Dormindo com seu melhor amigo

Quem tem bicho de estimação vive um eterno dilema higiênico: Deixar ou não deixar que subam na cama para que durmam conosco, no melhor estilo ‘melhores amigos inseparáveis’?

O primeiro impulso é sempre deixar….”ohm tadinho, sobe, vem dormir com a mamãe” ou “Não resisto a essa carinha de pidão, mas é só hoje” (e nunca é). E por aí seguem as desculpas para mantê-los por perto.

Mas pensando racionalmente não é nem um pouco saudável deixar que subam na cama, que nem você deita sem tomar banho (suponho eu), com as patas sujas do último passeio na sua praça preferida, Concordam?

Eu mesma já tentei de tudo um pouco: Sapatinhos que no primeiro mês sumiam ou rasgavam e que ainda por cima os deixava como eterno bailarino andando na ponta das patas, uma judiação; balões de festa cortados e usados como meias que terminavam da mesma forma que os sapatos, isso quando eu lembrava de comprar; lavar as patas assim que subíamos do passeio, o que vira uma insanidade, já que ele desce pelo menos duas vezes ao dia.

Confesso que desisti e achei mais fácil não deixar que ele suba na minha cama.

Mas a ideia bacana dessa turma (de brasileiros, vale lembrar) criadora deste colchão inteligente, contempla um lugar cativo para os nossos bichinhos no melhor estilo beliche, você em cima enquanto ele dorme embaixo sentindo seu calor e ouvindo sua respiração.

Não resolve por completo se a carência for muito grande, mas já ameniza a solidão dos dois e mantém a amizade e a higiene em dia. Curti.

Mais informações sobre o produto no site Colchão Inteligente

 

 


Publicado em design, produto | Deixar um comentário

Ideia iluminada

Uma mochila pode parecer um objeto banal para crianças em período escolar.

Mas não para todas.

Na África do sul onde o problema vai além de uma simples bolsa para carregar objetos escolares, a Repurpose School bag, como é chamada esta mochila feita com material reciclado e painel para captação de luz solar, foi criada não só para resolver o problema de transporte desses materiais, mas também para auxiliar as crianças que precisam ir à escola muito cedo, quando o sol ainda está tomando coragem para acordar.

A energia armazenada dura 12 horas e é uma grande aliada também na hora dos estudos, que em muitos casos se dá no período da noite. Uma ideia iluminada de três mulheres sul-africanas para garantir que a garotada siga com seus estudos.

Nada como conhecer pessoas com talento que ainda se importam. Nota dez.

Conheçam o projeto no site da Repurpose

 


Publicado em crianças, design | Deixar um comentário

Para os apaixonados por cães e selfies

Um dos méritos de um bom projeto de design é identificar uma necessidade e trazer uma solução simples para suprí-la. Não importa se você acha o produto bobo ou inútil, se existir público consumidor ele pode fazer sucesso nas prateleiras, mesmo que você não compre. Eu particularmente viveria sem este suporte para bola que promete chamar a atenção do seu cão no momento da selfie, mas os apaixonados por cães (até sou) e, principalmente, por selfies (aí, já não sou tanto) vão achar o máximo.

O projeto está em um site de crowdfunding para se tornar real. Será que vinga?

Vi no Likecool

 


Publicado em conceito, design | Deixar um comentário

Ilustrações minimalistas #5

Sempre achei o máximo as pessoas que conseguem, em poucas linhas, dar de forma competente e criativa seu recado. Foi exatamente isso que fez o ilustrador Mato-grossense Rapha Baggas com suas ilustrações minimalistas de personalidades que você não tem como não reconhecer. Arrasou!

Conheça mais no seu perfil do facebook


Publicado em amenidades, ilustração | Deixar um comentário

Quando pouco espaço significa muito investimento

Tudo aqui neste espaço otimizado é luxuoso, inclusive o projeto de design.

São diversas técnicas emprestadas do mundo automotivo e principalmente de produção de palcos para conseguir deixar tudo no seu devido lugar e no momento certo de usá-los. Alçapões que se elevam do chão para esconder um pequeno ambiente de refeição, estruturas que são içadas para dar lugar a outro ambiente totalmente diferente, além de portas de armários que escondem não só o guarda-roupa esperado, mas também outros ambientes que não precisam aparecer o tempo inteiro. O projeto é do designer Simon Woodroffe.

Óbvio que tudo isso depende de um bom projeto de design para acontecer na sincronia perfeita e desejada, mas já dá pra imaginar que não basta ter uma boa ideia na cachola, tem que ter cacife pra executar.

Babei.


Publicado em conceito, decoração, design, tecnologia | Deixar um comentário

Castelinho de areia é para os fracos

Pois é… pra você que ainda não tinha aprendido nem a fazer os antigos castelinhos de areia, o artista Calvin Seibert acaba de complicar ainda mais a sua tarefa.

Ele elevou o nível do negócio a tal ponto que agora vai ser preciso se formar em engenharia e arquitetura para fazer o seu tão sonhado “castelinho”de areia na praia.

Ele cria verdadeiros projetos arquitetônicos na areia da praia só esperando que a próxima onda os derrube. Dá pra acreditar?

Vi no Colossal


Publicado em amenidades, arquitetura, crianças | Deixar um comentário

Embalagem sem graça

Fiquei surpresa quando li que esta embalagem havia ganhado o prêmio iF Design Award na categoria conceito para estudante.

Olhando a embalagem com a cartela cheia dá até pra achar divertido… Uma boca entreaberta que mostra dentes branquinhos (imagino que por isso todo mundo adorou) mas o designer (esse, o verdadeiro responsável pela mensagem que a embalagem vai passar para o consumidor) não pensou que quando esta cartela fosse esvaziando a imagem que ficaria seria de uma boca cheia de falhas?

Pra mim a ideia passada é de que quanto mais chicletes você consumir, mais vazia de dente sua boca vai ficar (a verdade, dizem os dentistas), mas será que é isso que a marca deseja comunicar aos seus consumidores?

Ou a propaganda está em nova fase de só falar a verdade, o que acho bem difícil, ou ninguém percebeu que esta embalagem tem um viés muito óbvio e que provavelmente não é o que a marca gostaria de dizer ao seu consumidor.

A criação, equivocada, na minha opinião, é do designer Hani Douaji.

Vi no Yanko Design

 


Publicado em conceito, design, embalagens | Deixar um comentário

Aposto que você nunca tinha pensado em um móvel desta forma

Bem longe de ser um aparador comum, este, criado pelo Sebastian Errazuriz, promete mexer com a sua curiosidade e te levar a repensar conceitos pré-estabelecidos sobre design de móveis.

Com 100 ripas de madeiras ele foi construído para ir além do que se espera de um simples mobiliário de design tradicional, promete criar uma visão mais intuitiva de como aliar necessidade com criatividade transformadora.

As muitas possibilidades que podem ser criadas pelas ondas de madeiras parece ser uma forma divertida de mostrar que um trabalho de design pode ir muito além do que seus olhos podem ver ou suas mãos podem tocar. Adorei!


Publicado em conceito, decoração, design, moveis | Deixar um comentário

Lã gigante super fashion

Este trabalho incrivelmente único é feito pela designer Anna Mo. As lãs diferenciadas são oriundas de ovelhas australianas, segundo ela. Uma espécie de lã mais grossa que combinada com uma super agulha de tricô gigante, feita sob medida, faz do trabalho dela uma peça singular. O visual desperta emoções, sem dúvida, talvez seja por isso que ela o chame de “trabalho de design emocional”.

Salvador não permite usar uma peça de roupa dessas, mas pra quem mora em lugar frio, aposto que deu água na boca.

Ela até aceita pedidos por encomenda, mas duvido que entregue no Brasil. Uma pena!

Vi Aqui. Mais informações no site da Anna


Publicado em design, moda | Deixar um comentário

Eterno banho para enganar sua mente

O artista Sean Yoro, tornou esta pintura hiperrealista em uma eterna banhista pra quem olha de longe. A água sempre em movimento torna a pintura ainda mais especial com reflexos hipnotizantes. Muito Bacana!

Vi no site Colossal.


Publicado em arte, ilustração | Deixar um comentário