Livro sobre o publicitário baiano, Nizan Guanaes

Nesta semana eu terminei de ler “Enquanto Eles Choram, Eu Vendo Lenços” (foto) , excelente livro, que traça um perfil da vida, erros e acertos de um dos maiores publicitários brasileiros, nascido e criado em Salvador, onde iniciou a sua carreira profissional.

O mesmo possui uma linguagem clara, objetiva e atraente, com o toque jornalístico do renomado escritor João Wady Cury, que trabalhou nos jornais Folha de S. Paulo e O Globo e em várias revistas, como Veja São Paulo, Quatro Rodas e Viagem e Turismo.

“Foram dois anos de vasta pesquisa, além de cinco conversas com o próprio Nizan, e entrevistas com mais de 80 pessoas em várias áreas – de propaganda a negócios, de bancos a indústria de entretenimento -, pessoas que convivem e conviveram com Nizan e até mesmo seus desafetos”, afirma do autor.

Há muitos anos, acompanho a vida profissional de Nizan Guanaes, pois admiro o seu empreendedorismo, inteligência e a sua comunicação.

Algumas de suas célebres frases:

1) O que é um sonho? É uma pista de avião, que você olha e pensa que aquilo liga nada a lugar nenhum. Não, não e não. Aquele é o lugar que faz você decolar.

2) Caminhe sempre com um saco de interrogações numa mão e caixa de possibilidades na outra.

3) E tudo o que fica pronto na vida foi construído antes, na alma.

4) Tudo que ofende o consumidor recebe a penalidade máxima, que é o desprezo do consumidor.

5) A mensagem do marketing não é mais “compre”, mas é “compre de maneira responsável.” Compre sua carteira e com seus valores.

Creio que será um investimento para a vida pessoal e profissional dos que gostam de comunicação, vendas, marketing e biografias. O livro pode ser encontrado nas principais livrarias e pela internet, com valores oscilando entre R$ 23,90 a R$ 29,90.


Publicado em Livro de NIzan Guanaes | Com a tag | Deixar um comentário

Desenvolva / aprimore habilidades de oratória e de marketing pessoal

Timidez e o medo de falar em público são situações cotidianas para milhares de pessoas, causando obstáculos para o crescimento pessoal e profissional.

Mesmos os oradores mais experientes, quando necessitam fazer apresentações e comunicar-se, quer seja numa reunião, negociando, atendendo e vendendo, podem cometer equívocos e não alcançar o êxito pretendido.

No meu livro “Como Falar em Público com Sucesso” (foto), lançado pela Aprenda Fácil Editora, apresento sugestões para uma maior eficácia na comunicação interpessoal, apresentações em público, uso de recursos áudio visuais, marketing pessoal e criatividade, entre outros temas.

O livro é essencialmente prático e se baseia na experiência de 16 anos realizando cursos, seminários e palestras para executivos, empresários, profissionais liberais, professores e estudantes.

Para facilitar a sua imediata utilização, a linguagem é clara, objetiva e atraente, contendo muitas ilustrações e exercícios para melhorar a dicção, gestos, posturas, técnicas para falar de improviso, como aprender a se comunicar melhor, tendo como base os telejornais, filmes, vídeos do youtube, aulas e palestras.

O tema marketing pessoal tem um capítulo especial, em função da sua importância no mundo de hoje.

É um investimento para a sua carreira profissional.

O livro é comercializado exclusivamente pela internet, através do site www.afe.com.br
e-mail vendas@cpt.com.br telefone (31) 3899-7000.


Publicado em Dicas de livros e filmes, LIVRO DE CARLOS PRATES, oratória e marketing pessoal | Com a tag , | Deixar um comentário

Merchandising e promoção de vendas

Na Bahia temos poucos profissionais que se dedicam a estudar e a se especializar nessas importantes ferramentas de vendas. Há centenas de pessoas que fazem uso delas, de forma amadora e sem perceber o seu potencial, amplas e criativas combinações para expor os produtos no Ponto de Venda – PDV. Se você já trabalha ou deseja ingressar no comércio varejista, sugerimos que apronfunde os seus conhecimentos, pois as oportunidades de trabalho são muitas.

MERCHANDISING “É qualquer técnica, ação ou material promocional usado no Ponto de Venda – PDV, que proporcione informação e a melhor visibilidade aos produtos, marcas e serviços, com o propósito de motivar e influenciar as decisões de compra dos consumidores, segundo Regina Blessa, publicitária, pós-graduada em Comunicação e especialista no assunto. Recomendamos a leitura do seu excelente livro (foto), escrito de forma clara e objetiva.

A VISÃO DOS PRODUTOS

Os produtos expostos, mais ou menos à altura dos olhos do cliente, é um fator decisivo. Devemos facilitar ao máximo para que o cliente possa utilizar os cinco sentidos (visão, tato, paladar, olfato e audição), quando for possível. Nem todos os produtos que são vendidos podem ser usados esses sentidos. Mas, na ambientação da sua loja, os cinco sentidos devem estar presentes.

EXPOSIÇÃO DOS PRODUTOS

Saber arrumar um produto dentro da loja é fundamental para estimular o cliente a comprá-lo. Se a sua loja possui muitos itens, é necessário analisar quais são mais importantes para o cliente. Como sabemos, esses hábitos de compra podem mudar, de acordo com o perfil do cliente, localização da loja, período do ano, entre outras variáveis. Vejamos as principais vantagens de se fazer uma bonita exposição:

a) atrair o cliente e facilitar a compra;
b) economizar tempo;
c) lembrar as necessidades;
d) valorizar o espaço da loja;
e) atrair novos consumidores;
f) aumentar a atratividade dos produtos;
g) criar fidelidade ao produto e a marca.

PROMOÇÃO DE VENDAS

“Promoção é qualquer esforço feito para comunicar e promover empresas e produtos, sem utilizar mídia convencional. Tem abrangência muito grande, podendo ser uma ação ou conjunto de ações amparadas em uma mensagem objetiva de comunicação, ou um evento simples, como um patrocínio de um campeonato esportivo ou concerto musical”, complementa Regina Blessa. Vejamos alguns exemplos de promoção:

a) vales-brindes;
b) concursos;
c) sorteios;
d) leve 3 pague 2;
e) coleções/junte-troque;
f) cupons;
g) preços promocionais; e
h) entre outros.

Técnicas de Merchandising é um assunto amplo e que requer muita prática, senso de observação e trabalho em equipe. Sugerimos que você amplie os seus conhecimentos, através de livros, revistas e vídeos especializados. Vá em frente e sucesso!


Publicado em Curso, Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag | 5 comentários

Fazendo e Aprendendo: você constrói o seu conhecimento

O Projeto Fazendo e Aprendendo consiste em estimular os profissionais, principalmente os que estão desempregados, a aprenderem por conta própria. Vejamos algumas das sugestões que exigem pouco investimento e outras que são gratuitas:

1) Planeje, identifique e priorize quais conhecimentos você necessita adquirir. Tenha objetivos claros e que possam ser concretizados. Acompanhe e avalie o seu desempenho;

2) Envolva a sua família no Projeto. Busque o conhecimento e a participação de todos;

3) Forme um grupo de estudo – máximo de cinco pessoas – onde cada participante deverá estudar um tema e depois apresentá-lo para os demais. Dessa forma, a motivação tende a aumentar, contribuindo, também, para a troca de experiências pessoais;

4) Desenvolva ou aprimore o conhecimento em informática. Você pode realizar esse aprendizado com pessoas da própria família ou com as quais você possui relacionamento de amizade. Que tal convidá-las para participar da Equipe? A informática é fundamental para o Fazendo e Aprendendo;

5) Ao utilizar a internet, selecione dois ou três temas para pesquisar, objetivando não perder o foco;

6) Se você estiver desempregado, dê preferência a temas relacionados a telemarketing, atendimento e vendas. Essas habilidades serão úteis para você conseguir um emprego ou gerar renda. Leia o artigo Vendendo as suas habilidades e competências, com ou sem emprego, publicado nesse blog;

7) Leia revistas, livros e jornais para ampliar o seu vocabulário e melhorar a escrita. Converse com pessoas mais experientes – pais, avós e tios. A troca de experiência é imprescindível para o nosso aprendizado. A recíproca também é verdadeira: Os jovens são os grandes responsáveis pelo acesso dos familiares ao mundo digital, principalmente no uso da internet e do celular. Você já possui a vocação para ser um Multiplicador do Conhecimento;

9) Amplie o seu aprendizado e não fique restrito a sua atividade profissional. Busque novos desafios e volte a estudar. Não interessa a sua idade e o tempo que deixou de frequentar a escola. Além do prazer de aprender novos conhecimentos, você acrescentará 15% ao seu salário, por cada ano de estudo;

10) Ao assistir televisão, dê prioridade aos telejornais, programas de entrevistas e documentários. Se você gosta de novelas, aproveite para observar a comunicação verbal (voz) e a linguagem corporal (gestos, posturas e roupas) dos atores. Assim você poderá melhorar a sua comunicação. Leia textos em voz alta como se fosse um apresentador de televisão ou ator. Use a criatividade e a imaginação;

Por último, aprimore a sua consciência crítica sobre o que lê, ouve e fala. Conhecimento é uma estrada que não tem fim, somente início. Permanecer caminhando fará toda a diferença.


Publicado em Dicas mercado de trabalho | Com a tag | Deixar um comentário

As ideias de Samuel Klein, o fundador da Casas Bahia

Nesta quinta-feira (20/11), morreu Seu Samuel das Casas Bahia. Há muitos anos eu acompanho a trajetória profissional dos maiores empreendedores do comércio varejista e sempre admirei as ideias deste Homem, nascido na Polônia, naturalizado brasileiro, de hábitos simples e profundo conhecedor das necessidades e desejos dos clientes de baixa renda, quando ainda não se falava sobre a importância dos mesmos para a economia brasileira.

Em mais de seis d̩cadas, Samuel Klein ergueu um dos maiores empreendimentos do varejo brasileiro. Em 1951, chegou ao Brasil, na cidade de Ṣo Caetano do Sul, na Grande Ṣo Paulo. Com US$ 6 mil no bolso, comprou uma casa e uma charrete. Com a ajuda de um amigo Рum experiente comerciante Рele adquiriu uma carteira de 200 clientes e mercadorias. Eram roupas de cama, mesa e banho que empilhava na charrete e vendia pelas ruas de Ṣo Caetano.
Em 1957, já possuia capital suficiente para comprar sua primeira loja. Chamou o estabelecimento de “Casa Bahia” em homenagem aos imigrantes nordestinos que haviam se deslocado para a região em busca de trabalho na indústria automobilística. Em cinco décadas, ele montaria o maior império varejista não alimentício do país.

Algumas das suas frases mais admiradas por empresários e estudiosos do varejo:

1) De um bom namoro sai um bom casamento. Da boa conversa, sai um bom negócio.

2) O segredo é comprar bem comprado e vender bem vendido.

3) Em nossa vida profissional, não podemos falhar. São justamente nossos erros que estragam nossos acertos.

4) Um mais um é igual a dois. Mas a soma de uma ideia mais uma ideia não são duas ideias, e sim milhares de ideias.

5) Que país abençoado esse Brasil. O povo também é pacato e acolhedor. O Brasil é um país que dá oportunidades para quem quer trabalhar e crescer na vida. Cresci junto com o Brasil. Não fiquei parado vendo o país crescer.

6) O credito é uma ciência humana, não exata. Não importa se o cliente é um faxineiro ou um pedreiro, se ele for bom pagador, a Casas Bahia dará credito para que ele resgate a cidadania e realize seus sonhos.

7) Acredito no ser humano. Caso contrário, não abriria as portas das minhas lojas todos os dias. O que ajuda a me manter vivo é a confiança que tenho no próximo.

- Ontem foi ontem, já passou. Hoje é hoje e é o que nos importa. Amanhã, o futuro, a Deus pertence.

9) Temos que amar o país em que vivemos. A palavra crise não existe no meu dicionário. Eu sempre comprei por 100 e vendi por 200.

10) Meu lema é confiar. Confiar no freguês, nos fornecedores, nos funcionários, nos amigos e, principalmente, em mim.

Fontes: Revista Época e o livro “Viver de Deixar Viver”, de Elias Awad (foto), que recomendo aos que tiverem interesse em conhecer as ideias deste grande empresário brasileiro.

Descanse em paz, Seu Samuel Klein!


Publicado em As ideias do fundador das Casas Bahia | Com a tag , | Deixar um comentário

Luiza Trajano, a inovadora do comércio varejista. O que podemos aprender com ela?

Hoje iremos bater um papo sobre as ideias da empresária e diretora superintendente do Magazine Luiza Helena.

Luiza Trajano (foto), formou em Direito no ano de 1972. Fez do comércio varejista a sua missão profissional. Entre as suas principais façanhas, a de maior repercussão foi a de transformar uma rede de lojas localizadas em Franca, interior de São Paulo, na terceira maior rede de lojas do país.
Antes de chegar ao cargo máximo da empresa, desenvolveu habilidades e competências em vários setores da Empresa – cobrança, atendimento, vendas, gerência de lojas e recursos humanos – entre outros.

Aos 12 anos de idade foi trabalhar ao lado da sua tia e mentora profissional, Luiza Trajano Donato, fundadora do Magazine, de quem recebeu lições sobre como cativar os clientes. “Aprendi com ela que o cliente é uma espécie de patrão”, afirmou Luiza à revista Exame.

Luiza Trajano é uma dessas pessoas que cativa pela forma direta e que transmite credibilidade. Tive a oportunidade de ouvi-la falar sobre a importância do atendimento ao cliente e do trabalho em equipe, quando atuei num grande banco estatal. Ao final do evento ela foi aplaudida de pé.
Em várias de suas entrevistas, sempre reitera alguns conceitos que parecem simples e que são difíceis de colocar em prática. Selecionei alguns para que juntos possamos refletir:

- “Existem três alicerces para a motivação de uma equipe — coração, cabeça e bolso. Se um dos três faltar, o processo se rompe. Coração é a paixão pela empresa. Cabeça é poder participar, poder usar os próprios conhecimentos e ter a chance de adquirir novas competências. É a certeza de que seu trabalho trará desenvolvimento, o próprio e o da empresa. E bolso é o óbvio. O crescimento do negócio tem de ser acompanhado pelo crescimento de seus funcionários”.

- “Criatividade e temor não combinam. As pessoas que trabalham aqui não podem, por exemplo, ter medo de falar o que pensam. E elas só falarão se tiverem certeza de que os líderes estão preparados para ouvir coisas que muitas vezes vão incomodá-los. É complicado. Estamos acostumados a ouvir apenas aquilo que nos interessa. Só que nem sempre o que nos interessa é a verdade ou vai contribuir para o crescimento da empresa. Saber ouvir, portanto, não é favor nenhum. É uma questão de estratégia.”

Estudos feitos pela Harvard Business School, uma dos mais prestigiados centros educacionais de negócios, relatou algumas das lições do Magazine Luiza:

1) Agilidade nas decisões. A rede sabe mudar rotas para aproveitar oportunidades. O Magazine Luiza pensa e toma as decisões necessárias, por mais difíceis que sejam.

2) Liderança forte. Luiza Helena soube se impor como uma administradora firme e carismática.
Ao assumir o grupo, em 1991, Luiza Helena estabeleceu um estilo de gestão carismático e participativo, não apenas para os clientes, mas principalmente para os empregados.

3) Funcionários fiéis. A cultura da empresa estimula os empregados a perseguir resultados.
Para encontrar formas de encantar o consumidor, a cultura da empresa está assentada em fórmulas que estimulam os funcionários a conhecer cada vez melhor a freguesia. Eles têm autonomia para sugerir ofertas, fechar vendas, avaliar crédito e cobrar inadimplentes. O sistema de remuneração está atrelado não apenas às vendas individuais, mas aos negócios fechados pelas equipes de cada loja e à pontualidade no pagamento dos clientes.

4) Preservação da cultura. A empresa consegue manter seus valores, mesmo crescendo rapidamente.
“No Magazine Luiza, todo mundo fala uma mesma língua, da alta diretoria ao office-boy”. Preservar a cultura empresarial é uma tarefa diária de Luiza Helena e de sua equipe. Sempre que pode, Luiza Helena comanda pessoalmente o encerramento de eventos de treinamento e de qualificação profissional em várias cidades do Brasil.

5) Ousadia e pioneirismo. A rede não tem medo de lançar novas práticas de vendas.
Inovar e antecipar as mudanças é um dos lemas da Empresa. Uma das ideias mais arrojadas foi a de implantar lojas virtuais. Trata-se de uma rede em que os pontos-de-venda não têm um único produto em exposição — todas as compras são feitas por computadores conectados à internet.
Magazine Luiza reconhece talentos, mas evita mimos. “Exigimos muito e sempre estou atenta para não mimá-los. Tenho muito medo de mimar”, afirma Luiza Trajano.

Fonte: Revista Exame luiza-helena-trajano

Por tudo isso e muito mais é que devemos conhecer as ideias de líderes com visão de futuro e inovadores. Desta forma podemos aprender lições que servirão para a nossa vida pessoal e profissional.

Proponho que você assista a excelente entrevista que Luiza Trajano concedeu à apresentadora da TV Cultura, Maria Cristina Poli, disponível no www.youtube.com.br

Se você é jovem e deseja conquistar o primeiro emprego, sugiro que inicie pelo comércio varejista. Ele é dinâmico e amplia a sua rede de relacionamentos. Além disso, pode custear os seus estudos, bem como lhe proporcionar conhecimentos úteis para o desenvolvimento de habilidades e competências essenciais: Atender, vender, negociar e comunicar.

Vá em frente e sucesso!


Publicado em Luiz Trajano, Sem categoria | Com a tag , , | Deixar um comentário

Livro Como Conseguir um Emprego

Ficar desempregado não é fácil. É um momento difícil para qualquer pessoa, tanto no aspecto profissional, quanto no pessoal. Entretanto, manter a autoestima elevada e iniciar o mais rapidamente possível a busca de um novo emprego é essencial.

Ao escrever este livro (foto) eu procurei transmitir ao leitor um pouco da minha experiência, quando estive desempregado e, principalmente, as alternativas para dar a volta por cima e reinventar a carreira profissional.

Ele é essencialmente prático e tem como base uma série de conhecimentos que adquiri ao escrever este Blog e por meio de contatos presenciais e virtuais com centenas de leitores, onde os mesmos falaram das suas dúvidas, angústias e dificuldades para entender o novo ambiente de trabalho, altamente tecnológico, global e inseguro.

Através dessa obra, você descobrirá a importância do apoio familiar, como lidar com a desmotivação e a importância do planejamento da carreira profissional, entre outros temas relevantes.

Este livro somente foi possível, através de uma parceria com a renomada Aprenda Fácil Editora. A linguagem é clara, objetiva e repleta de ilustrações, objetivando facilitar a aprendizagem. A aquisição do mesmo é feita, exclusivamente pela internet, no site www.afe.com.br e-mail vendas@cpt.com.br telefone (31) 3899-7000.


Publicado em Livro Como Conseguir um emprego, LIVRO DE CARLOS PRATES | Com a tag | Deixar um comentário

Vera Serra realiza curso de oratória, desinibição e marketing pessoal

Estão abertas as inscrições para o curso “Falando em Público com Sucesso”, com a renomada Profª. Vera Serra (www.veraserra.com.br), que há 16 anos auxilia na qualificação de profissionais liberais, estudantes e funcionários de empresas do varejo e da indústria.

O curso é essencialmente prático, amplo material didático e são abordados estes temas:

√ Como vencer o medo e a timidez
√ Linguagem verbal e corporal
√ Dicção, gesto, olhar e postura
√ Técnicas para falar de improviso
√ Como se comportar na entrevista de emprego e dinâmicas de grupo
√ Apresentações em reuniões, faculdades e eventos
√ Carisma e persuasão
√ Uso de recursos audiovisuais
√ Técnicas de marketing pessoal
√ Você é uma marca: saiba valorizá-la
√ Rede de contatos pessoais e profissionais
√ Exercícios individuais e em equipe

Vagas limitadas a 12 pessoas por turma.

Informações (71) 3491-1562 / 8716-9856 (TIM) www.veraserra.com.br cursos@veraserra.com.br


Publicado em Dicas de mercado de trabalho | Com a tag , , | Deixar um comentário

Você tem um mentor profissional?

Essa função tem vários significados: preceptor, orientador, guia intelectual, educador e mentor. Na Grécia antiga os filósofos eram bastante requisitados para essa nobre atividade. Naquela época o Mentor Intelectual oferecia os seus serviços aos políticos e famílias ricas, com a finalidade de auxiliar na educação dos seus filhos. A maioria da população era analfabeta e o acesso à informação era restrito a poucos.

Devemos aprender com as experiências vitoriosas do passado e fazer as adaptações necessárias. O maior obstáculo à inserção dos jovens no mercado de trabalho chama-se falta de experiência. São comuns os anúncios de ofertas de empregos que exigem “experiência em carteira” e por outro lado, que os candidatos sejam muito jovens. A experiência somente é possível com a prática. Acreditamos que o mentor profissional pode contribuir para minimizar esse problema.

As empresas de vanguarda já descobriram a importância de investir em novos talentos. Elas perceberam que a experiência exigida para executar determinadas funções pode ser rapidamente alcançada por intermédio dos funcionários mais competentes e familiarizados com as rotinas de trabalho. Essa troca de informação gera novas idéias, estimula a criatividade e provoca mudanças.

Relacionamos algumas sugestões para os jovens profissionais e aos que desejam atuar como mentores:

√ Se você está desempregado, busque na sua família, rede de contatos, escola, faculdade e no seu bairro, pessoas que tenham experiências profissionais em atendimento, vendas, telemarketing, negociação e em outras habilidades e solicite auxílio. A porta de entrada para o primeiro emprego costuma ser o varejo e o setor de prestação de serviços.

√ Utilize a audição, visão, tato, paladar e olfato para perceber os detalhes de uma atividade profissional ou de lazer. Comece a exercitar em sua residência, escola e faculdade. Faça perguntas, dê sugestões e anote tudo que julgar importante. Mais do que nunca a vida é uma escola e cada dia uma nova lição.

√ Desenvolva a capacidade de estudar por conta própria. As informações podem ser obtidas facilmente. O grande desafio é transformá-las em conhecimentos e depois em habilidades e competências pessoais e profissionais.

√ Compartilhe a sua experiência profissional se tornando Mentor na sua família, comunidade e na empresa em que trabalha. O conhecimento somente faz sentido para a nossa vida quando podemos dividir com outras pessoas.

√ Na sua empresa, estimule a troca de experiências entre funcionários. Permita que os jovens profissionais exerçam atividades em várias funções e setores. Descubra os seus e os talentos dos novos profissionais.

√ Selecione textos que sejam adequados para leitura em voz alta e treine em frente ao espelho. Com isso você desenvolverá a capacidade de falar em público. É bom para você e para a sua autoestima.

As grandes mudanças começam com os primeiros passos e todos devem dar a sua contribuição. Os jovens já estão sendo os nossos Mentores, favorecendo o acesso ao conhecimento tecnológico, a exemplo da informática, internet e celular. É hora de retribuirmos.

Como já afirmamos em vários artigos publicados nesse blog, o desemprego é o maior desafio do Século XXI. Precisamos estar unidos, solidários e agir em equipe. Nenhum país vencerá esse desafio se fechar as portas para os jovens, pois serão eles os gestores das futuras mudanças, bem como os Guias Intelectuais da próxima geração.


Publicado em Dicas mercado de trabalho, Sem categoria | 2 comentários

O que fazer quando não se tem experiência?

Às vezes o mercado de trabalho utiliza critérios contraditórios ou difíceis de conciliar. O mais comum deles é quando as empresas desejam funcionários jovens e com experiências profissionais.

Se essas empresas não derem oportunidades aos jovens, principalmente aos estudantes ou recém formados, como eles irão adquirir experiências profissionais?

As empresas de vanguarda já perceberam que há inúmeras vantagens em dar oportunidades aos inexperientes:

1) Eles não possuem “vícios profissionais” que alguns outros já dispõem.

2) Trazem novas formas de pensar e de agir para aprimorar processos, produtos e serviços, resultando em melhorias no atendimento e em vendas.

3) As empresas podem identificar profissionais talentosos e prepará-los para assumirem funções e cargos de maior complexidade.

Essas empresas criativas e que estão em franco crescimento, utilizam mentores profissionais para auxiliarem os jovens a desenvolverem as suas habilidades e competências. Essa parceria favorece a aprendizagem recíproca.

O que fazer quando a empresa exige experiência profissional?

√ Busque estágios nas empresas, divulgando os seus trabalhos realizados na escola, faculdade ou universidade.

√ Realize trabalhos voluntários dentro e fora da sua área profissional. Com isso você ganhará experiência e será um diferencial para o seu currículo. Aprendemos muito quando ajudamos outras pessoas.

√ Busque ajuda de profissionais experientes (parentes, amigos, vizinhos, orkut, facebook) e crie com o auxílio deles, projetos específicos para as empresas onde você está concorrendo a uma vaga ou deseja trabalhar. Normalmente, as empresas têm dificuldades em melhorar o atendimento ao cliente, aumentar as vendas e reduzir custos operacionais.

Pense com a cabeça do consumidor do cliente da empresa onde você deseja trabalhar. Em seguida, analise de que forma poderá contribuir para que a empresa alcance sucesso junto a esse cliente.

Para fazer isso é preciso uma boa dose de motivação, persistência, criatividade e trabalho em equipe. Vá em frente e sucesso!


Publicado em Dicas mercado de trabalho, sugestões p/ quem não tem experiência | Com a tag , , | 19 comentários