esperança que um dia ele me perdoe e der uma chance pra nos dois.

  68. Amiga disse:

    Sou apaixonada pelo meu primo desde a infância, e ele é de outra cidade e veio morar na minha cidade por uns tempos, e antes dele vir ja tinhamos ficado várias vezes e quando ele veio eu estava namorando um rapaz que hoje é meu marido, mais mesmo assim saia com meu primo todos os dias, e hoje mesmo eu sendo casada ainda amo de mais meu primo e sou louca por ele, largaria tudo na vida pra ficar com ele. E ele o mesmo. s2 te amo.

  69. Veronice Jéssica disse:

    Poxa gente eu amuh um primo meu é uma coisa q temos des de pequenos, brincavamos muito eu ia passar férias na ksa dele e tudo +…. a dois anos e alguns meses atras tentamops assumir o nosso relacionamento mas por alguns da familia desistimos disse, dai nos afastamos um do outro, fikmos sem contato algum, nos entrigamos e tudo pow, arrumei um namorado passei um ano e dois meses ele tbm arrumou uma namorada passou dois anos e 3 meses… antes mesmo dele acabar o namoro ja estavamos fikando novamente… aconteceu assim um dia fui pra ksa da nossa avó e lá nos encontramos dai nesse dia nos falamos e por alguns momentos aconteceram algumas brincadeiras, foram nessas brincadeiras q nos reaproximamos novamente isso aconteceu dia 7 de agosto de 2011 até hj gente naum ficamos um dia siquer sem nos falarmos, agora as coisas estão mas faceis sabe da outra vez quem foi contra dessa vez aceitaram só falta mesmo meu Pai… eu naum tenho palavras q expressem u q sinto por ele sabe ja vivemos tantas coisas juntos… Tenho muita coisas pra contar mas vou parando por aki ta gente quem fikr enteressado na minha história deixem um comentario q tentarei entrar em contado para contar mas coisas… Eu axo a nossa história linda pareci um sonho sabe + não é, é tudo ujma pura Realidade… Amor de primo é Pra Sempre…

  70. Anderson Jorge disse:

    Olá novamente Liz
    Não sei se lembra do meu caso,também já faz um tempinho,desde o dia 6/12/2011 a ultima vez que eu te escrevi. Enfim,eu eu acabei não indo a Minas para falar com minha prima,mas eu resolvi ligar saber como ela está,ela logo me disse que estava namorando com um rapaz mais velho do que ela (uns 5 anos mais novo do que eu) e as escondidas,na hora me enfureci e disse que não queria ela namorasse,ela me perguntando o porque,de tanta insistencia eu disse que era ciume,ela disse que ciume de primo era besteira. Eu disse não é ciume de primo,mas ciumes de homem,de alguem que te ama. Desde então,ela ficou com raiva e não fala tanto comigo hoje,ja liguei pra ela outras vezes,minha mãe ja falou com ela sobre esse namoro em meu nome,ela descobriu zombou de mim….enfim,parei de falar larguei de mão,não procuro saber,mas aquela precoupação ainda bate e não pra se esquecer um amor assim. Decidi seguir seu conselho,mas como vc mesma disse há esperança pra mim (não disse essas palvaras,mas o significado é esse)

    • Liz Passos disse:

      Oi Anderson!
      Bom ter notícias suas!
      Fico contente em saber que vc decidiu seguir sua vida e deixar as coisas acontecerem.
      Tem um ditado que é muito usado e bem antigo, mas nunca vai deixar de ser atual: “se tiver que ser… será!”.
      Acredite nisso e siga seu caminho… só não deixe de viver enquanto o destino trabalha :)
      Beijos e continuo torcendo por vc.
      Liz

  71. rivanilza silva disse:

    eu não fui apaixonada por um primo eu sou perdida de de amor pelo meu primo Gilberto tudo que eu queria era ele comigo

  72. Joice souza disse:

    oi liz tenho 14 anos e meu primo tb somos mt proximos e qd estamos juntos é mt magico a gente nao se desgruda,sabemos td um do outro sempre q nos despedimos no fim das ferias eu e ele choramos mt e doi mt penso nele sempre e choro de sdd!tb sonho beijando ele!Isso é amor?me ajude por favor bjjos

  73. Amanda disse:

    Bom minha historia com primo e complicada namoro escondido com meu primo a 1 ano e 5 meses, minha mãe e contra.
    bom nossa historia começo assim quando criança brinca-vamos junto se passo muitos anos ele com 20 eu 19 anos nos reencontramos no Natal de 2010 foi a quela troca de olhares fica vamos sempre sempre perto um do outro conversando para todos tava na cara q um gostava do outro menos pra a gente ai com a intervenção de um primo acabamos ficando no dia q ele foi embora beijo de despedida :’(
    ai trocamos telefone, email e continuamos nos falando ele me pediu em namoro eu aceitei mais só voltamos a nos ver 1 ano depois no Natal de 2011 o pior natal da minha vida minha mae faz um escândalo no meio da rua pra todos ver pq não queria me ver junto dele acabo com a festa de todos ta né depois dessa baixaria toda decidi ir embora. ai em 2012 fui passa o carnaval da casa da minha tia ele estava la ai foi so love né todos os outros tios apoiam menos minha mãe, decidi agora para com issu de namoro escondido ta na cara de todos q a genti se ama e infelizmente minha mãe tem q aceita eu amo ele ele me ama e não vamos deixa minha mãe acaba com issu uma amor inocente, lindo
    bom bjj essa e minha historia com primo e como falam amor de primo nunca acaba……

  74. fernanda menezes ribeiro disse:

    eu ja namorei meu primo,fui apaixonado desde de criança.mas so ficamos depois de adultos.foi tudo maravilhoso,inesquecivel cada minuto juntos,td intenso.

  75. KL disse:

    Nossa, super me encontrei no seu texto Liz!
    Eu tenho uma paixão por um primo. Nos conhecemos 2 anos atrás. Só nos vimos 2 vezes, 1 por ano. Agora em dezembro vai ser a terceira vez.
    Mas é algo muito mágico, muito mesmo. Aquele sentimento que damos um suspiro, entende? Nossa, muito doce!
    Ele me pediu em namoro a ultima vez mas não aceitei.
    Nossas casas ficam em estados diferente. A minha no Teresina- Piaui e a dele em Santos-SP.
    Mas ele não mora em santos, há dois anos está morando fora do Brasil. Quando nos conhecemos ele morava no Texas. Mas agora está morando em San Francisco -- California.
    E ele só vem por Brasil uma vez por ano.
    Ontem fez um ano que não o vejo. Foi dolorido relembrar de tudo e não ter ele por perto. Mas ainda bem que Dezembro está chegando.
    Não sei ao certo o dia que nos veremos, se aqui em Teresina ou no Rio de janeiro(minha cidade natal). Mas sei que vamos nos encontrar e matar toda essa saudade que estamos um do outro.
    O bom é que o sentimento é reciproco. Mas nem por isso não deixo de viver minha vida na ausencia dele. Não sei ele, ele não me fala sobre isso. Mas desconfio que ele sempre quando vem pro Brasil, fica com a ex dele que também mora em santos. Mas eu nao cobro isso dele, pois eu vivo minha vida. E a ultima vez que fui em Santos fiquei com um quase primo meu. Ou seja, não posso cobrar nada dele.
    Mas que bate um ciuminho de vez em quando, isso bate sim!
    Mas não vejo a hora de reencontra-lo.
    É como ele mesmo disse: “Eu sei que vamos nos ver logo, passa rapido…pena que só dá pra perceber isso no final né…só quero que essa espera toda tenha um sentido…
    O mais legal de tudo é sentir que tem…
    O tempo vai voar, vamos confiar nele. E logo logo vou me pegar encontrando esse sorriso tão lindo”

    Parabéns pelo post, Liz!
    Abraços

  76. João disse:

    Nossa eu sou apaixonado por uma prima há muito tempo. Quando estudávamos juntos e eu acho que ela percebia que eu sempre fui afim dela, e ela sempre foi muito amiga e carinhosa comigo, não sei se sentia o mesmo por mim, mas nunca passou disso. Acabei mudando para outro estado e acabei a esquecendo, mas voltei semana passada para tirar umas férias aqui e a encontrei no Facebook, ontem nós conversamos muito no bate-papo, pude notar olhando suas fotos do perfil como ela cresceu e mesmo com apenas 16 anos já parece uma mulher e eu com a mesma idade ainda sou um garotinho(não na questão física, mas mental), não vejo ela de verdade há muitos anos desde a festa de casamento do meu padrinho, mas ainda sinto a mesma sensação que sentia quando a gente estudava… Queria que o destino nos aproximasse pra ver o que acontecia? Bela postagem!

  77. nair disse:

    Estou vivendo isso ,tenho trinta anos e meu primo vinte e cinco.
    Agente tem uma amizade muito ,forte,sabado passado ele se declarou ,juro que nunca passou pela minha cabeça ,mais quando ele me beijou percebi ,o que sentia nao era amor de amizade ,agora me deparo completamente apaixonada pelo meu primo de primeiro grau ,meus pais sao contra,eles nao sabe….uma mistura de qrer ficar e fugir confusa demais…ele me faz tao bem….

  78. catia disse:

    ola liz bom na verdade eu adorei o seu blogue por isso pensei em escrever a minha historia. bom eu nao sei se estou apaixonada pelo meu primo e ele por mim por isso aqui vai a minha historia. eu e ele somos primos em 3 grau temos 2 anos de diferença ele tem 14 e eu 12 e td começou este natal, minha prima (mae dele) me convidou a mim e a minha familia para passarmos la o natal porque ja havia pra ai uns 5 anos que nao nos viamos. eu e meu primo ja tinhamos sido namorado s quando eramos pequenos com os 2 e 4 anos mas era amor de criança dps passou. dps com os meu 5 e ele com os 7 anos começamos sempre na zanga ele estava sempre a chatear me e eu a ele mas eu sempre acheio bonito e acho que ele a mim. dps passado 5 anos como eu estava a dizer eu estava bem informada de corpo e ele tb. quando eu entrei em casa dele nao estava a ver pk ele tinha saido mas depois ele chegou e quando ele me viu ficou com um olhar super esquesito para mim. endiante nos os 2 fomos para a sala sozinhos e eu meti conversa pensado assim:
    - bom como ele ja tem 14 anos mudou
    pensado eu e estava certa
    e ele muito querido respondeu e começamos a conversar , quando nos chamaram nos para jantar e imaginem meu lugara era ao pe dele e tb vim a descobrir que foi ele que escolheu meu lugar. bom comemos td na boa e fomos de novo para a sala enquanto os adultos ( minha prima, minha mae e mais outras 2 pessoas da nossa familia) ficaram na cozinha. quando eu disse para ele que estava aborrecida pk nao estavamos a fazer nada de jeito. ele estava no computador eu a ver televisao quando ele me diz se podiamos jogar ao verdade ou desafio e eu aceitei de boa vontade. ele me disse que so escolhia desafios eu so escolhi uma verdade e o resto começei a escolher desafios. quando chegou a minha vez de perguntar e eu como ja nao tinha ideias para o desafio dificil ele me disse para por o beijo e eu pos pensando que nao iria escolher. quando ele ia escolher, ele escolheu o beijo e nos beijamos nos lindamente ate que começamos so nos a beijar mas as escondidas dos nossos familiares. e eu acho que apos destes 5 anos nos apaixonamos. quando ele foi a cozinha beber agua eu fiquei na sala a espera entao ele disse ao ouvido da mae que me achava bonita e estava a pedir openioes mas nao do era. eu fiquei a saber disso porque minha mae me contou. mas adiante beijamonos ate eu me ir embora. presiso da sua respostas se nos apaixanamos nos? bjs

  79. Anderson Jorge disse:

    soOlá novamente Liz
    Pela terceira vez escrevo a vc sobre minha prima,a 1° em 06/12/2011,a 2° em 09/04/2012. Eu pensei no que vc havia me dito sobre seguir em frente e sinceramente não esperava rever minha prima tão cedo,pois ainda estou chateado com essa historia de namorado ( que infelizmente eu conheci),mas o destino como sempre prega suas peças…nosso avo fez aniversario esse mes e queria todos os filhos netos (só de netos contando comigo são 18,filhos 12) juntos para comemorar,eu fui com duas primas e tias nossas daqui do RJ (emais os primos dessas duas primas),chegando lá eu falei com todo mundo menos ela,que logo depois veio falar comigo,perguntando seu eu não iria falar com ela,eu respondi com um curto e grosso OI.
    Passando se algumas horas,ela voltou a implicar comigo me batendo e eu revidando,tapas,socos…deixei ela pra lá e fui falar com a Ana Laura (outra prima nossa,que conheci agora) e ela é muito bonita,tanto que eu e meu outro primo demos em cima dela (bom,eu pra fazer ciume na prima que gosto),não sei se é impressão minha mas sempre que eu estava perto da Ana,ela vinha me perturbar ou me abraçar,sempre com um sorriso no rosto e tambem perturbava Matheus e o Luiz (primos da minhas primas do RJ),quando eu estava perto,isso sem falar que as amigas dela estavam lá (nada confiaveis) e mai uns carinha da rua,só pra atrapalhar e al dando em cima deles. Nesse dia noite todos os primos,os que foram,sentaram na calçada,alguns juntos outros separados ela deitou a cabeça na minha perna,eu automaticamente a abracei e um tempo depois ela me deu mordidinhas no braço que eu logo retribui,mais a noite todos durmimos no mesmo quarto,as meninas nas camas e os meninos no chão,uma verdadeira confusão,um passando pro lugar do outro,brigando,conversando,etc…
    Ela toda me irritando,me mordendo,batendo e eu tambem,até uma hora que eu agarrei elae aquela vontade de beija-la veio (o meu tão sonhado beijo),mas não consegui por medo dos meus tios verem,depois de um tempo ela deitou do meu lado,mas o Matheus encheu o saco dela e ela voltou pra cama. no dia seguinte as mesmas coisas,na hora de eu e minhas primas irmos embora ela ficou quieta no canto,meio triste eu tentei falar com ela sobre o que eu havia dito no telefone,mas ela se fez de desentendida e depois tentei de novo,não quis falar,ficou com raiva de novo e paramos de nos faalr de novo… essa semana e liguei pro meu primo que mora lá,pra perguntar sobre ela e ele disse que apos sairmos estava com uma cara de choro. Com certeza prq voltamos pro RJ,agora não sei se eu estava incluido ….
    Liz novamente te pergunto,ela gosta de mim?? É impressão minha? Pelas atitudes dela,ela esta com medo de se apaixonar por mim?

    • Liz Passos disse:

      Oi Anderson!
      Que bom ter vc aqui de volta :)
      Pelo que vc contou desse encontro divertido e gostoso com os primos e pelo que descreveu do comportamento dela…
      Não resta dúvida… ela sente algo por vc, sim!!!!!
      Tem ciúmes, provoca vc, enfim… atitudes de quem tem algum sentimento.
      Não dá pra afirmar se é só uma atração ou se há uma paixão mal resolvida, mas que vc mexe com ela… mexe mesmo!!!
      Ela não tem coragem de agir e fica esperando vc tomar alguma atitude, mas vc foi certo em não ter tentado nada mais sério durante a viagem… ela precisa dizer o que quer.
      Enfim, meu amigo… certamente, ela ainda deve estar pensando em vc e nesse último contato que tiveram.
      Mas continuo achando que vc não deve parar sua vida por causa disso… se um dia ela se decidir, de verdade, vai te procurar.
      O que vc não pode é ficar tendo esperanças em algo que não está definido… isso só vai te fazer se apaixonar mais ainda e sofrer!
      Vamos esperar… o que tem que ser, tem força!
      Se esse amor estiver escrito no destino de vcs, mais cedo ou mais tarde, ele chegará :)
      Beijos

  80. Bruna disse:

    (OI PESSOAL,MINHA HISTORIA É INTERESSANTE E TRISTE, POR FAVOR DE OPNIOES) Olha, sou sim apaixonada por um primo distante. Conhecir ele em 2009, em uma festinha de uma prima pequena nossa. Ele ficava olhando pra mim, e eu não gostava muito disso, então ficava meio com raiva e nunca tinha falado com ele…Mas eu sentir que eu ja conhecia ele de algum lugar, o olhar dele era extremamente conhecido, eu sentir que ja vivir algo com ele… mas ficou por isso, eu era apaixonada por outro garoto,e toda vez que lembrava desse meu primo sentia um ”ódio” porque o rosto dele me irritava. Ele me adiconou no orkut agente conversou, ele não me cantou nem nada. em 2010 houve outra festa, nos encontramos, ele tava mais bonito,charmoso, e chegou em mim e disse ”nem fala ne” e eu dei um sorriso e disse oi :) e ele olhando pra mim a festa toda, chegando em casa a irma dele perguntou no orkut se eu tinha coragem de ficar com ele…pq ele gostou de mim, eu disse ”jamais ficaria com um primo, é louca” passou o ano e em 2011 olhei as fotos dele e vir ele muito mais gatinho, conversei com ele, trocamos numeros, e ele me cantando, perguntando se agente ia ficar um dia e eu disse ”é claro” . Passando 1 mes ele veio aqui em casa com os pais trazer uma mala, pq ele havia chegado dos EUA. agente ficou se olhando aqui, ele me chamou pra ficar conversando la fora mas não rolou nada. ele entrou no msn e começou a dizer que era esparro a gente ficar naquele dia e tal. Passaram-se 3 meses, ele veio para uma festa aqui e FINALMENTE AGENTE FICOU NA FRENTE DA FAMILIA TODA, foi lindo, carinhoso, intenso!eu amei tudo isso. Ele disse que tava gostando de mim dias depois…. mas depois disso agente não se falou como antes, ele foi ficando com outras, frequentando festas na cidade dele, eu toda madrugada esperando ele entrar, mas agente nao se falava por net…as vezes ele me ligava e dizia que foi engano, tinha ligado errado…em dezembro de 2011 ele ligou pra saber como eu tava. (a gente NUNCA mais tocou no assunto sobre ” a gente” janeiro eu resolvir deixar o orgulho e puxar papo com ele na net…ele me chamou pra ir pro cine, eu fui e ficamos pela 2ª vez…. depois desse cine agente demorou a se falar de novo, eu falei q ainda gostava dele e ele riu… dai ele me ligou em abril me apresentando um amigo dele por tel, queria que rolasse algo entre eu e esse amigo dele…AFF FIQUEI MAL DEMAIS! chorei muito. Dai mandei uma mensagem no cel dele dizendo tudo oq sinto, que até hoje espero ele, e quando ele chegar de viagem ele vai ler….O que acham de tudo? esperar ou desistir?

  81. Bruna disse:

    (ME ACONSELHEM) sou sim apaixonada por um primo distante. conhecir em 2009, numa festa de uma prima pequena. ele ficava me olhando, e eu não gostei muito disso, tomei um ”ódio” da cara dele por isso, mas olhava pra ele e sentia um certo conhecimento, o sorriso dele, o olhar como se eu ja conhecia antes. chegando em casa ele me adicionou no orkut, conversamos de boa e ele não me deu cantada nem nada. Em 2010 nos vimos de novo, ele tava mais lindo, maior. dai ele chegou em mim e disse ”nem fala ne” eu disse Oi:) dai vim embora e a irma dele disse no msn que ele gostou de mim, e perguntou se eu ficaria com ele eu disse ”jamais ficaria com um primo, nem morta” em 2011 vi umas fotos dele, ele lindo, maior ainda, e comecei a tc com ele, e ele pediu meu numero começou a me cantar etc.. depois de um mês ele veio aqui com os pais trazer uma mala dos EUA . agente ficou se olhando, meu coração batendo forte, ele me chamou la fora pra gente ficar conversando, mas não rolou nada :( depois de 3 meses, ele veio numa festa e finalmente FICAMOS A NOITE TODA JUNTOS, foi tudo lindo, intenso, verdadeiro e inesquecivel. passando dias ele disse no msn que tava gostando muito de mim que ficou surpreso com tudo. depois disso não nos falamos mais, acabou os assuntos, ficasmos 8 meses sem se falar, as vezes ele ligava e falava que era errado. em dezembro ele ligou, pra saber como eu tava, pq eu tava sumida e tal. em janeiro larguei o orgulho conversei com ele de boa e ele me chamou pra ir pro cine, eu fui e ficamos de novo. Cheguei em casa e disse que tava gostando dele, e ele ficou sem reação e colocou só uma carinha assim ”:)” chorei mt com isso. depois de uns meses ele me ligou apresentando um amigo, me jogando pra cima desse amigo dele, querendo q rolasse algo entre eu e ele… fiquei com raiva e exculaxei ele.. ele ficou calado e sem graça! Hoje ele esta viajando, rsolvir deixar a razão de lado e dizer tudo oq sinto desde que ele foi embora naquele dia que agente ficou aqui…quando ele chegar ele vai ler! até hoje espero ele, até hoje choro, tenho fé, e que só não vai pra frente por conta da distancia, acredito que no futuro agente dará certo! Me aconselhem? Obrigada amigos.

    • Rosana luz disse:

      Oi Bruna acho q vc deveria lutar por esse amor, não desiste. Se não der pelo -- tentou. Eu amo meu primo não lutei qdo pude e hj sofro por isso. Um dia conto a minha historia. Boa sorte, depois me conta o final da historia. Beijão

  82. Angela disse:

    Bom pessoal! Esses sentimentos entre primos é muito complicada, principalmente se tratando de distancia. Bem caso começou quando eu tinha 13 anos, totalmente criança, fui passar as férias de final de ano com os meus pais e irmãos na casa da minha vô, era a primeira vez que eu ia lá, logo no primeiro dia, conheci um primo 12 anos mais velho que eu, bem não sei dizer o sentir a não ser um enorme desconforto de estar perto ou de falar com ele, eu não consegui olhar para ele que eu me sentia mal, bem neste mesmo dia, meu tio “irmão do meu pai” me chamou para dormir na casa dele, lá eu ia conhecer as filhas dele, bem de inicio eu não queria ir, mas depois de muito ouvir eu fui, tudo bem, fui super bem recebida pelas minhas primas, mas o desconforto de ficar perto do meu primo não passava, os dias foram passando e o desconforto deu ligar a uma enorme admiração, ele era uma pessoa super legal e muito brincalhão, mesmo assim eu mantinha distancia. Na noite de Natal estamos na casa da minha tia e eu perguntei onde estava meu primo e recebi uma resposta que me marcou muito ” ele tinha ido na casa da ex namorado para tentar voltar com ele” , por causa desta resposta, eu simplesmente desabei, mas felizmente consegui enganar a todos. A partir desta noite, muitas coisas mudaram, começei a ve-lo de outra forma e acredito que ele também, pois muitos olhares foram controcados, mas nada foi tido, lembro que ele disse que gostaria ser forte para poder largar tudo e vir para São Paulo. Não foram trocados beijos, abraços e juras de amor, mas sabemos que este amor existia, em 13 janeiro voltei para SP na nossa despedida simplesmente nos abraços, mas nada foi tido, apenas olhares…. Depois que cheguei em casa, liguei e ficamos horas conversando, mas com o tempo as ligações ficaram curtas e acabaram, tinha vergonha de liga para saber dele, mesmo que eu tentasse me enganar. Quando eu estava com 15 anos uma prima me ligou a falou que ele estava noivo na mesma hora eu leguei para ele e perguntei eu apenas disse “tô” eu não aguentei e desliguei o telefone.. depois disso nunca mais falei com ele ou o vi. Com o tempo a dor passou me relacionei com outras pessoas, mas sempre desejando estar com ele. Hoje estou com 25 anos, sou casada com um homem maravilhoso que me ama, mas que infelizmente não conseguiu fazer eu esquecer o meu primo… Um dia falaram que este caso não estava terminado.. Quem sabe um dia o destino será bom para nós, as vezes eu penso que parei no tempo, sei que aquele pessoas que conheci não existe mais e que a criança que ele conheceu tbm sumiu, hoje sou um mulher forte, mas que ainda guarda os sentimentos de uma menina… Nunca mais tive noticias dele, nem ao mesmo se casou, mas de uma coisa eu sei que ainda o Amo muito e tenho ciência de que jamais vou esquece -- lo..

  83. oiii liz tbm c vc estou escrevendo pra vc pra saber algumas coisas eu amo meu primo mais nao sei se ele gosta de mim em 2007 tivemos um caso em 2008 tbm e em 2009 ele me escrevia cartas e mandava pela minha mae falava que me amava mais eu tenho duvidas quando fui pra la agora em julho de 2012 ele falo qe nao queria qe eu ficasse com ninguem mais ele namora e nao qer qe eu namore nao sei ele gosta de me irritar falando qe vai ficar com muitas meninas e le fica mesmo mais sei la eu to com medo de sofrer por ele e pra piora ele vai vir pra ka em agosto e falo pra mim arrumar garotas pra ele sera qe e pra me fazer ciumes??? me ajuda liz eu amo ele d+

  84. =) disse:

    Eu e meu primo temos 16, antes ele já gostava de mim, mas era um sentimento muito inocente, ele ficava confuso, muito timido, envergonhado de conversar com nosso outro primo (que é mais proximo de mim) pois quem sabe ele poderia o ajudar.
    Ate então eu nunca soube nem percebi, mas esse ano ele me falou virtualmente e eu derretiiii, pois tambem sou caida, ele é lindo, loiro!
    Mas nos vemos somente 1 vez por ano naquelas viajens de ano novo. Eu sou de SP e ele do Paraná, nesse fim de ano vou pra la e vamos tentar ficar, vai ser muito gostoso, o cenario é lindo, zona rural campestre, ar puro, andar a cavalo kkk mas é um pouco dificil porque os outros primos nao saem da cola! Mas vai acontecer nem que tenhamos que entrar no mato kkk

  85. nat disse:

    eu já fui apaixonada pelo meu primo e ate hoje eu ainda sou muito apaixonada por ele mais nós não podemos ficar juntos porque nossos pais não concordão com o nosso amor mais oque podemos fazer nos não mandamos no nosso coracão o amor simplismente acontece nos não podemos mudar o destino nem oque Deus nos preparou para nós ele e uma pessoa linda por fora e por dentro
    A eu esqueci de dizer que ele tambem gosta de mim
    Beijosa pra todos vcs

  86. larissa disse:

    Hahaha essa coisa de familia nao aceitar e dificil mas a minha aceitou eu tenho um tio e uma tia que sao primos e tem um casal de filhos lindos(detalhe:sao primos 3 gral)

  87. Carol disse:

    Aiiiiin, fiz uma regressão agora… que saudade!!
    tive um rápido romance com um primo.. e não me arrependo!!!
    se a gente se encontrasse novamente e ele estivesse solteiro.. com certeza aconteceria novamente.. ♥

  88. Luna disse:

    Nunca me apaixonei por primo, mas já fiquei com 2, e, um deles até então, sempre me chama, se declara,diz que seempre gostou de mim desde criança e muito mais…. No mês passado fez mais uma declaração…Rss
    Mas não penso que vamos dar certo…

    bjãOoo Liz

  89. Raaaaa disse:

    Estou vivendo uma situação difícil… Tenho um sentimento muito forte por um primo desde criança, na verdade nem me lembro quando começou… A gente se via ao menos 1 vez por ano desde bebê até uns 4 anos atrás… Foi com ele meu primeiro beijo, a gente brincava, sempre trocamos carinho, ele me contava piadas e sempre esperava a familía se destrair para trocar beijinhos kkk. a gente cresceu assim! tudo com muito respeito, admiração, amizade e paixão.. uma mistura de tudo! a gente já se declarou um pro outro algumas vezes, já pensou em ficar junto quando adultos…(coisas de criança kk) mas existiam muitas dificuldades: família, distância,idade… na ultima vez que nos beijamos… e a gente se distanciou… eu comecei a namorar, na esperança de esquece-lo… ficamos uns 4 anos sem nos ver eu me casei tive uma filha, e agora nos voltamos a se falar por internet e quando vejo as fotos dele me da uma nostalgia. A única coisa que queria é vê-lo…. O tempo passa e tudo continua do mesmo jeito… eu nunca esqueci ele.. acho que nunca vou ser feliz…mas não posso me lembrar dele que me dá uma saudade tão grande, uma tristeza por não ter ele por perto… nenhum homem me fez esquecer ele.. nunca! Todos meus paquerinhas e namorados eu esquecia quando o via. E agora não vai ser diferente… nenhum homem me fez deixar de sentir o que sinto por ele. Acho que só Deus pra me ajudar…

  90. Danilo disse:

    Nossa… achava que essas coisas só aconteciam comigo (e minha prima). Fiquei bobo ao ver tantas histórias que parecem que foram escritas por mim (ou por ela).
    É incrível… ela meche muito comigo, muito mesmo!!! Tenho 36 anos, dois filhos, ela tb é casada, amamos nossos companheiros, somos fieis mas vivemos tudo isso que foi dito aqui por todos antes de assumirmos compromissos com outras pessoas… Sempre soubemos que não era pra gente ficar junto. Tudo que quero é que ela seja feliz… Mas o que sempre senti por ela ainda está aqui comigo. Tenho minhas dúvidas se ela também sente o mesmo frio na barriga que sinto quando a vejo ou lembro dela, mas pelo que todos estão dizendo aqui, imagino que sim… É estranho, amo minha companheira, mas o que sinto por ela é diferente… Mas nunca pensei em desrespeitar minha esposa, jamais!
    Apesar de não termos ficado juntos, nós temos nossa história. E é muito gostoso lembrar de tudo… As vezes penso em tudo que já aconteceu e é como se revivesse tudo aquilo de novo… era muito bom! Nunca vou esquecer… Espero que ela também não esqueça…

    • Liz Passos disse:

      Que depoimento lindo, Danilo!
      Tenho certeza que ela tb sente o frio na barriga e que nunca vai esquecer.
      Essas coisa não precisam ser ditas, mas o coração sente.
      Um amor para guardar e recordar :)
      Beijos

  91. Lu disse:

    Eu tive um romance com meu primo quando criança, me casei, ele casou, eu separei e ele continua casado e hoje eu com 27 e ele com 25 nos encontramos, e senti muita atração por ele e vice e versa, nos beijamos, mas não rolou sexo …ainda rs
    eu tome sentindo estranha nessa situação por ele ser casado….
    me ajudem, qual conselho vcs me dariam?? a vontade de ter relação com ele é imensa

    • Liz Passos disse:

      Lu,
      Tente ouvir os lados da razão e da emoção… o que falar mais alto, vc segue :)
      Só tenha cuidado! Se resolver encarar, fique consciente da real situação…
      Bjos

  92. Júliano disse:

    Boa noite,
    Liz
    Eu tenho 36 anos, já fui casado duas vezes, mas nunca cheguei a conhecer o verdadeiro amor. Quando me separei de minha ultima esposa, me senti muito só, entao montei um facebook pra fazer novas amizades, e entao comecei a ter contato com uma prima de primeiro grau, uma pessoa que a minha vida inteira nos vimos poucas vezes, mas começamos a conversar pelo face. Um dia marcamos um churrasco em minha residencia com alguns amigos dela, mas quando ela chegou, houve da minha parte uma coisa que jamais tinha sentido, mas me controlei com aqueles pensamentos de que somos primos e isso nao poderia dar certo, continuamos a sair nos finais de semana sempre com outros amigos, mas pra fugir daquele sentimento que estava sentindo, eu tentava ficar com outras garotas, mas quando colocava a cabeça no travisseiro, era os olhos dela, o sorriso, o jeitinho delicado dela que vinha em meus pensamentos, ela começou a ir com mais frequencia em minha casa, durante a semana, ficavamos horas jogando conversa fora, até que resolvi entrar nessa loucura, dai em diante comecei a dizer para ela por menssagens tudo que sentia por ela, mas ela ria e dizia que eu estava brincando ou tirando sarro dela. mas uma noite estavamos conversando na cozinha, tomando uma cervejinha, quando nao aguentei e a beijei, ela relutou dizendo que eramos primos, que aquilo nao estava certo, que era pecado, mas eu ja nao pensava mais dessa maneira, para mim ela era uma mulher encantadora pela qual eu estava apaixonado. nós ficamos mais algumas vezes e ela passou a gostar de mim também. Estamos juntos a quatro meses, hj posso dizer que sei o verdadeiro significado do amor, ela ao meu ver é a pessoa mais linda do mundo, tem um carater que nunca vi em outra pessoa, honesta e muitas outras qualidades, é a mulher que deus havia me prometido. Meu unico medo é que ela ainda acha errado por sermos primos. mas hj posso dizer com o coração que eu a amo.

    • Liz Passos disse:

      Que história mais linda, querido!!!
      Me emocionei com a sua forma de relatar esse amor :)
      Não há o que achar errado… esse tipo de envolvimento entre primos, chega a ser comum… como vc pode perceber em todos esses comentários aqui do post.
      Não há o que temer ou questionar… vivam esse amor intensamente e a felicidade será uma companheira constante.
      Boa sorte!!!!
      Beijos

  93. Richard disse:

    Nossa , eu li as histórias e percebi que é algo normal isso acontecer (amor entre primos), mas minha história é um pouco diferente , na festa de 15 anos da minha prima de 1º Grau vieram uns primos da minha mãe e nesse povo todo teve uma menina que me chamou a atenção (já tinha visto ela em outra oportunidade mas havia esquecido dela) , não cheguei nela porque pensei que era fogo de palha , mas nem desconfiava que aquela menina seria minha prima de 2º Grau , fiquei sabendo após a festa, pois minha mãe me falou e fiquei muito surpreso, procurei dar um tempo para pensar nisso . Depois disso teve outra festa na casa dela , ali foi o suficiente para eu perceber que estava apaixonado por ela , nos falamos e ela me encantou com seu sorriso lindo e meigo , depois disso teve um casamento de uma prima minha no sábado e ela não veio , sabe quando vc perde totalmente o chão e nada faz sentido , foi o q aconteceu comigo , realmente estou apaixonado , não me alimento direito , deixei de jogar bola com os amigos (eles estão pegando no meu pé por causa disso e dizendo que sou trouxa por me apaixonar por ela)

    Fui falar sobre minha situação com eles e eles me dizem que eu estou vacilando e devo logo meter a **** nela , pois para eles prima serve pra isso , ironicamente um amigo meu bissexual é o único que me entendeu e disse que eu tenho que fazer aquilo que eu acho melhor

    Minha mãe já ficou com o pai dela

    em novembro ela vem aqui e Penso em me declarar para ela , independentemente do que venha a acontecer , e eu queria que vc Liz me ajudasse , como devo fazer isso ?? Levo presentes para paparicá-la ou uma conversa por si só já basta ???

    richard.oliver400@hotmail.com

  94. Lu disse:

    Oi Liz
    Obrigada pelo conselho, nos encontramos e aconteceu…nao m arrependo, pretendo continuar me encontrando com ele!
    ele comentou comigo que o casamento nao ia bem, esta em crise,
    pelo que vejo ele parece estar criando planos para nos dois, por que ele m perguntou “oq seus pais achariam de nos dois juntos? ” eu disse q seria loucura minha familia aceitar, é muito complicado neh

  95. Lu disse:

    Liz…me ajuda rs

    na sexta meu primo veio aqui em casa me ver, meus pais estavam aqui, minha mae no dia seguinte veio conversar comigo dizendo que nao queria mais ele aqui, que percebeu algumas coisas e ele sendo casado nao é certo, dai mandei mensagem p ele dizendo que queria contar algo, que no caso seria p ele nao vir mais aqui, que devemos nos encontrar longe da familia, msmo que seja só p se ver! Dai ele nao m respondeu (sab), nem ligou … e hoje (seg) mandei mensagem dizendo que estava com saudades, e nadaaaaa…
    To preocupada, sera que aconteceu alguma coisa? sera que ele nao quer mais m ver?? oq vc acha?? devo esperar?? eu nao sou de ficar criando expectativas, mas to com muita saudade de conversar pelo menos com ele :-(

    e na ultima vez que nos vimos ele me disse tantas coisas, parecia apaixonado! =/

    • Liz Passos disse:

      Lu,
      Fique calma e espere ele entrar em contato agora.
      Vc já mandou msg e com certeza, ele vai responder assim que puder.
      Não fique alimentando pensamentos de que ele não quer mais te ver… isso só piora as coisas.
      Respire e espere! :)

  96. lili disse:

    olha minha amiga tem um primo que gosta dela ele é o primo preferido dela ele ama ela tipo D+ da conta e ela não qr magoar ele e ela n sente o mesmo por ele e ela tem muito medo dele parar de ser legal com ela e tall ela tem muito medo dessas coisas tem medo q ele n queira mas falar com ela e tall LIZ me ajuda é URGENTE

  97. Lu disse:

    Oi Liz,
    ele me ligou nesse msmo dia que enviei a mensagem de que estava com saudads
    Nos vimos no dia seguinte (terça) fui fazer uma entrevista ele me levou e me buscou, e de la ele m levou no cinema, almoçamos juntos, ele ficou super tenso, claro achando q alguem conhecido fosse aparecer, mas no final deu tudo certo, foi um dia especial, incrivel, ele me trata do jeito que eu sempre quis, me faz muito bem, ele me trouxe perto de casa e agora… meus pensamentos, vontades, só aumentam, tenho medo d me apaixonar rs, pq eu sei da minha situação, querendo ou nao eu sou a outra, fico na sombra..isso nao é legal, mas posso te dizer q no momento eu estou tranquila…mas s eu me apaixonar, vou querer parar de encontra-lo, p ninguem sair magoado dessa historia, o melhor a fazer é isso, nao acha?? sera que eu tenho o direito de lutar por ele?? p ele chegar ao ponto d separar p ficar comigo tem q haver muitas certezas neh?? nao vivo por impulso

  98. beatriz disse:

    oiiii meu nome é beatriz tenho 14 anos eu achei muito interesante isso oq vcs falaram meu caso não é muito diferente eu amo mutio meu primo , não sei mais oq faço pq ele não sente abisolutamente nada por mim e isso é muito chato pq agr ele sabe que eu gosto dele e fica me zoando msm assim eu gosto dele eu sei que sou uma completa idiota não sei se alguem vai me responder mais eu já estou enloquecendo oq eu faço?

  99. Paula Moriz disse:

    Eu me apaixonei por um primo quando criança, tipo com 8 ou 9 anos, ele é 4 nos mais velho, a gente brincava junto, eu achava ele engraçado por ser meio bobão, mais foi coisinha besta, ai a gente ficou sem se ver por um bom tempo quase 7 anos, e agora quando a gente se reencontrou notamos algumas diferenças, ele ta enorme, encorpado e até bonito, eu estiquei, emagreci e alisei os cabelos, ele sempre foi meio safado desde pequeno, a gente começou a conversar bastante nos últimos tempos e assuntos picantes começaram a surgir também, ele chegou a insistir pra eu transar com ele o.O, é claro que eu não quis né, apesar de gostar muito dele, primo é como irmão então é um pouco nojento, mas nada contra, se eu sentisse algo realmente forte por ele, não iria esconder, mas não há como não dizer que viver essas histórias hilárias as vezes é muito gostoso, bons tempos kkk

  100. Lais disse:

    Sabe hoje tenho 19 anos e meu grande amor (primo,filho da minha tia irmã do meu pai) tem 24 mas sou perdidamente apaixonada por ele desde meus 13 anos e esse amor não passa cada dia a mais aumenta de uma tal forma que não sei nem como explicar.Tudo começou quando tinha 12 anos e eu e meus pais se mudamos para a mesma cidade dele a partir dai família reunida todo final de semana e o amor foi surgindo mas eu sempre soube no que isso ia dar(minha família nunca ia aceitar) por isso fiquei quieta não fiz nada a favor não demostrei mas com o passar do tempo o amor ia crescendo e ele demostrava o mesmo por mim mas eu sempre negava e com 14 anos pela primeira vez ele tomou iniciativa e pediu para ficar comigo mas eu não quis a pesar do amor que sinto por ele mas sempre fui muito correta o tempo passou e a partir dos 17 anos ficava escondido quando todos ia dormir a gente sempre dava um jeito para tudo mas logo depois precisei viajar para minha cidade natal muito perto da dele e fiquei 8 meses longe a gente se comunicava mas não sempre, 8 meses depois voltei e voltei disposta a enfrentar tudo por ele mas era tarde ele estava namorando e minha família feliz com a namorada dele mais uma vez fiquei quieta na minha sofrendo calada a te que esses dias na verdade essa semana ele me procurou pois estava na casa dele(dos pais dele)me disse que me amava que sentia muita saudades que terminava tudo e esquece oque os outros vão disser e no fim ficamos uma noite linda pela primeira vez me senti completamente amada no dia seguinte eu perguntei se erra verdade o que ele disse,e ele disse que sim que ele me amava bom fui pro quarto pois estou morando no fundo da casa dele pensei muito e ontem escrevi para ele dizendo que sim que também o amo muito e a muito tempo e que por ele eu enfrentava tudo e todos que seria só eu ele felizes eu escrevi e coloquei no quarto dele debaixo do mofada da cama pois nunca tinha oportunidade de conversar a sós e a resposta dele foi negativa disse que nunca daria certo que a família nunca ia aceitar que era para gente ficar de boa para mim tentar seguir como ele esta tentando….O QUE FAÇO LIZ?

  101. anonima disse:

    eu tambem ja me apaixonei por um primo tivemos um caso durante algum tempo eu solteira e ele casado ate que um dia tudo acabou mudei pra outra cidade hoje sou casada mas ate hoje amo muito ele mantemos contato e nos falamos quase todos os dias

  102. ROSANA disse:

    Oi Liz td bem? Sou apaixonadissima pelo meu primo. Tudo aconteceu qdo eu tinha 13 anos e ele 12,fui viajar pra casa da minha vó e la nos conhecemos, e namoramos até a minha volta a Campinas,depois q eu voltei namoramos por carta.depois d alguns anos ele e familia vinheram morar em Itapecerica e o noss namoro continuou por algum tempo. Até q um belo dia ele resolveu se afastar e eu mt orgulhosa me afastei tbm.Hj mts anos se passaram, hj eu tenho 38 e ele 37 anos, cada um casado.Um dia por acaso procurei ele no facebook qdo achei meu coração pareceia q ia sair pela boca. Ai conversamor, ele pediu meu telefone e ai começou td d novo. Foi tão bom,tão intenso,e ele me disse q ñ havia me espuecido até aquele momento.a gente se falava o dia inteirinho, e acabou se vendo por 2x , a gente nunca transou acredita! Prefiro assim ñ quero nada pela metade, sei q ele ñ vai largar da esposa e nem eu vou. Hj ele resolveu se afastar d novo e eu ñ sei o verdadeiro motivo d tudo isso, liguei pra ele, e ele me disse q tava ficando complicado querer me ter e ñ poder, querer ficar comigo e ñ poder, ñ sei se é verdade,ou foi uma desculpa para cair fora. Depois disso td voltamos a nos falar e foi tão bom, tão intenso, + agora sumiu d vez, e resolvi ñ correr atras, como ele mesmo dizia to vivendo um dia d cada vez. O amanhã pertence a DEUS se um dia tivermos q ficar juntos as coisas vão acontecer de uma forma natural, sem precisarmos magoa ninguem.um dia ele me disse q a esposa sempre jogou umas indiretas sobre nois,parou agora q o filho deles nasceu. As vezes me pergunto como pode depois de tantos anos esse sentimento ainda existe em ambas as partes.Liz por hj é so, parabéns pelo seu blog. Pq foi atravez dele q descobri historias parecidas com a minha.Beijão liz

  103. May Queiroz disse:

    Woooolll’ se eu já me apaixonei por um primo ?????? rs SIIIIIIIIIIIMMMMMMMMM , e sou apaixonada até hoje …. na verdade eu namoro com o meu primo a seis meses … ele é meu primeiro namorado e a gente ficou escondido por 5 meses até percebemos q oq tinhamos era mais q apenas uma atração e dai chegou o momento de assumir para os meus pais … eles aceitaram na verdade são conformados … sabe mts são contra e acham q nós dois estamos apenas vivendo uma paixonite :( oq me deixa triste … pois eu e meu Primorado* nos amamos de verdade oq eu sinto por ele é muuito intenso e verdadeiro enfim é AMOR … ele diz q somos sortudos por termos a oportunidade de viver esse sentimento puro e q ñ devemos nos abalar pois nosso amor está acima de tudo !! Eu confio nele e só peço q Deus abençõe para q desses meses venham anos e mais anos s2

    obs: nunca tinha lido seu blog eu ameeeei parabéns

  104. Murilo disse:

    Pode ser estranho.
    Eu tenho 24 anos e tenho duvidas se é pecado se apaixonar por uma prima porque se for que Deus me perdooe. Ela tem 37 anos ela é a pessoa mais incrivel que ja conheci em toda minha vida no facebook a vontade e mais so de conversa com ela. Diz que idade não importa o que mesmo importa é o amor que sentimos pela pessoa é o que sinto por essa prima uma paixão sem limites. Mas eu penso se eu a amo o que fazer pra dizer a ela.
    ela é meu amor, meu amorzinho é o que chamo ela no bate papo no facebook pode ser um ato carinhoso de se dizer a uma prima mas eu simplismente amo essa prima d+ o meu amor de primo por ela e tão grande que nao tem explicação

    *Que Deus me perdooe se for pecado!

  105. Não fui apaixonada por um primo meu…rsrs eu estou apaixonada caramba a ultima vez q eu encontrei com ele tinha somente 14 aninhos sempre gostei dele mais eu era uma criança e ele quase nem olhava pra mim..Hoje crescir e ja 19 anos des do dia 10/12 ele veio rever a nossa familia depois de cinco anos longe ele levou ate um susto quando viu q a criança tinha crescido mais pra mim foi normal pois o que eu sentia por ele so aumentou naquele momento,quando me viu levou ate um susto e simplismente falou nossa vc ta linda essa foi as tres primeiras palavras q falou comigo ,fiquei ate sem folego e fui direto abraça-lo e dar um bjuh no seu rosto alii eu pensei acho que agora eu vou ter a minha chance de ser feliz..no dia 12/12 data unica agente acabou ficando pela primeira vez e tamu levando assim escondido de todos pois o nosso relacionamento é proibido alem dele ser meu primo tem 2 anos que ele se casou e agora O Q q eu faço;;;

  106. francielle freitas aguiar disse:

    olha eu tenho que confessar eu acho que meu primo gosta de mim e eu dele me ajuda aiaiaiaia

  107. E. Anndré disse:

    Olha eu tenho uma atração por minha prima , só não tenho coragem de chega nele ,as vezes tiro uma brincadeira zuando que gosto dela e tal pelo msn ,face , mais ele nega só gosta de min como primo , mais eu sei q/ la no fundo ela sente alguma coisa por min mais tem medo de falar eu sinto no olhar dela , ou é coisa da minha cabeça , já fiquei com varias garotas mais não tem jeito o amor q/ sinto por ela e mais forte , ela e patricinha de mais , tem a voz meia chatinha , as vezes não para de pede presente aushaush mais pense ne uma mina 1000 em outra mulher acho q/ não acho só em ela mesmo ,,Um dia posso conhecer uma mulher casar ter filhos , mais meu carinho q/ sinto por ela eu espero q/ não acabe nunca porq min faz bem ..

  108. eu tenho um primo q agente viveu juntos des de pequenos e sempre agente se via na casa de uma tia minha e no fundo da casa dela tinha uma csa aonde ela trabalhava e la tinha video game e meu primo e eu ia p la anoite e fikava jogando video game agente sentava em um sofa e ele sentava pertinho de mim ate q um dia eu e ele se beijamos pela primeira vez e agente fikava abraçados jogando era mt bom mas depois de um tempo ele foi embora p santos e eu tbm fui embora p outra cidade.e então nunca mas vi ele depois de 2 anos eu vi ele e quando eu vi ele meu coração bateu mt forte mas quando eu vi ele so foi por umas 2 horas depois ele foi embora p santos.e agora eu converso mt com ele mas eu amo ele .e gente essa e metade da minha historia com ele

  109. tamyres disse:

    eu amo tanto meu primo outro dia ele falo que falaram pra ele que eu amo ele eu cheia de vontade de fala tudo q eu sito n tiver corage e falei pra ele que erra mentira to muito triste por n ter falado a verdade pra leo cordeiro

  110. mary disse:

    eu namoro com o meu primo fazia tempo que agente nçao se via e quando nos eramos pequenos ja tinhamos ficados algumas vezes e quando o reevi de novo foi quando a nossa familia se reuniu para comemorar o natal e rolou aquele clima e ficamos e agora estamos namorando e deixe de ser virgem com ele

  111. Oi Liz, pois é eu sou um desses casos que os primos são mais próximos criados como irmãos, se batendo, brigando, mais no fundo verdadeiramente se amando.. levo uma historia a anos com meu primo de segundo grau, mais só resolvemos conversar e procurar uma solução pro nosso problema agora, eu aos 20 anos e ele aos 21 anos, tendo essa historia se iniciado a muitos anos atrás, tal tempo que nem entendiamos o que se passava entre nós, já que nos considerávamos irmãos! Eu sou uma pessoa medrosa, mais a minha força se encontra na força dele, ele é mais objetivo e direto, estamos pensando em enfrentar a tudo e a todos e investir em um relacionamento, meu medo é disso não dá certo…

  112. Suyanne disse:

    Eu estou apaixonada pelo meu primo e nao sei,mt gnt falava q eu parecia ser irma dle,eu nao sei oq faço pq ele nao gst de mim

  113. Luh disse:

    oi, já faz MUITO tempo que eu venho procurando um lugar pra poder contar a minha história e quem sabe encontrar um solução, mas a maioria dos blogs que se tratam de algum tipo de “desabafo” amoro, ou são coisas relacionadas a macumba, ou são blogs que não recebem comentários há muito tempo..
    A história é realmente grande, mas o s detalhes são importantes.
    Vamos me chamar de L e ele de T ok/
    Então o T é meu primo dos dois lados da minha família, de segundo grau do lado da minha mãe e de terceiro do lado do meu pai, ele é 17 anos mais velho que eu (eu tenho 19 e ele 36) e nós levamos estilos de vida COMPLETAMENTE diferentes, eu sou uma garota de capital, acostumada com barulheira, poluição, transito e essas coisas, ele é agrônomo, mora parte da semana na fazenda e a outra parte em uma cidade grande, mas que perto da minha é um recanto de paz…
    Nós nos conhescemos desde que eu nasci, afinal somos primos, mas minha família é muito grande e a maioria mora longe, então nas férias eu revezava na casa dos meus tios, então não passava muito tempo com nenhum primo em especial.
    mas 9 anos atrás o pai do T cometeu suicídio e na sua carta de despedida pediu que o corpo fosse cremado, então o T e mãe dele e seus dois irmãos vieram até a minha cidade pra a cremação( pq na cidade deles não tem esse tipo de “serviço”), nessa época eu só tinha 10 anos e eu sempre fui meio palhaça e descontraída, lembro que minha vó me disse pra ser boazinha e tentar fazer algo legal pra eles não ficarem pensando na tragédia o tempo inteiro. Eu nem me lembro o que eu fiz, se foi mágica, ou se eu pedi pra jogarem jogo de tabuleiro comigo, ou qualquer coisa, o fato é que eu e o T conversamos muito nos dias em que ele fico na minha casa…
    Desde então, nas férias eu implorava pra minha mãe pra deixar eu ignorar algumas visitas e ficar na fazenda dele, e ela deixava, nos primeiros anos ele era um amigão, era como o pai que eu queria ter (meu pai trabalha DEMAIS, não tinha muito tempo pra brincar comigo =/), eu lembro que o povo aqui de casa começou a viajar em grupo, geralmente o T sempre ia, porque ele é afilhado dos meus avós e a mãe dele é MUITO próxima da mãe dele (ele mora com a mãe, mas é meio ele que mora com ele, quando o pai dele morreu pra ela não ficar sozinha ele chamou ela pra morar com ele) e nessas viagens era meio estranho porque ao invés de ficar com os adultos ele ficava comigo, jogando vólei, peteca, paintball e tudo mais que eu quisesse…
    Então ficou assim até os meus 15 anos, quando na minha festa, eu escolhi ele pra ser um dos primeiros a dançar comigo, rolou uma coisa estranha, uma paz que eu nunca tinha sentido antes, e eu vi que era assim pra ele. uma observasão importante sobre a minha festa é que ele ODEIA ternos, ele só usou duas vezes na vida, na formatura dele e na minha valsa.
    Depois dos meus 15 anos o carinho e a confiança foram crescendo, mas nada de homem/mulher, só uma amizade realmente linda e especial…
    Ele tem VÁRIOS segredos, eu sabia que eles existiam, mas não sabia o motivo, e ele vivia me dizendo que só ia me contar depois que eu conpletase 18 anos, dito e feito, depos dos 18 anos TUDO mudou, ele me contava tudo, até das namoradas dele (ele é um cara muito fechado, parece durão, que não se importa com ngm, e a maioria das pessoas pensa isso dele, só que ele não é, ele é SUPER carinhoso e romãntico, só que do jeito dele, a gente brinca que ele é emocionalmente travado, e por conta dessa “frieza” dele, a ultima namorada SÉRIA dele foi na faculdade, e anossa família acha que foi a ultima mulher que ele saiu, mas ele vivia saindo e tendo namoricos que nunca viravam nada, e ele não contava pra ngm, exceto eu, paralelamente a isso, eu estava namorando, namorei o F desde os 16 e meio, e eu fazia de tudo pra ser a namorada perfeita, eu o amava demais. as coisas entre mim e T começavam a ficar complicadas, muitas pessoas começaram a espalhar boatos sobre nós, por um motivo RIDÍCULO, eu dou certo com ele, e as pessoas acham ele “complicado demais”. Foi ficando evidente pra mim que estava se tornando mais que uma amizade, pelo menos da minha parte, continuamos a viver normalmente as nossas vidas, eu me matando pra fazer meu namorado feliz, e ele com os “encontros” dele, nada de ciúmes… os falávamos por telefone as vezes(com a mesma frequência de sempre) mas quando a gente se encontrava, parece que aqueles sentimentos reapareciam e ficavam a cada viagem mais intensos…
    meu namoro estava uma M=-%¨*ERDA e é paia falar isso, mas infelizmente a culpa era RODA dele, eu estava arrasada e completamente infeliz, mas mesmo assim eu dava tudo de mim pra salvar o namoro, depois de um anos tentando salvar o meu relacionamento, ele fez a pior coisa que ele poderia ter feito, eu não aguentei e terminei, sofri demais, e dói até hoje (ja faz uns 6 meses) eu queria tanto um colo, mas sofri em silêncio por muito tempo. Até que no dia do ENEM o T me mandou uma msng no celular me desejando boa prova, e depois querendo saber se eu fui bem, fiquei surpresa por ele ter lembrado… as nossas cv via msgm ficaram MUITO mais frequentes, mas ele respondia daquele jeito normal de homem, o menor número de palavras possíveis, e nessa altura eu notei que ele dava indiretas, mas indiretas mesmo, nada muito na cara, já que a situação é complicada. alguns dias depois das indiretas começarem, minha tia foi passar um FDS na casa dele, e CLARO que eu fui também, MEUS DEUS, dessa vez mudou demais, não sei explicar, rolava troca de olhares, a gente ficava colocando os pezinhos juntos por baixo da mesa, esperávamos todos dormirem (tipo 2 da manhã) pra podermos ficar mais próximos, ele me fazia carinho, e eu nele, e eu adorava ver o quanto ele me trata diferente das outras pessoas, as vezes as coisas começavam a esquentar, mas ele sempre se continha, eu perguntava se não tinha nada que ele queria me falar, ele dizia que não, mas se eu perguntasse ele responderia, parece que os dois queriam falar, mas ninguém conseguia, passei 3 noites lá, duas na roça e uma na cidades, nas duas da roça nós ficamos agarradinhos e eu acabei dormindo nos braços dele e ele me pós na cama. No dia em fomos na cidade, ele TINHA que me levar na sorveteria, é uma tradição nossa, toda vez que eu vou lá ele me leva, mas chegamos na cidade já era tarde, eu vi que ele não estava se sentindo muito bem e disse pra ficarmos em casa, ele disse que não que ia me levar na sorteria, só que DO NADA povo invocou que queria ir comer pizza, aí ele disse que não ia porque ia me levar na sorveteria. pronto, praticamente todos sairam, só ficamos nós dois e a mãe dele no apartamento, mas ele não ia sair com a gente, eu fui me arrumar, coloquei um vestido lindo, salto, arrumei o cabelo, cheguei na sala e falei “vamos?” aí ele “Não, vc vai se vestir primeiro”, eu disse “uai, já estou vestida ue”, ele disse’Não, isso é roupa de dormir” (ele disse isso pq o vestido era curto, mas não muito, não uso roupas muito curtas). a mãe dele ouviu a conversa e começou a rir,eu perguntei se era sério, e ele disse que sim, que só iamos sair se eu colocasse uma calça, eu perguntei se ele realmente queria isso e ele disse que sim. Pus uma calça, uma blusa bonita, mas sem decotes nem nada do tipo, e sapatilha. Quando estámos no elevador ele pediu desculpas, e disse que só falou isso pq não queria os caras olhando pra minhas pernas (eu sou bem alta, isso chama um pouco a atenção).
    Fomos na sorveteria, de lá eu achei que íamos voltar pra casa, já que ele ainda não se sentia muito bem, mas ele me levou pra conhecer o shos novo de lá, e depois no mirante, pra ver a cidade.
    no caminho de volta pra casa começamos a discutir (nunca tinha acontecido) nem lembro como começou, o fato é que eu estava MORRENDO de ciúmes da namoradinha nova dele, e ele deu a sua primeira crise de ciúme quando me pediu pra trocar de roupa, acho que ambos começamos a “forçar” o outro a “confessar” os sentimentos, mas ngm tinha coragem, mas ficou EVIDENTE que nós dois sentimos a mesma coisa um pelo outro, mas antes da conversa acabar chegamos no prédio e tivemos que deixar por isso mesmo, quando chegamos no ap, o povo ja tinha voltado, eu estava sem celular, pq não fazia o menor sentido sair com ele e levar celular, pq eu queria aproveitar cada segundo com ele, então fui pro meu quarto e mandei uma msgm pra ele dizendo assim: Olha eu não posso fazer tudo sozinha, se decide e AGE.
    eu vi que ele leu, mas não respondeu nada, talvez pq não tinha nada pra falar, ou pq estava conversando com meu vô. eu tive(e acho que ele tbm) a sensação que naquela noite quando ficássemos sozinhos iamos finalmente resolver essa historia de taaaantos anos, o problema é que, o ap não é tão grande quanto a casa da fazenda que tem 8 quartos, não tinha cama pra todo mundo, então a mãe dele deu a cama dela pro meu vô e resolveu dormir no sofá ou seja, não teríamos nosso tempinho de sempre sozinhos e aquilo continuaria mal entendido. Então fomos dormir, e logo que eu ouvi a porta do quarto dele fechar, chegou uma msgm no meu celular, era dele e dizia: as coisas não são assim tão simples…
    Isso foi no começo de dezembro, e geralmente nos vemos uma vez a cada 6 meses, por sorte, vamos pra minha casa de praia semana que vem, el ele vai tbm.
    de dezembro pra cá temos tipo aquelas conversas estranhas, o de sempre, fica claro o que queremos dizer, mas ngm diz, e eu acabei descobrindo nessas nossas cvs que desde que a gente se viu da última vez, ele não viu mais a namoradinha, e nem pretendia, conversamos sobre o jeito dele, e eu vi que ele é um doce, só tem medo de se expor e se esconde atrás daquela fama de chato e mal-humorado e “complicado demais”
    Eu REALMENTE preciso de ajuda, a gente se gosta de verdade, ele me respeita demais, sempre cuida de mim, nunca tentou nada, faz tudo pra mim, mas isso tudo é complicado DEMAIS. Diferença de idade grande, primos, distância…
    eu não sei a palavra certa pra descrever o que temos, só sei que era algo que ia acabar acontecendo, e foi crescendo a medida em que eu deixava de ser criança e passava a me tornar adulta.
    Algum conselho?

  114. Fernanda Mota disse:

    Então Gente adorei o tema..
    Comigo não foi diferente, me apaixonei pelo meu primo ele é 10 anos mais velho que eu…E ele mora em outro Estado..O tempo passou e conseguimos ficar juntos…
    Hoje estamos namorando, foi muito dificil a aceitação da familia..mais superamos todas as barreiras, tem uns que até hoje não aceita mais tamo nem aí pra eles..
    A gente vive uma linda história…Bom, Comigo valeu a pena…
    Graças A Deus,,..
    Beijãao Geente :)

  115. Danni disse:

    Amei o tema!!!! Meu caso é bem peculiar….sou a caçula de cinco filhos de um casal de primos…casados há 40 anos…e dos cinco filhos, fui contemplada, me apaixonando também por um primo…é claro que a família (meus pais), não gostaram da ideia no início…ficaram preocupados…mas no final , deu tudo certo, me casei há cinco anos e temos uma filha de 3 anos…e para quem tem dúvida sobre filhos, graças a DEUS, ela é uma garotinha saudável, assim como eu e meus 4 irmãos…Para quem está em dúvida, pense, se for AMOR, vale a pena!!!!bjs

    • Henrique Duarte disse:

      Olá tudo bem?

      eu namoro com minha prima e amo muito ela

      Mais ainda estamos com muito medo de ter filhos mais ja estamos decididos que vamos ate o fim.

      Oque vc nos diria em relação?

  116. jaja disse:

    Noss veio eu tenho 13 anos e sou apaixonadissima por um primo de 16 ..gst dele desde os 11 nunka rolo nda….mais keria…rsrsrsrsrs…ele nao sabbe ke gst dele mais logologo vai ser a formatura do mano dele e vou passa o findi com ele…uhu…chege logo abril…1 bejao!!!!!:D

  117. níí disse:

    com meus 14 anos fiquei perdidamente apaixonada por meu primo.passaram-se 23 anos já casada com filhos tornei a encontra-lo e por incrivel que pareça aquele sentimento aflorou.Ah! me senti uma adolescente novamente.pena que minha realidade é outra ou seja, sou casada e este amor é impossível.

  118. vanessa disse:

    estou vivendo um romance proibido com um primo infelizmente minha tia que é a mae dele nao aceita mesmo assim ainda estamos juntos ,eu sou loucamente apaixonada por ela ,e só nao nus assumimos por que somos primos será que vamos ficar juntos?

  119. Juju disse:

    Eu sempre fui apaixonada por um primo meu que é 3 anos mais velho que eu.
    Quando eu tinha 15, pedi pra ele ficar comigo, mas ele nunca quis pois, na opiniao dele, eu era “novinha” demais pra ele (como se 3 anos fosse muita coisa ne, rs).
    Mas como sempre moramos longe um do outro, conheci outras pessoas, e com 16 anos, comecei a namorar.
    Atualmente, toda vez que eu falo com esse meu primo, ele me diz que morre de vontade de me dar uns beijos, e eu ainda sinto vontade de beijar ele, pq ele é simplesmente lindo.
    Mas meu namorado nao merece que eu faça isso com ele, sem falar que meu primo, agora com 24 anos, ja tem sua familia estruturada, com esposa e filha.
    O ideal seria se ele tivesse mudado de ideia antes… agora eu tenho que me conformar que nunca vou matar essa minha vontade de ficar com ele…

  120. Kaique.. disse:

    Tudo aconteceu quando minha prima me deu o primeiro beijo, desse beijo, comessamos a ficar escondidos, depois de 2 duas semanas confessamos a os pais dela (detalhe, os pais dela são primos, que são meus tios) que estavamos namorando, para a familia foi uma supresa muito grande por que além de sermos primos, os pais dela são meus tios, e talvez futuramente pode gerar complicação com filhos. Estamos juntos a 2 anos e meio e nunca vou me separar dela por que eu amo muuuito ela e quero ter uma familia com ela.

    Deus Proverá!!
    Significa,que DEUS tomara uma providência. Ele resolve.

    Parabéns pelo texto Liz, muito Bom!!

    • Henrique Duarte disse:

      Boa tarde,
      Também namoro com minha prima para mim foi a melhor coisa que pode acontecer em minha vida é um sentimento sincero e imenso…..
      Qualquer duvida me retorno agente troca umas esperiencias

  121. elizabet disse:

    IDA EU E MEU PRIMO NOS CONHECEMOS COM UNS 13 ANOS MAIS NEM ME TOQUEI, SO QUE AOS 19 ANOS VIVEMOS UM NAMORO E UM AMOR LINDO, SEMPRE EM SINTONIA TOTAL. EU LOUCA POR ELE E ELE TAMBEM POR MIN, NAMORAMOS UM TEMPO E O PAI DELE SEMPRE NO MEU PE QUERENDO SABER TUDO DA MINHA VIDA PARECE Q NAO GOSTAVA MUITO E AÍ ACONTECEU O INESPERADO TIVEMOS A NOSSA PRIMEIRA RELAÇAO E EU ESTAVA NA FAZENDA DOS PAIS DELE A MAE DELE ERA IRMA DO MEU PAI, ASSIM QUE DESCOBRIRAM LOGO NO OUTRO DIA, UM DIA DEPOIS DE TERMOS FICADO JUNTOS ME MANDARAM PRA CIDADE E DEPOIS QUIZ FALAR COM ELE E NAO DEIXARAM, NAO SEI PORQUE NOSSO NAMORO FOI ROMPIDO NAQUELE MOMARAMENTO POR DECISAO DELES. E FUI PRA CIDADE AQUI EM MINAS , INTERIOR ELE NA FAZENDA, E TIVE QUE VOLTAR PRA GOIANIA E PASSAMOS 26 ANOS SEM SE VER. LOGO QUE FUI EMBORA 1 ANO DEPOIS EU ACHO QUE ELES INSENTIVARAM ELE A SE CASAR ELE TEVE NESSES ANOS TRES FILHOS E EU NUNCA ME ENCONTREI DE VERDADE GOSTANDO DE OUTRO COMO GOSTEI DELE E FIQUEI SO TIVE TRES FILHOS DE TENTATIVAS QUE NAO DERAM CERTO, VOLTEI PRA MINAS A 15 ANOS MAIS SEMPRE QUANDO IA LA QUE FORAM POUCAS VEZES SO PRA VER MEU PAI NAO VIA ELE POIS FICA MAIS NA FAZENDA, AGORA A UM ANO ATRAS RESOLVERAM ME CHAMAR FIM DE ANO PRA UM ENCONTRO DE FAMILIA UMAS 70 PESSOAS E QUANDO A FAMILIA DELE CHEGOU NAO TINHA REPARADO ELE ESTAVA BEM ATRAS ME OLHANDO E QUANDO O VI ALGO ME ABALOU MAIS FIQUEI NA MINHA, O COMPRIMENTEI E SAI DE PERTO POIS A MULHER DELE ESTAVA ME REPARANDO, E ELE FICOU O TEMPO TODO ME OLHANDO E NOTEI QUE ELE ESTAVA TAMBEM ABALADO TENTOU SE APROXIMAR MAIS PREFERI FICAR COM MINHAS PRIMAS E NAO CONVERSEI COM ELE. SENTI ALI O DIA NAQUELE SITIO Q NOS ERAMOS O CENTRO DAS ATENÇOES POIS MUITAS VEZES Q FALEI COM MINHA PRIMA ELA SEMPRE TINHA Q ME FALAR ELE NUNCA TE ESQUECEU E EU CALADA POIS NAO ENTENDIA ESTAVA CASADO MAIS TAMBEM OUVI Q NAO ESTAVA BEM NO CASAMENTO MAIS JUNTOS, NAO SEI SE PELOS FILHOS OU PRA NAO SEPARAR, POIS MINHA FAMILIA É MUITO CONSERVADORA, SEI Q NAO PARO DE PENSAR NELE ACHO QUE TAMBEM PENSA EM MIN MAIS! EU AMO ELE COMO NUNCA VOU AMAR NINGUEM NA MINHA VIDA EU SEI DISSO NAO CONSIGO. OS OLHARES DELE BEM VIDRADOS EM MIN NAQUELE DIA NAO ME SAI DO PENSAMENTO, AS VEZES PENSO EM IR LA ENCONTRA-LO SEM NINGUEM SABER E TER UMA CONVERSA PRA VER SE CONSIGO RESOLVER ISSO COMIGO MESMA, MAIS AO MESMO TEMPO EU ACHO Q ISSO NAO FICA SO NA CONVERSA VAO SURGIR BEIJOS E NAO SEI O QUE FAZER SE VOU OU FICO NESSA O RESTO DA VIDA … HOJE TENHO 48 ANOS ELE TAMBEN, SO SEI Q O AMO DE VERDADE E TO PERDIDA. ME AJUDEM NAO SEI O Q FAZER … COMPLETAMENTE APAIXONADA E NAO SEI.

  122. ELIZABET disse:

    liz, fiz meu depoimento da minha situaçao gostaria que publicassem e me respondece e ver o que acha ok liz, espero q de certo, mandei meu e-mail

  123. Aninha disse:

    Eu Adoro meu primo de quinto grau eu tenho 11 anos e ele tem 14.LINDOOOOO

  124. Ana Clara disse:

    Eu e meus primo conversavamos muito e eu gosto muito dele.. Dai, uma vez na fazenda da minha avó ele me chamou pra dar uma volta de moto e eu fui.. andamos bastante, quando estavamos quase chegando em casa ele falou q estava doido pra me dar um beijo. Eu fiquei surpresa na hora, ai perguntei se ele gostava de mim, ele falou que sim! Entao eu fiquei com ele.. Ai a gente foi embora e ele nao falou mais comigo a partir daí. Eu tinha ido num velorio e ele estava la, minha amiga foi conversar com ele e ela ficou me chamando.. nao achei uma boa ideiia ir pra la perto dele, é meio sem graça.. ele nem olhando na minha cara, ele estava.. entao esperei um pouco e fui. Aí eu fiquei um tempo la meio q “sobrando” dps de uns 20 min q eu cheguei la, ele se retirou, nao entendo qual é a dele, tem vez q ele conversa comigo, tem vez q ele nem me olha, isso mexe um pouco comigo. Será q ele gosta de mim mesmo ou ele falou q gostava só pra poder ficar comigo ?

  125. Anderson Jorge disse:

    Ola novamente Liz
    Passando pra dizer que por enquanto nada certo entre eu e mi nha prima,mas é bom que temos conversado com uma certa frequencia e educação (admito eu telefono,mas ela agora puxa assunto) e tbm gostaria de pergunyar se vc fará outra matéria sobre amor entre primos ou quem sabe convidar algumas e/ou contar casos que derma certo??
    Bjos

    • Liz Passos disse:

      Oi Anderson!
      Bom… o ideal é dar tempo ao tempo e ver no que vai dar, né?
      Espero que tudo fique bem p vc :)
      Devo fazer um outro post ou vídeo sobre esse assunto pq rendeu bastante, mas ainda não sei quando será.
      Espero q vc continue visitando o blog.
      Beijos

  126. beta disse:

    nossa minha historia pra mim é triste, amo mt meu primo quando eu viajava pra casa dele agente dormia juntos ate que um dia nos se beijamos ele tinha 14 anos e eu 16,fikamos namorando por um bom tempo escondido até que minha tia,meu tio , minha mae em fim todos descobriram, foi muito ruim mas ficamos juntos mesmo assim fui morar com ele era muito legal mas as amizades dele começou a se meter levar ele pro caminho errado entao nos se separamos ,nossa foi a minha grande tristeza voltei para a minha casa,cherei muito entao pensei logo tenho que esquece-lo comecei a sair de segunda a segunda bebia muito ate que um dia conheci um homem mas velho do que eu, casei tenho filho mas depois de 7 anos ele apareceu de novo me ligou conversei com ele falei tudo o que queria ter falado no passado,ele me disse que estava arrependido que me amava ainda e que nao se casou e nem vai se casar por que esta me esperando, nossa aquilo me abalô, vi que eu amava ele ainda ,hoje tenho 27 anos e ele 25 nos converamos sempre por telefone mas nao sei o que faço penso nele todo dia sinto falta dele quero esta junto com ele eu o amo muito,agora vou esperar o que o meu futuro vai me dizer!!!

  127. Anderson Jorge disse:

    Oi Liz
    Voce esta certa,mas eu liguei pra casa da minha avó (onde ela mora) por outros motivos,pois nossa tia foi internada recentemente e desde então eu mantenho mais contato,para falar sobre a situação dela. Admito que também ligo para ouvir a voz dela!!!
    Adorarei ler mais sobre o assunto,porque dificilmente algum site ou blog falam sobre o romance entre primos,sempre se focam na religião ou na biologia,o amor como sempre é esquecido. Com certeza visitarei mais o blog,vc ja possui mais um avido leitor!!
    Bjos

  128. Jessika disse:

    Nossa, parece a minha história, fiquei super excitada agora.

    Certo dia meus primos (um lindo garoto e uma linda garota) do interior vieram passar férias ak em sp, e ficaram na minha casa, pois meus país tinham viajado.

    A gente trocava olhares mas nada mto sério, ateh a tarde que eu estava no banho com a porta aberta e minha prima entrou, rapidamente se despiu e ingressou no box, ai começou a me beijar e me excitar eu era inexperiente e aceitei numa boa, nisso meu primo viu a cena e tb nu entrou na brincadeira e …

    Fiquei super apaixonada pelos meus primos, infelizmente as férias acabaram, agora só restou a saudades…

  129. Ana claudia disse:

    é eu gosto de um primo meu ate hoje amo ele vejo ele em cada 2 anos agente sempre manteem contato com ele ligo mando mensagem i conversando pelo facebook sinto que ele tbm gosta de mim mais ficou com outra pur uma bobagem minha :( ele é tudo que eu quero bom depois de 2014 eu vou ele em 2015…

  130. Alex disse:

    Eu vivo apaixonando até hoje pela minha prima !nós somos primos de primeiro grau,comecei a gostar dela na adolescência por volta dos 14 anos ela 16 hoje tenho 27,mas por no inicio eu achar errado e tb ser muito tímido acabei não contando para ela, ficava aquela mistura de prazer de sentir apaixonado e o medo de ser rejeitado e aí o tempo foi se passando… Ela vinha pra minha casa para agente sair pros bailes no fim de semana era muito legal ! Aos finais de semana eu ficava louco para poder vê lá,quando eu a avistava na minha rua meu coração ja acelerava e eu ficava sem saber o que fazer diante desse sentimento … até que um dia depois dois anos ,após a uma festa fiquei bêbado e contei para ela que esta apaixonado,eu lembro que ela estava deitada na minha cama mas tb tinha outra prima nossa do lado e ela ficou sem saber direito o que fazer mas eu acha que ela sentia o mesmo por mim e aí todo mundo ficou sabendo,a maioria dos nossos familiares gostaram da noticia mas ao mesmo tempo surpresos a mãe dela minha tia sempre deu força ,e ela me dizia isso falando que a mãe dela queria que agente namorasse e eu ficava sempre tímido sem saber o fazer, até que dia teve uma reunião aqui em casa e nesse dia minha avó estava e ela é médium ela estava com uma entidade e a mãe da minha prima resolveu perguntar a ela o que ela via ali na nossa relação então ela pediu para um por mão no coração do outro e ela disse que eu gostava mas dela do que ela de mim e que um igual a mim estava difícil de arranjar e que ela via agente colocando alianças mas que não seria naquela época (isso tem dez a anos )so depois que ela falecesse (minha avo) e com isso fiquei triste de saber que ela não gostava tanto de mim assim e ela esperando que eu tomasse uma atitude pra agente começar a namorar, so que por ser muito novo não sabia direito o que fazer.só sei que de fato nada aconteceu,logo depois ela conheceu um cara e em dois meses ficou gravida dele,lembro que nesse dia meu mundo caiu … E ai fiquei na deprê… Tive que suportar tudo, vê lá com outro cara e de barriga ,sofri demais ! E então tentei continuar minha vida, tentei arrumar uma namorada mesmo nao querendo mas quem disse que deu certo?! Eram só relacionamentos superficiais ,ja começava errado aí eu desistia mas na verdade eu não queria me relacionar com outras e sim com ela …eu torcia em silencio para que o relacionamento dela não desse certo para agente poder se entender .ate que um belo dia estou eu descendo a rua do meu trabalho e quando eu passo perto de uma pracinha quem estava lá com uma amante ? O pai do filho dela ! Que nessa época aínda não eram casados,lembro que nesse dia achei que tudo iria se resolver , fiquei nervoso confuso sem saber o que fazer e vim pra casa e contei pra minha familia todos ficaram bobos ,resolvi não contar pra ela pois achei que ela não iria acreditar mas ela ficou sabendo de tudo a própria amante contou para ela por telefone então ela veio na minha casa com mãe dela me dizendo que não era a primeira vez que ele fazia isso e que ela sempre tinha sonhos dele enganando ela … E a mãe dela me pedindo para eu esquece lá e arrumar uma moça legal pra mim pq ela iria se casar na igreja ! eu fiquei muito puto não cheguei a brigar com ninguém sabe … Mas resolvi que iria esquece la de vez !não dava era doloroso demais pra mim …ai resolvi ignora lá,fiquei dois anos sem falar com ela ,uma parede e ela era mesma coisa,eu não queria fazer isso mas tinha que mostrar que não estava feliz …depois voltei a falar com ela aos poucos sabe… Hoje em dia ela continua casada e eu evito o máximo de conviver ao lado deles.eu queria muito dar um novo rumo para minha vida amorosa mas ja percebi que enquanto eu estiver com isso na cabeça não sei se vou conseguir,eu ja tentei me relacionar com outras garotas mas ate agora não deu certo, fiz terapia algum tempo ,hoje só sei que ao mesmo tempo fico iludido com esse amor mas tem horas que eu quero desistir de vez!mas sempre fico com aquilo na cabeça que os amigos espirituais me disseram ! Será ?! Eu não queria desistir desse amor mas tb não sei o que fazer para trace lá para minha vida …

  131. Kamila Assunção disse:

    Olá, quantas historias ein?
    Eu amo meu primo, é até estranho sabe. Eu tenho 17 anos e ele 21, nunca haviamos nos conhecido pela enorme distancia de cidades, mais ano passado em julho acabei indo pra curitiba passar uns dias na casa da minha avó, e ele e os pais dele também foram pra lá! Eu passei 5 dias lá, e foram os melhores dias da minha vida. Eu amo ele, ele me ama, mas nunca ficamos. Chegamos até em falar em casamento, era amor de mais ! Só que os pais dele não aceitaram, e tambem ele estuda na unicamp, lá eh super dificil. Eai não tem mais tempo pra mim, eu amo ele, tem dias que eu me acabo de tanto chorar, eu sei que ele me ama! Mais é algo impossivel que fiquemos juntos um dia, mais eu confio em Deus e todas as noites eu peço pra Deus trazer o Paulo pra perto de mim! Faz meses que eu não vejo ele, e ele mesmo disse que a mãe dele va fazer com que eu e ele nunca mais nos encontremos!Orem por mim, eu amo ele por de mais ! bjs :*

  132. ILANA disse:

    Eu tive uma certa paixao pelo um primo meu e ainda tenho,ainda penso nele todos os dias e acredito que ele tbm.Um certo dia ele se declarou pra mim,foi tao bom aquele momento que acabamos se beijando.Mas infelizmente nao deu certo ,eu fui morar em outo lugar bem distane e acabei me casando e ele tbm casou.Hoje ele mora no mesmo bairro que eu e nem se vemos mais.Ainda sinto algo especial por ele

  133. mario disse:

    Eu to apaixonado pela minha prima…Somos casados…E temos filhos…mas tá tão gostoso…rsrsr

  134. Pâmella disse:

    Nossa, eu não sei o certo o que sinto pelo meu primo. Mais é especial! nós ja até ficamos, ele desde de pequeno gostou de mim. Mais eu tenho namorado, mais fikei com meu primo , em meio a tantas brigas e discurssões acabou esfriando o meu namoro de 3 anos, foi ai que tudo aconteceu, Já contei tudo pro meu namorado mais não consigo eskecer o que rolou entre eu e meu primo, Foi diferente a verdade mesmo é que eu gostei, sempre nos vemos mais nunca mais aconteceu nada, mais a gente conversa de um jeito diferente, brinca de um jeito diferente…. é muito bom! queria que tudo vinhesse acontecer de novo, não consigo não olhar pra ele e não tremer as pernas , meu coração pulsa…. é diferente de tudo que já senti na minha vida, se é amor ou paixão? Sei lá.. mais desejo seus beijos, abraços, carinho! queria voltar o tempo pelo menos pra sentir seu corpo em mim , sua boca na minha…. MAIS isso só o tempo vai resolver :/

  135. thales disse:

    sou louco por minha prima a amo muito

  136. "Vida" disse:

    “Amor de Primo”
    Estou vivendo uma linda história de amor, bem começou assim:
    Moro no MA, e o meu Priminho no Rio, nas férias de 1995, fomos visitar a família da minha Mãe, quando chegamos lá conheci esse primo de segundo grau (o D), eu com 14 e ele com 12, mas ele era bem alto e aparentava ter mais idade. Ele me roubou um beijo e começamos a namorar escondido, no sítio do meu Tio, meu irmão viu e resolvemos assumir, em pouco tempo de amasso pra cá e pra lá, perdemos a virgindade, ele foi o meu primeiro namorado e eu a dele. Terminada as férias voltei com a família pra o MA, ficamos nos comunicando por telefone, e acabei conhecendo o meu atual marido, no fim do ele veio com a família dele, como eu já estava namorando, não fiquei com ele, respeitei o namorado, mas vontade e desejo não me faltaram, mas não tive coragem, quando ele foi embora, morri de arrependimento, mas guardei pra mim, alguns anos depois (em 1999) casei-me tive três filhos, mas nunca esqueci o D., contei ao marido na época namorado que tiha perdido a virgindade com o D. o que até então era segredo, pois o marido fez questão de deixar bem claro para minha família o q tinha acontecido. Algum tempo depois que fiquei sabendo que o meu pai também sabia. Mas nunca comentou nada comigo. Depois dessa decepção resolvi procurar por D. achei o número do celular dele no orkut da minha irmã, liguei e fiquei maravilhada com a felicidade dele ao ouvir a minha voz, estava recém separado. Conversamos por horas, e ele ainda estava lá com o mesmo sentimento, e pra ele o amor e o cuidado sempre foram muito intenso, eu ja estava com intenção de separar-me, mas sabia que não era a hora, fugi dele mais uma vez!
    Passado mais um ano de crises no casamento, meu marido me bateu, fiquei muito magoada, e a minha irmã me liga dizendo q ele estava no face perguntando por mim, que continuava me amando e quando eu quisesse ele viria me buscar pra viver ao lado dele. Tentei contato várias vezes por e-mail e não consegui até que peguei a senha do face da minha irmã e ele estava online, conversamos trocamos telefones e hj estou terminando de organizar a minha vida estou me separando definitivamente, e até fim de junho estou voltando pra Rio, pra ficar junto com o meu grande e eterno amor… Meu Priminho que nunca deixei de amar e me sinto muito amada tbm! Nos falamos todos os dias!

  137. nanda disse:

    nossaa . !!!!!!!!
    tenho um grande amor reprimido por um primo .eramos novos e como ela mora em outro estado dificilmente nós vi amos . quando fui viaja rever os parentes .me deparei com ela moco alto ,bonito, os olhos brilharão . mais quando perguntei para minha tia era meu primo irmão de primeiro gral .(minha mãe é irmã da mãe dele, a minha mãe é mãe dele de leite, e a mãe é o pai dele são meus padrinhos .) só pra complica mais um pouco .mais isso não atrapalho da gente viver essa linda historia .Agora vejo é q é amor de verdd. foi uma coisa q ficou marca pra resto da minha vida . teve q volta pra minha cidade e ele ficou .mais ……………. lembro como se fosse hoje as palavras dele . ele me meu um color q ele usa e eu uma corrente. e me disse assim ::::: guarda porque quando agente se encontra pode passa o tempo q for nós vamos viver a nossa historia de amor ! e depois a para ajuda canto a musica do belo porq o amor não dura eternamente ! isso me marco muito . ja se passarão mais de dez 10 anos e nunca mais nós vemos mais agora estamos mais próximos com o faccebok ,mensagem de celular . me casei ,e separei e ele também . tenho medo de demostra q ainda sinto algo por ele !!!!.mas descobri uma coisa q mexeu comigo essa semana . Que quando me casei minha tia foi e tirou foto com o celular dele. porq ele não quis ir . então fico me perguntando será q ele sente algo por mim ainda .tenho medo desce reencontro. mais foi a mair e melhor historia de amor q tive na minha vida .

  138. Anonima disse:

    Pois, é. Meu primo de segundo grau diz ser afim de mim, mas eu fico com receio pois ele tem fama de pegador entre os amigos. Ele pega na minha mão, beija, fica do meu lado sempre, puxa a cadeira pra mim sentar, me chama de “mô” senta perto de mim quando estou na sala da casa da tia dele, coloca a mão por tras nas minhas costas, beija o canto da minha boca, mas eu não tenho coragem de dizer que também to afim, sempre digo ‘sai’ ou alguma coisa. Tenho medo de isso ser só pra me pegar, mas os amigos dele dizem que ele nunca faz essas coisas com outras garotas, e o primo dele disse pra mim que as outras garotas é só pra aquilo, e ele gosta mesmo de mim, que ele é apaixonado por mim, só que não se declara por medo de eu dizer um “NÃO.” Daí, eu não sei! não fui criada com ele, eu morava em outro estado, e vim pra cá em 2010, foi ai que conheci ele. Ele era irritante e chato, depois que começou a fazer essas coisas, e ano passado comecei a me apaixonar. Sempre fui selvagem, nunca fui de demonstrar sentimentos pra ninguém, sempre falo sem pensar, e acabo magoando as pessoas! Meus pais também são primos de segundo grau e são casados a 10 anos. E vivem super bem! o que ceis acham?

  139. Vida disse:

    A quase um mês, reencontrei o meu grande amor… Estamos muito felizes, e recomendo à todos que têm um grande amor do passado, lute por seus sonhos, corra atrás do seu amor, pois é muito bom viver o que estamos vivendo… muito mesmo!

    Beijos a todos que têm um primo como seu grande amor!!!!

    Muiiiito feliz!!!

  140. amanda disse:

    nossa to passando isso agora acabei de vim pesquisa sobre isso, percebe que gosto dele mas ele tem namorada que eu mesma ajudei a os dois ficarem juntos (me arrependo amargamente) sonhe que nos dois estavamos namorando foi otimo ja sonhei também que ele me beijou ate senti o beijo dele ai não sei o que fazer ele brinca comigo um dia ele veio com uma historia de que uma amigo dele estava namorando com a prima dele e falou isso diretamente comigo, e pecebi um clima no ar umas vezes da vontade de da um beijo nele pelo menos me da uma abraço. vou tenta fazer alguma coisa vamos agora fazer aula de dança e ele dissse que quer ser meu par então vou aproveitar. tomara que aconteça algo de bom (eu amo ele) numca senti isso por ninguem.

  141. KARLA disse:

    Meu nome é karla minha historia começou quando vaijei pra um cidadezinha do interior da Bahia eram a primeira vez que ai pra lá conhece a familiar de ninha mae cehgando lá encontrei meu primo que eram 7 anos mas velhor do que eu na epoca eu tinha 16 e ele 23. ele mim encantou por mim fazia tudo por mim mas eu era toda cheia de preconceito e achava um abisundo ele gosta de mim premeiro por ser mas velho e segundo por ser meu primo de 1° . mas só o tempo foi passavo e eu foi gostando dele cehgou 1 dia que nos beijamos foi maravilhoso e vivemos um lindo amor de verão, mas minhas ferias acabou e tive que voltar pra salvador, chorei muito foi muito triste ele tambem ficou triste mas prometemos amor eterno ele falou que viria mim visita mas não veio nos falamos por telefone mas sempre era eu que ligava pra ele. chegou as ferias de São João faria 6 meses que não nos vimos e quando chequei lá toda alegre pra ve-lo. mas ele estava totalmente diferente malmente falou comigo não mim deu a minima eu fiquei mal se interde nada. A noite vir sumir e uma menina amiga da familair que cada em cida dele sumiu tambem achei estranho e foi ate a praça pra ver se via algo e vir ele no maior amasso com ela fiquei pra chorei muito pois tinha viajando horas pra fica com ele e ver com outra. no outro dia ele ficou sabendo que eu soube e mandou uma carta pra mim falando que eu era legal e merecia alguem melhor que ele.Passou eu perdoe e voltamos mesmo de longe eu disse a ele que nunca iria esquece ele. passamos mas 1 ano ser nos vemos e eu eram totalmente fiel a ele, mas fiquei sabendo que ele estava com uma prima nossa fiquei muito triste mas mesmo assim não desiste dele ele falou com ele teve uma filha e eu continuem sozinha esperei ele 4 anos da minha vida e todos fala que sou muito linda arrajei muitos caras legais mas eu só queria meu primo Adailton o grande amor da minha vida sofre muito perdi 10 kilos só pensava dele e mas no fundo do meu coração eu acahava que ele mim amanda. mas 1 vez ele falou que eu era muito linda que ele tinha se encantado por mim que eu era muito mas linda que minha prima, mas que ele amava era ela. Dai eu desiste dele mas ate acho ainda sonho com ele e quando o vejo meu coraçao bater mas forte. acho que no fundo ainda tenho esperança de voltamos e ser feliz. sei que ela não gosta tanto dele como eu

  142. Rafael disse:

    Muito boa a sua historia.
    Já peguei muitas primas, mais nada tão romântico :D

  143. nathalia disse:

    estou vivendo um amor com meu primo…
    ele morava longe e dps volto pra morar aki na cidade ond eu morro. agente começou a cvs e talz, ele tinha namorada quando ele volto pra ca, eu ate ia ser madrinha do casamento deles rsrsrs. soq ai, ele se apaixonou por mim e eu por ele… ele pego e terminou tudo com ela, não so por mim, mais tbm por outras coisas q não vem ao caso… ai resolvemos ficar juntos, escondidos.. soq essa semana um ”amigo” dle conto tudo pra todo mundo, minha mae não quer aceitar, e meu pai esta prestes a descobrir, e quando isso acontecer, o bixo vai pega.. mais msm assim, ainda estamos juntos, e dispostos a enfrentar td pra podermos ficar juntos pra sempre……

  144. Emyh disse:

    eu tenho 13 anos e sou a uns 5 anos perdidamente apaixonada pelo meu primo q tem 14 anos, tinha um churrasco marcado para domingo, e eu comecei a conversar com ele pelo facebook na quinta feira, mas uma simples conversa e eu percebi q ele estava mais fofo do q nunca, ai na sexta feira eu contei para ele q minhas amigas queriam mandar uma msg para ele, dizendo q eu amava ele e q era para ele me agarrar, mas eu disse q era mentira, e ele respondeu q fofo, eu me encantei. ai no domingo quando a gente se encontrou de manha, ele me chamou pra ir na sala de TV com ele e eu fui, ficamos o dia todo sozinhos la, e ele pegou na minha perna e na minha bunda, mas eu sempre revidando, ai de noite, estava eu e ele, la fora no gramado olhando as estrelas e ele pegou meu braco e enganchou com o dele, ai eu peguei e tirei, depois ele pegou e colocou a mao na minha perna e eu deixei e ainda fiquei passando a mao no braco dele, depois ele pegou na minha bunda e eu revidei, ai depois disso ele perguntou pra mim: -oq vc vai fazer se eu te der um bj agora, ai eu respondi q nao sabia e ele insistiu, mas eu nao dei. eu estava sonhando com esse momento a anos, mas simplesmente nao consigo ele pede e eu simplesmente digo nao sem pensar, eu me declarei para ele no facebook, espero q ele tenha entendido oq eu quiz dizer, mas eu preciso de uma solucao para aprender a falar sim, para ele, pq eu to sonhando com isso a anos…

  145. joyce ferreira disse:

    que lidas historias =) …. tambem ja me apaixonei por 2 primos meu

  146. joyce ferreira disse:

    que lindas historias de amor familiares rsrs
    tambem ja me apaixonei por 2 primos meu um ainda continuo tendo uma quedinha kkk mais ninguem da familia consegue me entender fikam todos contra esse amor =(

  147. anony disse:

    oi Liz eu amo meu primo d+…naum lembro nem quando foi que eu começei a gostar dele!!ele é tudo pra mim … quando começei a passar as férias na cidade dele foi ai que esse amor aumentou ainda mais . eu tenho 15 e ele tem 18 .mas eu estou com uma duvida enorme queria saber se ele gosta de mim só que eu nao tenho coragem de perguntar sou muito timida … só que ele é mto carinhoso ,mim olha de um jeito ,teve um dia que a nossa familia foi pra um lugar pra passar as ferias de julho e foi ótimo passa esses dias com ele só que ele tem um relacionamento na época mal resolvido ,só que agora ele está namorando mais nessas férias ele queria mim beijar só que nao rolou por que eu sou mto tímida… ele mim acaria e nao gosta que eu pegue no cel dele nao sei por que . mas eu evito(ftos da namorada dele). só que cada vez que eu vou lá na cidade dele ele mim da mais esperança só que eu fik na duvida por que ele nao puxa conversa comigo no face !! mas fala comigo quando eu falo!!eu queria uma opinião será que ele olha pra mim de uma forma amigavél ou ele sente algo por mim . mim ajuda Ly estou mto confusa.
    Bjs pra vc amei seu blog

  148. anony disse:

    oi Liz sou completamente apaixonada pelo meu primo agoro eu tenho uma dúvida e precisa da ajuda de vcs !!!eu nao sei se ele gosta de mim mais ele faz coisas que mim deixa com esperança cad vez que eu vou pra cidade q ele mora ex :ele mim olha de um jeito diferente mim acarecia mim deixa doida mesmo !! eu e ele toda vez que se vimos brigamos mtO mais tudo na brincadeira.nossa familia adora mim abusar diz que vai dar namoro se for do destino…mais ele tem namorada eu estou na duvida se ele gosta de mim como prima ou algo mais !!quando ele mim abraça parece que o céu esta bem pertinho de mim e meu coracao começa a beter forte mais eu nunk disse nd a ele (timida) rsrsrs até por que nós somo de religioes diferentes mais isso é um grão de mostarda comparado ao meu amor!! mais ele nao conversa comigo no face ele só fala se eu falar.e ele tbm nao gosta de falar na namorada dele corta logo o assunto e nao deixa eu pegar no cel dele até por que eu nao gosto(ftos na girlfriend dele)mais essa é minha duvida se ele gostasse de mim ele ia fazer de tudo pra falar comigo mim mandar mensagens e tudo mais mim ajude por favor ja tentei de tudo pra esquecer mas ele nao sai da minha cabeça !!! espero a resposta
    E adorei o blog!!

  149. maria beatriz disse:

    eu tive um sonho agora a pouco e desde entao estou cada dia mais apaixonada pelo meu primo e um sentimento muito bom mais ao mesmo tempo agoniante

  150. mayara disse:

    nunca fiquei com nenhum primo…. pois vejo eles como irmãos pra mim..

  151. anderson jorge disse:

    Liz quando veremos outros textos e matérias sobre esse assunto? :/

  152. DESCONHECIDO_PR disse:

    Vou escrever um breve resumo 1% só, eu poderia ficar por horas dias meses a eternidade toda falando dela.

    Minha historia foi há 9 anos ,eu tinha 22 ela 16, moramos no mesmo estado todo ano eu passava minhas férias com eles , ate essa data !! Eu já tinha tido algumas namoradas e ficado com outras meninas, era “experiente”.

    Então ali começamos a trocar olhares que nunca tínhamos pensado, pois éramos como irmãos, ela resolveu ir ate minha cidade passar férias com a gente, nós tentamos segurar os sentimentos por um dois três dias sabíamos que ia ser complicado, porem rolou ficamos por um mês aqui juntos depois voltei com ela e ficamos mais um mês.

    Foi uma coisa tão forte um sentimento tão lindo diferente de excitação carnal uma coisa “anormal” eu nunca tinha sentido por ninguém, sempre me recordo dos olhos dela cheio de lagrimas o dia que eu parti era um sentimento puro sem interesses cobiças enfim. Depois de uns 3 meses ficamos novamente por um dia, em que eu passei rapidamente por lá após isso nunca mais tocamos no assunto .

    Hoje em dia estou com outra pessoa já fui ate la com ela algumas vezes e fui cobrado logo de cara !! Ela percebeu os olhares da minha prima e os meus e disse que não era normal o tratamento o jeito dela comigo necessidade de estar encostando em meu braço, olhos fixos cara de boba me dando livros românticos para eu ler ,minha atual me cobrou explicações dizendo sou mulher percebi bem !!

    Realmente isso acontece talvez involuntariamente não sei ,um dia disse pra ela que ela era a única mulher que iria me conhecer como eu realmente sou um cara sincero e romântico, de fato após isso nunca mais foi igual com ninguém meu coração parou no tempo , toda vez que estamos perto é estranho sinto uma paz muito intensa , ela carrega minhas energias com um simples sorriso viajo no tempo e lembro como é bom sentir isso que ficou no meu passado e guardado no peito,
    quem sabe um dia possamos repetir tudo novamente !!

    Só DEUS e o tempo sabem a resposta.

    Única certeza que tenho ela foi e será até o fim dos meus dias A DONA DO MEU CORAÇÃO.

  153. jk disse:

    Conheci um primo a algum tempo e que nem sabia que tinha,é filho do irmão de meu pai,mas o problema é que nos gostamos,mas temos medo de ter algo sério,será que pode ter ??

  154. sarah disse:

    Eu ESTOU apaixonada pelo meu primo,ai ele e muito perfeito,a gente ficou uma vez,foi mais que perfeito nao tem como explicar,mas nossos pais descobriram,mas a gente ainda da umas paquerinhas hahahah

  155. Bruna Lii disse:

    estou apaixonada pelo meu primo e ele tb mais e impossivel

  156. renata disse:

    chega essa época do ano lembro do meu primo foi antes do natal que percebi que estava apaixonada por ele :(

    fui correspondida e foi legal mais acabou por motivos óbvios FAMÍLIA ,só que ainda amo ele.

  157. suh disse:

    olá! não sei nem por onde começar minha história é muito longa, vou tentar resumir.
    sempre fui muito amiga de um primo meu, ele tinha namorada ela nao gostava muito de mim. nem ela nem sua mãe e sua irmã, mesmo assim nunca deixei de conversar com meu primo, ate que o destino no aproximou mais, ele terminou o namoro com ela, como nós eramos muitos próximo ela quis se aproximar de mim para que eu conseguisse reaproximar eles novamente… no inicio eu fiquei com a purga atrás da orelha pq ela queria ver o diabo do que a mim. começamos a sair juntas e cai no truque dela rsrrsrs ai como eu era ingênua comecei a falar com ele pra tentar reaproximar os dois afinal de conta minha amiga amava ele, e como amiga eu deveria juntar os dois novamente. passei 6 meses tentando aproximar os dois, já estava cansada e dei um prazo final pra ele da a resposta e no ultimo dia do ano queria que ele me desse a resposta, quando fui perguntar ele se declarou dizendo que esses ultimos meses ele pode me conhecer muito mais e que se apaixonou por mim de uma forma inescapável, tentei disfarçar meu nervosismo perguntando se ele estava brincando e fiz a pergunta novamente, ele disse que nao queria ela, que me queria. meu mundo parou, meu chao se foi. era como tudo ao meu redor sumisse e só se resumisse a nós dois. parece que aquelas palavras fossem encantadas me apaixonei no mesmo momento foi intenso, a noite todos reunidos e só nós dois no lugar mais reservado acabei cedendo beijos e mais beijos ( resumindo a história ) ficamos dois anos juntos, foram os dois anos mais felizes da minha vida, uma amor intenso. ele queria assumir nosso amor para todos mais meu medo falou mais alto, familia unida, religião, princípios… fiquei com tanto medo da reação dos meus familiares que pedi tempo. tempo esse que nos separou, ah como eu sofri, chorei me desesperei, angustias e mais angustias, e para aumentar meu sofrimento meses depois fiquei sabendo que eles tinha reatado um namoro, nossa :( sofri mais e mais, mais, mais e mais. ( depois de algum tempo minha prima irma dele me falou que logo após que nos terminamos ele ficou com ela quando estava bêbado e ela disse pra ele que estava gravida) quase morri. quando minha familia ficou sabendo que ela estava gravida compraram casa e mobiliaram para que a reputação dela e da familia não fosse manchada, o tempo foi passando e nada de bebe nada de barriga crescer, e ela perdeu o bebe que nunca existiu, o tempo foi passado até que ela engravidou e dessa vez foi verdade, já faz 7 anos que eles estão juntos, ja namorei conheci muitos garotos legais interessantes e lindos, mais nunca esqueci esse homem, morramos na mesma cidade mais faço de conta que é em outro planeta me auto excluir de todos os eventos da familia. até que no dia 7 de dezembro de 2013 terminei o namoro de 3 anos e fui andar pra ameninar os pensamentos ate que o destino nos fez nos encontrarmos e ele me pedir disparadamente meu numero . aquele momento foi como se eu tivesse esquecido meu ex rsrsrrs como se eu nunca tivesse deixado de amar aquele homem. desse dia pra cá conversamos por whatsApp telefone e por msg, fiquei com ele sei que estou errada em ficar com ele sabendo que ele está com ela. mais tbm sei que ele não é feliz assim como não sou. hj tenho 21 anos e ele 29 ele tem uma filha e ainda me ama não sei o que faço. por favor me ajudem
    quem tiver uma opinão a me da por favor me mandem um email suennyaellen@gmail.com

  158. Luana disse:

    Adorei o blog e as histórias. Bom, descobri ha alguns dias que sou apaixonada por meu primo, contei para a irmã dele e ela disse que eu deveria contar para ele, mas não consigo, não consegui olhar para ele desde então e dói muito gostar dele. Espero um dia ter forças para contar, me preocupo com a opinião dele, mas sei lá. Sempre tivemos uma amizade diferente, as vezes ele me acaricia mas não passa de alguns carinhos simples como abraços e uma mão na perna, não sei se ele quer dizer alguma coisa mas tenho minhas dúvidas. Espero ter forças, preciso de força, pois não consigo viver mais um dia nessa agoniante dor que é amar alguém.

  159. Maybe disse:

    Bem… Quisera eu ter lido todos estes depoimentos há cerca de dez anos quando precisava tomar uma decisão importante na minha vida, talvez a mais importante! Quando se é jovem somos levados a acreditar que nossos sentimentos são infundados e cheios de impulso, e precisamos de anos de experiência para entendermos que sentimentos de amor podem ser verdadeiros, profundos, não importa a idade que temos. E isso dói, deixa marcas para toda vida!
    Fiquei feliz em ver histórias que tiveram um final feliz aqui neste blog. A minha possivelmente não terá uma segunda chance… Mas ficará a lição.
    Em 2003 vi pela segunda vez, um primo que só conhecia por fotos… Mais novo, tinha apenas 18 anos e eu então com 26 anos, já namorava, fazia um tempo. Moramos longe, bem longe. Ele em RR e eu em RS, e meus pais também moram em RR. Fui visitar a família, passar com eles o natal, aproximamo-nos, conversávamos muito, sobre tudo, e em algum momento nos beijamos. Bom, do beijo para algo mais não demorou… Foram madrugadas quentes, não perdíamos uma oportunidade, mas estava na hora de voltar para casa… Voltei, com o coração na mão, e tudo virou tormento. Briguei com meu namorado, depois de quinze dias fiz minhas malas e atravessei o país novamente, devolta para casa dos meus pais. Mas aí, tudo era confusão! Meu namorado não aceitava a minha “fuga”, as famílias se ligando e tentando entender a crise que se desenrolava, e meu primo pressionando para que ficássemos juntos… Tivemos ainda ótimos momentos, mas não suportei a pressão e depois de cerca de dois meses voltei novamente para o sul… Pouco tempo depois engravidei, e hoje temos um filho de 9 anos.
    Mas nada mais poderia ser como antes… Os anos passaram, voltei ao norte poucas vezes neste tempo. Sempre que ia, o encontrava, as vezes namorando, as vezes sozinho, conseguimos ficar sozinhos por raros momentos, e conseguimos conversar muito pouco. As vezes, inesperadamente ele me ligava e conversávamos sobre qualquer coisa. Passados tantos anos, pensei ter esta situação bem resolvida dentro de mim, mas em 2012 viajei novamente com meu filho, fui segura de meus sentimentos, nada abalaria minha confiança….
    Fiquei poucos dias, mas o suficiente para acabar com qualquer certeza que eu poderia ter. Passamos muitos momentos juntos, mas pouquíssimos sozinhos. Fomos jantar uma noite, conversamos e para um beijo basta um olhar… Tudo voltou com toda intensidade, como se minuto, horas, meses e anos jamais tivessem existido. Totalmente contrário ao que prego e penso, teria ido até as últimas consequências com ele naquela noite, mas ele simplesmente resistiu pois o fato de estar casada o impediria de seguir… Como doeu, como dói ainda! Sim, foi a minha escolha, mas ” e se “…se eu tivesse escolhido não voltar para o sul a dez anos…? Se eu tivesse apostado no amor de um menino de 18 anos?
    Bom, dois anos já se passaram desde o último encontro… Conversamos por facebook, whatsapp, mas nada nunca vai ser suficiente para amenizar a saudade que sinto. Hoje tenho certeza que devo me separar, que meu casamento não tem mais nenhum futuro, independentemente de haver um dia um reencontro com meu primo. Esta recaída me mostrou o quanto estava infeliz, tentando viver a vida que os outros, geralmente nossa família, pensa ser a correta… Dificilmente poderei recuperar o tempo que passou, ele está namorando, e acho que meu tempo passou… Mas a lição ficou! Quem estiver lendo os post deste blog, e tiver alguma dúvida, preconceito, incerteza… Este amor não nos abandona nunca, e antes conviver com algumas caras tortas dos parentes do que conviver com a saudade seu fim!

    • Angélica disse:

      Olá…

      Vc acha realmente que esse amor não acaba?

      Amor entre primos é eterno?

      Abs.

    • Maria Luiza disse:

      Pois é Maybe, quizera nós no auge do descobrimento prever que nunca estariamos livre deste amor, mais geralmente nos apaixonamos pelos primos ainda na juventude tenra, sob o dominio total da familia e ai prevalece o que eles acham melhor, so depois vamos descobrir que amar um primo é pra vida toda, e nunca nunca haverá outro amor como este.

      Mais tenha coragem, pra aceitar o que vier.

  160. Val Manhoto disse:

    Olá, fiquei muito mexida com todas as história vividas..
    Tenho um primo que mora bem longe, e a gente nunca se falava, nos vimos quando éramos crianças. Ai quando foi no final do ano ele veio aqui pra minha cidade, e ele ficou aqui na minha casa, íamos passear juntos levei ele para conhecer vários lugares, fomos no cinema,rolava olhares e um clima bem gostoso rsrs, aí uns dias antes dele ir embora a gente ficou .. Depois ele nem queria ir embora.. Mas ele teve que ir! :/ Conversávamos todos os dias 24 hrs por mensagem e face, e ainda conversamos.
    Quando foi esses dias ele veio dizendo que tava gostando muito de mim , e que ia lutar por mim, qe vai vir aqui conversar com os meus pais para a gente ficar juntos. Ai eu disse que não ia dar certo e tals, porque os meus pais nunca iria aceitar a gente, tanto por sermos primos e tbm por ele ser mais velho tenho 15 e ele 22.
    Mas ele disse. : ” Nada que uma conversa com eles não se resolva, e quando duas pessoas se amam idade, distância, tempo não vai impedir nada”.
    Mas mesmo assim eu fiquei com o pé atrás, tenho medo dos meus pais não aceitarem, e impedir a gente. Amo muito ele, mas tenho medo da reação dos meus pais :/ Eu peço a Deus todos os dias para que dê tudo certo entre a gente!
    O que devo fazer? Será que devo continuar com esse amor? Temos chance de sermos felizes? Me ajudaaaa? Estou desesperada

  161. Anderson Jorge disse:

    Olá novamente Liz!!!

    Quando poderemos ver mais matérias sobre o assunto ou mesmo entrevistas com casais de primos,para que contem suas experiencias?

  162. Anderson Jorge disse:

    Bom dia!!!! Liz

    Estarei no aguardo srsr.
    Eu já a tenho no meu facebook,adicionei faz um tempinho…

  163. Baetriz disse:

    Olá Pessoal!
    Então o que dizer do meu primo….Desde que tinhamos 11 anos, já sentimos algo um pelo outro, o nosso primeiro beijo, nossa primeira noite…rsrsrs enfim.
    Porém devido a distancia e demais coisas acabamos ficando longe por 3 anos, nesse periodo conheci uma pessoa e me casei vi que fiz besteira, pq qdo o vejo minhas pernas perdem o foco.
    Ele sempre tenta me seduzir, e quanto fala ao meu ouvido
    “Eu sempre vou te amar”
    eu me derreto
    AMO ELE, ESTOU CRIANDO CORAGEM DE LARGAR TUDO E FICAR COM ELE.

  164. Angélica disse:

    Lindas histórias…

    Hoje com 23 anos sou completamente apaixonada por um primo… tudo começou na infância, pensei que era coisa de criança, esse ano nos beijamos pela primeira vez, no começo do ano… e ainda hoje, agora para ser mais exata, é ele quem domina meus pensamentos…
    Fico com medo da ideia de que posso ama-lo pro resto da minha vida, talvez isso mude não sei, mas hoje sinto que o amo…

  165. Mário Mdeira disse:

    Existe amor entre primos. É verdade. E pode durar toda a vida.
    Quanto mais prima, mais se lhe arrima…

  166. giovanna disse:

    oi, tenho 13 anos e estou vivendo um amor impossivel.Eu e meu primo se reencontramos no final do ano passado e para nossa surpresa se apaixonamos,ate que um dia nos decidimos namorar e meus pais e os pais dele nao concordaram com isso.Hoje, por causa dessa paixão nao nos vimos mais, nossos pais nos distanciaram totalmente ele (meu primo) se declarou de mim pra minha mas,nao adiantou nada continuamos longes.Isso aumenta mais a nossa saudade um do outro e faz com que se amamos mais ainda.Hoje brigo muito com a minha mãe, entao nao temos realmente uma relação de mãe e filha estamos distantes .Hoje, nos vivemos separados mas, sempre com aquela saudade imensa mas , conseguimos segurar,eu nao esqueci ele e nem ele me esqueceu. Ainda sim implico com a minha mae

  167. Rosi disse:

    Oi, queria contar um pouco da minha história, sou casada e gosto do meu primo alias primo de 2°grau por parte do meu pai, moramos +/- uns 1.000km de distância, ele é mais velho que eu 16 anos, não escolhi isso mas não mando em meu coração talvez não seja pra sempre esse amor mas oque sinto agora é verdadeiro e sem limites…

  168. ana disse:

    Éqe meu primo patrick sempre ficava perti de mim nis momentos bons e ruins mas ante disso eu ja gostava dele pq ele
    éra lindo ai ele ficava passando ama em mim eugostava agente senpre brincava de piqui esconde ai acontesiavessa coisas ai teve um dia qe eu tentei dai beijo nele mas eu nao consigui nas um dia ele medeu um beijo e eu adorei foi um dia magico pra mim mas no dia qe eu soube qe ele tava norando eu chorei muito mas as veses eu pesso qe e ele fas isso so pra mim deixa com silme mas agente fica as veses juntos ainda nas eu vou reconqista ele dinovo♡♥

  169. Rejane disse:

    Jamais imaginei que leria algo sobre namoro de primos… Gente, eu sou uma devoradora de primos(no bom sentido!!!). Fui para a cidade natal de minha mãe e ali conheci meu primo Floresmar. Eu tinha então 14 anos e ele 17. Me apaixonei na primeira visão… Ele era todo tímido mas eu precisava demonstrar que estava afim dele, pois tínhamos apenas dois dias para estarmos na casa dele e depois irmos em visita aos outros parentes… Na outra manhã, enquanto meus pais tomavam café e conversavam na varanda, eu fui ao quarto pegar alguma coisa na mala… olhei e vi ele ainda deitado… não deu outra, sentei-me à beira da cama e dei um beijo nele, Ele correspondeu… ficou meio confuso mas me abraçou pelos ombros e demos mais um beijo… então lá por perto do meio dia ele foi no galpão. Eu vi, espreitei o pessoal, ninguém olhando, e eu fui lá… nos abraçamos na maior inocência… apenas nos beijávamos abraçados… não falávamos nada. Ficamos ali em pé, com medo que alguém aparecesse, mas inebriados pelo momento por vários minutos… foi um doce momento… depois ele me deu uma fotografia e seu endereço, com o qual começamos nos corresponder, naquela época (1976), não haviam as facilidades de hoje. Cada carta que eu recebia, lia e relia várias vezes… nunca passou disso, mas nos gostamos por longos anos, até que ele casou-se, teve duas filhas… Um belo dia uma irmã de minha mão faleceu, e nós fomos e aproveitamos para dar uma visitada na família… Ele já era policial, nessa época… Fui até o quartel, ele saiu para a rua comigo… conversamos um pouco e mesmo ele sendo casado(eu era solteira ainda) nos beijamos novamente… eu não planejei. Foi incrível, notei que ali ele já tinha um posicionamento diferente, mas já era casado, mas aconteceu naturalmente, e foi só… Hoje ele já é falecido… Mas nunca esquecerei aquele primo…No fundo eu queria ter me casado com ele… E nos feito felizes…

  170. nicolas disse:

    Estou presenciando isso nesse exato momento .
    Ja pedi ela em namoro oficialmente .espero que de certo

  171. livia disse:

    bom , minha história ainda está o começo. Eu andei meio abalada pois namoro a 2 anos e agora bateu aquela incerteza do que eu realmente sinto.Venho passando momentos complicados mais nunca trai meu namorado, recebi recentemente a visita de um primo 9 anos mais velho e que demonstrou interesse e confesso que ja pensei nele e agora é como se uma coisa estivesse clareando dentro de mim. Estou meio sem ação pois estou divida e começo agora a imaginar coisas que eu não deveria ja que sou comprometida. O meu primo é um rapaz muito legal e bonito, na verdade nem acredito que gostou de mim ….enfim espero que tudo melhore e oque for pra ser será.

  172. amanda disse:

    bom o primeiro dia que conheci meu primo tava com meu namorado e com minha amiga, eu meu lembro desse dia foi a primeira vez que me apaixonei por ele e quando a gente se conheceu eu nem sabia que era meu primo só fui descobrir quando meu tio falou pro meu primo não ficar comigo se não ele ia apanhar kkk, bom nesse dia a gente não parava de se olhar um encarando o outro, bom o meu namoro não tava indo bem, no dia seguinte ele pediu pra ficar comigo só que não aceitei é claro pq eu sempre era contra esse tipo de relacionamento, só que ele era muito safado ele pediu pra ficar com todas as minhas amigas e tal,s ai teve um dia que ele foi dormir lá em casa e eu tava arrumando a casa quando ele me puxou e me beijou e DPs desse primeiro beijo acontecer pedi um tempo pro meu namorando e ele não entendeu o motivo eu não tive coragem de falar pra ele, bom DPS desse beijo aconteceram outros e outros e mais outros e sem minha familia perceber, ai teve um dia que eu não tava achando mais certo e eu me afastei dele e tudo só que toda vez ele me puxava e me dava um beijo eu ainda não tava gostando dele DPS da gente ter ficado ele mudou completamente ele não tava mais ficando com nenhuma meninas mais… 
    Mais ai eu fiquei com medo do que tava sentindo por ele, ai eu decidi volta com meu namorado e DPS disso meu primo pediu um ultimo beijo pra mim e claro eu dei e DPS ele Me beijou de novo dizendo ele que não conseguia parar de me beijar, quando ele me falou que era o ultimo beijo eu fiquei tão triste sabe eu sabia como ele era galinha e tudo mesmo assim gostava dele um pouco, só que esse sentimento aumentou pq ele queria morar lá em casa e minha mãe deixou e tudo só que ela e o pessoal desconfiava que ele queria morar lá por causa de mim mesmo assim minha mãe deixou, bom DPS disso a gente realmente parou de ficar e tipo parece que ele esqueceu do que a gente viveu, mesmo a gente não ficando mais a gente morria de ciumes um do outro e toda vez que meu namorado ia lá EM casa ele ficava com raiva de mim e não falava comigo e não entendia o motivo eu só fui desconfiar DPS que toda vez que meu namorado ia lá em casa ele ficava assim, bom DPS disso aconteceram tantas coisas sabe eu ainda continuei namorar até o ano passado, bom eu terminei com meu namorado pq eu tava realmente apaixonada pelo meu primo e mesmo sem eu falar ele sabia que eu gostava dele,  bom quando foi no mês de dezembro no ano passado o meu primo ficava falando muito de menina e toda vez quando tava do lado dele e isso me dava uma raiva sabe ai na véspera do ano novo. Quando ele tava indo pro trabalho eu falei que queria falar com ele e mandei mensagem no whatsapp, falando que eu gostava dele e que era melhor a a gente se afastar e ele falou assim: hã, para de brincadeira, vc ta falando serio, você sabe que nos não podemos ter nada e a gente Samos primos e gosto de você como primo e que como um irmão entendeu, e ele falou tbm que isso era normal e que daqui a pouco isso ia passar ai eu falei assim é eu seii, DPS ele falou pra eu não tocar mais nesse assunto eu disse ok , nossa eu sofri tanto quando ele falou isso que meu coração ficou partido ai quando ele chegou do trabalho ele ficou todo bobo falando comigo tipo quando tivesse apaixonado, eu tava me arrumando pra ir pro ano novo na minha igreja e eu pedir pra minha amiga fazer uma maquiagem em mim, só que ela exagerou e ficou muito feio e não tive coragem dizer isso a ela, bom eu não fui pra igreja por causa disso e outra não fui também pq minha mãe ia passar o ano novo sozinha, só que minha falou pra eu ir que não se importava de ficar sozinha, até que fui pra igreja e até o caminho todo meu primo ficava fazendo carinho em mim e eu tava com tanta raiva por ele ter falado aquilo e não sei oq me deu que eu sair correndo e voltei pra casa sozinha quando deu 00:00 meu primo mandou uma mensagem pra mim dizendo feliz ano novo que esse meu jeito marrento não combinava comigo e isso detonou comigo ai ele chegou em casa me perguntando o. Motivo pq eu fui embora, só que eu não respondi nada fiquei calada, e no dia seguinte perguntei pro meu irmão se ele gostou do ano novo lá na igreja ele disse que foi muito paia, ai chega meu primo dizendo que ia ficar com uma menina lá nossa fiquei com tanta raiva dele e a única que eu fiz era chorar e toda vez que ele ficava falando de menina pra mim mesmo sabendo que gosto dele e eu ficava chorando e chorando  e DPS eu decidi esquecer  dele de vez, eu parei de chorar por ele e quando ele falava de menina agia normal mais por dentro isso acabava comigo e quando foi nessa segunda feira ele me perguntou se eu sabia que ele ia se mudar eu disse que sim e eu fiquei feliz pq eu não ia mais ficar ouvindo ele falando de Outra menina só que no dia seguinte eu  tratei com tanta normalidade e ele estranhou pq eu tava tratando ele assim e quando ele chegava perto de mim não brincava mais com ele como antigamente e de manha  escrevi assim no meu status do meu whatsapp é bem que ele falou que isso ia passar pior que passou mesmo ai escrevi a. Sigla do nome dele G ai pra minha surpresa ele me perguntou se aquilo era eu disse assim:oq você acha e ele olhou pra mim e disse ah, então e melhor tirar já entendi o recado, ai eu fui pro quarto ele tava tirando foto ai DPS de algum tempo ele pediu pra tirar foto comigo e eu não quis quando eu fui mexer no meu face vir que um ex meu que pouco tempo pediu pra voltar comigo tinha entrado em relacionamento sério fiquei pé dá vida, mais é lógico que não fiquei era só pro meu primo ficar com ciúmes e meu primo perguntou pq eu tinha ficado daquele jeito quando olhei o face e eu  disse  que não era nada, e fui grossa com ele, e ele notou que fiquei chatiada por saber disso e fui dormir e como ele percebeu isso ele foi dormiu lá na sala. Ai ontem a noite fui pro quarto ele me perguntou pq eu não tirava foto com ele ai eu falei que a gente não combinava e tipo ficou triste não sei se é coisa da minha cabeça eu acho que ele gosta de mim, ai pra fazer ciúmes em mim, ele me mostrou uma foto no celular dele de uma menina ai eu disse nossa ele é linda ai eu fingir nem liguei ai deu alguns minutos ele pediu pra tirar umas fotos com ele  ai euu eu disse que não ai ele disse que eu  não queria tirar foto com ele pq eu achava ele  feio ai eu disse pra ele me empresta o celular dele e pra chegar perto de mim que iria tirar foto com ele ai ele ficou todo animado MDS que sorriso foi aquele realmente gosto dele, só que quando ele fica falando de menina isso me faz me afasta dele mais e mais, ta voltando a história, ai ele tava cantando e eu tava conversando com um menino que namorei na infância, e ele perguntou se eu gostava dele ainda, e eu não sabia oq responder, pq meu primo tava cantando, isso tava me dando uma raiva, que falei sem pensar que cada dia odiava ele, é ele viu que tava falando com esse menino ai ele pediu pra mim descobri o nome e o numero DA menina  que ele viu na igreja ai eu disse que sim isso me deu mais raiva dele e respondi pró menino que gostava dele ainda. Ai ele continuou a cantar e cantar ai ele viu oq eu respondi pro menino e ficou com raiva e não falou comigo eu perguntei pq ele ficou bravo comigo simplesmente me deu dedo   e dps  agente ficou no quarto juntos e ele não falou comigo e ele só pegou as coisas dele e pegou o lençol e me bateu e saiu com raiva é eu não sei mais oq fazer com esse sentimento pq ele fica assim sendo que ele falou que não gosta de mim, tou tão confusa. Será que ele gosta de mim ou não?
         

  173. theus lima disse:

    Eu tenho 12 anod e minha prima 11 nos namoramos euu amo ela ela me ama entao n tem isso n em

  174. Jean Carlo disse:

    Eu sei que nao deveria, mas recentemente me apaixonei por minha prima de segundo grau que ha tempos nao via (desde nossa infancia)…ao revê-la percebi o quanto o tempo passou e ela ta muito linda…conversando por facebook e whatsapp vi o quanto ela é romantica e isso me fez apegar ainda mais nela. Mas pro meu maldito azar ela tem namorado e isso faz eu me sentir mt imbecil por me encontrar nesse amor platônico…Só q tenho certeza que eu saberia fazê-la muito mais feliz do que esse namorado dela…e sei que ela tambem concorda com isso pq ela acabou me revelando q o cara nao sabe suprir a falta de atençao e carinho que ela tem…porém, temos a mesma idade (18 anos) e por isso ainda há mt tempo para que ela me escolha pra ser seu verdadeiro amor.Eu sei que parece ser impossivel, mas eu nao acredito no “nunca”… tenho esperanças de que um dia viveremos uma linda historia juntos. Posso ate parecer idiota mas só em falar com ela faz meu lado romantico ser mais forte que o meu temperamento de pessoa mau humorada…e só de ouvir a voz dela ja me traz tranquilidade e me faz sorrir.
    Sabrina…EU ESPERO O TEMPO QUE FOR por você, minha princesa linda!!
    Te Amo!

  175. Marina Duarte disse:

    Bom,no fim deste ano (2015)viajei sozinha pra cidade dos meus pais,passar ferias na casa da minha vó,lá tenho um primo que comecei a me apaixonar por ele no começo do ano passado(2014) tambem quando fui pra lá..
    Sou mt apaixonada por ele e creio q ele por mim ano passado quando fui lá so rolaram troca de olhares isso por que quando vou pra lá nao saio da casa dele por causa da minha prima q tem a mesma idade que eu somos muito unidas…
    dessa ves agente se aproximou muito mais, rolou dança romantica,beijos abraços momentos sozinhos deitados na rede na varanda,
    nao sei porque mais independente de quem agente esteje namorando sempre quando agente se ve o coraçao bate mais forte,as mao começam a suar,ficamos com borboletas no estomago,particularmete eu fico parecendo aquelas garotinhas de filmes romanticos,estamos nessa ja faz dois anos…
    resumindo eu amo ele e espero q agente fique juntos pro resto da vida,mesmo a familia nao aceitando muito bem,eu acho q quando agente ama alguem tem q ultrapassar qualquer barreira pra ir em busca da sua felicidade…

  176. Jessica Vieira Da Silva Pereira disse:

    Ola eu sim me apaixonei pelo meu primo….eu tinha 9/10 anos na época. Ele só me via como sua princesinha sua irmãzinha por temos sido criado juntos como irmãos mesmo. Pois foi assim ele foi embora do estado de são Paulo me deixou, sinto como se meu mundo já não tivesse mais sentido. Conforme fui crescendo achei q uma hora esse amor iria acabar mais não acabou. Tive dois relacionamentos mais mesmo assim nunk consegui amar ninguem…sempre que fazia amor pensava no meu primo. Se passaram muitos anos ele voltou agora casado com filhos isso pra mim foi bom pq eu tbem sou casada tenho dois filhos…achei q esse amor tinha acabado mais não só estava adormecido…. Voltamos a nos falar ate entaum ele não sabia de nada. Ate q um belo dia tomei coragem e falei pra ele. Fiquei espantada com a reação dele pq ele tbem na mesma hora começou a me ver como mulher. OM hj em dia somos amantes em segredo a nossa familia não pode nem sonhar que isso acontece….e quando nos falamos e fazemos sexo por telefone quando estamos juntos e aquele tesão uma coisa de louco…..mais não sei o q eu faco com esse amor não sei se eu continuo ou se eu paro por aqui pq nos nos amamos mais não queremos nos machucar

  177. Angel disse:

    olá, tenho 30 anos e faz tempo que estou sozinha..uns 3 anos( parece mentira mais é verdade) minha aparência é de 20, tenho um jeito de menina, ñ me acho feia, só muito carente, sou extremamente tímida o q dificulta meus amores! Estou num dilema, tudo começou qdo minha mãe pediu o telefone da irmã dela que faz tempo que ñ vê, uns 16 anos! Assim que conseguiu o número do celular com outra irmã, pediu pra eu enviar uma mensagem, envie no meu celular! Depois de uns 2 dias aparece o whatsapp dela, dizendo q esta com ssds tdo bem! E aparece um outro recado de um rapaz careca, forte, me chamando de prima! Achei um pouco abusado, só vi ele em fotos e conversei uma vez pelo telefone faz muitos anos éramos crianças, ele é mais novo tem 27 anos! Porém comecei a conversar com ele, dei uma chance, e faz alguns meses que conversamos! Ele me elogiou muito , me acha linda, começou a perguntar da minha vida pessoal, ele ñ é muito inteligente, mais é atraente! Agora vive dizendo que tem desejo de me beijar intensamente, até sonhou comigo, quer me fazer carinho, me abraçar, não vê nenhum pecado nisso, tem uma atração forte, acha meus lábios sensuais e carnudos, quer ficar comigo escondido! Falei p ele q age como adolescente, somos adultos, e se nos flagrassem seria uma vergonha! Pior eu aceitei depois, falei que tenho vontade, que quero sim! Ele vem de viagem junto dos pais dele na casa dos meus e quer se encontrar comigo às escondidas! Eu assanhei ele, e nunca o vi pessoalmente, me sinto carente, tenho medo de me arrepender, meus pais nunca aceitariam tal comportamento meu! Seria uma vergonha! Tenho vontade sim, de dar uns pegas escondido! Só pra tirar a carência, ele ñ é bonito, mais tem um corpo forte, musculoso..e a carne é fraca kkk! Ñ sei o que faço

  178. flavielly santos disse:

    minha historia começou quando eu resolvir viajar para o interior la conhecir meu primo de 2° grau eu tinha 13 anos e ele 14 quando nos vimos foi paixão a primeira vista .começamos a ficar muito proximos minha mãe logo desconfiou e me perguntou se estava rolando alguma coisa e eu disse que não ,não demorou muito pra rolar o 1° beijo e então ficamos durante um bom tempo até que veio o pedido de namoro e eu aceitei é claro ,começamos um namoro as escondidas ,e minha mãe descobriu fez maior confusão ficou o maior clima na familia mas ainda bem q o meu pai estava do meu lado e a minha tia e sogra também estava do nosso lado ,sofriamos muito por ter causado aquela situação na familia muitas pessoas alem da minha mãe na aceitavam esse namoro mas agente se amava e nada mais importava , Demorou pra minha mãe aceitar so q ela ficou muito chatiada comigo quase não me dirigia a palavra me tratava com indiferença era muito chato ficar assim com minha mãe .
    no meu niver de 15 anos ela quiz fazer uma festa ai ela voltou a falar comigo e eu disse q tudo bem ela mandou eu escolher o meu principe e claro que foi o meu amor ,Foi uma festa linda na hora da valsa com o principe ele fez uma surpresa me pediu em casamento na frente de todo mundo e mais uma vez eu disse sim a maioria se emocionou e eu chorei tanto q não conseguia acreditar teve aliança e tudo mais….Só depois meu namorado(primo) me disse q teve uma conversa com a minha mãe ele disse pra ela q eu era o amor da vida dele e ele ia casar comigo q era pra ela aceitar pois eu ja estava sofrendo muito e ela disse q qeria aceitar mas tinha medo q eu fosse me magoar .e ela foi cumplice dele no pedido de casamento enfrentamos muita coisa ainda mas o importante é que a gente se ama nossos pais aceitaram e ta td bem.
    Hoje estou com 18 anos e ele 19 estamos com a data do casamento marcada nossas mães estão cuidando dos detalhes da cerimônia da festa de tudo e a minha relação com a minha mãe é otima..E quase esquecir temos uma filha de quase 1 ano q é a nossa vida …
    espero q goste da minha historia
    bjos…

  179. Flavielly santos disse:

    oi gente sou apaixonada pelo meu primo namoro com ele a cinco anos tenho 18 e ele 19.,, estamos noivos nosso casamento tem data marcada ,temos uma filha q é a nossa vida e claro enfrentamos muitas barreiras por causa desse amor mas valeu a pena lutar por ele concerteza valeu….
    a nossa familia so foi aceitar a gente quando a Giovanna nossa filha nasceu ela foi e é o maior e presente q Deus nos deu..

  180. Anna Banna disse:

    Nossa! Me emocionei com todos esses comentários, eu tive que procurar alguém que tivesse o mesmo caso que eu…
    Bom, tenho 16 anos e tinha uma queda pelo meu primo desde quando eu tinha uns 7 anos de idade. E esse ano eu estava na praia e ouvi meus tios dizendo que ele estava chegando para ficar lá alguns dias com a família (ele tem 19 anos) , e eu fiquei toda engraçadinha como sempre, mas em todos os anos foi somente uma queda que eu sentia, mas depois de 2 dias que passei com ele, meu coração já batia mais forte, eu poderia achar que era normal como antes, mas não era, meu coração batia muito forte, e percebi também que ele estava se aproximando de mim e da minha outra prima, isso já era um avanço pois ele nunca falava comigo, só Oi e Tchau… enfim, esse passeio de ano novo de 2015 me marcou mt…eu queria muito falar que amava ele e minha mente dizia que nada iria dar certo e que eu teria que desistir, mas meu coração dizia que eu teria que tentar e que um dia daria certo! Chorei muito durante umas semanas, e por aí fui vendo ele uns finais de semanas, e toda vez que ele ia embora e eu dava um abraço nele,eu chorava escondida, dói muito o amor que sinto por ele…ah comecei a enviar indiretas no snapchat, era apenas um começo, e um dia finalmente chamei ele para conversar, e óbvio que ele já imaginava do por quê eu ir falar com ele do nada… e essa conversa todo dia foi evoluindo, ganhei um pouco de intimidade com ele, de tanto ele insistir acabei soltando umas coisas da minha vida e finalmente dizendo que queria muito ficar com ele, nem que fosse uma vez só é pronto, mas ele ficava dizendo que é impossível porque ele não iria querer só uma vez, e a família é totalmente contra essas coisas, então dificulta mais ainda… Mas depois esse assunto voltava e discutíamos novamente sobre isso, e quem sempre acabava mal? Eu ! Sempre chorava.. Bom, ainda choro… teve uns dias que ele me chamou pra conversar e tal, sinto que estou conseguindo o que eu quero e que ele está perdendo o controle dele mesmo, e ele sabe disso por isso agora está se afastando de mim novamente, eu já tentei até fazer simpatias…É um amor enorme que eu sinto por ele… ele foi meu primeiro amor e ainda é. ..e já é mais de 10 anos, por isso continuo tentando…Não sou uma pessoa que desiste fácil… por isso vou tentar até conseguir… ah e eele disse ”eu sou homem, você é mulher então não tem como, eu tenho desejos, eu ficaria com você, te daria prazer se desse, mas não dá, simples assim” estamos conversando desde mês passado mas já parece muito tempo… pegamos muita intimidade e é isso que eu quero…Nunca consegui me apaixonar por outros garotos como eu amo esse meu primo…nunca fiquei com ele porque o otario tem medo de ter sentimentos por mim e nunca vamos ficar juntos por causa da família.. isso está me matando aos poucos, estou super diferente esse ano, meio triste, mais sensível, apaixonada… minha mãe sabe disso e me apóia. ..o problema é a família por parte de pai, ele é filho do irmão do meu pai… Eu quero deixar ele me procurar..mas não consigo não dar sinal de vida pra ele… tenho medo de que ele me esqueça e arranje outra garota…Quando eu mostro algumas de minhas mensagens com ele para alguma amiga, elas dizem que parece que ele me quer muito mas não quer dizer ou admitir pra mim porque vai se descontrolar totalmente e tudo vai dar merda…mas eu não estou nem aí, a vida é uma só…por que temos que fazer tudo certinho nessa vida? Por que não podemos arriscar? Por que não podemos viver com a pessoa que nós amamos mesmo que seja algum primo? Primo não é irmão, mas e se fosse? É proibido o amor? Eu apenas digo que vou ser uma pessoa infeliz se não consegui esse garoto pra mim… na verdade minha expressão fácil já mudou muito, mas tenho fé de que vou conseguir ele pra mim ainda! Não vou desistir!

  181. alef lima disse:

    Olá!!. Quando era pequeno mais ou menos 8 a 9 anos tinhas um primo chamado Diogo de 16 anos ele morava no msm terreno tipo uma casa de baixo é a dele e a de cima é a minha ent…. Certo dia dedci na ksa dele ai vi ele pelado no sofá como não era besta nem burro fiquei olhando ai ele me viu e mando eu entrar aii la tava ele pelado e eu so de short e regatinha ai ele começo a se masturbar ar nisso tinha tipo não sei como falar tipo uma coisa enforma de uma cenoura tirei o short e a blusa cuspi na a mão passei na bunda e enfiei fiquei subindo e descendo e meu primo olhando ai falo pra miin … Priminho pq ta fazendo isso se tem eu eu olhei pra ele e disse não sabia q queria por issso q não pedi… Ai fui tirei o negocio da minha bunda e comçei a chupalo ate ele gozar na minha boquinha de criança ai ele pediu pra q eu sentasse na pai dele preparei fikei mirando e pulei não foi mt esperto me machuquei mais gostei ele fico bomba do ate gozar dps disso trasamos ate hj agr eu tenho 15 e ele 20 e pocos…. Não considero isso como abuso gostei

  182. gra disse:

    Olá eu também me identifiquei muito com todos depoimentos….eu tenho dois primos que amo demais…minha família sempre se reúne em finais de ano Natal e eu sempre passei minhas férias na casa dos meu tios mais especificamente na casa de um tio pai do meu.primo D..tudo começou com ele indo morar na minha cidade ele é de São Paulo e eu sou do Rio de Janeiro então em um dos passeios que fizemos pela minha Cidade ele acabou me dando um Bj foi coisa muito rápida mais ficou aquele clima eu tinha uns 15 anos.passou um tempo ele voltou pra São Paulo….então eu sempre ia passar férias com eles desde de pequeninha eu tinha uns 16 anos e ele uns 20 daí eu ele é a irmã dele sempre gostávamos de ficar vendo filmes até tarde e isso acontecia todos os dias. ….uma certa vez ele me deu umas indiretas e eu correspondia então as coisas foram acontecendo ele começou a me acariciar embaixo da coberta a irmã dele que também é minha melhor amiga sabia de tudo um dia ela percebeu o clima e resolveu ir dormir mais cedo deixando na sala da casa somente eu e ele foi quando agente ficou de verdade….mais não passou dos bjs e carícias passei uns 20 dias com eles mai s ai tive que voltar pra minha cidade passou alguns meses teve o casamento da minha prima….foi nesse casamento que eu conheci meu outro primo vou chama lo de F ele já havia me conhecido mais quando eu era muito pequenina por morar longe nos sempre chegávamos para festa dias antes quando ele chegou eu não estava mais logo eu cheguei entrei no quarto quando eu o vi fiquei apaixonada ele é alto Moreno de olhos claros e um lindo sorriso ele se apresentou eu também me apresentei dei um Bj no rosto um abraço e saí do quarto onde ele estava conversando com toda familia…sai sentei na calçada da casa de minha vó e fiquei lá vendo umas crianças brincado na Rua…der repente o f apareceu sentou do meu lado e começamos a conversar sobre tudo aí ele me disse que eu havia crescido que está uma mocinha muito linda…eu sorri e agradeci ele me perguntou se tinha namorado eu respondi que não só tinha uns peguetes ele respondeu mais tão novinha já dá Bj na boca eu falei claro que sim então eu falei pra ele como é bjar alguém de aparelho ele disse só experimentando pra saber então a conversa foi fluido chegou o dia do casamento eu fui junto com ele é minha mãe mais no local eu acabei saído da festa pra atender um telefonema ai quando eu estava voltando ele apareceu no local segurou meu braço e disse desda hora que eu conversei com vc eu fiquei com vontade de perguntar uma coisa eu disse pra ele oque ele falou que gosto tem sua boca eu respondi só experimentando pra saber ele sorriu e nos bjamos mais ai tudo passou ele morava em Campinas interior de São Paulo e eu no Rio então cada um seguiu sua vida. ….no ano seguinte eu já estava com uns 17 pra 18 anos fui passar as férias na casa daquele meu primeiro primo o D já não tinha mais a irmã dele por perto ela tinha se casado a TV ficava no quarto dele ou no quarto do meus tios então eu sempre assistia TV com ele aquele mesmo ritual todos iam dormir e eu e ele ficava no quarto vendo TV rolava uns bjs carícias mais era só não passava disso…até que uma certa noite eu decidi que minha primeira vez teria que ser com ele então eu falei com ele é ele não quis disse que a primeira vez é algo importante e que não poderia ser com qualquer um que isso ficaria marcado pra sempre eu disse a ele que era por isso que queria que fosse com ele porque eu confiava muito nele e ele não iria sair espalhando pra todo mundo como esses moleques fazem…mais ele não quis então agente deu uns bjs e fomos dormir no dia seguinte fui denovo no quarto dele agente ficou mais ele novamente não quis…..na outra noite eu foi dei uns bjs nele bem dado fiz altos carinhos nele me despedi e disse que ia dormir…foi ai que ele me segurou pelos braços me colocou sentada na cama olhou bem nos meus olhos e disse vc acha que eu sou de ferro???Eu olhei pra ele e sorrir ai não preciso nem dizer os detalhes foi uma noite perfeita pra mim….depois voltei pra minha cidade até flutuandokkkkkk. …passou um tempo minha vó faleceu. Então voltei de novo pra São Paulo mais eu não o vi ele estava preso e não foi no velório da minha vó…mais aquele outro primo estava lá o f….então nos nos vimos durando o velório que foi a noite toda ficamos bem próximo mais não rolou nada porque ele era casado e a mãe dele minha tia ficava de olho…então por volta de umas três da manhã minha mãe inocentemente pediu pra eu ir até a casa do meu vo pegar umas roupas pra ele tomar um.banho e comprar algo pra elas comerem e tinha umas primas que queriam ir embora mais não tinha condução naquele horário…foi então que o meu primo o f aceitou levar elas em casa e eu fui junto porque depois nos iríamos buscar as roupas pra.minha mãe e compra as coisa pra elas. ..então fomos levei minhas primas e depois fui até a casa dos meus avós tomei.banho ele também tomou arrumei as coisas pra.minha mãe e saímos desde então não tinha rolando nada…..quando chegamos próximo de onde estava o velório da minha vó ele parou o carro com os vidros todos escuros e me lascou um.mega Bj daqueles ai agente acabouacabou tranzando ali no. Carro rolou tudo…quando chegamos no velório todo mundo ficou olhando pra gente.pensando esses dois aprontaram na verdade acho que eles desconfiaram..mais ai durante todo o velório até o fim nos não nos aproximamos mais voltei pra minha cidade e no.mesmo ano teve o casamento da.minha irmã ele veio eu levei ele pra passear parei na Beira de uma Cachoeira linda mais ele não quis ficar comigo….depois no outro ano teve um.outro casamento da minha outra prima mais ai eu já estava namorando meu atual esposo ai agente não ficou também mais os olhares era demais….a última vez que vi ele foi num casamento do meu.primo mais ele estava com a esposa e eu com.o meu então agente nem conversou direito depois disso ele ficou sumido por uns 9 anos e tem um.pouco mais de um.mês que agente voltou a se falar ele continua lindo está morando em Maceió agente se fala sempre pelo whatssap há dia semans atrás nos nos encontramos denovo soube que a mãe dele está muito.mal no hospital e pediu pra ver minha mãe como minha mãe não tinha condições de ir vê-la eu levei ela lá pra minha surpresa ele estava lá vendo a mãe dele também meu coração bateu forte acelerou minha barriga gelou minhas mãos soaram enfim acho que contínuo apaixonada por ele….mesmo depois desse tempo todo se nós ver não tive chance de ficar sozinha com ele mais só de abraço de despedida ele me deu uns quatro rssrrsrse e ganhei um beijinho de canto de boca….depois disso só nos falamos pelo whatssap…esse dias ele me disse tanta coisa picante ne mandou fotos nu e eu também mandei altas fotos pra ele que ate foto dele tendo orgasmos eu recebi fizemos sexo virtual ou seja ele também ainda sente algo por mim. …quanto ao meu outro primo o D….nos ainda nos vemos frequentemente mais ele tem.uma.namorada que muito legal por sinal mais sempre que nos vemos não precisamos dizer nada que já sabemos o que o outro está pensando e ele sempre arruma um geito de me tocar fazer carícias ficamos algumas vezes depois do que rolou mais hoje em dia só trocamos olhares mesmo por falta de oportunidade porque se ele quiser eu fico sem dúvida…gente essa é minha história e fico feliz por poder contar.pra vcs porque eu nunca havia falado nada pra ninguém…

  183. Cla disse:

    Bem… oi, gente. Minha história começou aos quatro anos de idade. Meu primo de outra cidade e eu éramos melhores amigos durante a infância. Eu havia gostado dele desde o momento em que ele apareceu em minha vida. Enfim, nós sempre brincávamos juntos e tal, até os meus sete anos (dez dele) chegarem… Ele começou a gostar de jogar bola com meus irmãos, ficar jogando videogame enquanto eu, boba, ficava observando ele. Desde então, nós não conversávamos, mal nos cumprimentávamos… Até chegar o ano de 2013… o pai dele havia morrido e ele veio para minha casa… Antes, ele era apenas um garoto que ninguém nunca, sequer, notou… Agora, era alto, magro, bonito, com cabelos cacheados desarrumados e os cílios iguais aos de uma garota. Se antes, quando bobalhão, já era interessante para mim, imagine agora! Eu não consegui me conter, eu disse “Wou!” quando o vi… Ele vivia muito triste pela morte do pai… então, eu e meu irmão começamos a conversar com ele. Descobri que ele era um grande fã de tudo que eu gostava, éramos -- e somos -- semelhantes em tudo. Ele sempre fica do lado de fora de casa para pegar o wi-fi da minha tia… como ele não tinha coisa melhor a fazer do que ficar esperando a mensagem enviar, ele ficava brincando com os gatos. Eu avistei ele mexendo com minha gata (Mork, não estranhem este nome) e eu fui ficar junto a ele… Conversávamos e conversávamos até ficarmos sem assunto e começarmos a rir do nada… Uns cinco dias depois, ele e a família dele foram para casa… E eu fiquei abandonada e.. me senti péssima… Mais um pouco de tempo, e chegou o Natal… todos estávamos felizes pois ele iria conosco para a praia. Ele sempre ficava ao meu lado, não importava a situação. Em qualquer lugar que nós dois estávamos, ele começava a mexer comigo, me cutucando, dando leve puxadinhas em meus cabelos, me dando sustinhos só para eu ficar “brava” com ele. Eu comecei então a sentir algo bem poderoso dentro de mim… Chegou a noite de Ano Novo e… o abraço dele foi tão bom e tão quentinho que eu me senti no paraíso. Tudo se congelou ao meu redor e eu só conseguia pensar em uma coisa : Fábio. Eu não consegui me segurar, eu ia beijá-lo… mas, minha querida mamãe deu um longo abraço nele. Senti minhas bochechas ficarem rosadas e continuei a dar “Feliz 2014!!! Tudo de bom para você!” para todos… Este sentimento, com o passar do tempo, foi crescendo… Aí chegou o dia em que tivemos de voltar para casa… Ele devolta para Taubaté e eu, aqui, em São Paulo… Passou-se bastante tempo e eu não tinha nenhuma notícia dele, até que… Num belo dia de março de 2014, o irmão dele liga para minha tia dizendo que o Fábio estava namorando. Meu mundo ruiu… eu me senti acabada… chorei tanto naquele dia… Semanas se passaram e eu continuei com aquela sensação horrível dentro de mim. Num “milagroso” dia de abril, minha tia estava se casando e, como na maioria de todos os casamentos, a família toda se reuniu. Na última vez em que eu tinha o visto, o cabelo era curto, a voz não era tão grave e ele era bem magrinho. Desta vez, ele apareceu com uma voz grave bem hipnotizante, o cabelo cacheado maior e um pouco mais rebelde, ganhou um pouco de corpo (que não nego de ter adimirado ele por um tempinho) e… uma aliança em seu dedo. Eu, como “daminha de honra”, fui obrigada a subir num salto e colocar um vestidinho cor-de-rosa, e, por isso, fui o motivo dos comentários dele para os meus outros primos. Eu o ignorei totalmente… bem, do modo que pude. No final da festa, não resisti e tive que falar com ele. Como não havia outro assunto, tive que perguntar sobre a sua namorada… Só obtive duas certezas: seu nome era Isabela; eu a odiava… Algumas outras vezes após o casamento eu o vi… não conversei com ele… mal olhei para ele… Em julho (ou junho, não sou muito boa de lembrar datas), eles vieram pra minha casa. Eu estava vendo um filme (o melhor filme gay que já existiu) e todos estavam comendo na sala, onde se passava o filme… Rolou o beijo gay e vi a reação da minha família, todos viraram os rostos… menos ele… No dia seguinte, meu irmão foi buscar a namoradinha dele e eu fiquei só… Não havia nada a fazer então eu fui falar com o Fábio… Blá, blá, blá, mais informações sobre Isabela, blá, blá, blá… Em setembro (quando completou um ano da morte do pai dele), a mãe dele veio… e, para minha surpresa, desacompanhada… Ela trouxe uma má notícia… e outra ótima! A ótima: Fábio havia terminado com a garota (eeeeebaaaaa). A má: ele estava meio deprimido… Demorou muito para eu vê-lo… Mas, para matar saudade, comecei a falar com ele por mensagens (obrigado por existir, Whatsapp!)… tudo começou com um simples “Conhece um livro bom?”… Nós falamos, falamos, falamos, discutimos, falamos novamente… Em novembro eu fui para a casa dele. Foi ótimo. Cada um provocando mais o outro, abraços (algo mais…) rolaram, tomamos suco ruim… Eu só precisava falar pra ele que eu o amava… Mas, a corajosa aqui, não conseguiu… 2015 se aproximando, a viajem ficando mais próxima, a visão dele também… Fomos viajar e… não tínhamos uma maneira de nos falar (de verdade) pois todos da família já achavam que eu gostava dele e todos os cômodos da casa estavam com pessoas… A solução foi: mensagem. Ficamos mandando mensagem um para o outro… mesmo quando estávamos um ao lado do outro. Na noite da virada, eu finalmente iria dizer que eu o amava, que já não conseguia mais pensar em outra coisa além dele. Deixei até uma mensagem escrita “Revelações acontecerão hoje, prepare-se.” … De noite, exatamente às 23:59, eu estava bem ao lado dele, apenas esperando dar meia-noite e tudo ser maravilhoso depois… Bum! Meia-noite! Me virei para dar um beijo nele e… ele virou o rosto e ligou para a ficante dele! Me senti um lixo… mas não me deixei abalar, a vida continua. Somos destinados a altos e baixos em nossas vida. Tempo depois voltamos para os nossos lares… Sabem aquela mania de fãs de A Culpa é das Estrelas de dizerem “Okay” a todo momento? Nós temos isto. Para mim estava quase tudo perfeito… eu Hazel… ele Augustus… Vocês não sabem o quanto desejei que isto virasse verdade. Dia 15 de janeiro eu pensei “Eu estou pronta. Estou pronta para dizer que eu o amo.”… Mas eu não estava… isto, ao invés de ser a noite da confissão, foi a noite da briga. De uma briga muito, muito feia… Me senti tão culpada no dia seguinte que não falei mais com ele… Até que dia 25 de janeiro ele veio falar comigo… eu, bruta e boba, fiquei dando respostas rápidas e inventei que tinha de ir arrumar a casa… Sem conversas até o dia 31 de janeiro (mais exatamente, dia primeiro de fevereiro, 00:15)… Neste dia, foi a festa de aniversário da minha madrinha e tinha chegado em casa com uma super vontade de falar com ele… Então eu falei. “Oi”… foi apenas isto que enviei e ele me respondeu “Eu estou internado”… Fiquei muito preocupada e sem saber oque fazer… perguntei tudo para ele… me disse que vem tendo fortes dores de cabeça, tontura, umas dores a mais… Foi para uma consulta dia 22 de fevereiro… de lá já ficou internado… Ele tem um problema no olho esquerdo… Fiquei tão sem palavras… eu disse que queria chorar por ele e que não conseguiria dormir… daí começou umas gracinhas dele… Neste tempo eu fiquei conversando com ele para tentar fazer ele se sentir melhor e tal… Pouco após ele fazer uma ressonância, me enviou uma mensagem. “Clara, desculpe não te responder. Fui fazer uma ressonância magnética.”… Eu, burra, não sabia oque era… Lá fui eu pesquisar… Tive de ser franca com ele… “Fábio, desculpe não ter te respondido na hora. Fui pesquisar o que era isto.” ; “Tudo bem kk”, ele me repondeu; “A culpa é de eu ser criança…”, disse eu; “Não, não… A Culpa é das Estrelas”… Nesta hora, fiquei perdidinha… o amor havia me deixado assim… Uns dias depois ele saiu do hospital… eu fiquei achando que se continuasse a falar com ele após de sair de lá, seria um muito chato… Agora, uma vez por semana eu envio uma mensagem para ele… Ele nunca veio me chamar para conversar… no máximo, uma única vez… E ontem eu pensei: “Para quê dar valor a quem, nem sequer, ligou para mim?” … Então, eu estou tentando desapegar dele… Eu ainda o amo, e sei que, se eu o vir, este sentimento vai crescer ainda mais. Eu quero vê-lo novamente, mas eu também quero diminuir este amor… Eu o amo. Eu posso dizer isto… Mas será que ele pode dizer o mesmo de mim? Tenho certeza de que este amor é platônico… Só o que eu queria era… poder acertar uma vez na vida em quem gostar… E acho que estou certa em amá-lo… Só que ele ainda não percebeu…

  184. alicy disse:

    Minha historia e muito complicada quero conselhos vamos la a 12 anos atras fui a casa de uma tia minha distante au chegar la conhese meu primo de 3 grau nos olhamos foi um olhar tao lindo ali nos apixonamos passei uns dias na casa dele nos ai nos beijamos mas tivi q ir embora dali nos falamos por um tempo mas nada rolou mas ai o tempo foi passando eu mim casei ele tb os anos passou ai des anos si passa e novamente fui a casa dele mesmo casados nos olhamos senti fauta do beijo dele ele nao parava de mim mas nenhu se aprosimou mas dois anos passam e sem querer emcontrei ele no shoppig e meu coracao bateu forte ele sorriu pra mim trocamos telefones e marcamos fui a casa dele iai nao resistimos e rolou agora nao sabemos o q fazer nos falamos pelo zap ele pede pra casar mas nada de nos emcomtrar mas pra nao cair em tentacao iai o q acham dessa historia

  185. lucimar disse:

    mim apaixonei pelo primo quando tinhamos uns 11 anos de idade namoramos por um tempo .mas acabou ,mim casei tive filhos .
    Ele foi embora pra outro estado la tbm se casou teve um filho .
    Mesmo assim nosso amor nunca morreu ate tentamos ser feliz com outra pessoa mas nao conseguimos nossa família nao aceitava .
    Conseguimos provar nosso amor e hoje estamos juntos novamente pedimos a Deus para nos abençoar cada dia mais e aumentar ainda mais nosso amor.

  186. Maria Tai disse:

    Adorei as histórias. Eu tinha 11 anos na época, meu primo morava com minha avó, oo onde fui passar as férias. Era sempre assim, ia passar as férias na casa da minha avó e tinha uma paixonite por um dos meus primos (não são poucos), mmas com ele era diferente, a gente mal se falava os dias foram se passando e o sentimento aumentava, ccom certeza ele não sentia o mesmo por mim, era um homem de 21 anos e eu tinha 11, uma criança. Sempre quw estava na minha vo, eeu via ele saindo e chegando no outro dia, tentei não ligar, mas…. eu queria toca-lo, sentir a pele dele, beija-lo, jurei que antes de voltar pra casa eu iria beija-lo, mas não aconteceu! Ele apertou minha mão e se despediu, enquanto dava um abraço na minha avó *queria tanto um abraço dele*. Sei que ele não sentia nada por mim, e nem sente! Hoje tenho 16 anos e ele 26, quero ffalarcom ele mas não consigo, uúltima vez que o chamei no whattsapp ele nem me respondeu. Eu espero que isso passe logo, 5 anos sem ve-lo e com o sentimento intacto

  187. Lúcia disse:

    Diante de tantas histórias lindas e emocionantes e até parecidas com a minha… tive a imensa vontade de escrever aqui, como forma de desabafo. A minha bela história com um primo de 3º grau iniciou em 2005 (mês de junho), em uma das festas da nossa família que acontece todos os anos no sítio do meu avô. Eu já o conhecia, já havia ido na casa dele, que se localiza em outra cidade (a mais de 300 Km de onde moro); mas confesso: nunca tinha tido interesse no que se refere à namoro. No entanto, ele sempre disse que tinha um olhar diferente e que paquerava comigo. Nesse dia, enquanto estávamos reunidos, nós dois, outros primos, amigos (as), começou a rolar a paquerinha, e nos “empurrõezinhos” acabou acontecendo o primeiro beijo. A história acabou se espalhando com uma pólvora pelo sítio, entre os familiares reunidos rs. Isso é inevitável quando se tem família no meio, todos gostam de comentar e assim, começaram os murmurinhos. Dali, nossa história foi iniciada… Ficamos e ficamos… Na beira da fogueira, nos esquentando, nos beijando… E o plano de continuarmos, apesar da distância que nos separava, se tornou recíproco. Ele teve que voltar para a cidade que ele mora e , a partir daquele momento, começamos a namorar. Não sabíamos como ia ser… pois eu tinha eu estava começando a cursar Letras e ele estudante de Engenharia. Ambos, dependentes (ele dos pais, e eu da minha mãe) para se manter. Mas permanecemos na vontade de ficarmos juntos… Quando eu podia ia, e quando ele podia vinha até aqui. Ficávamos uma semana juntos e tudo era bem intenso… Íamos para a praia, o sítio…o que pouco que tínhamos (din din) se tornava muito diante da vontade de continuarmos seguindo o mesmo caminho. Confesso que éramos imaturos, em algumas situações que nos ocorriam. Eu, com 21 anos e ele com 22. Vivenciamos um namoro de 1 ano e 7 meses, passando por dificuldades, aventuras MARAVILHOSAS e intensas, distância cruel,mensagens, telefone, msn até a madrugada, choros, alegrias… Fizemos planos para casar, ter filhos (tinham até nome), os familiares começaram a dar força e torcer; fomos até os noivos de uma casamento matuto que teve no sitio do meu avô rs. E então,em 2007, tomei a dura decisão de “acabar” com essa história de amor que construímos. Comecei a observar que a imaturidade estava atrapalhando e o ciúmes (dele) estava passando do limite, resultando em desconfiança, que para um amor à distância é totalmente prejudicial. Hoje, me analiso também, isso é lógico (também foi imatura)… Na época as dificuldades “falaram” mais alto e eu resolvi tomar a atitude de terminarmos. Resolvi terminar nosso namoro pessoalmente. No Carnaval de 2007 fomos passar o Carnaval na praia que já frequentávamos enquanto namorados, em que a tia dele (prima da minha mãe) tem casa e lá conversamos… Acredito eu que poucos namoros acabam como o nosso rs, foi tudo tão intenso, assim como quando iniciamos… Ficamos juntos, e nos amamos de corpo e alma. Voltei para casa com a decisão tomada, firme, mas com o coração dilacerado. Quando retornei às aulas, e já na época de provas, conversei bastante com uma grande amiga -irmã (somos amigas até hoje)…Lembro que ela resolveu deixar uma prova para reposição junto comigo, só para conversarmos sobre o término do meu namoro na pracinha da Universidade. Nunca esqueço disso! Foi muito difícil para mim,muito mesmo, assim como foi para ele (talvez ele nem acredite, mas foi). E aí, seguimos… ele ainda me ligou, enviou mensagens, mas eu tinha decidido e não voltei atrás. Ele começou a namorar com outras garotas… eu iniciei um namoro com um rapaz, em que passei quase 4 anos (foi uma história bem legal e construída no amor e no respeito)… 2007- 2011. Nisso, eu e o meu primo nos falávamos, ele sempre acompanhou a minha vida e eu a dele (o que é inevitável em tempo de sites de relacionamento). Nunca mais demonstrei interesse, eu estava vivendo outros momentos e não queria mais atrapalhar ele. E hoje, 2015, nos vemos de novo nessa história… voltamos a nos comunicar, há quase 5 meses mais intensamente, através do whats… Hoje ele se encontra casado e minha vida de “pernas para o ar”. Em 2013 conheci uma pessoa e comecei a namorar, com a qual pensei que, enfim, eu iria casar e organizar a minha vida. Infelizmente, comecei a perceber que o amor que essa pessoa dizia sentir por mim estava se tornando possessão; eram ciúmes sem nexo (resultando em desconfianças descabidas), brigas desnecessárias, que me tiravam dos eixos. Neste final de ano de 2014, em uma viagem que fizemos para São Paulo, essa pessoa (na qual dizia me amar, mas que eu já não sabia qual era o sentimento que eu o tinha) demonstrou total desrespeito por mim e minha família, Resolvi dar um basta e eu sabia que aquele era o momento adequado, pelas situações que ocorreram, que não cabem aqui relatar… Dessa viagem, retornamos em janeiro e entre todos as atribulações de término de namoro (pedidos de perdão, para voltarmos, chantagens)… eu descubro que estou grávida. Bomba! Estourou bem na minha cabeça e abriu um chão para que eu afundasse. Mas ergui a cabeça e respirei (após longos dias derramando “rios” de lágrima e afundada em intenso arrependimento. Não era para ser dele, daquela pessoa não, não queria, mas… Foi aí, que comecei a procurar a quem contar, para minha melhor amiga (com certeza) , para minha mãe (óbvio) e para ele? Ele quem? O pai? Tomei a dura decisão de não contar… que venham os julgamentos (pensei eu) mas para eu ter paz, é melhor assim. Meu primo, amigo e ex namorado… on line no whats e pronto para me ouvir… leu o que eu dizer para ele naquele momento, que eu precisava desabafar. Contei para ele que eu ia ser mamãe e o problemão que eu ia ter que enfrentar, ele teve sua opinião e eu entendi o que ele quis me dizer. Iniciamos, mais uma vez, uma cumplicidade, conversas de carinho,ele gosta de mim e demonstra como sempre demosntrou o seu amor. Estamos nos comunicando pelo whats, skype (é! eu sei que ele pensa: ela está carente e estou mesmo, ué! diante de toda essa situação. Não é facil!). Mas eu sei, e tenho certeza, que algo começou a Remexer toda aquela história passada no meu coração. Embora, muita coisa tenha ocorrido, tudo já tenha mudado, ele ainda é importante para mim. Na verdade, acredito que nunca deixou de ser. E agora? Não dá mais, tenho que colocar isso na minha cabeça, mas e no coração, dá? O problema está aí. No meio dessas conversas de carinho, declarações, afeto… começamos a combinar de nos ver pessoalmente. E aí? Difícil? Quem iria? Ou quem vinha? Afinal, mais de 300 km nos separa… Eu tomei a decisão de ir vê-lo para ter a certeza do que eu estou sentindo, quis isso, desejei isso! Pensei sim: Ele é casado! Mas sei que ele quer, portanto, nem que seja pela última vez, vamos nos encontrar a sós. Fiquei pensando: Não sei o que me espera… não sei o que será da minha vida daqui para frente. Uma história que agora veio à tona, após 8 anos (que ele diz tanto que esperou para que acontecesse). O que esperar de tudo isso, ou não esperar nada? Não sei! A vida está me ensinando muito… A cada dia um aprendizado… Estou assustada, com medo; mas vivendo cada momento. Não sabia como seria minha reação ao nos vermos pessoalmente, não sei se iríamos nos tocar, nos abraçar… Sinto falta de falar com ele, quando não posso falar. Sinto vontade de conversar, de vivenciar outras situações com ele, que não sejam essas: escondidos… E a espera foi atordoante até eu poder ir vê-lo, mas valeu a pena! Não sei era para ser. Não sei se deveria, penso muito. Fazer o que? Penso no “outro lado”. Não estou nesta terra para “destruir” ninguém, não quero. Minha vida já tem problemas demais para eu querer mais um. E segui meu coração… Fui ver meu amor, passamos uma tarde linda juntos, de intenso encontro de corpo e alma, mais uma vez. Ele me ama, eu sei. E eu tive a minha certeza: que era ele que eu queria para mim, para fazer parte da minha vida. Uso o verbo no passado, pois hoje ele tem outra história construída (ele tem uma esposa que o ama, e acredito que ele a ama também) e eu estou um vivendo um momento delicado, no qual sei que vou ter que seguir sozinha, com ajuda de Deus e da minha mãe, nesse momento. Não me arrependo, foi maravilhoso! Chorei muito… muito… ao ter que me despedir. A viagem de volta para casa foi longa, longuíssima. Só Deus e eu sei! Pedi muita força, pois carrego comigo, no meu ventre, a minha filha e ela precisa que eu siga bem. Não sei nos veremos de novo, a sós, sei que nos encontraremos, por ser inevitável (por fazermos parte da mesma família). Mas é difícil! Eu sei disso e ele sabe, também. Lutar por ele? Lutarei, torcendo para vê-lo feliz, isso é o que eu mais quero, sem dúvidas… Só ele mesmo pode saber e ter a certeza do que ele quer. Hoje, posso relatar com convicção, que outras pessoas cruzaram meu caminho, mas, sei lá, nenhum deles conseguiu me fazer rir sem querer e me deu “asas” para voar dentro dos sonhos. Foi com ele que aprendi que ausência é nada quando duas almas se comunicam por telepatia e se amam planejando um futuro. Depois que dirigi a saudade, meu amor, bati de frente com o nunca mais, e com o adeus nas mãos, resolvi poetizar essa estranha maneira de amar. Amo meu primo (para sempre, meu Lerinho).

  188. *-* luh disse:

    Bom me indentifikei bastante com as historias acima eu tenho 15 anos e tudo começou no dia 22 de dezembro de 2014 eu fui visitar uns parentes numa cidade de minas gerais e fikei uns 25 dias la fui pra casa de uma tia minha e quem me recebeu foi o meu primo ele me olhou de cima a baixo e perguntou se eu ia fikar na casa da mae dele eu disse q sim ai ele pediu pra levar minhas malas e pra mim entra entao entrei comprimentei a minha tia e a minha prima e como sou um pouco timida n conversava muito com ele quando veio a noite a casa tava um pouco cheia ai a irma dele disse q ia dormir no sofa e eu dormia no quarto mais antes de eu deitar ela me chamou pra assistir um filme mais ele trocou com ela e disse q ele é q ia dormir no sofa entao ela foi pro quarto e eu fikei la na sala com meu primo ele me chamou pra mim sentar no sofa q ele tava e deitou no meu colo ai ele perguntou pra mim se eu tava namorando ou fikando com alguem eu disse q n e ai ele levantou do sofa e sentou do meu lado e disse se eu te pedisse um beijo o q vc Faria eu disse ah sei la ele disse entao me da um beijo e eu fikei sem graça e ai ele me beijou e agente fikamos e depois eu descobrir no dia seguinte q ele tinha namorada desde entao a gente n se fala mais pk ele queria fikar comigo d novo so q eu n quis fikar com ele mais por causa da namorada dele mais confesso q gostei muito e q sinto q gosto muito dele mais agora n sei se fiz serto em regeita lo por mais q eu goste dele eu mantive uma posiçao firme e disse a ele q se ele quer ter siquer um beijo.meu d novo tem q terminar com a namorada dele me ajudem eu fiz a coisa certa em n querer nd com ele depois q eu descobri q ele tinha nanorada ou eu deveria ter fikado com ele nas vezes q ele me pediu?

  189. Vanessa disse:

    Olá, adorei todas as historias.
    Também me apaixonei por um primo de segundo grau.
    nos víamos geralmente em festas de Natal ou ano novo, ate que em 1996 minha tia que é vó dele faleceu, fui ao velório e lá encontrei ele, por sermos da mesma idade nos identificamos e começamos a conversar e conversa vai e conversa vem acabou rolando uns carinhos e por fim um beijo, beijo que eu jamais esqueci.
    Depois do enterro cada um foi para sua casa viver a sua vida eu casei um ano e meio depois e ele também casou e constituiu família, eu inclusive fui ao casamento dele.
    As poucas vezes que eu o vi meu coração disparava e eu pensava” coração doido”kkkkk.
    Depois de 17 anos eu me separei e foi morar sozinha com meus filhos e um dia do nada vi ele no facebook de uma prima minha que e tia dele.
    ahhh mandei a solicitação mas confesso que naquele momento nem pensei em nada entre eu e ele, pois eu estava solteira, mas sabia que ele era casado e ao meu ver bem casado e feliz.
    Pronto ele me aceitou e já foi logo pedindo meu whats,email, telefone, endereço, mas pra mim normal, enfim era só um primo…
    Só não sabia que o que estava dentro de mim só estava adormecido, conversa vai conversa vem fui me lembrando o quanto ele era doce e carinhoso. Depois de alguns dias de conversa descobri que ele estava em processo de separação, nesse momento tentei me afastar pois não queria ser um motivo a mais para o divorcio, mas não teve jeito ele já tinha tomado a decisão dele antes mesmo de começar a falar comigo, então disse a ele, resolva a sua vida e só depois me procure…alguns dias depois ele veio ate a minha casa e nesse momento eu notei o quanto amava esse menino que agora era um homem de 33 anos, foi paixão louca, vivi a melhor fase da minha vida com ele, mesmo com toda a adversidade, mesmo com a família contra e me acusando de ter acabado com o casamento dele.
    enfrentamos tudo e todos por conta desse amor e vencemos, isso faz um ano e meio e vamos nos casar em 20 de junho.
    A família viu que não tinha o que fazer, pois somos adultos e arcamos com as consequência de nossas de decisões.
    Hoje eu sei que o amor da minha vida ficou guardado ate que os dois estivessem prontos.

  190. igor disse:

    a minha prima ela só bate ne mim e eu sou mais velho do que ela eu nao sei por que ela gosta de bater ne mim só sei que ela nao gosta de mim

  191. Amanda disse:

    bom eu tb já vivi isso e nossa eu n gosto muito de lembra pois foi um amor proibido pela família pois minha mãe não falava com a mãe dele e não queria que eu tivesse contatos e afinidades com ele nossa isso foi muito ruim mais no fim de tudo hoje sei que foi o melhor ele não é nada fiel sabe sinto que ainda temos muito carinho pelo o outro e o pior que agora estou vivendo isso novamente com um outro primo meu que nunca iria imagina pois eramos só primos e alem de tudo melhores amigos sabe eu tenho namorado e o amoo muito mais hj senti uma atração pelo meu primo e ele mim agarrou mim sinto culpada pois amo muito meu namorado e n quero perde a amizade de meu primo que pra mim é um amigão e tipo um irmão espero que tudo fique bem logo

  192. Sabrina disse:

    Minha história e assim: eu tinha 10 anos quando me apaixonei pelo meu primo foi por meio de uma troca de olhares q eu me apaixonei agora tenho 11 tem mais de um ano que nao viajo pra la ele mora longe e ele e mais velho 4 anos do que eu kk ele começou a me chama de paçoquinha e eu gostei desse apelido ai quando eu fui voltar pra ca agente teve uama troca de olhares e demos apenas um “tchau” nao rolou nem um abraço minha tia foi viaja pra la mes passado e eu tenho muitas fotos minhas no celular dela e ele falou que eu estou linda ele viu minhas fotos ai fiquei mais apaixonada ainda kkk so q toda noite choro muito e nao sei se eu estou iludida ou se ele gosta de mim e vou ver ele daq 5 meses e estou muito ansiosa para ver ele e eu ainda sou ‘bv’ e sera se meu primeiro beijo será com ele ? , o q voces acham ? Me de conselhos por favor

  193. Sabrina disse:

    Minha história e assim: eu tinha 10 anos quando me apaixonei pelo meu primo foi por meio de uma troca de olhares q eu me apaixonei agora tenho 11 tem mais de um ano que nao viajo pra la ele mora longe e ele e mais velho 4 anos do que eu kk ele começou a me chama de paçoquinha e eu gostei desse apelido ai quando eu fui voltar pra ca agente teve uama troca de olhares e demos apenas um “tchau” nao rolou nem um abraço minha tia foi viaja pra la mes passado e eu tenho muitas fotos minhas no celular dela e ele falou que eu estou linda ele viu minhas fotos ai fiquei mais apaixonada ainda kkk so q toda noite choro muito e nao sei se eu estou iludida ou se ele gosta de mim e vou ver ele daq 5 meses e estou muito ansiosa para ver ele e eu ainda sou ‘bv’ e sera se meu primeiro beijo será com ele ? , o q voces acham ? Me de conselhos por favor , Gente e eu tamben tou com medo de eu está iludida e chegar la e ve ele ficando com alguem ou ficar sabendo q ele esta namorando gente ja não sei mais o q fazer

  194. rafael disse:

    Muito bom esses post´s! Estou lendo por três horas!

    Tenho 30 anos e também sou um apaixonado por minha prima!

    Tem pouco material na internet sobre esse assunto, mas esse blog tem um conteúdo melhor que qualquer outro material. São depoimentos de pessoas comuns.

    Hoje, minha prima está para fazer 29 anos e é um pessoa incrível.

    Começa, mais ou menos, assim: Vocês viram que temos a mesma idade, meu pai é irmão da mãe dela, somos primos de 1º grau, nossas famílias tem um super relacionamento (Entre tios, sobrinhos e primos) e crescemos em um ambiente saudável. Sempre passei férias de criança na casa dos meus tios,tínhamos, eu e minha prima, um relacionamento como qualquer outro (brincadeiras, brigas, carinho, admiração). Viramos adolescentes, ela se tornou uma gata aos 15 anos, já tinha namoradinho, baladinhas etc. Eu, com 16, muleque de tudo. Não consigo precisar quando minha paixão começou, mas lembro quando conseguir dar o primeiro beijo nela. Eu com 17 ou 18 anos, fazendo academia, saindo de baladinha, mais experiente. Nessa época, sempre estávamos em festinhas, ela me apresentou uma amiga uma vez, fiquei com a menina só uma vez. Ela não incentiva muito novos encontros com as amigas, eu saia muito de balada e viajem com o meu primo (irmão dela) que é 7 anos mais velho. Ela sempre estava namorando com alguém mais velho. (Confesso que nunca me simpatizei com algum deles. Ciúmes). Até que marcamos uma balada que ela frequentava. Ela foi com uma amiga e eu com um amigo. Mas, na minha cabeça, não estava intencionado. Foi mais um convite de primos adolescentes e amigos. E sem pretensão nenhuma, rolou um bjão “daqueles” na fila de entrada da balada. Meu brother e a amiga dela não entenderam nada! Talvez, eles até acharam que ia rolar de outra forma. Meu brother com minha prima e eu com a amiga dela. Ficamos a noite toda namorando na balada. Foi demais!
    O que posso dizer mais sobre, é que já se passaram 13 anos e que, durante esses 13 anos, continuamos com o nosso relacionamento meio que sem explicação. Sem formalidades, sem combinar nada, sem ficar se procurando através de mensagens, ligações e outros. Mas, isso continuou acontecendo porque somos primos e uma vez ou outra, sempre nos encontramos em eventos familiares. Entre tantos eventos, às vezes, ela estava namorando e eu não a abordava e às vezes eu estava namorando e eu não a abordava. Mas durante esses eventos, um corredor e outro, uma pegação escondida e situações arriscadíssimas, sempre aconteceram. Mesmo com esses deleites, nunca chegamos ao finalmente.
    Não sei se por ser homem, gostaria de compartilhar alguma dessas aventuras:
    Já nos acariciamos dentro do carro com família (Pais e irmãos) por baixo do cobertor. Na sala, com irmãos mais velhos dormindo no mesmo colchão. No quarto, com pessoas dormindo na cama ao lado, nos beijando e nos acariciando. Na cozinha com pessoas na sala…uma loucura sem tamanho. E, acho eu, que fomos quase pegos por uma prima dela (por parte de pai) que é mais nova. Ela não deve ter visto, mas tenho certeza que percebeu nossa agitação. Mas nunca falaram comigo sobre.
    Beleza, o fato que, todas essas aventuras aconteceram durante 8 anos (17 à 25), ela morando na zona leste e eu crescendo na zona sul SP. Conheci uma garota trabalhando e ela foi minha primeira namorada. E por coincidência, ela morava na Z/L e chegou a estudar com minha prima no mesmo colégio. E eu me apaixonei por essa garota à ponto, eu com apenas 19 anos e ela com 18 anos, irmos embora de SP para SC com apenas 10 meses de namoro. Nos entregamos uma ao outro e vivemos em SC como dois adolescentes. A base de sexo, drogas e rock´n roll.
    Passamos 3 anos em SC nesse ritmo, quando percebi, eu já estava perdendo meus valores, com dificuldade financeira, viciado e alcoólatra. Nosso relacionamento não sobreviveu (Fica uma dica para galera mais jovem, álcool + paixão + drogas = Traumas psicológicos, mas que podem ser trabalhados).

    Voltei falido, como pessoa e tudo mais para SP, com quase 25 anos e tive que me refazer.

    Nesse retorno para SP, procurei minha prima logo que cheguei. Ela me recepcionou com todo o carinho que teve por mim. Nunca se afastou de mim, sempre me viu como o primo que ela sempre admirou. Mas claro, seguindo a vida dela. Formada, trabalhando e vivendo experiência de pessoa próspera. E nesse cenário, nunca achei que eu teria chances de evoluir nada com ela.

    E nesses últimos cinco anos, não tivemos mais contatos físicos (pegação), mas sempre tivemos eventos de família onde, os dois, sempre demonstram esse sentimento encubado. E pela primeira vez, tivemos conversa franca (2010) mas não muito dissertada. Onde falamos o que é isso entre nós:

    “Ela disse que já tinha conversado com amigas de trabalho em um bar e que falaram sobre paixão entre primos. E disse que tem um primo, onde tem todos esses temperos que citei acima, que é muito diferente e talz.
    Me disse também que, já traiu um namorado na época com outra pessoa e que tinha sentido uma enorme culpa. Mas quando ficou comigo, mesmo namorando, que nunca sentiu remorso que não existe o sentimento culpa. Eu confessei que também não existe culpa em mim, quando penso nela.” Foi uma única conversa sobre isso e nunca tocamos sobre isso. Não foi uma pré condição, foi natural.

    Finalizando: Hoje, com 30 anos, não penso mais como adolescente. Me reabilitei psicologicamente e como ser humano. Não tenho problemas com drogas e outros, e percebi, olhando os posts, que tem muita mulher dizendo sobre isso aqui. E que todas elas, tem um laço afetivo e amoroso pelo o primo. E que talvez, minha prima sinta tudo isso por mim, e sempre levei para o lado mais carnal da coisa.E que vou procurá-la para conversamos mais sobre EU e ELA. Claro que, sempre tive um enorme carinho por ela, uma enorme paixão por ela, admiração. Mas, estou convencido que ela sente muito mais por mim.

    Uma vez, no inbox do face, eu desejei um feliz aniversário e tudo mais. Nos despedimos dizendo que admiramos um ao outro e ela disse “Te amo primo!!!”

    E eu comentei que era bom ver aquilo e com tantos pontos de exclamação e que enxerguei que poderia ser a mesma intensidade do meu “te amo” e ela respondeu: “Ou mais!!! saudades”

  195. pedro felipe disse:

    Eu tenho apenas 16 anos eu sou apaixonado pela minha prima também com 16 anos e ela também e apaixonada por mim. Nos ficamos por muitas vezes mais só que nossa família não sabe, e agora eu e ela estamos tristes pois nos resolvemos cortar pela raiz este amor mas ambos eu e ela não conseguimos ficar longe um do outro por favor me ajude a saber o que fazer pois nosso amor e incrível, se puderem me de uma dica do que fazer ?

  196. Kah disse:

    bom, achei muito lindas todas as histórias em que li, nem todas com finais felizes infelizmente, mas eu estou no inicio de uma e gostaria de pedir ajuda, no começo deste ano, eu conheci um primo cujo eu , tinha visto uma ou duas vezes no máximo, mas nunca tinha conversado com ele, mas desta vez foi diferente, no começo ele não falou comigo, e nem eu com ele ( sou tímida e ele tmb rs), mas dps , por contra de meus outros primos, começamos a conversar , e era como se nos conhecessemos a bastante tempo, nós temos muito em comum e etc. como nós moramos longe um do outro, tive que vir embora, e como eu estava na casa da minha avó, ele não ia muito lá, mesmo morando perto, ia praticamente uma vez no mês , assim como eu, então a possibilidade de nos vermos de novo era quase impossível. Mas pelo contrário, no outro mês em que fui, ele esteve por lá, e nós cconversamos praticamente um dia inteiro, e durante todos os meses em que fui foi assim, mas durante esses meses em que conversávamos fomos nos conhecendo mais e mais, e quando vi, estava completamente apaixonada por ele, mas eu percebia que não era a única pois ele tmb demonstrava isso, através de nossas brincadeiras, nossos toques, amo quando ele tira onda com a minha cara e eu revido, dps caimos na gargalhada, e dentro desses poucos meses nos tornamos tão intimos mas nunca nos beijamos, quase rolou mas … kk, enfim, este mês fui passar as férias na casa da minha avó novamente, e dentre esses dias ele apareceu, e conversamos muuuuuito,ele e bastante fofo, se preocupa cmg, e o melhor de tudo, ele nunca me desrespeitou,e isso foi praticamente todos os dias, mas infelizmente tive que vir embora, porém quando cheguei em casa, minha mãe veio me peguntar se eu estava pensando em namorar ele, nessa hora levei um tremendo choque, mas eu disse que nao, mesmo querendo dizer que sim e no fundo sinto que ele tmb quer isso , ate porque ta estampado , tanto e que minha mãe percebeu e quando eu disse isso, ela disse ` ate pq tem um clima bem estranho entre vcs ´´ , dps ela falou , e se tiver querendo, nem adianta pq vcs são primos. Entao nesse momento ela acabou com a unica esperança que tinha, gente me ajuda to pensando em não falar mais com ele por conta disso, mesmo que doa muito, mas antes tenho que dizer pra ele o porquê disso tudo, não vou conseguir olhar pra ele sem sentir nada, me ajudem , o que tenho que fazer ? Desde já agradeço pela oportunidade de desabafar , <3

  197. Gabrielly disse:

    Então , eu também sou apaixonada pelo meu primo(primeiro grau). vou tentar resumir um pouco..
    Ano passado , eu fui morava na cidade dele, antes eu morava bem distante e só nos viamos um vez por ano. Quando cheguei na cidade, eu estava doente e ele foi todo cuidadoso . Smp tinhamos conversar abertas em relação a namoro. Até que um dia eu estava voltando de uma festa e ele pediu pra me acompanhar pois estava muito tarde. Quando estávamos chegando perto da minha casa, ele me deu um beijo. um beijo de tirar todo o fôlego e as palavras. fui pra casa correndo e não esquecia aquele beijo. passar isso , smp ficávamos escondidos. Ele smp dava um jeito de se encontrar cmg. Até que um dia esse ficar, virou a minha primeira vez, foi tudo perfeito, ele muito carinhoso e cuidadoso, depois disso continuamos a ficar. No início desse ano, ficamos dois meses sem nós falar pois ele estava namorando. eu me senti muito mal e comecei a ficar com outras pessoas pra ele ficar com ciúmes. Aconteceu uma festa e eu vi ele chegando com a namorada, foi a pior coisa da minha vida, naquele momento eu decidi fica com o melhor amigo dele, ele descobriu e não falou nada. Semanas depois ele havia terminado. Numa noite eu estava na casa dele e ele tinha ido pra uma festa, quando ele chegou de madrugada, foi dormir comigo e foi a melhor sensação do mundo, sentir os braços dele na minha cintura , o respirar dele. Ficamos várias vezes e nada dele dizer que queria algo. Um dia eu perguntei pq ele ficava cmg e ele simplesmente disse que era pq teria smp eu pra ele, aquilo me magoou e eu deixei passar. Agora eu voltei a ficar com um ex e ele anda meio triste, sem falar cmg direito. Sinceramente não sei oq eu faço ..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

*