Você não terá uma segunda chance para causar uma primeira boa impressão

Seja para conquistar um emprego, cliente ou a simpatia de outra pessoa, a primeira impress√£o √© muito importante. Tenha sempre em mente que 90% das pessoas formam a opini√£o sobre voc√™ nos primeiros quatro minutos de contato e que at√© 80% do impacto positivo ou negativo √© causado pela linguagem n√£o-verbal ‚Äď posturas, gestos, olhares.

1.Apar√™ncia ‚Äď vivemos numa sociedade cada vez mais visual, onde o est√©tico √© muito valorizado. Vista-se de forma discreta e adequada a cada situa√ß√£o ‚Äď trabalho, social e lazer. A barba deve estar feita, o cabelo cortado e as unhas aparadas. Se voc√™ for mulher, evite decotes, saias curtas, j√≥ias e perfumes muito ativos no ambiente de trabalho.

2.Comunica√ß√£o ‚Äď h√° um ditado popular que afirma: ‚Äúpeixe morre pela boca.‚ÄĚ Cuidado com o que voc√™ fala, pois as palavras podem ferir e, uma vez ditas, n√£o t√™m retorno, mesmo que voc√™ pe√ßa desculpas. Fale menos e ou√ßa mais, observando o expl√≠cito e o impl√≠cito do que est√° sendo comunicado.

3. Voz ‚Äď volume, ritmo, vocabul√°rio e g√≠ria. T√£o importante quanto o que voc√™ diz √© como voc√™ diz. N√£o fale alto ou baixo demais. Utilize um volume adequado ao ambiente, atrav√©s de um ritmo que facilite o entendimento da mensagem. Falar r√°pido demais pode deixar as pessoas estressadas ou sem entender a mensagem. Falar lentamente pode causar monotonia e cansa√ßo nos ouvintes. Amplie o seu vocabul√°rio e conhe√ßa sobre os mais variados assuntos. Quando n√£o souber o assunto, fique de boca fechada e ouvidos bem abertos. Fa√ßa perguntas para facilitar o seu entendimento. Tenha cuidado especial com as g√≠rias. Se aqui em Salvador chamar o outro de ‚Äúpai‚ÄĚ, ‚Äúm√£e‚ÄĚ ou usar as express√Ķes ‚Äúporra‚ÄĚ e ‚Äút√° ligado‚ÄĚ √© algo considerado ‚Äúnormal‚ÄĚ, lembre-se de que nem todas as pessoas gostam deste tipo de comunica√ß√£o. Estude o ambiente e a cultura dos seus interlocutores. Al√©m disso, as g√≠rias e os palavr√Ķes empobrecem a comunica√ß√£o.

4. Saiba chegar e sair dos ambientes ‚Äď a forma como voc√™ se aproxima das outras pessoas deve ser estudada cautelosamente. A depender da situa√ß√£o, ela deve ser discreta e humilde. Em outras, triunfal e de vencedor que veio para contribuir com as solu√ß√Ķes dos problemas. Ter uma pasta, maleta ou bolsa bem conservada e com o material essencialmente necess√°rio, demonstra que voc√™ √© uma pessoa organizada e que tem as informa√ß√Ķes na ponta das m√£os. Saiba cumprimentar os demais, evitando a m√£o frouxa ou apertada demais. N√£o invada o espa√ßo f√≠sico e de valores (o que o outro julga importante) dos seus interlocutores. Saber chegar e sair dos ambientes de trabalho e sociais parece f√°cil, mas n√£o o √©. Exige senso agu√ßado de observa√ß√£o e muita cautela.

5. Gestos ‚Äď eles merecem um cuidado especial e devem ser adequados √† maneira como voc√™ est√° se comunicando. Vejamos dois exemplos: gestos num ambiente social, descontra√≠do e com m√ļsica alta. Aqui eles podem ser mais espont√Ęneos e fortes. Falando numa cerim√īnia religiosa ou na televis√£o, eles devem ser moderados.

Lembre-se que construir uma boa imagem leva tempo e para destruí-la basta um segundo. Com o tempo você desenvolverá o conhecimento e o transformará em experiência de vida. Por outro lado, mesmo que você não cause uma primeira boa impressão, terá chance para causar uma segunda boa impressão.

Se voc√™ deseja melhorar a sua comunica√ß√£o e o marketing pessoal, sugerimos o curso da psic√≥loga Vera Serra, Falando em P√ļblico com Sucesso:
(71) 3491-1562 / 8716-9856 www.veraserra.com.br


Publicado em Curso, Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag | Deixar um coment√°rio

Campe√Ķes de vendas: a arte de saber perguntar

Infelizmente, muitos profissionais que atuam como vendedores, perdem excelentes oportunidades de aumentar os seus ganhos e prestar um excelente atendimento, por n√£o saberem perguntar de forma adequada.

Vender e atender são, antes de tudo, um diálogo entre as partes interessadas. O que você pergunta estabelece como a comunicação irá se desenvolver.

No varejo, um dos maiores equ√≠vocos dos atendentes e vendedores √© perguntar: – ‚ÄúPosso ajudar?‚ÄĚ Na maioria das vezes os clientes dizem que n√£o ou inventam uma desculpa, a exemplo de ‚Äús√≥ estou dando uma olhada‚ÄĚ, ‚Äúestou passando o tempo e n√£o vou comprar nada‚ÄĚ.

Se voc√™ quiser entender os motivos emocionais e racionais porque o cliente compra, aprenda a fazer perguntas abertas, ou seja, as que permitem o cliente falar e n√£o apenas responder de forma monossil√°bica ‚Äď SIM / N√ÉO.

A qualidade das suas perguntas diz se você é um vendedor inteligente e bem informado. A primeira lição de um Campeão é conhecer os produtos e serviços que vende. Ao estudá-los, pense com a cabeça do seu cliente, identificando as suas necessidades e desejos.

Procure sempre valorizar as necessidades do seu cliente e crie um relacionamento amistoso. Se ele não comprar a sua imagem e não acreditar no que você diz, a venda estará perdida.

Não seja imediatista e cultive um relacionamento duradouro com o seu cliente. Tenha sempre um cartão de visitas em mãos. Mesmo que no momento o cliente não compre, agradeça pela sua presença e coloque à disposição para futuros negócios. A melhor propaganda que existe é a recomendação do consumidor, agora ainda mais incrementada com as redes sociais.

Procure se diferenciar da concorrência, principalmente através de um atendimento de excelência e que encante o cliente e faça-o retornar e indicar para as pessoas do seu meio social.

Finalizando, lembre-se de que as excelentes perguntas s√£o capazes de trazer as melhores respostas. Saber qual √© o problema, sinaliza que as solu√ß√Ķes est√£o prestes a acontecer.


Publicado em Campe√Ķes de vendas, Dicas de mercado de trabalho, saiba perguntar com intelig√™ncia, Sem categoria | Com a tag , | 1 coment√°rio

Carreira profissional com talento e rede de contatos

No passado recente, quando algu√©m sugeria o nome de uma pessoa para ocupar um cargo ou fun√ß√£o, ela era rotulada de profissional de alto ‚ÄúQI ‚Äď quem indicou‚ÄĚ.

Um bom Networking – rede de contatos – tem significado diferente para o atual mercado de trabalho. Quando h√° dezenas de profissionais com √≥timas qualifica√ß√Ķes, disputando uma ou mais vagas, algumas empresas utilizam indica√ß√Ķes de outros profissionais, inclusive os seus pr√≥prios funcion√°rios, para darem informa√ß√Ķes a respeito de um candidato que possua as habilidades e compet√™ncias exigidas.

Algumas empresas utilizam os servi√ßos de headhunter ‚Äď ca√ßador de cabe√ßa ‚Äď profissional encarregado de localizar no mercado de trabalho – executivos e gerentes – para o preenchimento dessas vagas. Embora seja comum em fun√ß√Ķes mais elevadas, pode ocorrer em casos que h√° mais procura do que oferta de profissionais dispon√≠veis no mercado.

Ao contr√°rio do passado, o ‚ÄúQI‚ÄĚ atual geralmente √© feito no sentido de algu√©m que conhece o candidato e d√° boas refer√™ncias a respeito das suas habilidades e compet√™ncias. √Č semelhante a um aval ou fian√ßa sobre as suas qualidades profissionais.

O networking n√£o se resume a fazer indica√ß√Ķes para cargos e fun√ß√Ķes. √Č muito utilizado para o crescimento profissional. Com o advento da internet, podemos compartilhar conhecimentos e id√©ias com centenas de pessoas que nos s√£o apresentadas, presencialmente ou a dist√Ęncia. Algumas dessas pessoas poder√£o se tornar amigas, colegas de trabalho ou com as quais gostamos de trocar id√©ias.

A escola, universidade, faculdade, eventos sociais e profissionais Рcursos, seminários e palestras Рsites de relacionamentos são adequados para a construção e manutenção da rede de contatos.

√Č bom lembrar que a pr√°tica do networking deve ser natural. N√£o √© a urg√™ncia e sim a escolha das pessoas e a empatia entre voc√™ e elas que far√£o com que as informa√ß√Ķes fluam e sejam ben√©ficas para todos.

N√£o caia na bobagem de bancar o ‚Äúesperto‚ÄĚ ou o ‚Äúesponja‚ÄĚ que s√≥ quer sugar e em nada contribui para o crescimento dos demais participantes.

Outro detalhe relevante √© organizar as informa√ß√Ķes – nomes, telefones, e-mail, hobby, especializa√ß√Ķes profissionais e outros detalhes relevantes para a manuten√ß√£o dos relacionamentos.

A qualidade dessa manuten√ß√£o √© fundamental. Ligue, marque encontros presenciais, envie sugest√Ķes e id√©ias, indique outras pessoas. A depender da sua √°rea de atua√ß√£o, d√™ informa√ß√Ķes ‚Äúquentes‚ÄĚ que resultem em trabalho formal ou como prestador de servi√ßos.

Outra ferramenta importante s√£o os sites de relacionamento focados em empregos, como o LinkedIn, Eacademy e o facebook, para quem deseja manter contato com sua rede de relacionamento no mundo virtual.

Neles, são formadas comunidades de pessoas com interesses profissionais em comum e com objetivos semelhantes. Desta forma, além de apresentar um retrato bem fiel da sua rede de contatos do mundo real, tais sites permitem que você conheça outras pessoas que possam ajudar a galgar novos horizontes na sua carreira.

Assim, o ‚ÄúQI‚ÄĚ atual n√£o √© sin√īnimo de pistol√£o para candidato incompetente. √Č a indica√ß√£o de um profissional ‚Äď empregado ou n√£o ‚Äď que seja competente e que merece o seu aval para assumir um cargo ou fun√ß√£o. Pense nisso ao indicar uma pessoa. Caso contr√°rio, voc√™ correr√° o risco de ‚Äúqueimar o seu filme‚ÄĚ e perder a credibilidade.


Publicado em Curso, Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag , | 2 coment√°rios

Vera Serra realiza curso de oratória, desinibição e marketing pessoal

Est√£o abertas as inscri√ß√Ķes para o curso ‚ÄúFalando em P√ļblico com Sucesso‚ÄĚ, com a renomada Prof¬™. Vera Serra (www.veraserra.com.br), que h√° 16 anos auxilia na qualifica√ß√£o de profissionais liberais, estudantes e funcion√°rios de empresas do varejo e da ind√ļstria.

O curso é essencialmente prático, amplo material didático e são abordados estes temas:

‚ąö Como vencer o medo e a timidez
‚ąö Linguagem verbal e corporal
‚ąö Dic√ß√£o, gesto, olhar e postura
‚ąö T√©cnicas para falar de improviso
‚ąö Como se comportar na entrevista de emprego e din√Ęmicas de grupo
‚ąö Apresenta√ß√Ķes em reuni√Ķes, faculdades e eventos
‚ąö Carisma e persuas√£o
‚ąö Uso de recursos audiovisuais
‚ąö T√©cnicas de marketing pessoal
‚ąö Voc√™ √© uma marca: saiba valoriz√°-la
‚ąö Rede de contatos pessoais e profissionais
‚ąö Exerc√≠cios individuais e em equipe

Vagas limitadas a 12 pessoas por turma.

Informa√ß√Ķes (71) 3491-1562 / 8716-9856 (TIM) www.veraserra.com.br cursos@veraserra.com.br


Publicado em Dicas de mercado de trabalho | Com a tag , , , | Deixar um coment√°rio

As inova√ß√Ķes do Comandante Rolim Amaro

Hoje n√≥s iremos falar sobre um empres√°rio que revolucionou a avia√ß√£o comercial brasileira, com a√ß√Ķes focadas na melhoria do atendimento ao cliente. A sua genialidade serve de inspira√ß√£o para todos n√≥s. Confira!

Rolim Adolfo Amaro (foto) foi um dos mais criativos empresários brasileiros. Ele deixou sua marca na história da aviação brasileira e que pilotou com garra a arrancada da TAM no mercado nacional.

Criou a TAM Transportes A√©reos Regionais (1976), inicialmente operando com seis avi√Ķes Embraer EMB-11-C Bandeirante, atendendo o interior de S√£o Paulo, Paran√° e Mato Grosso. Finalmente assumiu a totalidade das a√ß√Ķes da empresa (1979) e entrou na d√©cada de sua consolida√ß√£o com a chegada dos Fokker F-27 (1980). A TAM alcan√ßou a marca de um milh√£o de passageiros transportados (1981) desde a sua funda√ß√£o e de dois milh√Ķes de passageiros transportados (1984), conquistando o pr√™mio Top de Marketing por conta da qualidade do servi√ßo que oferecia.

Criou o servi√ßo Fale com o Presidente (1991) e atinge a marca de oito milh√Ķes de passageiros (1992) transportados desde a sua funda√ß√£o, criando um novo estilo de voar, com tra√ßos de informalidade e preocupa√ß√£o em valorizar cada passageiro. Lan√ßou o Cart√£o Fidelidade (1993).

Criou a Fundação Eductam, para dar bolsas de estudos aos carentes, apoiar obras humanitárias e participar de projetos culturais e esportivos e criou, também, o Museu Asas de Um Sonho, para preservar a memória e a história da aviação.

Foi eleito o homem de vendas do ano (1994) e inovou aceitando em sua tripula√ß√£o a primeira comandante mulher. Lan√ßou o servi√ßo Ticketless (1995),o embarque eletr√īnico sem bilhete, e o Cart√£o de Cr√©dito Fidelidade TAM. A revista Exame elegeu, pela primeira vez, a TAM a Melhor Empresa A√©rea no setor Transportes, em Melhores e Maiores, e a revista Air Transport World a nomeou a melhor empresa a√©rea regional do mundo.

Mostrou toda sua habilidade para divulgar a imagem da TAM depois que seis acidentes envolvendo aeronaves da companhia amea√ßaram abalar a prosperidade da empresa. O pior deles aconteceu logo depois de ser eleita a melhor empresa do setor, quando o v√īo 402, um Folker 100, que fazia a ponte-a√©rea Rio-S√£o Paulo sofreu uma pane e caiu logo depois de decolar do Aeroporto de Congonhas, matando 99 pessoas (31/10/1996). Depois do acidente “o comandante” passou a receber os passageiros de alguns v√īos que sa√≠am de Congonhas na escada dos avi√Ķes, numa tentativa de recuperar a imagem da companhia.

Depois disso, suas cartas e v√≠deos dirigidos aos passageiros tornaram-se uma constante nos v√īos da TAM. Um ano depois, uma bomba explodiu durante um v√īo, matando um passageiro. A partir da√≠, a TAM passou a adotar uma estrat√©gia de marketing ainda mais agressiva e para continuar crescendo, ele tinha acabado de encomendar 100 avi√Ķes da Embraer. Adquirindo a Helisul (1996) expandiu atividades para o sul do pa√≠s, e muda a denomina√ß√£o da Brasil Central muda para TAM-Transportes A√©reos Meridionais, que passa a ser a empresa a√©rea nacional do grupo, passando a operar sem restri√ß√Ķes em todo o territ√≥rio brasileiro e faz v√īos internacionais.

Infelizmente, ap√≥s passar o fim de semana em sua fazenda em Ponta Por√£, na fronteira do Mato Grosso do Sul com o Paraguai, morreu durante um passeio de helic√≥ptero, quando o aparelho caiu e explodiu pr√≥ximo ao vilarejo Fortuna Guaz√ļ, que fica no munic√≠pio de Pedro Juan Caballero, no Paraguai (2001), a 25 quil√īmetros da fronteira.

No carnaval de 2002 foi homenageado pela escola de samba Acad√™micos do Salgueiro, do Rio de Janeiro, com o samba-enredo “Nas asas de um sonho”.


Publicado em Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag | Deixar um coment√°rio

Livro Como Conseguir um Emprego

Ficar desempregado n√£o √© f√°cil. √Č um momento dif√≠cil para qualquer pessoa, tanto no aspecto profissional, quanto no pessoal. Entretanto, manter a autoestima elevada e iniciar o mais rapidamente poss√≠vel a busca de um novo emprego √© essencial.

Ao escrever este livro (foto) eu procurei transmitir ao leitor um pouco da minha experiência, quando estive desempregado e, principalmente, as alternativas para dar a volta por cima e reinventar a carreira profissional.

Ele √© essencialmente pr√°tico e tem como base uma s√©rie de conhecimentos que adquiri ao escrever este Blog e por meio de contatos presenciais e virtuais com centenas de leitores, onde os mesmos falaram das suas d√ļvidas, ang√ļstias e dificuldades para entender o novo ambiente de trabalho, altamente tecnol√≥gico, global e inseguro.

Atrav√©s dessa obra, voc√™ descobrir√° a import√Ęncia do apoio familiar, como lidar com a desmotiva√ß√£o e a import√Ęncia do planejamento da carreira profissional, entre outros temas relevantes.

Este livro somente foi poss√≠vel, atrav√©s de uma parceria com a renomada Aprenda F√°cil Editora. A linguagem √© clara, objetiva e repleta de ilustra√ß√Ķes, objetivando facilitar a aprendizagem. A aquisi√ß√£o do mesmo √© feita, exclusivamente pela internet, no site www.afe.com.br e-mail vendas@cpt.com.br telefone (31) 3899-7000.


Publicado em Livro Como Conseguir um emprego, LIVRO DE CARLOS PRATES | Com a tag , | Deixar um coment√°rio

Você é flexível ou rígido?

O Século XXI vem sendo marcado por mudanças rápidas e profundas, impulsionadas pelas novas tecnologias, a exemplo da internet, celular e outros meios de comunicação.

No mercado de trabalho essas mudan√ßas se refletem na produ√ß√£o de bens dur√°veis ‚Äď autom√≥veis e eletrodom√©sticos ‚Äď e tamb√©m nos servi√ßos. O teletrabalho ‚Äď trabalho a dist√Ęncia -, amplia√ß√£o das faculdades virtuais, avan√ßo da medicina ‚Äď s√£o alguns exemplos.
 
Ser flex√≠vel √© ter a capacidade de se adaptar ao novo e contornar os obst√°culos. Se voc√™ j√° conhece o Aeroporto Internacional Dois de Julho, em Lauro de Freitas, na grande Salvador, j√° percebeu os bambuzais que antecedem √† sua chegada. Al√©m de formarem uma paisagem muito bonita, eles servem de exemplo sobre a import√Ęncia da flexibilidade. Constantemente recebem chuvas, ventos fortes, trov√Ķes, rel√Ęmpagos; balan√ßam e voltam √†¬† forma√ß√£o original.

Utilizando este exemplo, gostaria de chamar a sua aten√ß√£o para a import√Ęncia da flexibilidade na vida pessoal e profissional. √Č comum pessoas serem bem sucedidas durante uma etapa de suas vidas, por√©m, se esquecem do novo, de voltarem a estudar, buscando o aperfei√ßoamento constante. Ser tolerante com voc√™ e com os outros √© uma quest√£o de intelig√™ncia e de necessidade.

Mudar √© f√°cil enquanto discurso, entretanto, dif√≠cil de colocar em pr√°tica. Todos n√≥s gostamos do que √© familiar e que n√£o causa inc√īmodo. Viver na ‚Äúzona de conforto‚ÄĚ √© prazeroso, at√© o momento em que percebemos a necessidade de mudar. Alguns mudam e outros permanecem¬† r√≠gidos, fazendo tudo do mesmo jeito e esperando que algo novo aconte√ßa, como num passe de m√°gica.

O arquiteto Oscar Niemeyer, conhecido internacionalmente por ter criado Brasília, o Memorial da América Latina, entre outras obras maravilhosas, hoje com 102 anos e ainda trabalhando, afirmou:
‚ÄúN√£o √© o √Ęngulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflex√≠vel, criada pelo homem. O que me atrai √© a curva livre e sensual, a curva que encontro nas montanhas do meu Pais, no curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher amada. De curvas √© feito todo o universo, o universo curvo de Einstein.‚ÄĚ

Ser flex√≠vel √© demonstrar intelig√™ncia e toler√Ęncia com as diferen√ßas; √© enfrentar os atuais e futuros desafios, √†s vezes com receio, por√©m, com a coragem de mudar, para n√£o morrer de t√©dio e na mesmice.


Publicado em Dicas mercado de trabalho | Com a tag , | 1 coment√°rio

Livros Blog de Empregos: colet√Ęnea de artigos

Em 2011 e 2012, lancei estes dois e-books, gratuitos e acessíveis pela internet, contendo alguns dos principais artigos publicados no Blog de Empregos:

Comunica√ß√£o, rela√ß√Ķes interpessoais, atendimento, vendas, ideias de l√≠deres brasileiros e mundiais, filosofia, criatividade, motiva√ß√£o, entre outros. os arquivos est√£o em PDF, objetivando facilitar a leitura na tela do seu computador. Confira:

1) LIVRO BLOG EMPREGOS – VOLUME I – JUNHO 2011

2) LIVRO BLOG DE EMPREGOS – VOLUME II – JUNHO 2012

Se você já teve a oportunidade de ler estes artigos, sugiro que faça uma releitura dos temas que julgar mais importantes. Caso ainda não tenha lido, talvez seja o momento adequado.

Desejo contar com o seu apoio para tornar os Livros Blog de Empregos, conhecidos das pessoas que fazem parte da sua Rede Social, principalmente os mais jovens e que estão ingressando no mercado de trabalho. O objetivo principal é divulgarmos as ideias do Projeto Fazendo e Aprendendo: você constrói o seu conhecimento.

Acreditamos que, com o advento da Internet e das novas m√≠dias interativas, poderemos fazer uma revolu√ß√£o no conte√ļdo e na forma de estudar. A aprendizagem √© um caminho que tem in√≠cio e nunca tem fim. √Č preciso continuar aprendendo, aprendendo e aprendendo.


Publicado em Curso, Dicas mercado de trabalho, Oportunidade | Com a tag | Deixar um coment√°rio

Carreira profissional: aprendendo com os erros

Esteja preparado para aceitar e compreender os erros cometidos na sua carreira profissional. Muitas vezes deixamos de aprender com os erros em fun√ß√£o da nossa vaidade e por¬† medo de admitir que erramos. H√° um ditado popular que afirma: ‚Äúo que fere, instrui‚ÄĚ.

Os erros e as sugest√Ķes que seguem se baseiam em experi√™ncia pr√≥pria e atrav√©s de relatos dos nossos alunos. Analise o que pode ser √ļtil a voc√™ e fa√ßa as modifica√ß√Ķes necess√°rias:

¬†‚ąö Escolha da profiss√£o. Conforme j√° mencionamos em alguns artigos veiculados neste blog, escolher a profiss√£o requer an√°lise, conversa com as pessoas que j√° exercem as atividades e testes vocacionais. Com o passar do tempo as profiss√Ķes v√£o se modificando, assim como n√≥s mesmos, pois o envelhecimento nos proporciona experi√™ncia. Se voc√™ n√£o se sente realizado profissionalmente, fa√ßa um planejamento detalhado sobre as vantagens e desvantagens da sua atividade. Converse com amigos, familiares e colegas de trabalho. N√£o caia na besteira de mudar de profiss√£o da noite para o dia. Ao agir dessa maneira as possibilidades de erros ser√£o infinitamente maiores. Caso esteja cursando uma faculdade, estando pr√≥ximo da sua conclus√£o, talvez o mais adequado seja a formatura e depois avaliar a situa√ß√£o.
 
¬†‚ąö Mudan√ßa de emprego. Caso n√£o esteja satisfeito, fa√ßa um planejamento detalhado dos reais motivos da sua insatisfa√ß√£o. Em alguns momentos da vida podemos ficar decepcionados com a nossa pr√≥pria vida e culparmos o emprego que possu√≠mos. Se for por quest√Ķes salariais ‚Äď a grande maioria ‚Äď saiba que a situa√ß√£o atual √© a menos indicada para solicitar aumento. Ao faz√™-lo, voc√™ deve estar seguro de que merece e que a empresa pode lhe conceder. Perceba as vantagens de continuar na empresa, mesmo ganhando menos, caso ela proporcione qualifica√ß√£o profissional e aprendizado constantes. Por outro lado, n√£o fique acomodado somente porque ganha bem. Muitos jovens profissionais se acomodam quando come√ßam a ganhar bem, deixam de estudar e se esquecem do futuro profissional. Gerenciar a carreira profissional √© sua compet√™ncia e n√£o da empresa onde trabalha.

¬†‚ąö Insatisfa√ß√£o com o chefe. Fa√ßa uma an√°lise dos motivos da insatisfa√ß√£o com o seu chefe e tamb√©m aproveite para reconhecer as qualidades dele. H√° uma ‚Äúcultura‚ÄĚ na empresa de culpar os gestores pelos fracassos de projetos e dos insucessos profissionais dos seus funcion√°rios. Reconhe√ßa os erros do seu chefe e tamb√©m os seus. Converse com ele, proponha alternativas.

¬†¬†‚ąö Arrog√Ęncia, vaidade e impulsividade. Quando n√≥s somos jovens, tendemos a agir mais por impulso e com a necessidade de auto-afirma√ß√£o atrav√©s da ‚Äúverdade‚ÄĚ. Dessa maneira, perdemos preciosos momentos de aprendizagem. Se voc√™ encontra-se no auge da sua carreira profissional, saiba que humildade e ch√° de camomila n√£o fazem mal a ningu√©m. A vida d√° muitas voltas e aquele que por ventura voc√™ humilhou ou perseguiu, pode tornar o seu gestor na atual empresa ou em outra. Construa parcerias e esteja aberto ao di√°logo com os seus funcion√°rios. Voc√™ n√£o √© o cargo em que ocupa ou a empresa em que trabalha. Tudo isso √© passageiro e da noite para o dia pode mudar ‚Äď para melhor ou para pior ‚Äď a depender das circunst√Ęncias.¬†

¬†‚ąö Gastar mais do que ganha ou n√£o possuir uma reserva financeira. H√° profissionais que possuem carros, roupas, resid√™ncias e uma infinidade de bens materiais em excesso e para demonstrarem que s√£o bem-sucedidos. Nos cursos que realizamos, sempre perguntamos quantos pares de sapatos e roupas cada aluno possui. Em seguida, solicitamos que enumerem os cursos que participaram nos √ļltimos 12 meses. A grande maioria diz que n√£o cuidou desse detalhe. √Č claro que possuir bens materiais √© algo muito bom. A quest√£o talvez seja a quantidade e o pre√ßo que se paga. Saiba gerenciar o seu dinheiro e n√£o gaste mais do que ganha. Economize 10% do seu sal√°rio.¬† Saiba que todos n√≥s estamos sujeitos a altos e baixos: Sa√ļde e doen√ßa, fartura e falta, festa e solid√£o, alegria e tristeza. Na carreira profissional n√£o √© diferente. Para desenvolver ou aperfei√ßoar habilidades e compet√™ncias voc√™ necessitar√° de dinheiro. Al√©m disso, h√° os imprevistos, a exemplo da perda do emprego, doen√ßas, crises econ√īmicas, entre outros. Recentemente publicamos neste blog um artigo sobre finan√ßas pessoais. D√™ uma lida, pois talvez ele lhe seja √ļtil.

‚ąö N√£o planejar a carreira profissional. Este talvez seja o mais grave e corriqueiro dos erros que cometemos. Se no passado recente era comum o profissional deixar que a Empresa administrasse a sua carreira, essa realidade mudou. Cabe a voc√™ gerir e se responsabilizar pelas suas habilidades e compet√™ncias. Continua sendo v√°lido ouvir os seus l√≠deres, gestores imediatos e clientes, consultar as avalia√ß√Ķes de desempenho, caso elas existam. Fique atento √†s mudan√ßas tecnol√≥gicas e aos h√°bitos de consumo dos clientes. Eles influenciar√£o os destinos da sua vida profissional.

Por √ļltimo, mais uma sugest√£o: aprenda com os acertos. Parece algo √≥bvio, entretanto, quando tudo est√° dando certo em nossa vida pessoal e profissional, raramente analisamos os motivos e as a√ß√Ķes que foram desenvolvidas.


Publicado em Dicas mercado de trabalho | Com a tag | Deixar um coment√°rio

O que fazer quando n√£o gostamos do atual trabalho?

Todos nos modificamos ao longo da vida. √Äs vezes, aquela atividade que t√≠nhamos enorme prazer em executar, com o passar do tempo vamos deixando de gostar. Al√©m disso, novas profiss√Ķes est√£o surgindo, outras desaparecendo e /ou misturando-se.

A primeira etapa a ser cumprida é identificar os motivos pelos quais você não gosta do que faz. Vejamos alguns exemplos:

N√£o gosta de alguma atividade ou de todas?
N√£o gosta do ambiente de trabalho ou da empresa?
Não está satisfeito é com a remuneração ou com a atividade?
Sempre foi assim ou esta dificuldade √© moment√Ęnea?
Ser√° que alguns problemas pessoais est√£o influenciando no seu estado emocional?

Em seguida, fa√ßa um planejamento de carreira profissional, objetivando identificar onde se encontra e para onde deseja ir. As a√ß√Ķes devem contemplar as seguintes etapas:
1) Iniciação profissional;
2) Crescimento;
3) Demiss√£o;
4) Uma segunda (ou terceira) carreira profissional;
5) Aposentadoria.

Inicia√ß√£o profissional ‚Äď √© uma etapa de muitas d√ļvidas e incertezas: Qual profiss√£o exercer? Como conquistar o primeiro emprego? A grande maioria dos profissionais come√ßa a trabalhar como atendentes, vendedores, operadores de telemarketing e auxiliares de escrit√≥rios. Outros buscam est√°gios que estejam em sintonia com os cursos universit√°rios ou t√©cnicos que est√£o concretizando.

Voc√™ n√£o deve ficar preso ao nome da sua profiss√£o. Cada vez mais as profiss√Ķes est√£o sendo modificadas. Algumas est√£o desaparecendo e outras est√£o surgindo. Fique atento ao desenvolvimento de habilidades e compet√™ncias que estejam sendo valorizadas pelo mercado. √Č prov√°vel que voc√™ mudar√° de profiss√£o umas duas ou tr√™s vezes, durante a sua trajet√≥ria profissional.

Atualmente, muitos profissionais est√£o optando por cursos t√©cnicos de curta dura√ß√£o ‚Äď tecnologia da informa√ß√£o, seguran√ßa do trabalho, entre outros, pois eles oferecem maiores chances de emprego. O SESI, SENAC e o SENAI podem ser excelentes op√ß√Ķes.

Aprenda, observe, desenvolva a sua criatividade e construa a sua rede de contatos. A vida é feita de relacionamentos.

Crescimento profissional ‚Äď esta fase tende a ser a mais importante. √Č quando aflora uma maior ambi√ß√£o e o desejo de fazer diferen√ßa no mundo em que vivemos. Analise a pol√≠tica de promo√ß√Ķes da Empresa, a sua cultura organizacional e quanto tempo dever√° permanecer. Esse √© o momento em que voc√™ deve fazer a principal escolha: continuar na mesma profiss√£o ou buscar uma segunda carreira profissional, dentro ou fora da empresa. Durante esse per√≠odo voc√™ deve avaliar as vantagens e desvantagens da sua profiss√£o. N√£o espere que a empresa gerencie a sua carreira profissional. Cabe a voc√™ fazer isto.
 
¬†Este √© o momento para voc√™ tamb√©m economizar os seus recursos financeiros, objetivando investir em cursos de p√≥s-gradua√ß√£o, MBA, mestrado e tamb√©m contribuir para a previd√™ncia social ‚Äď p√ļblica e privada ‚Äď visando √† aposentadoria. Cuidado! Nessa fase muitos profissionais se deixam embriagar pelo poder e o dinheiro, imaginando que os mesmos ser√£o eternos.

Demissão Рa primeira demissão é sempre mais difícil e dolorosa. Provavelmente ela o deixará abatido por alguns dias, conforme o vínculo emocional, status e posição hierárquica que você se encontrar. Se você ainda não enfrentou uma demissão, há grandes chances de ter uma ou várias em sua carreira. Uma dica importante: procure encarar a sua vida profissional como um prestador de serviços para a empresa X, Y, Z. Não caia na bobagem de achar que é insubstituível. Quem tem um emprego, não tem nenhum. Fique atento ao mercado de trabalho e cuide da sua carreira profissional.

Caso você consiga uma boa indenização ao ser demitido, procure economizar ao máximo, pois a sua recolocação poderá acontecer de forma rápida, lenta ou nunca mais. São palavras duras, porém sinceras. O seu dinheiro é o seu oxigênio. Economize para os momentos mais importantes. Esse é um momento especial para repensar a sua carreira profissional, aprender com os possíveis erros e analisar o que você deseja fazer no futuro.

N√£o caia na bobagem de tornar-se empres√°rio para preencher a ang√ļstia e o vazio das horas em que estiver desempregado. Pessoas que agem dessa forma fecham as portas de suas empresas depois de dois ou tr√™s anos. Voc√™ poder√° ficar sem o dinheiro da indeniza√ß√£o e com muitas d√≠vidas. Se voc√™ participar de um PDV ‚Äď Programa de Demiss√£o Volunt√°ria, muito em voga no atual momento, fique atento: 95% dos funcion√°rios que participam, se d√£o mal e arrependem da decis√£o.

VI)¬†Uma segunda carreira profissional ‚Äst quase todo mundo j√° pensou ou vai pensar em uma segunda ou terceira carreira. A nossa primeira escolha profissional tende a ser equivocada. Um outro motivo que poder√° fazer com que voc√™ mude de profiss√£o √© a instabilidade econ√īmica, que normalmente afeta mais alguns setores, tanto positiva como negativamente.¬† Nesse s√©culo¬† as profiss√Ķes est√£o se modificando rapidamente e outras s√£o absolutamente novas. Relacione no seu planejamento a√ß√Ķes para mudar de profiss√£o.
 
Aposentadoria Рao contrário do que muitos acreditavam até a década de 90,  aposentar não mais significa ficar em casa, de pijama, em frente a uma televisão Рembora muitos estejam fazendo exatamente isto, por falta de opção ou motivação. Essa etapa significa cuidar ainda mais do corpo e da mente. Planeje a sua vida profissional para durar 100 anos. Desenvolva estratégias para continuar sendo importante para a Sociedade, a exemplo de dar aulas, ajudar as pessoas mais necessitadas, realizar trabalhos na área de consultoria, aproveitando as habilidades e competências que você acumulou ao  longo da vida profissional e voltar a estudar. Monte em sua casa um local para estudo e trabalho, utilizando a internet. Compartilhe ainda mais os conhecimentos com os seus familiares. Com as novas tecnologias, pais aprendem com filhos e vice-versa.
 
Esteja preparado, pois essa fase costuma ser a mais dif√≠cil. Temos que saber administrar perdas de pessoas queridas, decl√≠nio financeiro, discrimina√ß√£o social, doen√ßas e solid√£o. Por√©m, n√£o desanime. Observe que essa fase tem uma rela√ß√£o direta com as fases anteriores. Se voc√™ buscar se preparar financeira e emocionalmente, construindo relacionamentos dentro e fora do ambiente profissional, voc√™ dever√° contar com amigos. Por outro lado, os profissionais que constru√≠rem amizades somente no mundo empresarial,¬† tender√£o a viver mais isolados. As amizades no ambiente profissional, com raras exce√ß√Ķes, s√£o por interesse e enquanto voc√™ estiver trabalhando. Com a aposentadoria e com o passar dos anos, as amizades v√£o desaparecendo. N√£o se iluda!

Finalizando, √© importante ressaltar que cada carreira profissional √© √ļnica.¬† As oportunidades aproveitadas ou desperdi√ßadas poder√£o fazer toda a diferen√ßa. Em qualquer fase da sua vida profissional valorize a sua fam√≠lia e n√£o abra m√£o de conviver bem com os seus filhos, netos e demais parentes. Na hora da dificuldade voc√™ ter√° sempre o apoio daqueles que o amam de verdade.


Publicado em Dicas mercado de trabalho | Com a tag | Deixar um coment√°rio