Desenvolva / aprimore habilidades de oratória e de marketing pessoal

Timidez e o medo de falar em p√ļblico s√£o situa√ß√Ķes cotidianas para milhares de pessoas, causando obst√°culos para o crescimento pessoal e profissional.

Mesmos os oradores mais experientes, quando necessitam fazer apresenta√ß√Ķes e comunicar-se, quer seja numa reuni√£o, negociando, atendendo e vendendo, podem cometer equ√≠vocos e n√£o alcan√ßar o √™xito pretendido.

No meu livro ‚ÄúComo Falar em P√ļblico com Sucesso‚ÄĚ (foto), lan√ßado pela Aprenda F√°cil Editora, apresento sugest√Ķes para uma maior efic√°cia na comunica√ß√£o interpessoal, apresenta√ß√Ķes em p√ļblico, uso de recursos √°udio visuais, marketing pessoal e criatividade, entre outros temas.

O livro é essencialmente prático e se baseia na experiência de 16 anos realizando cursos, seminários e palestras para executivos, empresários, profissionais liberais, professores e estudantes.

Para facilitar a sua imediata utiliza√ß√£o, a linguagem √© clara, objetiva e atraente, contendo muitas ilustra√ß√Ķes e exerc√≠cios para melhorar a dic√ß√£o, gestos, posturas, t√©cnicas para falar de improviso, como aprender a se comunicar melhor, tendo como base os telejornais, filmes, v√≠deos do youtube, aulas e palestras.

O tema marketing pessoal tem um cap√≠tulo especial, em fun√ß√£o da sua import√Ęncia no mundo de hoje.

√Č um investimento para a sua carreira profissional.

O livro é comercializado exclusivamente pela internet, através do site www.afe.com.br
e-mail vendas@cpt.com.br telefone (31) 3899-7000.


Publicado em Dicas de livros e filmes, LIVRO DE CARLOS PRATES, oratória e marketing pessoal | Com a tag , | Deixar um comentário

Livraria Leitura possui duas lojas em Salvador

A livraria Leitura possui duas excelentes lojas em Salvador e o seu acervo é digno de passarmos muitas horas de lazer.

A LEITURA √© uma rede de livrarias l√≠der no ramo, em Minas Gerais e no Centro-Oeste. Ela disp√Ķe de 32 lojas distribu√≠das em sete estados brasileiros, sendo 10 unidades em Belo Horizonte (MG). Tamb√©m opera com uma loja virtual, atrav√©s do site www.leitura.com.br

Ela é um centro de cultura e entretenimento para toda a família. As megastores, oferecem uma enorme variedade, chegando a 100 mil itens entre livros, revistas, CDs, DVDs, games, informática, papelaria e presentes. Contam com espaços de puro entretenimento como cybercafés e ambientes para leitura, lançamentos e eventos culturais.

Maiores informa√ß√Ķes:

1) Salvador Norte Shopping 3¬ļ Piso ao lado do Cinema (71) 3035-6223, E-mail leiturassanorte@leitura.com.br

2) Shopping Bela Vista – 2¬ļ Piso (71) 3431-5229 / 5218.


Publicado em Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag | 2 coment√°rios

As tecnologias e a revolução na forma de aprender

Do ponto de vista da aprendizagem, temos alguns desafios pela frente. Um deles √© obter informa√ß√Ķes seguras, verdadeiras (principalmente) e transform√°-las em conhecimento, para o prazer pessoal e ou em algo √ļtil para a vida cotidiana.

As sugest√Ķes abaixo mencionadas se baseiam em nossa experi√™ncia profissional, leitura e observa√ß√Ķes. Fa√ßa as adapta√ß√Ķes que julgar necess√°rias:

1) Defina claramente os seus objetivos e de que maneira o aprendizado ser√° √ļtil √† vida pessoal e profissional. Vejamos o seguinte exemplo: Aprender a comunicar melhor, para que possamos fazer apresenta√ß√Ķes em p√ļblico. Agora, basta voc√™ ir aos sites de busca, a exemplo do Google e Yahoo, You Tube e aos sites de relacionamentos. Tamb√©m deve assistir √†s aulas, palestras e cursos para observar os comunicadores; analisar os telejornais, conversar com pessoas que t√™m habilidades para falar em p√ļblico.

2) Uma vez colhidas as informa√ß√Ķes, √© chegado o momento de transform√°-las em conhecimento. Aqui reside um dos principais obst√°culos, pois os nossos sentidos s√£o seletivos e somente auxiliam no envio das informa√ß√Ķes para o c√©rebro, se as mesmas forem de interesse da pessoa. S√≥ temos interesse pelas mensagens que de fato entendemos o seu significado. Al√©m disso, o c√©rebro n√£o armazena todas as informa√ß√Ķes, algumas s√£o esquecidas parcial ou totalmente. Analise estes dados:

Aprendemos através dos cinco sentidos

1% através do paladar
1,5% através do tato
3,5% através do olfato
11% através da audição
83% através da visão

Retemos
10% do que lemos
20% do que escutamos
30% do que vemos
50% do que vemos e escutamos
70% do que ouvimos, vemos e logo discutimos
90% do que ouvimos, vemos e logo realizamos

Como o seu objetivo √© fazer apresenta√ß√Ķes em p√ļblico, logo, ter√° que praticar, visando fixar os conhecimentos. √Č hora de dar utilidade as informa√ß√Ķes que foram transformadas em conhecimento. Quanto mais praticamos, mais aprendemos. Cada pessoa tem uma maneira mais eficaz de aprender. Descubra qual √© a sua.

3) Utilize a sua mem√≥ria para fazer conex√Ķes entre os conhecimentos adquiridos e as situa√ß√Ķes vivenciadas no cotidiano. No exemplo acima mencionado, podemos melhorar a comunica√ß√£o verbal para fazer apresenta√ß√Ķes em p√ļblico, atender, vender, negociar, namorar, melhorar os relacionamentos pessoais e profissionais e uma s√©rie de outras atividades. Ao fazer liga√ß√Ķes entre a aprendizagem e o seu uso, o c√©rebro fixa o conhecimento. H√° v√°rias mem√≥rias auxiliares e que ficam fora do nosso corpo, a exemplo de um gravador, computador, pasta em que colocamos as informa√ß√Ķes ou as imprimimos em papel. Ter organizadas estas informa√ß√Ķes, favorece a uma nova leitura e o refor√ßo da aprendizagem;

4) √Č claro que n√£o podemos nos esquecer do professor e da sala de aula, que tamb√©m est√£o passando por grandes transforma√ß√Ķes, em fun√ß√£o das novas tecnologias. A sala de aula e o professor podem ser presenciais (f√≠sicos) e √† dist√Ęncia (virtualmente), atrav√©s das in√ļmeras escolas t√©cnicas, faculdades, universidades e demais institui√ß√Ķes de ensino. Gra√ßas as novas tecnologias o conhecimento est√° mais democr√°tico e acess√≠vel a quase todos os brasileiros.

√Č importante ressaltar que tudo isso somente √© poss√≠vel com a vontade, persist√™ncia, criatividade e capacidade para ler, escrever e saber usar a intelig√™ncia. Quanto mais lemos, mais ampliamos o nosso vocabul√°rio e a capacidade de aprendizagem. Pense nisso, v√° em frente e sucesso!


Publicado em Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Deixar um coment√°rio

A disputa por funcion√°rios qualificados

A revista VEJA de 23 de maio 2012 veiculou uma excelente reportagem de capa: ‚ÄúContratado! Como fazer o emprego correr atr√°s de voc√™.‚ÄĚ A pesquisa foi realizada com 70 l√≠deres de mercado e as informa√ß√Ķes s√£o excelentes para quem vai fazer a escolha profissional, prestando vestibular e para quem j√° est√° no mercado de trabalho.

Para voc√™ que est√° com d√ļvidas sobre qual profiss√£o exercer, √© importante levar em considera√ß√£o alguns aspectos:

1. A valoriza√ß√£o profissional tem rela√ß√£o direta com a compet√™ncia de cada um e o desejo ardente ‚Äď paix√£o ‚Äď pelo que faz. Por outro lado, a lei da oferta e da procura tamb√©m influencia. Quanto maior a oferta de profissionais, menor √© a procura e vice-versa. Isso explica os motivos pelos quais os engenheiros est√£o sendo t√£o disputados, atrav√©s de constru√ß√Ķes em todas as regi√Ķes;

2. Entre os principais segmentos da economia que est√£o em busca de profissionais altamente qualificados, a reportagem destaca o agroneg√≥cio, alimenta√ß√£o e higiene, constru√ß√£o civil, petr√≥leo e g√°s, varejo, log√≠stica e tecnologia da informa√ß√£o. Nos √ļltimos 10 anos a economia brasileira tem possibilitado o crescimento das classes C, D, e retirado milhares de pessoas da mis√©ria. Com isso a demanda por alimentos, eletrodom√©sticos, moradias, servi√ßos e toda a cadeia produtiva √© incentivada por esses novos consumidores, √°vidos para terem acesso a bens de consumo que nunca ou raramente possuiram;

3. N√£o espere que a universidade lhe d√™ ‚Äúr√©gua e compasso‚ÄĚ para conquistar o emprego. Infelizmente, o ensino brasileiro ainda est√° muito aqu√©m das exig√™ncias e necessidades das empresas. Se esforce para estudar e aprender as teorias, sem esquecer dos est√°gios. Eles s√£o fundamentais para adquirir conhecimentos pr√°ticos. Desenvolva o h√°bito de estudar por conta pr√≥pria (Projeto Fazendo e Aprendendo ‚Äď voc√™ constr√≥i o seu conhecimento), uma vez que estudar somente tem in√≠cio e n√£o tem fim;

4. As profiss√Ķes est√£o mudando, sendo que algumas est√£o desaparecendo, outras s√£o completamente novas e quase todas as ‚Äútradicionais‚ÄĚ est√£o se fundindo, onde o trabalho em equipe multidisciplinar √© fundamental. Todas est√£o sendo fortemente impactadas pelas tecnologias e a rob√≥tica na linha de produ√ß√£o.

Por √ļltimo, lembre-se de pensar diferente e n√£o fique preso ao seu local de moradia. O local de trabalho pode ser uma capital ou uma cidade de maior ou menor porte, localizada em qualquer parte do territ√≥rio brasileiro ou de outro pa√≠s. Al√©m disso, leve em considera√ß√£o o teletrabalho (trabalho a dist√Ęncia), pois as atuais e futuras tecnologias est√£o destruindo todas as barreiras f√≠sicas, de dist√Ęncias e de comunica√ß√£o entre os povos.


Publicado em Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | 3 coment√°rios

Luiza Trajano, a inovadora do comércio varejista. O que podemos aprender com ela?

Hoje iremos bater um papo sobre as ideias da empres√°ria e diretora superintendente do Magazine Luiza Helena.

Luiza Trajano (foto), formou em Direito no ano de 1972. Fez do comércio varejista a sua missão profissional. Entre as suas principais façanhas, a de maior repercussão foi a de transformar uma rede de lojas localizadas em Franca, interior de São Paulo, na terceira maior rede de lojas do país.
Antes de chegar ao cargo máximo da empresa, desenvolveu habilidades e competências em vários setores da Empresa Рcobrança, atendimento, vendas, gerência de lojas e recursos humanos Рentre outros.

Aos 12 anos de idade foi trabalhar ao lado da sua tia e mentora profissional, Luiza Trajano Donato, fundadora do Magazine, de quem recebeu li√ß√Ķes sobre como cativar os clientes. ‚ÄúAprendi com ela que o cliente √© uma esp√©cie de patr√£o‚ÄĚ, afirmou Luiza √† revista Exame.

Luiza Trajano √© uma dessas pessoas que cativa pela forma direta e que transmite credibilidade. Tive a oportunidade de ouvi-la falar sobre a import√Ęncia do atendimento ao cliente e do trabalho em equipe, quando atuei num grande banco estatal. Ao final do evento ela foi aplaudida de p√©.
Em várias de suas entrevistas, sempre reitera alguns conceitos que parecem simples e que são difíceis de colocar em prática. Selecionei alguns para que juntos possamos refletir:

- “Existem tr√™s alicerces para a motiva√ß√£o de uma equipe — cora√ß√£o, cabe√ßa e bolso. Se um dos tr√™s faltar, o processo se rompe. Cora√ß√£o √© a paix√£o pela empresa. Cabe√ßa √© poder participar, poder usar os pr√≥prios conhecimentos e ter a chance de adquirir novas compet√™ncias. √Č a certeza de que seu trabalho trar√° desenvolvimento, o pr√≥prio e o da empresa. E bolso √© o √≥bvio. O crescimento do neg√≥cio tem de ser acompanhado pelo crescimento de seus funcion√°rios‚ÄĚ.

- ‚ÄúCriatividade e temor n√£o combinam. As pessoas que trabalham aqui n√£o podem, por exemplo, ter medo de falar o que pensam. E elas s√≥ falar√£o se tiverem certeza de que os l√≠deres est√£o preparados para ouvir coisas que muitas vezes v√£o incomod√°-los. √Č complicado. Estamos acostumados a ouvir apenas aquilo que nos interessa. S√≥ que nem sempre o que nos interessa √© a verdade ou vai contribuir para o crescimento da empresa. Saber ouvir, portanto, n√£o √© favor nenhum. √Č uma quest√£o de estrat√©gia.”

Estudos feitos pela Harvard Business School, uma dos mais prestigiados centros educacionais de neg√≥cios, relatou algumas das li√ß√Ķes do Magazine Luiza:

1) Agilidade nas decis√Ķes. A rede sabe mudar rotas para aproveitar oportunidades. O Magazine Luiza pensa e toma as decis√Ķes necess√°rias, por mais dif√≠ceis que sejam.

2) Liderança forte. Luiza Helena soube se impor como uma administradora firme e carismática.
Ao assumir o grupo, em 1991, Luiza Helena estabeleceu um estilo de gest√£o carism√°tico e participativo, n√£o apenas para os clientes, mas principalmente para os empregados.

3) Funcionários fiéis. A cultura da empresa estimula os empregados a perseguir resultados.
Para encontrar formas de encantar o consumidor, a cultura da empresa está assentada em fórmulas que estimulam os funcionários a conhecer cada vez melhor a freguesia. Eles têm autonomia para sugerir ofertas, fechar vendas, avaliar crédito e cobrar inadimplentes. O sistema de remuneração está atrelado não apenas às vendas individuais, mas aos negócios fechados pelas equipes de cada loja e à pontualidade no pagamento dos clientes.

4) Preservação da cultura. A empresa consegue manter seus valores, mesmo crescendo rapidamente.
“No Magazine Luiza, todo mundo fala uma mesma l√≠ngua, da alta diretoria ao office-boy”. Preservar a cultura empresarial √© uma tarefa di√°ria de Luiza Helena e de sua equipe. Sempre que pode, Luiza Helena comanda pessoalmente o encerramento de eventos de treinamento e de qualifica√ß√£o profissional em v√°rias cidades do Brasil.

5) Ousadia e pioneirismo. A rede não tem medo de lançar novas práticas de vendas.
Inovar e antecipar as mudan√ßas √© um dos lemas da Empresa. Uma das ideias mais arrojadas foi a de implantar lojas virtuais. Trata-se de uma rede em que os pontos-de-venda n√£o t√™m um √ļnico produto em exposi√ß√£o — todas as compras s√£o feitas por computadores conectados √† internet.
Magazine Luiza reconhece talentos, mas evita mimos. “Exigimos muito e sempre estou atenta para n√£o mim√°-los. Tenho muito medo de mimar”, afirma Luiza Trajano.

Fonte: Revista Exame luiza-helena-trajano

Por tudo isso e muito mais √© que devemos conhecer as ideias de l√≠deres com vis√£o de futuro e inovadores. Desta forma podemos aprender li√ß√Ķes que servir√£o para a nossa vida pessoal e profissional.

Se voc√™ √© jovem e deseja conquistar o primeiro emprego, sugiro que inicie pelo com√©rcio varejista. Ele √© din√Ęmico e amplia a sua rede de relacionamentos. Al√©m disso, pode custear os seus estudos, bem como lhe proporcionar conhecimentos √ļteis para o desenvolvimento de habilidades e compet√™ncias essenciais: Atender, vender, negociar e comunicar.

V√° em frente e sucesso!


Publicado em Sem categoria | Com a tag | Deixar um coment√°rio

As ideias do professor de 4 milh√Ķes de alunos

O jovem Salman Khan (foto), 35 anos, está revolucionando a maneira de dar aulas e estimulando centenas de profissionais a dividirem os seus conhecimentos através da Web.

Ele posta no Youtube uma m√©dia de 10 v√≠deo-aulas por dia, ensinando os seus milh√Ķes de alunos a aprenderem sobre matem√°tica, qu√≠mica, economia, f√≠sica e biologia, entre outros temas.

A sua metodologia √© simples e a comunica√ß√£o, direta e objetiva, atrav√©s de exemplos de f√°cil compreens√£o. At√© o presente momento ele possui mais de 4 milh√Ķes de alunos de v√°rias partes do mundo e pasmem: tudo gratuito!

No Brasil a Fundação Lemann firmou convênio com Salman Khan e os seus vídeos estão sendo dublados para o português e já podem ser assistidos, gratuitamente.
Confira: khanportugues

Recentemente, Bill Gates e outros grandes empres√°rios resolveram apoiar as id√©ias de Khan, injetando alguns milh√Ķes de d√≥lares para que o seu portal www.khanacademy.org seja assistido por milh√Ķes de alunos e admiradores.

O que podemos aprender com Salman Khan?

- O talento é a diferença que faz a diferença. Somente teremos avanços de qualidade na educação com professores excelentes, criativos e ousados. Isso é válido para os demais segmentos da Sociedade.

- A sala de aula do futuro, que j√° est√° presente, ser√° real e principalmente, virtual. O professor ter√° que ser multim√≠dia, ou seja, saber transmitir os seus conhecimentos atrav√©s dos in√ļmeros meios de comunica√ß√£o j√° existentes e os que ser√£o criados.

- A iniciativa privada necessita dar mais apoio √†s escolas p√ļblicas e com elas fazerem parcerias para melhorar a qualidade do ensino.

- O conte√ļdo das aulas necessita estar associado ao seu uso no dia a dia dos alunos e n√£o direcionado, apenas, ao vestibular, como vem acontecendo h√° d√©cadas.

- Para os jovens, a escola tradicional j√° n√£o satisfaz e √© preciso uma mudan√ßa radical no conte√ļdo e na forma de trabalhar os conhecimentos.

Este s√©culo vem sendo marcado por grandes e r√°pidas transforma√ß√Ķes, impulsionadas pelas tecnologias e as cabe√ßas pensantes de milhares de profissionais em todo o mundo. Compartilhar, dividir para multiplicar e somar conhecimentos. Estes s√£o os fundamentos da nova era.


Publicado em Curso, Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag | Deixar um coment√°rio

Carreira profissional: você tem paixão pelo que faz?

Gostar da profissão que escolheu é fundamental para o sucesso. Normalmente, as pessoas que se destacam em suas atividades têm um forte desejo de fazer diferença e contribuir para a melhoria da qualidade de vida no planeta.

Quando estamos inspirados e empolgados por um projeto que nos cativa, a nossa mente vai al√©m das limita√ß√Ķes e a consci√™ncia se expande em todas as dire√ß√Ķes. Resultado: mais motiva√ß√£o e criatividade.

√Č claro que, mesmo que voc√™ tenha paix√£o pela sua atividade profissional, certamente, algumas atividades ser√£o menos prazerosas e outras chatas. Isso faz parte.

Encontrar a atividade que nos apaixona não é algo fácil. Com o tempo podemos mudar de opinião sobre as coisas que nos proporcionam prazer e o sentimento de realização profissional.

Com as novas tecnologias, principalmente a Internet e o celular, as nossas atividades profissionais e pessoais estão interligadas. Às vezes elas se misturam no mesmo espaço e tempo. Estamos em casa e resolvemos problemas do trabalho e vice-versa.

Embora muitos profissionais ainda deixem a sua carreira por conta da empresa onde trabalha, é bom lembrar que a você compete gerenciar a sua vida profissional.


Publicado em Sem categoria | Com a tag | Deixar um coment√°rio

O homem, a m√°quina e as rela√ß√Ķes interpessoais no trabalho

Em 1936, o genial Charles Chaplin ‚Äď Carlitos ‚Äď abordava o relacionamento homem m√°quina, atrav√©s do premiado filme Tempos Modernos (foto). Caso voc√™ ainda n√£o o tenha assistido, gostaria de recomendar. O tema continua mais atual do que nunca. O texto que segue foi escrito por mim, em 1995, quando me desliguei da atividade banc√°ria. Desejo que tamb√©m lhe seja √ļtil:

O Homem e a M√°quina

Tenho prestado muita aten√ß√£o aos ‚Äútempos modernos‚ÄĚ. N√£o tenho nada contra a modernidade. Por√©m, se modernidade √© substituir o homem pela m√°quina, qual o papel reservado para o ser humano na sociedade do futuro?

Ainda ontem, ao me dirigir a uma ag√™ncia banc√°ria, fui abordado por um funcion√°rio, que perguntou o que eu desejava . Afirmei que precisava retirar um dinheiro. O mesmo indicou-me um caixa eletr√īnico. Ressaltei que gosto de ser atendido por ser humano.

Neste momento o funcion√°rio franziu a testa e afirmou com entusiasmo:
‚ÄúO nosso banco investiu milh√Ķes de d√≥lares em tecnologia para dar aos clientes mais conforto e rapidez no atendimento…‚ÄĚ

Tentei argumentar mais uma vez, porém não obtive êxito. O papel dele era evitar ao máximo que eu fosse atendido no interior da agência, por uma pessoa de carne e osso!

Fui ao caixa eletr√īnico, retirei o dinheiro e voltei para a minha casa. Enquanto andava, refletia sobre o que acabara de acontecer. Depois de alguns minutos, cheguei a uma triste conclus√£o: O papel do homem na ‚Äúsociedade moderna‚ÄĚ talvez seja o de evitar o contato com outros seres humanos!

Estou ultrapassado? Resisto ao novo? Eh!!! se a gente n√£o tomar cuidado, na sociedade do futuro o homem ter√° que virar m√°quina para sobreviver.

Que o relacionamento humano est√° passando por uma crise aguda e de conseq√ľ√™ncias imprevis√≠veis, isso n√£o temos d√ļvidas. Atribuir √†s m√°quinas toda a culpa, tamb√©m n√£o √© justo, embora elas tenham e continuar√£o a ter uma consider√°vel parcela de culpa pelo esfriamento das rela√ß√Ķes pessoais, ao vivo e em cores.

Alguns acham que o ambiente de trabalho traz conforto, seguran√ßa e satisfa√ß√£o. Outros t√™m um profundo sentimento de frustra√ß√£o, impot√™ncia, inutilidade, medo e f√ļria. Normalmente n√£o revelam de forma clara esses sentimentos, por√©m o fazem atrav√©s de pouco envolvimento com as suas atividades profissionais. Outro sintoma bastante evidente √© a grande quantidade de √°lcool, cigarros e demais drogas que s√£o ingeridas por eles para amenizarem as suas decep√ß√Ķes e press√Ķes no ambiente de trabalho. Algumas pessoas fazem planos de se realizarem, verdadeiramente, quando se aposentarem ou quando mudarem de emprego.

Para apimentar mais ainda o ambiente empresarial (e também social), temos as ameaças constantes que pairam como fantasmas a assombrar os profissionais:

a) Medo de perderem os empregos;
b) Receio de ficarem ultrapassados em suas habilidades e competências;
c) Acirrada competitividade no mercado de trabalho;
d) Que as atuais e futuras tecnologias substituam cada vez mais os trabalhos realizados por pessoas.

O tema é amplo e dá subsídios para debates intermináveis sobre o assunto. Acreditamos que o mais importante é cada um refletir sobre a sua forma de relacionar no trabalho e na vida pessoal, começando pela família, vizinhos, amigos e colegas de trabalho.


Publicado em Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag , | 1 coment√°rio

Varejo: porta de entrada para o primeiro emprego

Todos sabemos o quanto é difícil e muitas vezes frustrante, buscar oportunidades de emprego e elas não se concretizarem. Há um índice lamentável e que devemos lutar para reduzi-lo: a maior incidência de desempregados no Brasil se concentra nos jovens de 18 a 25 anos.

O comércio VAREJISTA e o setor de serviços, mais especificamente o de TELEMARKETING são os que mais geram empregos para os jovens.

No post anterior, disponibilizamos as apostilas para telemarketing. Neste, sugerimos que voc√™ leia O Manual de Atendimento, Vendas, Negocia√ß√£o e Comunica√ß√£o que elaboramos para uma grande rede varejista de Salvador. √Č claro, objetivo e de f√°cil compreens√£o. Confira:
VAREJO РMANUAL DE ATENDIMENTO, VENDAS, NEGOCIAÇÃO E COMUNICAÇÃO

Se voc√™ deseja atuar no com√©rcio varejista, analise e pratique os exerc√≠cios que sugerimos. Quanto mais simula√ß√Ķes voc√™ fizer, mais rapidamente desenvolver√° essas importantes habilidades. Requer motiva√ß√£o, criatividade e persist√™ncia. V√° em frente e sucesso!


Publicado em Dicas mercado de trabalho | Com a tag | Deixar um coment√°rio

SAC Móvel atende em Caculé

Os atendimentos serão realizados na Praça Miguel Fernandes.

O Serviço de Atendimento ao Cidadão chega à Caculé nos dias 26 e 27 de abril, sábado e domingo, oferecendo os serviços de emissão de Carteira de Identidade, Antecedentes Criminais, Recadastramento de Pensionistas, Ouvidoria Geral do Estado e Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Para a emiss√£o de carteira de identidade, a partir da segunda via, e em caso de mudan√ßa de estado civil e Retifica√ß√£o de assentamento ser√° cobrada uma tarifa de R$ 28,00. Na emiss√£o de todos os documentos ser√° necess√°rio apresentar duas fotos 3×4 iguais, em preto e branco ou coloridas com fundo branco.

Para maiores informa√ß√Ķes ligue (77) 3455-1412.


Publicado em Sem categoria | Deixar um coment√°rio