Você tem um mentor profissional?

Essa função tem vários significados: preceptor, orientador, guia intelectual, educador e mentor. Na Grécia antiga os filósofos eram bastante requisitados para essa nobre atividade. Naquela época o Mentor Intelectual oferecia os seus serviços aos políticos e  famílias abastadas, com a finalidade de auxiliar na educação dos seus filhos. A maioria da população era analfabeta e o acesso à informação era restrito a poucos.
 
Devemos aprender com as experi√™ncias vitoriosas do passado e fazer as adapta√ß√Ķes necess√°rias. O maior obst√°culo √† inser√ß√£o dos jovens no mercado de trabalho chama-se falta de experi√™ncia. S√£o comuns os an√ļncios de ofertas de empregos que exigem ‚Äúexperi√™ncia em carteira‚ÄĚ e por outro lado, que os candidatos sejam muito jovens. A experi√™ncia somente √© poss√≠vel com a pr√°tica. Acreditamos que o mentor profissional pode contribuir para minimizar esse problema.
 
As empresas de vanguarda j√° descobriram a import√Ęncia de investir em novos talentos.¬† Elas perceberam que a experi√™ncia exigida para executar determinadas fun√ß√Ķes¬† pode ser rapidamente alcan√ßada por interm√©dio dos funcion√°rios¬† mais competentes e familiarizados com as rotinas de trabalho. Essa troca de informa√ß√£o gera novas id√©ias, estimula a criatividade e provoca mudan√ßas.
 
Relacionamos algumas sugest√Ķes para os jovens profissionais e aos que desejam atuar como mentores:
 
‚ąö Se voc√™ est√° desempregado, busque na sua fam√≠lia, rede de contatos, escola, faculdade e no seu bairro, pessoas que tenham experi√™ncias profissionais em atendimento, vendas, telemarketing, negocia√ß√£o e em outras habilidades e solicite aux√≠lio. A porta de entrada para o primeiro emprego costuma ser o varejo e o setor de presta√ß√£o de servi√ßos.
 
‚ąö Utilize a audi√ß√£o, vis√£o, tato, paladar e olfato para perceber os detalhes de uma atividade profissional ou de lazer. Comece a exercitar em sua resid√™ncia, escola e faculdade. Fa√ßa perguntas,¬† d√™ sugest√Ķes e anote tudo que julgar importante. Mais do que nunca a vida √© uma escola e cada dia uma nova li√ß√£o.
 
‚ąö Desenvolva a capacidade de estudar por conta pr√≥pria. As informa√ß√Ķes podem ser obtidas facilmente. O grande desafio √© transform√°-las em conhecimentos e depois em habilidades e compet√™ncias pessoais e profissionais.
 
‚ąö Compartilhe a sua experi√™ncia profissional se tornando Mentor na sua fam√≠lia, comunidade e na empresa em que trabalha. O conhecimento somente faz sentido para a nossa vida quando podemos dividir com outras pessoas.
 
‚ąö Na sua empresa, estimule a troca de experi√™ncias entre funcion√°rios. Permita que os jovens profissionais exer√ßam atividades em v√°rias fun√ß√Ķes e setores. Descubra os seus e os talentos dos novos profissionais.¬†
 
‚ąö Selecione textos que sejam adequados para leitura em voz alta e treine em frente ao espelho. Com isso voc√™ desenvolver√° a capacidade de falar em p√ļblico. √Č bom para voc√™ e para a sua autoestima.
 
As grandes mudan√ßas come√ßam com os primeiros passos e todos devem dar a sua contribui√ß√£o. Os jovens j√° est√£o sendo os nossos Mentores, favorecendo o acesso ao conhecimento tecnol√≥gico, a exemplo da inform√°tica, internet e celular. √Č hora de retribuirmos.


Publicado em Dicas mercado de trabalho | Com a tag | Deixar um coment√°rio

Dicas para tornar-se um campe√£o em vendas

Em vendas não devemos reinventar a roda e sim aprender com as técnicas já existentes e de eficácia comprovada, proporcionando as mudanças necessárias a cada perfil de cliente que você atende e aos produtos e serviços que são comercializados em sua loja.

Entretanto, não adianta conhecer as técnicas de sucesso e não aplicá-las. Se você é um vendedor experiente, reflita sobre as ideias abaixo mencionadas; caso seja novato, é um motivo a mais para ler e reler:

1) Acredite no seu potencial de vendedor. Afirme isso diariamente e trabalhe com persist√™ncia e criatividade, procurando novas informa√ß√Ķes ‚Äď livros, revistas, CDs, DVDs, internet – que contribuam para aumentar as vendas dos seus produtos e servi√ßos. Lembre-se de que o sucesso de hoje n√£o garante o sucesso de amanh√£;

2) Observe os melhores vendedores da sua loja e da concorr√™ncia, leia bons livros e assista a v√≠deos. Molde a sua personalidade, adaptando o que julgar mais adequado a sua personalidade. H√° grandes empreendedores, famosos e an√īnimos que podem nos auxiliar com os seus exemplos de sucesso e criatividade na arte de atender e vender;

3) O Gerente e o VR РVendedor Referência, podem ser grandes mestres de vendas para você. Tenha humildade para aprender com eles e com os demais colegas;

4) Crie uma lista de objetivos de venda que deseja alcançar a curto, médio e longo prazos. Tenha foco no que deseja alcançar, seja persistente e otimista. Constantemente, visualize os benefícios dos seus esforços;

5) Enfrente os obst√°culos que estejam atrapalhando a sua carreira de vendedor. Alguns dos mais comuns s√£o: o medo do ‚ÄúN√ÉO‚ÄĚ; procrastina√ß√£o, ou seja, o h√°bito de ficar adiando as a√ß√Ķes necess√°rias; desorganiza√ß√£o e falta de planejamento e tempo para as a√ß√Ķes mais importantes e que levar√£o ao alcance das metas;

6) O mais importante em vendas é ter paixão pelo que faz e comercializa. Se você não tem paixão pelo que vende, busque mudar de empresa;

7) Leve a sua carreira profissional a s√©rio e n√£o seja apenas mais um ‚Äútirador de pedidos‚ÄĚ que atua no varejo;

9) Desenvolva a capacidade de motivar a si próprio, seja persistente e criativo;

10) Desenvolva conhecimentos em marketing de varejo e de serviços. Essa ciência vem cada vez mais impactando a maneira de atender e vender, presencial ou virtualmente;

11) Saiba emocionar a si pr√≥prio e principalmente os seus clientes. Leia e releia o pr√≥ximo tema, pois ele √© ‚Äúa diferen√ßa que faz a diferen√ßa‚ÄĚ na hora de atender e vender.

Nada substitui o treino. Somente a prática, persistência e humildade para aprender com quem sabe mais e melhor do que você, poderão contribuir para que as suas habilidades e competências sejam de um campeão em vendas.


Publicado em Como ser um campe√£o em vendas | Deixar um coment√°rio

Carreira profissional: aprendendo com os erros

Esteja preparado para aceitar e compreender os erros cometidos na sua carreira profissional. Muitas vezes deixamos de aprender com os erros em fun√ß√£o da nossa vaidade e por¬† medo de admitir que erramos. H√° um ditado popular que afirma: ‚Äúo que fere, instrui‚ÄĚ.

Os erros e as sugest√Ķes que seguem se baseiam em experi√™ncia pr√≥pria e atrav√©s de relatos dos nossos alunos. Analise o que pode ser √ļtil a voc√™ e fa√ßa as modifica√ß√Ķes necess√°rias:

¬†‚ąö Escolha da profiss√£o. Conforme j√° mencionamos em alguns artigos veiculados neste blog, escolher a profiss√£o requer an√°lise, conversa com as pessoas que j√° exercem as atividades e testes vocacionais. Com o passar do tempo as profiss√Ķes v√£o se modificando, assim como n√≥s mesmos, pois o envelhecimento nos proporciona experi√™ncia. Se voc√™ n√£o se sente realizado profissionalmente, fa√ßa um planejamento detalhado sobre as vantagens e desvantagens da sua atividade. Converse com amigos, familiares e colegas de trabalho. N√£o caia na besteira de mudar de profiss√£o da noite para o dia. Ao agir dessa maneira as possibilidades de erros ser√£o infinitamente maiores. Caso esteja cursando uma faculdade, estando pr√≥ximo da sua conclus√£o, talvez o mais adequado seja a formatura e depois avaliar a situa√ß√£o.
 
¬†‚ąö Mudan√ßa de emprego. Caso n√£o esteja satisfeito, fa√ßa um planejamento detalhado dos reais motivos da sua insatisfa√ß√£o. Em alguns momentos da vida podemos ficar decepcionados com a nossa pr√≥pria vida e culparmos o emprego que possu√≠mos. Se for por quest√Ķes salariais ‚Äď a grande maioria ‚Äď saiba que a situa√ß√£o atual √© a menos indicada para solicitar aumento. Ao faz√™-lo, voc√™ deve estar seguro de que merece e que a empresa pode lhe conceder. Perceba as vantagens de continuar na empresa, mesmo ganhando menos, caso ela proporcione qualifica√ß√£o profissional e aprendizado constantes. Por outro lado, n√£o fique acomodado somente porque ganha bem. Muitos jovens profissionais se acomodam quando come√ßam a ganhar bem, deixam de estudar e se esquecem do futuro profissional. Gerenciar a carreira profissional √© sua compet√™ncia e n√£o da empresa onde trabalha.

¬†‚ąö Insatisfa√ß√£o com o chefe. Fa√ßa uma an√°lise dos motivos da insatisfa√ß√£o com o seu chefe e tamb√©m aproveite para reconhecer as qualidades dele. H√° uma ‚Äúcultura‚ÄĚ na empresa de culpar os gestores pelos fracassos de projetos e dos insucessos profissionais dos seus funcion√°rios. Reconhe√ßa os erros do seu chefe e tamb√©m os seus. Converse com ele, proponha alternativas.

¬†¬†‚ąö Arrog√Ęncia, vaidade e impulsividade. Quando n√≥s somos jovens, tendemos a agir mais por impulso e com a necessidade de auto-afirma√ß√£o atrav√©s da ‚Äúverdade‚ÄĚ. Dessa maneira, perdemos preciosos momentos de aprendizagem. Se voc√™ encontra-se no auge da sua carreira profissional, saiba que humildade e ch√° de camomila n√£o fazem mal a ningu√©m. A vida d√° muitas voltas e aquele que por ventura voc√™ humilhou ou perseguiu, pode tornar o seu gestor na atual empresa ou em outra. Construa parcerias e esteja aberto ao di√°logo com os seus funcion√°rios. Voc√™ n√£o √© o cargo em que ocupa ou a empresa em que trabalha. Tudo isso √© passageiro e da noite para o dia pode mudar ‚Äď para melhor ou para pior ‚Äď a depender das circunst√Ęncias.¬†

¬†‚ąö Gastar mais do que ganha ou n√£o possuir uma reserva financeira. H√° profissionais que possuem carros, roupas, resid√™ncias e uma infinidade de bens materiais em excesso e para demonstrarem que s√£o bem-sucedidos. Nos cursos que realizamos, sempre perguntamos quantos pares de sapatos e roupas cada aluno possui. Em seguida, solicitamos que enumerem os cursos que participaram nos √ļltimos 12 meses. A grande maioria diz que n√£o cuidou desse detalhe. √Č claro que possuir bens materiais √© algo muito bom. A quest√£o talvez seja a quantidade e o pre√ßo que se paga. Saiba gerenciar o seu dinheiro e n√£o gaste mais do que ganha. Economize 10% do seu sal√°rio.¬† Saiba que todos n√≥s estamos sujeitos a altos e baixos: Sa√ļde e doen√ßa, fartura e falta, festa e solid√£o, alegria e tristeza. Na carreira profissional n√£o √© diferente. Para desenvolver ou aperfei√ßoar habilidades e compet√™ncias voc√™ necessitar√° de dinheiro. Al√©m disso, h√° os imprevistos, a exemplo da perda do emprego, doen√ßas, crises econ√īmicas, entre outros. Recentemente publicamos neste blog um artigo sobre finan√ßas pessoais. D√™ uma lida, pois talvez ele lhe seja √ļtil.

‚ąö N√£o planejar a carreira profissional. Este talvez seja o mais grave e corriqueiro dos erros que cometemos. Se no passado recente era comum o profissional deixar que a Empresa administrasse a sua carreira, essa realidade mudou. Cabe a voc√™ gerir e se responsabilizar pelas suas habilidades e compet√™ncias. Continua sendo v√°lido ouvir os seus l√≠deres, gestores imediatos e clientes, consultar as avalia√ß√Ķes de desempenho, caso elas existam. Fique atento √†s mudan√ßas tecnol√≥gicas e aos h√°bitos de consumo dos clientes. Eles influenciar√£o os destinos da sua vida profissional.

Por √ļltimo, mais uma sugest√£o: aprenda com os acertos. Parece algo √≥bvio, entretanto, quando tudo est√° dando certo em nossa vida pessoal e profissional, raramente analisamos os motivos e as a√ß√Ķes que foram desenvolvidas.


Publicado em Dicas mercado de trabalho | Com a tag | Deixar um coment√°rio

III Fórum de Coaching ABRH-BA Novas ideias, mais resultado

O III Forum de Coaching ABRH Bahia tem como proposta principal a aliança entre as comunidades de Recursos Humanos e Coaching, que vem se transformando em estilo de gestão pelo mundo.

Integrar atividades, aumentar a produtividade, trazer novas idéias e criar estratégias de vanguarda.

Este é nosso principal objetivo. Contamos com a sua presença!


Publicado em Sem categoria | Deixar um coment√°rio

Você sabe administrar o seu tempo?

A grande maioria das pessoas n√£o utiliza agenda e costuma¬† afirmar que t√™m as atividades na cabe√ßa. As mais simplistas e que n√£o desejam se comprometer, afirmam que ‚Äúdeixam a vida levar ou empurram com a barriga‚ÄĚ. Normalmente percebem os seus equ√≠vocos quando perdem o emprego por incompet√™ncia ou v√£o envelhecendo junto com os seus sonhos, que n√£o sa√≠ram do papel.
 
Um dos aspectos mais relevantes para o sucesso na administração do nosso tempo é decidirmos o que é imprescindível, importante e ocasional:
 
Imprescind√≠vel ‚Äď Como o pr√≥prio nome indica, deve ser realizado com urg√™ncia.¬† N√£o pode ser adiado e nem esquecido, pois as conseq√ľ√™ncias s√£o grandes. A atividade deve estar localizada na sua agenda nas primeiras horas do dia.
 
Importante ‚Äď √Č o que deve ser concretizado depois que voc√™ j√° tiver feito o que era imprescind√≠vel. Esta atividade √© de m√©dia prioridade e o fato de n√£o realiz√°-la antecipadamente n√£o comprometer√° os resultados. Chegar√° o momento em que ser√° imprescind√≠vel. Caso voc√™ tenha horas ociosas, aproveite para iniciar ou concluir a atividade. Sempre que poss√≠vel, deixe algumas horas vagas em sua agenda, pois atividades importantes podem se tornar imprescind√≠veis no mesmo dia.
 
Ocasional ‚Äď S√£o as atividades que voc√™ far√° quando se tornarem importantes e depois imprescind√≠veis. A sua prioridade √© baix√≠ssima e as conseq√ľ√™ncias de n√£o utiliz√°-las s√£o insignificantes.¬†
 
√Č fato que constantemente fugimos do imprescind√≠vel e importante, pois, costumam ser as atividades mais dif√≠ceis ou chatas e que exigem¬† intelig√™ncia,¬† esfor√ßo e concentra√ß√£o. Assim, fingimos que elas n√£o s√£o imprescind√≠veis ou importantes e as adiamos. Por falar nisso, voc√™ sabe o que significa a palavra procrastina√ß√£o? √Č o ato ou efeito de procrastinar, transferir para o outro dia, adiar ou delongar.

H√° muitos anos tenho sobre a minha mesa de trabalho o texto que segue, uma das melhores coisas que j√° escreveram sobre o tempo:
 
O Valor do Tempo  (autor desconhecido)

Imagine que h√° um banco no planeta terra e toda manh√£ uma pessoa especial e bondosa autoriza um dep√≥sito di√°rio, na conta corrente de todos os seus habitantes, no valor de 86.400 segundos. As condi√ß√Ķes s√£o as seguintes: os correntistas n√£o podem transferir este valor para outra pessoa e √† meia-noite o saldo da conta √© zerado. Quem gastou, gastou e o saldo por ventura existente, n√£o pode ser acumulado para o dia seguinte.

E assim acontece todos os dias. Voc√™ sabe como se chama este banco? ‚Äď Isso mesmo, tempo! Com este investimento voc√™ precisa viver no presente, cujos rendimentos mais conhecidos s√£o felicidade, sa√ļde, sucesso, capacidade de fazer o bem √†s pessoas e muito mais. E por fala nisso, o rel√≥gio est√° contando os seus segundos de hoje. Preste bem aten√ß√£o ao texto que segue e reflita sobre o mesmo:
 
- Para entender o valor de um ano, pergunte ao estudante que foi reprovado.
- Para entender o valor de um mês, pergunte à mãe que teve um bebê prematuro.
- Para entender o valor de uma semana, pergunte ao editor de um jornal semanal.
- Para entender o valor de uma hora, pergunte aos amantes que estão esperando para  se encontrar.
- Para entender o valor de um minuto, pergunte a algu√©m que perdeu o trem, o √īnibus ou avi√£o.
- Para entender o valor de um segundo, pergunte ao sobrevivente de um  acidente.
- Para entender o valor de um milésimo de segundo, pergunte a alguém que ganhou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos.
 
O ontem é história. O amanhã é mistério. O hoje é uma dádiva. Por isso é chamado presente. Valorize cada momento que você tem! Valorize mais ainda porque você o compartilhou com alguém especial, especial o suficiente para dividir o seu tempo. Lembre-se de que o tempo não volta.

Por √ļltimo, como diria o meu amigo¬† Renatinho, fil√≥sofo do cotidiano: ‚Äúsaiba que caix√£o de defunto n√£o tem gaveta e as √ļnicas coisas que levamos s√£o as lembran√ßas e o nosso terno de cerim√īnia‚ÄĚ. Pode ser que tenhamos uma outra vida no futuro, por√©m, na d√ļvida, vamos viver intensamente a atual.


Publicado em administração do tempo, Dicas mercado de trabalho | 2 comentários

Varejo: como conquistar o cliente

Seja qual for a sua atual ou futura profiss√£o, voc√™ necessitar√° prestar servi√ßos de qualidade para os seus clientes internos – funcion√°rios da empresa – e externos -consumidores finais dos produtos e servi√ßos que a sua empresa produz ou comercializa. Preste bastante aten√ß√£o a essas sugest√Ķes, pois voc√™ as utilizar√° todos os dias:

1) Cuide sempre dos detalhes no seu relacionamento com o cliente. Em geral ele gosta de cortesia, rapidez, simpatia e entusiasmo. Um bom dia pessoalmente ou através do telefone facilita o seu atendimento. Quando for pertinente, sorria com o semblante e com a voz. Um sorriso vence obstáculos e facilita a aproximação com o cliente.

2) Use a criatividade para agregar valor ao seu atendimento. Por√©m, lembre-se de que somente cortesia n√£o resolve. Seja competente e conhe√ßa o que est√° oferecendo. Observe e anote tudo que puder ser melhorado. Ponha-se no lugar do cliente e analise as suas poss√≠veis obje√ß√Ķes.

3) Fa√ßa uso da intelig√™ncia emocional. Agimos mais pela emo√ß√£o do que pela raz√£o. A vida √© a arte de relacionar com pessoas e para lidar com elas devemos compreender os seus valores ‚Äď o que cada pessoa julga importante. Voc√™ torce pelo Flamengo e eu sou Vasco. A sua cor predileta √© o azul e a minha √© verde. Mesmo n√£o concordando com a opini√£o das pessoas, saiba respeitar e enxergar as quest√Ķes atrav√©s do ponto de vista dos outros.

4) Quando poss√≠vel, trate o cliente pelo seu nome, pois ele soa como m√ļsica suave aos seus ouvidos. Deixe o seu nome sempre presente na cabe√ßa do cliente. Avalie a possibilidade de usar um crach√°, em local vis√≠vel, objetivando favorecer a comunica√ß√£o verbal de ambos.

5) Saiba que o tempo e a paciência do cliente estão cada vez mais escassos. Faça de tudo para que o mesmo sinta-se confortável e prático fazer negócios com você. Valorize o tempo do cliente e o seu.

6) Todos buscamos reconhecimento. Elogie a si próprio e ao cliente, de maneira sincera. Quanto mais fazemos elogios sinceros mais as pessoas desejam ouvir a nossa voz.

7) Persistência e paciência são duas qualidades importantíssimas para o sucesso profissional. Aprenda com os erros e ouça a opinião dos clientes e dos colegas de trabalho.

O trabalho de pós-venda é importante para garantir a satisfação do cliente e para que ele volte a comprar. Em geral as empresas gastam muito dinheiro para conquistar um novo cliente e se esquecem de dar um atendimento de excelência para os que já foram conquistados. Normalmente, 80% da receita de uma empresa é oriunda de apenas 20% dos consumidores. Dê atenção a todos e cuide mais ainda dos clientes insatisfeitos e que se frustraram ao adquirir os produtos e serviços da sua empresa.

Fique atento aos detalhes. Eles podem fazer toda a diferença em nossa vida pessoal e profissional.


Publicado em Dicas mercado de trabalho | 1 coment√°rio

Projeto Fazendo e Aprendendo: você constrói o seu conhecimento

O Projeto Fazendo e Aprendendo consiste em estimular os profissionais, e aos seus familiares a estudarem por conta pr√≥pria. Vejamos algumas das sugest√Ķes que exigem pouco investimento e outras que s√£o gratuitas:

‚ąö Planeje, identifique e priorize quais conhecimentos voc√™ necessita adquirir. Tenha objetivos claros e que possam ser concretizados. Acompanhe e avalie o seu desempenho;

‚ąö Envolva a sua fam√≠lia no Projeto. Busque o conhecimento e a participa√ß√£o de todos;

‚ąö Forme um grupo de estudo ‚Äď m√°ximo de cinco pessoas -¬† onde cada participante dever√° estudar um¬† tema e depois apresent√°-lo para os demais. Dessa forma, a motiva√ß√£o tende a aumentar, contribuindo, tamb√©m, para a troca de experi√™ncias pessoais;

‚ąö Desenvolva ou aprimore o conhecimento em inform√°tica. Voc√™ pode realizar esse aprendizado com pessoas da pr√≥pria fam√≠lia ou que voc√™ tem relacionamento de amizade. Que tal convid√°-las para participar da Equipe? A inform√°tica √© fundamental para o Fazendo e Aprendendo;
 
‚ąö Ao utilizar a internet, selecione dois ou tr√™s temas para pesquisar, objetivando n√£o perder o foco;

‚ąö Leia revistas, livros e jornais para ampliar o seu vocabul√°rio e melhorar a escrita. Converse com pessoas mais experientes ‚Äď pais, av√≥s e tios. A troca de experi√™ncia √© imprescind√≠vel para o nosso aprendizado. A rec√≠proca tamb√©m √© verdadeira: Os jovens s√£o os grandes respons√°veis pelo acesso dos familiares ao mundo digital, principalmente no uso da internet e do celular. Voc√™ j√° possui a voca√ß√£o para ser um Multiplicador do Conhecimento;

‚ąö Amplie o seu aprendizado e n√£o fique restrito a sua atividade profissional. Busque novos desafios e volte a estudar. N√£o interessa a sua idade e o tempo que deixou de freq√ľentar a escola. Al√©m do prazer de aprender novos conhecimentos, voc√™ acrescentar√° 15% ao seu sal√°rio, por cada ano de estudo;

‚ąö Ao assistir televis√£o, d√™ prioridade aos telejornais, programas de entrevistas e document√°rios. Se voc√™ gosta de novelas, aproveite para observar a comunica√ß√£o verbal (voz) e a linguagem corporal (gestos, posturas e roupas) dos atores. Assim voc√™ poder√° melhorar a sua comunica√ß√£o. Leia textos em voz alta como se fosse um apresentador de televis√£o ou ator. Use a criatividade e a imagina√ß√£o;

Por √ļltimo, aprimore a sua consci√™ncia cr√≠tica sobre o que l√™, ouve e fala. Conhecimento √© uma estrada que n√£o tem fim, somente in√≠cio. Permanecer caminhando far√° toda a diferen√ßa.


Publicado em Dicas mercado de trabalho, Fazendo e aprendendo | Deixar um coment√°rio

T√©cnicas de negocia√ß√Ķes eficazes

Negocia√ß√£o √© o ato de se comunicar em duas dire√ß√Ķes para chegar a um acordo, quando voc√™ e o outro lado t√™m alguns interesses em comum e outros opostos. √Ȭ† o uso da informa√ß√£o e do poder com o fim de influenciar o comportamento dentro de uma ‚Äúrede¬† de¬† tens√£o ‚Äú.

ESTILOS DE NEGOCIAÇÃO

Ganha X Ganha ‚Äď Ambas as partes ganham e todos sentem-se realizados com os resultados, criando boa vontade e atitudes positivas para negocia√ß√Ķes futuras.

Perde X Perde ‚Äď As partes envolvidas sentem-se frustradas e desenvolvem atitudes negativas em rela√ß√£o a outra, podendo atrapalhar futuras negocia√ß√Ķes.

Ganha X Perde ‚Äď Como o pr√≥prio nome indica, uma parte ganha e a outra perde. √Č comum uma grande frustra√ß√£o e ressentimento de quem perde e tais atitudes mais cedo ou mais tarde poder√£o comprometer o relacionamento e outras negocia√ß√Ķes.

Estrutura de uma negociação:

I) preparo; II) introdução; III) sondagem; IV) exposição; V) confirmação;
VI) fechamento; VII) avaliação; VIII) registro e IX) acompanhamento.

Sugest√Ķes para iniciar uma negocia√ß√£o.

a)¬†O objeto da negocia√ß√£o ‚Äď O que voc√™ estar√° negociando? Quais os limites m√°ximos e m√≠nimos? Quais os riscos e oportunidades? Quais os estilos dos negociadores oponentes?

b)¬†Os objetivos da negocia√ß√£o ‚Äď Aqui voc√™ deve estabelecer claramente o que deseja alcan√ßar com a negocia√ß√£o. Comprar ou vender um carro? Conseguir um emprego? T√£o importante quanto conhecer os seus objetivos, √© enxergar os objetivos da outra parte.

A fase inicial da negociação

D√ļvidas e incertezas fazem parte de uma negocia√ß√£o e isso pode provocar tens√Ķes, as quais poder√£o dificultar ou atrasar a concretiza√ß√£o dos objetivos. Para que isso n√£o aconte√ßa, conhe√ßa as fun√ß√Ķes da etapa inicial:

1)¬†Reduzir a tens√£o. √Č o conhecido quebra-gelo. Evite entrar direto no assunto e fale de coisas mais triviais, fa√ßa um coment√°rio sobre o fim de semana, alguma not√≠cia interessante….. tome um caf√© ou uma √°gua com as pessoas envolvidas;

2)¬†Apresentar o objeto da negocia√ß√£o ‚Äď Se voc√™ estiver vendendo, fale sobre os benef√≠cios que o seu produto ou servi√ßo ir√° proporcionar ao comprador, com base nas necessidades do cliente. Para isso voc√™ precisa saber ouvir e fazer perguntas. Se estiver comprando, observe cuidadosamente os argumentos da outra parte e n√£o revele de imediato as suas principais necessidades. Fa√ßa perguntas e concentre nas argumenta√ß√Ķes da outra parte.

Seja gentil e atencioso, troque cart√Ķes de visitas e se apresente¬† aos outros negociadores.

Fase seguinte ‚Äď A sondagem

Aqui voc√™ deve verificar se tem fundamento as necessidades e interesses da sua e da outra parte envolvida na negocia√ß√£o. Esteja atento √† comunica√ß√£o da outra parte, objetivando descobrir novas necessidades que voc√™ n√£o tinha percebido. Re√ļna os pontos de concord√Ęncia alcan√ßados at√© aquele momento e verifique se vale a pena continuar o processo de negocia√ß√£o.

Inicie pelas partes em que h√° consenso, para depois entrar nas etapas mais complexas e que haver√° discord√Ęncia. Evite ofender os outros negociadores, seja dura com os objetivos e male√°vel com as pessoas com quem est√° negociando, al√©m de demonstrar atitudes que fa√ßam os negociadores se sentirem bem.

Exposição dos benefícios do produto e/ou serviço.

Ap√≥s identificar as necessidades do cliente, fale de que maneira o seu produto ou servi√ßo ir√° ajudar na solu√ß√£o das mesmas. Venda benef√≠cios, venda solu√ß√£o.¬† Ningu√©m compra batom. Compra o conceito de beleza, sedu√ß√£o e prote√ß√£o para os l√°bios….

Etapa da confirmação

Aqui √© o momento de confirmar o que j√° foi negociado, a exemplo do produto e/ou servi√ßo que ser√° vendido ou comprado, solu√ß√Ķes, benef√≠cios, quantidade, prazos, valores, etc.

Superando as obje√ß√Ķes ‚Äď Numa negocia√ß√£o sempre teremos obje√ß√Ķes e elas devem se analisadas como um sinal de interesse do cliente, d√ļvidas sobre os benef√≠cios, valores e tudo mais. Elas ajudam no fechamento do neg√≥cio e s√£o fundamentais para oferecer mais informa√ß√Ķes sobre o seu produto ou servi√ßo. As principais obje√ß√Ķes est√£o relacionadas com:

I) O valor do produto ou serviço;
II) O Comprador tem medo  de tomar uma decisão errada;
III) Falta de conhecimento dos benefícios;
IV) Não acreditar na pessoa ou empresa com quem está negociando.

Para saber argumentar, saiba ouvir a outra parte e, na prepara√ß√£o da negocia√ß√£o, procure antecipar quais as principais obje√ß√Ķes e como lidar com elas.

Dicas para fechar a negociação

O fechamento da negociação é a conclusão de todo o esforço desenvolvido nas fases anteriores. Com medo de um NÃO, muitos negociadores falham nesta importante etapa. Abaixo, relacionamos alguns tipos de fechamento:

1)¬†Fechamento assumido ‚Äď Somente utilize este fechamento quando o cliente indicar que est√° receptivo. O exemplo mais comum √© tirar o bloco de pedido e come√ßar a preench√™-lo, como se a venda j√° tivesse sido realizada. Outra op√ß√£o √© usar frases que indicam que o cliente j√° comprou:
- Então, o Sr. prefere que nós entreguemos em qual endereço?
- Qual a quantidade que deseja?

2)¬†Se houver obje√ß√£o ‚Äď Caso o cliente diga ‚Äúespere a√≠, eu ainda n√£o me decidi a comprar‚ÄĚ. Voc√™ deve tratar o assunto como sendo uma sondagem e analisar quais as d√ļvidas da pessoa. Ap√≥s concluir os argumentos, avalie a possibilidade de um novo fechamento;

3)¬†Fechamento por alternativas ‚Äď Use est√° op√ß√£o quando tiver o m√≠nimo de seguran√ßa:

- O Sr. prefere pagar com dinheiro, cartão ou cheque?
- Qual o dia e endereço para entrega?
- Qual a cor de sua preferência?
- O pagamento será parcelado ou à vista?
        
4)¬†Fechamento induzido ‚Äď S√£o pequenas bonifica√ß√Ķes que voc√™ d√° para que o cliente feche a negocia√ß√£o no ato:
-¬†Esta √© uma das √ļltimas unidades;
- O valor promocional é válido somente até hoje;
- Comprando hoje eu concedo um desconto de 5%.

5)¬†Fechamento √† Benjamim Franklin ‚Äď Pegue uma folha e divida ao meio com os ‚Äúpr√≥s‚ÄĚ e os ‚Äúcontras‚ÄĚ do produto e servi√ßo que est√° negociando. O seu lado (pr√≥s) dever√° ficar completamente maior que o lado dos contras. Sua pr√≥xima pergunta deve ser: Se resolvermos est√° tr√™s obje√ß√Ķes √† sua satisfa√ß√£o, o senhor compra agora? Responda √†s obje√ß√Ķes e confirme a venda;

6)¬†Fechamento da venda adicional ‚Äď √Č quando voc√™ pergunta se o cliente quer levar mais alguma coisa para acompanhar o que ele est√° comprando, (palet√≥ pede uma gravata, meia, etc.), agindo como se a venda j√° tivesse sido garantida. O cliente pode at√© dizer n√£o ao item adicional, mas a venda do item principal estar√° quase garantida.

Para que voc√™ se torne um excelente negociador, aprimore a sua capacidade de observa√ß√£o. Treine, treine e treine. Solicite aux√≠lio √†s pessoas mais experientes e fa√ßa v√°rias simula√ß√Ķes, alternando os pap√©is de atendente e de vendedor.


Publicado em Dicas mercado de trabalho | Com a tag | Deixar um coment√°rio

Os principais erros no atendimento ao cliente

Fique atento as suas a√ß√Ķes e tamb√©m as dos colegas, na hora do atendimento e nas vendas. Corrija o mais rapidamente poss√≠vel os eventuais equ√≠vocos, antes que a sua loja perca mais um cliente.

a) Falta de aten√ß√£o ao cliente. Esse √© o mais comum e ele possui outras vertentes, tais como achar que o cliente n√£o tem dinheiro ou n√£o deseja comprar (√© ‚Äúcaro√ßo‚ÄĚ), preconceito racial ou de classe, falta de concentra√ß√£o e conversas desnecess√°rias entre os vendedores e demais funcion√°rios da loja;

b) Comunica√ß√£o verbal e corporal inadequada. O mais comum √© o vendedor falar demasiadamente e n√£o ter a capacidade de ouvir e entender o que o cliente deseja. Ansiedade para fechar a venda, pregui√ßa ou lentid√£o para atender ao cliente. Timidez ou n√£o possuir a desenvoltura necess√°ria para gerar empatia e conquistar o consumidor. A comunica√ß√£o √© a base das transa√ß√Ķes comerciais. O funcion√°rio que n√£o sabe se comunicar ter√° in√ļmeras dificuldades para alcan√ßar as suas metas;

c) Falta de cortesia e educação dos atendentes, vendedores e gerentes. Cortesia e educação são essenciais para conquistar e manter os clientes. Há pessoas que atendem com má vontade e isso é externado no seu tom de voz, semblante e na forma de caminhar. Se o gerente for do tipo mal educado e grosseiro, a tendência é que uma grande quantidade de colegas da equipe copie o seu modo de agir. Normalmente, agimos conforme os nossos líderes;

d) O mix de produtos est√° inadequado ao p√ļblico-alvo ou h√° falta de produtos. √Äs vezes a loja n√£o consegue vender porque os produtos n√£o s√£o adequados √†s necessidades dos clientes ou o sistema de estoque est√° com falhas;

e) O atendimento telef√īnico √© ruim. Esse talvez seja um dos pontos mais fracos das lojas, pois o atendimento por telefone costuma ser negligenciado pela ger√™ncia e tamb√©m por muitos funcion√°rios. Se o cliente for at√© a loja ele n√£o ‚Äúter√° a porta batida em seu rosto‚ÄĚ. Por√©m, pelo telefone, √© comum n√£o ser atendido ou chegar ao c√ļmulo de um funcion√°rio ‚Äúderrubar‚ÄĚ a liga√ß√£o para n√£o atend√™-lo. Junto a tudo isso, h√° uma m√° vontade quase generalizada em atender ao telefone, bem como a falta de conhecimentos t√©cnicos para um servi√ßo de excel√™ncia.

f) Outros motivos. H√° v√°rios tipos de erros e a melhor maneira de identificar quais s√£o √© estar atento ao comportamento dos atendentes, vendedores e clientes. Esta √© uma das principais fun√ß√Ķes do gerente da loja e demais colaboradores. Al√©m disso, deve-se realizar pesquisas formais e informais junto aos clientes.


Publicado em Erros no atendimento, Varejo e vendas | Com a tag | Deixar um coment√°rio

Reinventando a sua carreira profissional

Cada pessoa disp√Ķe de uma carreira profissional √ļnica. O seu planejamento deve contemplar os objetivos e metas de curto, m√©dio e longo prazos.
Como elaborar um plano de ação?

Pegue caneta e papel e fa√ßa anota√ß√Ķes sobre a sua carreira profissional. Lembre-se de que um bom planejamento deve ser flex√≠vel e permitir mudan√ßas quando a realidade do mercado de trabalho e das profiss√Ķes assim indicarem.

1) Onde estou?
Aqui você deve relacionar as habilidades e competências que possui e
quais necessita desenvolver. Vejamos alguns exemplos: comunicar,
atender, vender, negociar, usar a inform√°tica, relacionar com pessoas, entre outras.

2) Estou satisfeito com a minha profissão?  Estou insatisfeito?
Relacione os principais motivos da sua satisfação e ou insatisfação.
  
3) Penso em mudar de profiss√£o?
Mencione os motivos e para qual profiss√£o ir√° mudar.
 
4) Quais as atuais e futuras ameaças à minha profissão?
Mencione a possibilidade das suas fun√ß√Ķes serem realizadas pela m√°quina, retra√ß√£o do mercado de trabalho ou excesso de profissionais atuando.

5) Quais as atuais e futuras oportunidades no meu segmento profissional?
Quais as necessidades dos seus clientes? De que maneira as tecnologias podem favorecer o seu trabalho? Quais habilidades e competências você
necessita desenvolver para se diferenciar dos concorrentes?

O Projeto Você

T√£o importante quanto dispor de um planejamento profissional, √© possuir metas pessoais. Parece algo √≥bvio, entretanto, h√° profissionais que t√™m planos de metas para a profiss√£o e se descuidam da vida pessoal. T√™m uma vida pessoal completamente fora dos padr√Ķes e n√£o se preocupam com a sa√ļde f√≠sica, mental e financeira. Abaixo relacionamos algumas perguntas para voc√™:

a) Quem sou eu e como desejo ser lembrado?
Quais s√£o as raz√Ķes para a sua exist√™ncia? Qual o seu legado de vida?

b) Quais s√£o os meus valores ‚Äď o que julgo importante?
Religi√£o, fam√≠lia, esporte, bens materiais…

c) Quais os meus pontos fortes na vida pessoal? E os pontos fracos?

d) Quanto tempo do meu dia ou semana fico pensando no passado?
    E no presente? E no futuro?

e) Quais metas são mais importantes e vão fazer diferença em minha vida pessoal?
(dedicar mais à família, casar, filhos, estudar, ter amigos, etc.)

f) Quem pode me ajudar na concretização das metas?
H√° um samba cantado por Zeca Pagodinho que afirma: ‚Äú…deixa a vida me levar… vida leva eu…‚ÄĚ No samba este ditado pode ser v√°lido. Na vida real, √© algo extremamente arriscado deixar tudo por conta do acaso. √Č claro que um bom plano exige flexibilidade e que seja pass√≠vel de execu√ß√£o.

Fique atento √†s mudan√ßas econ√īmicas e pol√≠ticas do Brasil, pois elas podem interferir direta e indiretamente em nossa profiss√£o.


Publicado em Dicas mercado de trabalho | Deixar um coment√°rio