Campe√Ķes de vendas: a arte de saber perguntar

Infelizmente, muitos profissionais que atuam como vendedores, perdem excelentes oportunidades de aumentar os seus ganhos e prestar um excelente atendimento, por n√£o saberem perguntar de forma adequada.

Vender e atender são, antes de tudo, um diálogo entre as partes interessadas. O que você pergunta estabelece como a comunicação irá se desenvolver.

No varejo, um dos maiores equ√≠vocos dos atendentes e vendedores √© perguntar: – ‚ÄúPosso ajudar?‚ÄĚ Na maioria das vezes os clientes dizem que n√£o ou inventam uma desculpa, a exemplo de ‚Äús√≥ estou dando uma olhada‚ÄĚ, ‚Äúestou passando o tempo e n√£o vou comprar nada‚ÄĚ.

Se voc√™ quiser entender os motivos emocionais e racionais porque o cliente compra, aprenda a fazer perguntas abertas, ou seja, as que permitem o cliente falar e n√£o apenas responder de forma monossil√°bica ‚Äď SIM / N√ÉO.

A qualidade das suas perguntas diz se você é um vendedor inteligente e bem informado. A primeira lição de um Campeão é conhecer os produtos e serviços que vende. Ao estudá-los, pense com a cabeça do seu cliente, identificando as suas necessidades e desejos.

Procure sempre valorizar as necessidades do seu cliente e crie um relacionamento amistoso. Se ele não comprar a sua imagem e não acreditar no que você diz, a venda estará perdida.

Não seja imediatista e cultive um relacionamento duradouro com o seu cliente. Tenha sempre um cartão de visitas em mãos. Mesmo que no momento o cliente não compre, agradeça pela sua presença e coloque à disposição para futuros negócios. A melhor propaganda que existe é a recomendação do consumidor, agora ainda mais incrementada com as redes sociais.

Procure se diferenciar da concorrência, principalmente através de um atendimento de excelência e que encante o cliente e faça-o retornar e indicar para as pessoas do seu meio social.

Finalizando, lembre-se de que as excelentes perguntas s√£o capazes de trazer as melhores respostas. Saber qual √© o problema, sinaliza que as solu√ß√Ķes est√£o prestes a acontecer.


Publicado em Campe√Ķes de vendas, Dicas de mercado de trabalho, saiba perguntar com intelig√™ncia, Sem categoria | Com a tag | 1 coment√°rio

Steve Jobs e os seus sonhos

De forma precoce, com apenas 56 anos, morreu o empresário Steven Paul Jobs. Dentro de cada pessoa existe uma necessidade de significado para viver, trabalhar e relacionar. Há pessoas que nasceram para fazer grandes mudanças e influenciar centenas de outras, na busca da melhoria de vida.
Assim foi Steve Jobs, criador da Apple, maior empresa de capital aberto do mundo, do est√ļdio de anima√ß√£o Pixar e pai de produtos como o Macintosh, o iPod, o iPhone e o iPad.

No excelente livro (foto) ‚ÄúA Cabe√ßa de Steve Jobs‚ÄĚ, o escritor Leander Kahney, re√ļne id√©ias e li√ß√Ķes empresariais desse homem inovador e vision√°rio, que contribuiu para moldar o S√©culo XXI. O autor menciona o forte temperamento e a busca da perfei√ß√£o. Invejado e odiado por muitos, ele seguiu em frente na realiza√ß√£o dos seus sonhos.

Viveu altos e baixos em sua vida e sabia dar a volta por cima para continuar a sua trajetória, rumos aos seus sonhos e metas. Era um grande líder e sabia trabalhar em equipe. Contratava os melhores dos melhores, investindo em criatividade e no desejo de realizar sonhos e mudar o mundo.

Entre as in√ļmeras qualidades de Steve Jobs, admiramos a sua forma de comunicar. As suas apresenta√ß√Ķes eram perfeitas e ensaiadas √† exaust√£o, para n√£o haver equ√≠vocos. Comunica√ß√£o clara, persuasiva, objetiva e bem ilustrada.

No youtube voc√™ encontrar√° dezenas de v√≠deos sobre as suas apresenta√ß√Ķes em p√ļblico e o memor√°vel discurso para os formandos da Universidade de Stanford. Assista aos que julgar mais apropriados para voc√™ e analise os seus gestos, semblante, tom de voz e argumenta√ß√£o.

Por tudo isso e muito mais, devemos reverenciar as idéias de Steve Jobs, pois elas serão eternas. Morre o homem e fica a sua obra, o seu legado de vida.


Publicado em As ideias de Steve Jobs, Curso, Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | 2 coment√°rios

Carreira profissional com talento e rede de contatos

No passado recente, quando algu√©m sugeria o nome de uma pessoa para ocupar um cargo ou fun√ß√£o, ela era rotulada de profissional de alto ‚ÄúQI ‚Äď quem indicou‚ÄĚ.

Um bom Networking – rede de contatos – tem significado diferente para o atual mercado de trabalho. Quando h√° dezenas de profissionais com √≥timas qualifica√ß√Ķes, disputando uma ou mais vagas, algumas empresas utilizam indica√ß√Ķes de outros profissionais, inclusive os seus pr√≥prios funcion√°rios, para darem informa√ß√Ķes a respeito de um candidato que possua as habilidades e compet√™ncias exigidas.

Algumas empresas utilizam os servi√ßos de headhunter ‚Äď ca√ßador de cabe√ßa ‚Äď profissional encarregado de localizar no mercado de trabalho – executivos e gerentes – para o preenchimento dessas vagas. Embora seja comum em fun√ß√Ķes mais elevadas, pode ocorrer em casos que h√° mais procura do que oferta de profissionais dispon√≠veis no mercado.

Ao contr√°rio do passado, o ‚ÄúQI‚ÄĚ atual geralmente √© feito no sentido de algu√©m que conhece o candidato e d√° boas refer√™ncias a respeito das suas habilidades e compet√™ncias. √Č semelhante a um aval ou fian√ßa sobre as suas qualidades profissionais.

O networking n√£o se resume a fazer indica√ß√Ķes para cargos e fun√ß√Ķes. √Č muito utilizado para o crescimento profissional. Com o advento da internet, podemos compartilhar conhecimentos e id√©ias com centenas de pessoas que nos s√£o apresentadas, presencialmente ou a dist√Ęncia. Algumas dessas pessoas poder√£o se tornar amigas, colegas de trabalho ou com as quais gostamos de trocar id√©ias.

A escola, universidade, faculdade, eventos sociais e profissionais Рcursos, seminários e palestras Рsites de relacionamentos são adequados para a construção e manutenção da rede de contatos.

√Č bom lembrar que a pr√°tica do networking deve ser natural. N√£o √© a urg√™ncia e sim a escolha das pessoas e a empatia entre voc√™ e elas que far√£o com que as informa√ß√Ķes fluam e sejam ben√©ficas para todos.

N√£o caia na bobagem de bancar o ‚Äúesperto‚ÄĚ ou o ‚Äúesponja‚ÄĚ que s√≥ quer sugar e em nada contribui para o crescimento dos demais participantes.

Outro detalhe relevante √© organizar as informa√ß√Ķes – nomes, telefones, e-mail, hobby, especializa√ß√Ķes profissionais e outros detalhes relevantes para a manuten√ß√£o dos relacionamentos.

A qualidade dessa manuten√ß√£o √© fundamental. Ligue, marque encontros presenciais, envie sugest√Ķes e id√©ias, indique outras pessoas. A depender da sua √°rea de atua√ß√£o, d√™ informa√ß√Ķes ‚Äúquentes‚ÄĚ que resultem em trabalho formal ou como prestador de servi√ßos.

Outra ferramenta importante s√£o os sites de relacionamento focados em empregos, como o LinkedIn, Eacademy e o facebook, para quem deseja manter contato com sua rede de relacionamento no mundo virtual.

Neles, são formadas comunidades de pessoas com interesses profissionais em comum e com objetivos semelhantes. Desta forma, além de apresentar um retrato bem fiel da sua rede de contatos do mundo real, tais sites permitem que você conheça outras pessoas que possam ajudar a galgar novos horizontes na sua carreira.

Assim, o ‚ÄúQI‚ÄĚ atual n√£o √© sin√īnimo de pistol√£o para candidato incompetente. √Č a indica√ß√£o de um profissional ‚Äď empregado ou n√£o ‚Äď que seja competente e que merece o seu aval para assumir um cargo ou fun√ß√£o. Pense nisso ao indicar uma pessoa. Caso contr√°rio, voc√™ correr√° o risco de ‚Äúqueimar o seu filme‚ÄĚ e perder a credibilidade.


Publicado em Curso, Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag | 2 coment√°rios

Como premiar os melhores funcion√°rios e incentivar os demais

S√£o poucos os empres√°rios e gestores que adotam um programa de est√≠mulos aos talentos e premia√ß√Ķes para os melhores funcion√°rios, sem esquecer dos demais colaboradores.

A maioria das pessoas, independentemente de classe social e escolaridade, deseja ser reconhecida pelo que faz. Entretanto, o que percebemos na realidade, s√£o broncas e mais broncas e poucos elogios. Isso vem desde a nossa inf√Ęncia e segue pela quase totalidade da nossa exist√™ncia.

Ao contrário do que muitos empresários e gestores podem imaginar, implantar um programa de premiação é relativamente barato e pode gerar ótimos resultados:

1) Premia√ß√£o por ideias ‚Äď incentive os funcion√°rios a darem ideias e premie as que forem implementadas. Inicialmente, escolha um destes pr√™mios ou combine entre eles – vale compras de R$ 200,00, folga no dia que for melhor para o profissional, curso de qualifica√ß√£o, placa e medalhas, s√£o alguns dos exemplos. Posteriormente, outras premia√ß√Ķes, conforme os resultados alcan√ßados;

2) Premia√ß√£o por equipe, levando em considera√ß√£o o atingimento das metas ‚Äď vendas, melhorias no atendimento, redu√ß√£o de custos, conquista de novos clientes, entre outros objetivos;

3) Funcion√°rio do m√™s ‚Äď os pr√≥prios colegas escolhem as pessoas, atrav√©s de crit√©rios previamente definidos ‚Äď pontualidade, atendimento, relacionamento interpessoal, elogios dos clientes e muito mais;

4) Profissional supera√ß√£o ‚Äď pr√™mio destinado aos que n√£o alcan√ßaram as metas individuais ou tiveram um fraco desempenho, por√©m, est√£o se dedicando para melhorar as habilidades e compet√™ncias.

Para os que acham que programas dessa natureza n√£o funcionam, vale um lembrete: o pr√™mio √© o que menos importa. O reconhecimento p√ļblico √© o grande trof√©u. Al√©m disso, podemos mudar toda uma cultura de somente dar bronca e fazer cobran√ßas, vigente na maioria das empresas. √Č claro que as cobran√ßas podem ser oportunas. Entretanto, somente esta a√ß√£o, torna-se um h√°bito perverso e que desestimula os profissionais.

Finalizando, recomendo o livro de Bob Nelson ‚Äú1501 Maneiras de Premiar Seus Colaboradores” (foto) editora Sextante, com valores de R$19,90(internet) a R$ 29,90 (livrarias). √Č um dos melhores que j√° li e o mesmo poder√° contribuir para incentivar a todos os profissionais.


Publicado em Dicas empresariais, Premiação de funcionários | Com a tag | Deixar um comentário

Filme O Discurso do Rei e os seus ensinamentos pessoais e profissionais

Este filme ganhou Oscar em 2011 e conta a hist√≥ria de George, personagem de Colin Firth, que √© gago desde os quatro anos de idade. Mas este problema comum ganha muita seriedade pois George pertence a realeza brit√Ęnica e por isso necessita fazer discursos com grande frequ√™ncia. Naquela √©poca (1936) os meios de comunica√ß√£o de massa eram restritos a discursos presenciais, jornais, r√°dios e cinema, arte que come√ßava a ter import√Ęncia.

Apesar de já ter passado por diversos médicos, ele nunca conseguiu encontrar resultados eficazes. A situação fica pior quando George se vê obrigado a ocupar o trono de rei da Inglaterra depois que seu irmão Edward, vivido por Guy Pearce, abdica do posto em 1936.

A sua esposa Elizabeth (Helena Bonham Carter), o leva até um terapeuta chamado Lionel Logue (Geoffrey Rush). Ele usa métodos diferentes dos convencionais, por isso no começo George perde um pouco da esperança de que este novo tratamento possa realmente lhe ajudar.

O que podemos aprender com este maravilhoso filme?

1) Quando se tem vontade e apoio das pessoas que amamos, tudo (ou quase) é possível de ser conquistado.

2) Contar com o auxílio de profissionais capacitados faz toda a diferença. Muitas vezes temos medo de enfrentar os problemas que afetam a nossa alma e magoa os nossos sentimentos. O não reconhecimento dos mesmos fará com que cresçam e tornem instransponíveis os obstáculos.

3) Estar preparado para as oportunidades √© fundamental e quando elas acontecerem, correr os eventuais riscos. √Äs vezes as melhores chances de nossas vidas est√£o disfar√ßadas de problemas dif√≠ceis ou insol√ļveis.

4) Falar, ler e escrever bem são fundamentais para o desenvolvimento das habilidades e competências, contribuindo para a melhoria da autoestima, criatividade, a conquista e manutenção do emprego, trabalho e renda.

Por tudo isso e muito mais, sugiro que voc√™ assista ao filme ‚ÄúO Discurso do Rei‚ÄĚ, ficando atento √† trama central, movimenta√ß√£o, di√°logos, dic√ß√£o e figurinos dos atores, ilumina√ß√£o, fotografia e cen√°rios, entre outros aspectos relevantes. Tenha em m√£os caneta, papel ou computador para fazer as anota√ß√Ķes necess√°rias.

Afinal, como sabiamente afirmou Oscar Wilde, ‚ÄúA vida imita a arte muito mais do que a arte imita a vida‚ÄĚ. O cinema √© um dos melhores meios de aprendizagem de que dispomos. Os que ousarem sonhar, imaginar e entenderem as suas hist√≥rias, est√≥rias e met√°foras, enxergando al√©m do √≥bvio, ter√£o mais oportunidades para adquirir novos conhecimentos e ideias.

Se voc√™ deseja aprimorar a sua comunica√ß√£o verbal e corporal, recomendo o curso “Falando em P√ļblico com Sucesso”, ministrado pela Prof¬™. Vera Serra.
Informa√ß√Ķes: www.veraserra.com.br (71) 3491-1562 / 8716-9856
e-mail cursos@veraserra.com


Publicado em Curso, Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag | Deixar um coment√°rio

O que podemos aprender com o Cirque du Soleil?

O Cirque du Soleil (em portugu√™s “Circo do Sol”), foi criado em Baie-Saint-Paul, no Quebec em 1984 por dois artistas de rua, Guy Lalibert√© e Daniel Gauthier.

Cada espet√°culo √© a s√≠ntese da inova√ß√£o do circo, contando com enredo, cen√°rio e vestu√°rio pr√≥prios, bem como m√ļsica ao vivo durante as apresenta√ß√Ķes.

De 1990 a 2000, o Cirque expandiu rapidamente, passando de um show com 73 artistas em 1984, para mais de 3.500 empregados, em mais de 40 pa√≠ses, com 15 espet√°culos apresentados simultaneamente e lucro anual estimado em US$ 600 milh√Ķes.

As cria√ß√Ķes do Cirque du Soleil j√° ganharam diversas premia√ß√Ķes, tais como Bambi, Rose d’Or, Gemini e o Emmy. Em 2004, aInterbrand consultoria classificou o nome Cirque du Soleil como o 22¬ļ nome de maior impacto global. E n√£o foi √† toa, j√° que cada ato do espet√°culo emociona e contagia toda a plateia.
Fonte: Wikipédia

O que podemos aprender com as suas ideias?

1) Tudo na vida é passível de inovação, através do uso da criatividade, trabalho em equipe e incorporação de novos talentos.

2) Treinar, treinar e treinar de forma constante, objetivando a excelência.

3) Identificar, remunerar adequadamente e reter os melhores profissionais.

4) Gestão inovadora e compartilhada, onde o principal objetivo é cada vez mais surpreender os clientes.

5) Marketing usado com intelig√™ncia e criatividade, para valorizar a ‚Äúmarca‚ÄĚ e associ√°-la ao conceito de elevado padr√£o de qualidade.

6) Trabalho em equipe onde todos os funcionários têm o seu momento de brilhar e de fazer com que o resultado final seja o melhor possível.

7) Ambiente que favorece a troca de experiências entre as diferentes culturas dos seus artistas e demais colaboradores; motivação, competitividade saudável e estímulo a criatividade.

Finalizando, sugerimos que assista a alguns dos maravilhosos v√≠deos existentes no www.youtube.com.br e analise o grau de perfei√ß√£o das apresenta√ß√Ķes do Cirque du Soleil.


Publicado em cirque du soleil, Dicas mercado de trabalho, filosofia do cirque du soleil, Sem categoria | Com a tag | Deixar um coment√°rio

O homem, a m√°quina e as rela√ß√Ķes interpessoais no trabalho

Em 1936, o genial Charles Chaplin ‚Äď Carlitos ‚Äď abordava o relacionamento homem m√°quina, atrav√©s do premiado filme Tempos Modernos (foto). Caso voc√™ ainda n√£o o tenha assistido, gostaria de recomendar. O tema continua mais atual do que nunca. O texto que segue foi escrito por mim, em 1995, quando me desliguei da atividade banc√°ria. Desejo que tamb√©m lhe seja √ļtil:

O Homem e a M√°quina

Tenho prestado muita aten√ß√£o aos ‚Äútempos modernos‚ÄĚ. N√£o tenho nada contra a modernidade. Por√©m, se modernidade √© substituir o homem pela m√°quina, qual o papel reservado para o ser humano na sociedade do futuro?

Ainda ontem, ao me dirigir a uma ag√™ncia banc√°ria, fui abordado por um funcion√°rio, que perguntou o que eu desejava . Afirmei que precisava retirar um dinheiro. O mesmo indicou-me um caixa eletr√īnico. Ressaltei que gosto de ser atendido por ser humano.

Neste momento o funcion√°rio franziu a testa e afirmou com entusiasmo:
‚ÄúO nosso banco investiu milh√Ķes de d√≥lares em tecnologia para dar aos clientes mais conforto e rapidez no atendimento…‚ÄĚ

Tentei argumentar mais uma vez, porém não obtive êxito. O papel dele era evitar ao máximo que eu fosse atendido no interior da agência, por uma pessoa de carne e osso!

Fui ao caixa eletr√īnico, retirei o dinheiro e voltei para a minha casa. Enquanto andava, refletia sobre o que acabara de acontecer. Depois de alguns minutos, cheguei a uma triste conclus√£o: O papel do homem na ‚Äúsociedade moderna‚ÄĚ talvez seja o de evitar o contato com outros seres humanos!

Estou ultrapassado? Resisto ao novo? Eh!!! se a gente n√£o tomar cuidado, na sociedade do futuro o homem ter√° que virar m√°quina para sobreviver.

Que o relacionamento humano est√° passando por uma crise aguda e de conseq√ľ√™ncias imprevis√≠veis, isso n√£o temos d√ļvidas. Atribuir √†s m√°quinas toda a culpa, tamb√©m n√£o √© justo, embora elas tenham e continuar√£o a ter uma consider√°vel parcela de responsabilidade pelo esfriamento das rela√ß√Ķes interpessoais, ao vivo e em cores.

Alguns acham que o ambiente de trabalho traz conforto, seguran√ßa e satisfa√ß√£o. Outros t√™m um profundo sentimento de frustra√ß√£o, impot√™ncia, inutilidade, medo e f√ļria.

Normalmente n√£o revelam de forma clara esses sentimentos, por√©m o fazem atrav√©s de pouco envolvimento com as suas atividades profissionais. Outro sintoma bastante evidente √© a grande quantidade de √°lcool, cigarros e demais drogas que s√£o ingeridas por eles para amenizarem as suas decep√ß√Ķes e press√Ķes no ambiente de trabalho. Algumas pessoas fazem planos de se realizarem, verdadeiramente, quando se aposentarem ou quando mudarem de emprego.

Para apimentar mais ainda o ambiente empresarial (e também social), temos as ameaças constantes que pairam como fantasmas a assombrar os profissionais:

a) Medo de perderem os empregos;
b) Receio de ficarem ultrapassados em suas habilidades e competências;
c) Acirrada competitividade no mercado de trabalho;
d) Que as atuais e futuras tecnologias substituam cada vez mais os trabalhos realizados por pessoas.

O tema é amplo e dá subsídios para debates intermináveis sobre o assunto. Acreditamos que o mais importante é cada um refletir sobre a sua forma de relacionar no trabalho e na vida pessoal, começando pela família, vizinhos, amigos e colegas de trabalho.


Publicado em Dicas mercado de trabalho, rela√ß√Ķes interpessoais | Com a tag | Deixar um coment√°rio

Carreira profissional: você tem paixão pelo que faz?

Gostar da profissão que escolheu é fundamental para o sucesso. Normalmente, as pessoas que se destacam em suas atividades têm um forte desejo de fazer diferença e contribuir para a melhoria da qualidade de vida no planeta.

Quando estamos inspirados e empolgados por um projeto que nos cativa, a nossa mente vai al√©m das limita√ß√Ķes e a consci√™ncia se expande em todas as dire√ß√Ķes. Resultado: mais motiva√ß√£o e criatividade.

√Č claro que, mesmo que voc√™ tenha paix√£o pela sua atividade profissional, certamente, algumas atividades ser√£o menos prazerosas e outras chatas. Isso faz parte.

Encontrar a atividade que nos apaixona não é algo fácil. Com o tempo podemos mudar de opinião sobre as coisas que nos proporcionam prazer e o sentimento de realização profissional.

Com as novas tecnologias, principalmente a Internet e o celular, as nossas atividades profissionais e pessoais estão interligadas. Às vezes elas se misturam no mesmo espaço e tempo. Estamos em casa e resolvemos problemas do trabalho e vice-versa.

Embora muitos profissionais ainda deixem a sua carreira por conta da empresa onde trabalha, é bom lembrar que a você compete gerenciar a sua vida profissional.


Publicado em Sem categoria | Com a tag | Deixar um coment√°rio

Livro sobre o publicit√°rio baiano, Nizan Guanaes

Nesta semana eu terminei de ler “Enquanto Eles Choram, Eu Vendo Len√ßos” (foto) , excelente livro, que tra√ßa um perfil da vida, erros e acertos de um dos maiores publicit√°rios brasileiros, nascido e criado em Salvador, onde iniciou a sua carreira profissional.

O mesmo possui uma linguagem clara, objetiva e atraente, com o toque jornalístico do renomado escritor João Wady Cury, que trabalhou nos jornais Folha de S. Paulo e O Globo e em várias revistas, como Veja São Paulo, Quatro Rodas e Viagem e Turismo.

‚ÄúForam dois anos de vasta pesquisa, al√©m de cinco conversas com o pr√≥prio Nizan, e entrevistas com mais de 80 pessoas em v√°rias √°reas – de propaganda a neg√≥cios, de bancos a ind√ļstria de entretenimento -, pessoas que convivem e conviveram com Nizan e at√© mesmo seus desafetos‚ÄĚ, afirma do autor.

Há muitos anos, acompanho a vida profissional de Nizan Guanaes, pois admiro o seu empreendedorismo, inteligência e a sua comunicação.

Algumas de suas célebres frases:

1) O que √© um sonho? √Č uma pista de avi√£o, que voc√™ olha e pensa que aquilo liga nada a lugar nenhum. N√£o, n√£o e n√£o. Aquele √© o lugar que faz voc√™ decolar.

2) Caminhe sempre com um saco de interroga√ß√Ķes numa m√£o e caixa de possibilidades na outra.

3) E tudo o que fica pronto na vida foi construído antes, na alma.

4) Tudo que ofende o consumidor recebe a penalidade máxima, que é o desprezo do consumidor.

5) A mensagem do marketing n√£o √© mais ‚Äúcompre‚ÄĚ, mas √© ‚Äúcompre de maneira respons√°vel.‚ÄĚ Compre sua carteira e com seus valores.

Creio que será um investimento para a vida pessoal e profissional dos que gostam de comunicação, vendas, marketing e biografias. O livro pode ser encontrado nas principais livrarias e pela internet, com valores oscilando entre R$ 23,90 a R$ 29,90.


Publicado em Livro de NIzan Guanaes | Com a tag | Deixar um coment√°rio

Desenvolva / aprimore habilidades de oratória e de marketing pessoal

Timidez e o medo de falar em p√ļblico s√£o situa√ß√Ķes cotidianas para milhares de pessoas, causando obst√°culos para o crescimento pessoal e profissional.

Mesmos os oradores mais experientes, quando necessitam fazer apresenta√ß√Ķes e comunicar-se, quer seja numa reuni√£o, negociando, atendendo e vendendo, podem cometer equ√≠vocos e n√£o alcan√ßar o √™xito pretendido.

No meu livro ‚ÄúComo Falar em P√ļblico com Sucesso‚ÄĚ (foto), lan√ßado pela Aprenda F√°cil Editora, apresento sugest√Ķes para uma maior efic√°cia na comunica√ß√£o interpessoal, apresenta√ß√Ķes em p√ļblico, uso de recursos √°udio visuais, marketing pessoal e criatividade, entre outros temas.

O livro é essencialmente prático e se baseia na experiência de 16 anos realizando cursos, seminários e palestras para executivos, empresários, profissionais liberais, professores e estudantes.

Para facilitar a sua imediata utiliza√ß√£o, a linguagem √© clara, objetiva e atraente, contendo muitas ilustra√ß√Ķes e exerc√≠cios para melhorar a dic√ß√£o, gestos, posturas, t√©cnicas para falar de improviso, como aprender a se comunicar melhor, tendo como base os telejornais, filmes, v√≠deos do youtube, aulas e palestras.

O tema marketing pessoal tem um cap√≠tulo especial, em fun√ß√£o da sua import√Ęncia no mundo de hoje.

√Č um investimento para a sua carreira profissional.

O livro é comercializado exclusivamente pela internet, através do site www.afe.com.br
e-mail vendas@cpt.com.br telefone (31) 3899-7000.


Publicado em Dicas de livros e filmes, LIVRO DE CARLOS PRATES, oratória e marketing pessoal | Com a tag , | Deixar um comentário