TV Digital na Bahia

Na semana passada estive no lançamento da TV Digital na Bahia, em um evento realizado pela Rede Bahia com a participação da equipe técnica da Globo e representantes do nosso mercado. Foi uma oportunidade interessante de ver o que mudou no discurso, já que participei de um evento similar há exatamente 1 ano, quando a transmissão digital foi iniciada em São Paulo.

Bom, os pontos fortes continuam os mesmos. O principal destaque é o aumento da qualidade da imagem, que de um padrão analógico, com 640 pontos por linha, num total de 480 linhas, passa para a possibilidade de exibição de imagens em 1920 pontos e 1080 linhas. E ainda as aplicações em mobilidade, como a tv móvel, através da captação do sinal com qualidade e sem interferências em dispositivos em movimento, equipados por exemplo em ônibus e carros, e a tv portátil, relacionada à recepção do sinal em aparelhos portáteis, que podem ou não estar em movimento, como celulares e pequenos dispositivos.

Os dois sinais estarão sendo transmitidos no Brasil até 2016, quando o analógico será desativado. Mas nos EUA, por exemplo, isso vai acontecer já no próximo ano. Por aqui o que temos visto na comemoração de 1 ano do início das transmissões são matérias que mostram a TV Digital brasileira como uma grande frustração. Vale lembrar que mesmo com muitas expectativas criadas em torno do assunto, apresentado muitas vezes como uma grande revolução na forma de consumir conteúdo, ver tv, interagir, etc, estamos tratando de um novo recurso disponível há apenas 12 meses. Isso é realmente pouco tempo pra gente avaliar de que forma essas transformações devem acontecer no Brasil.

Um dos pontos mais interessantes no surgimento de uma nova tecnologia é ver como ela pode ser apropriada e utilizada em diferentes contextos. Posso apostar meus poucos reais que o Brasil vai criar formas totalmente diferentes de utilizar os recursos da TV Digital em comparação com usuários americanos ou japoneses. Para o nosso contexto será possível equipar ônibus com displays de TV Digital? Será seguro passear pelas ruas com esses dispositivos? Talvez sim, ou não. Só o tempo vai mostrar como vamos adotar a nova tecnologia, que modelos comerciais podem surgir e que usos até agora imprevistos podem ser criados.

Quero meu set top box!

Esta entrada foi publicada em Eventos e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

*