Vera Serra realiza curso de oratória, desinibição e marketing pessoal

Est√£o abertas as inscri√ß√Ķes para o curso ‚ÄúFalando em P√ļblico com Sucesso‚ÄĚ, com a renomada Prof¬™. Vera Serra (www.veraserra.com.br), que h√° 16 anos auxilia na qualifica√ß√£o de profissionais liberais, estudantes e funcion√°rios de empresas do varejo e da ind√ļstria.

O curso é essencialmente prático, amplo material didático e são abordados estes temas:

‚ąö Como vencer o medo e a timidez
‚ąö Linguagem verbal e corporal
‚ąö Dic√ß√£o, gesto, olhar e postura
‚ąö T√©cnicas para falar de improviso
‚ąö Como se comportar na entrevista de emprego e din√Ęmicas de grupo
‚ąö Apresenta√ß√Ķes em reuni√Ķes, faculdades e eventos
‚ąö Carisma e persuas√£o
‚ąö Uso de recursos audiovisuais
‚ąö T√©cnicas de marketing pessoal
‚ąö Voc√™ √© uma marca: saiba valoriz√°-la
‚ąö Rede de contatos pessoais e profissionais
‚ąö Exerc√≠cios individuais e em equipe

Vagas limitadas a 12 pessoas por turma.

Informa√ß√Ķes (71) 3491-1562 / 8716-9856 (TIM) www.veraserra.com.br cursos@veraserra.com.br


Publicado em Dicas de mercado de trabalho | Com a tag , , | Deixar um coment√°rio

Luiza Trajano, a inovadora do comércio varejista. O que podemos aprender com ela?

Hoje iremos bater um papo sobre as ideias da empres√°ria e diretora superintendente do Magazine Luiza Helena.

Luiza Trajano (foto), formou em Direito no ano de 1972. Fez do comércio varejista a sua missão profissional. Entre as suas principais façanhas, a de maior repercussão foi a de transformar uma rede de lojas localizadas em Franca, interior de São Paulo, na terceira maior rede de lojas do país.
Antes de chegar ao cargo máximo da empresa, desenvolveu habilidades e competências em vários setores da Empresa Рcobrança, atendimento, vendas, gerência de lojas e recursos humanos Рentre outros.

Aos 12 anos de idade foi trabalhar ao lado da sua tia e mentora profissional, Luiza Trajano Donato, fundadora do Magazine, de quem recebeu li√ß√Ķes sobre como cativar os clientes. ‚ÄúAprendi com ela que o cliente √© uma esp√©cie de patr√£o‚ÄĚ, afirmou Luiza √† revista Exame.

Luiza Trajano √© uma dessas pessoas que cativa pela forma direta e que transmite credibilidade. Tive a oportunidade de ouvi-la falar sobre a import√Ęncia do atendimento ao cliente e do trabalho em equipe, quando atuei num grande banco estatal. Ao final do evento ela foi aplaudida de p√©.
Em várias de suas entrevistas, sempre reitera alguns conceitos que parecem simples e que são difíceis de colocar em prática. Selecionei alguns para que juntos possamos refletir:

- “Existem tr√™s alicerces para a motiva√ß√£o de uma equipe — cora√ß√£o, cabe√ßa e bolso. Se um dos tr√™s faltar, o processo se rompe. Cora√ß√£o √© a paix√£o pela empresa. Cabe√ßa √© poder participar, poder usar os pr√≥prios conhecimentos e ter a chance de adquirir novas compet√™ncias. √Č a certeza de que seu trabalho trar√° desenvolvimento, o pr√≥prio e o da empresa. E bolso √© o √≥bvio. O crescimento do neg√≥cio tem de ser acompanhado pelo crescimento de seus funcion√°rios‚ÄĚ.

- ‚ÄúCriatividade e temor n√£o combinam. As pessoas que trabalham aqui n√£o podem, por exemplo, ter medo de falar o que pensam. E elas s√≥ falar√£o se tiverem certeza de que os l√≠deres est√£o preparados para ouvir coisas que muitas vezes v√£o incomod√°-los. √Č complicado. Estamos acostumados a ouvir apenas aquilo que nos interessa. S√≥ que nem sempre o que nos interessa √© a verdade ou vai contribuir para o crescimento da empresa. Saber ouvir, portanto, n√£o √© favor nenhum. √Č uma quest√£o de estrat√©gia.”

Estudos feitos pela Harvard Business School, uma dos mais prestigiados centros educacionais de neg√≥cios, relatou algumas das li√ß√Ķes do Magazine Luiza:

1) Agilidade nas decis√Ķes. A rede sabe mudar rotas para aproveitar oportunidades. O Magazine Luiza pensa e toma as decis√Ķes necess√°rias, por mais dif√≠ceis que sejam.

2) Liderança forte. Luiza Helena soube se impor como uma administradora firme e carismática.
Ao assumir o grupo, em 1991, Luiza Helena estabeleceu um estilo de gest√£o carism√°tico e participativo, n√£o apenas para os clientes, mas principalmente para os empregados.

3) Funcionários fiéis. A cultura da empresa estimula os empregados a perseguir resultados.
Para encontrar formas de encantar o consumidor, a cultura da empresa está assentada em fórmulas que estimulam os funcionários a conhecer cada vez melhor a freguesia. Eles têm autonomia para sugerir ofertas, fechar vendas, avaliar crédito e cobrar inadimplentes. O sistema de remuneração está atrelado não apenas às vendas individuais, mas aos negócios fechados pelas equipes de cada loja e à pontualidade no pagamento dos clientes.

4) Preservação da cultura. A empresa consegue manter seus valores, mesmo crescendo rapidamente.
“No Magazine Luiza, todo mundo fala uma mesma l√≠ngua, da alta diretoria ao office-boy”. Preservar a cultura empresarial √© uma tarefa di√°ria de Luiza Helena e de sua equipe. Sempre que pode, Luiza Helena comanda pessoalmente o encerramento de eventos de treinamento e de qualifica√ß√£o profissional em v√°rias cidades do Brasil.

5) Ousadia e pioneirismo. A rede não tem medo de lançar novas práticas de vendas.
Inovar e antecipar as mudan√ßas √© um dos lemas da Empresa. Uma das ideias mais arrojadas foi a de implantar lojas virtuais. Trata-se de uma rede em que os pontos-de-venda n√£o t√™m um √ļnico produto em exposi√ß√£o — todas as compras s√£o feitas por computadores conectados √† internet.
Magazine Luiza reconhece talentos, mas evita mimos. “Exigimos muito e sempre estou atenta para n√£o mim√°-los. Tenho muito medo de mimar”, afirma Luiza Trajano.

Fonte: Revista Exame luiza-helena-trajano

Por tudo isso e muito mais √© que devemos conhecer as ideias de l√≠deres com vis√£o de futuro e inovadores. Desta forma podemos aprender li√ß√Ķes que servir√£o para a nossa vida pessoal e profissional.

Proponho que você assista a excelente entrevista que Luiza Trajano concedeu à apresentadora da TV Cultura, Maria Cristina Poli, disponível no www.youtube.com.br

Se voc√™ √© jovem e deseja conquistar o primeiro emprego, sugiro que inicie pelo com√©rcio varejista. Ele √© din√Ęmico e amplia a sua rede de relacionamentos. Al√©m disso, pode custear os seus estudos, bem como lhe proporcionar conhecimentos √ļteis para o desenvolvimento de habilidades e compet√™ncias essenciais: Atender, vender, negociar e comunicar.

V√° em frente e sucesso!


Publicado em Sem categoria | Com a tag , | Deixar um coment√°rio

Voc√™ possui intelig√™ncias m√ļltiplas?

Para muitos estudiosos sobre o assunto a inteligência pode ser definida como a capacidade mental de raciocinar, planejar, resolver problemas, abstrair e compreender ideias, linguagens e aprendizagens.

Para o renomado psic√≥logo americano Howard Gardner (foto), autor da teoria das ‚ÄúIntelig√™ncias M√ļltiplas‚ÄĚ, o ser humano √© capaz de desenvolver v√°rias formas de pensar.

A depender da sua profiss√£o e das atividades l√ļdicas, o seu c√©rebro certamente estar√° mais acostumado a pensar atrav√©s destas intelig√™ncias:

1) Intelig√™ncia ling√ľ√≠stica ‚Äď presente nas pessoas que t√™m facilidade com as palavras orais ou escritas, a exemplo de Vin√≠cius de Moraes, Cam√Ķes, Rui Barbosa. S√£o h√°beis para convencer, agradar, estimular ou transmitir id√©ias.

2) Intelig√™ncia musical – traduzida pela habilidade de lidar com instrumentos musicais, obter harmonias e ritmos, produzindo sons agrad√°veis. Sensibilidade para ritmos, texturas, timbre e habilidade para produzir e/ou reproduzir m√ļsica. Presente em pessoas dos mais variados n√≠veis culturais e em todas as camadas sociais – Tom Jobim, Caetano Veloso, Pixinguinha, Arthur Moreira Lima, entre outros.

3) Intelig√™ncia l√≥gico-matem√°tica ‚Äď capacidade para lidar amigavelmente com padr√Ķes, sistematiza√ß√£o, n√ļmeros, √≠ndices, gr√°ficos e de ver o mundo e os acontecimentos de maneira l√≥gica. Presente em cientistas, engenheiros e m√©dicos. Exemplos ‚Äď Albert Einstein e Isaac Newton.

4) Intelig√™ncia espacial – capacidade para perceber o mundo visual e espacial de forma precisa. √Č a habilidade para manipular formas ou objetos mentalmente e, a partir das percep√ß√Ķes iniciais, criar tens√£o, equil√≠brio e composi√ß√£o, avaliar dist√Ęncias, numa representa√ß√£o visual ou espacial. Presente em artistas pl√°sticos, engenheiros e arquitetos.

5) Inteligência sinestésica Рpossibilita grande controle dos movimentos do corpo. Afinidade para práticas de esportes, artes cênicas ou plásticas. Presente em bailarinos, atletas, jogadores de futebol, a exemplo de Pelé, Garrincha, Maradona, entre outros.

6) Intelig√™ncia interpessoal – esta intelig√™ncia pode ser descrita como uma habilidade pare entender e responder adequadamente a humores, temperamentos, motiva√ß√Ķes e desejos de outras pessoas. Habilidade comum aos psicoterapeutas, professores, pol√≠ticos e vendedores bem sucedidos.

7) Intelig√™ncia intrapessoal – habilidade para ter acesso aos pr√≥prios sentimentos, sonhos e id√©ias. √Č o reconhecimento de habilidades, necessidades, desejos e intelig√™ncias pr√≥prias. Capacidade para formular uma imagem precisa de si mesmo. Como essa intelig√™ncia √© a mais pessoal de todas, ela s√≥ √© observ√°vel atrav√©s dos sistemas simb√≥licos das outras intelig√™ncias, ou seja, atrav√©s de manifesta√ß√Ķes ling√ľisticas, musicais e sinest√©sicas.

Acreditamos que quase tudo na vida √© poss√≠vel aprender, desde que tenhamos paci√™ncia, persist√™ncia e vontade. O desenvolvimento da intelig√™ncia pede experimenta√ß√Ķes individuais e coletivas. Sugerimos que voc√™ esteja aberto ao novo e continue estudando sempre, lendo e observando as pessoas e o cotidiano. Eles s√£o fontes permanentes de inspira√ß√£o para a nossa forma de pensar e agir.


Publicado em Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | 1 coment√°rio

Merchandising e promoção de vendas

Na Bahia temos poucos profissionais que se dedicam a estudar e a se especializar nessas importantes ferramentas de vendas. H√° centenas de pessoas que fazem uso delas, de forma amadora e sem perceber o seu potencial, amplas e criativas combina√ß√Ķes para expor os produtos no Ponto de Venda – PDV. Se voc√™ j√° trabalha ou deseja ingressar no com√©rcio varejista, sugerimos que apronfunde os seus conhecimentos, pois as oportunidades de trabalho s√£o muitas.

MERCHANDISING ‚Äú√Č qualquer t√©cnica, a√ß√£o ou material promocional usado no Ponto de Venda ‚Äď PDV, que proporcione informa√ß√£o e a melhor visibilidade aos produtos, marcas e servi√ßos, com o prop√≥sito de motivar e influenciar as decis√Ķes de compra dos consumidores, segundo Regina Blessa, publicit√°ria, p√≥s-graduada em Comunica√ß√£o e especialista no assunto. Recomendamos a leitura do seu excelente livro (foto), escrito de forma clara e objetiva.

A VISÃO DOS PRODUTOS

Os produtos expostos, mais ou menos à altura dos olhos do cliente, é um fator decisivo. Devemos facilitar ao máximo para que o cliente possa utilizar os cinco sentidos (visão, tato, paladar, olfato e audição), quando for possível. Nem todos os produtos que são vendidos podem ser usados esses sentidos. Mas, na ambientação da sua loja, os cinco sentidos devem estar presentes.

EXPOSIÇÃO DOS PRODUTOS

Saber arrumar um produto dentro da loja é fundamental para estimular o cliente a comprá-lo. Se a sua loja possui muitos itens, é necessário analisar quais são mais importantes para o cliente. Como sabemos, esses hábitos de compra podem mudar, de acordo com o perfil do cliente, localização da loja, período do ano, entre outras variáveis. Vejamos as principais vantagens de se fazer uma bonita exposição:

a) atrair o cliente e facilitar a compra;
b) economizar tempo;
c) lembrar as necessidades;
d) valorizar o espaço da loja;
e) atrair novos consumidores;
f) aumentar a atratividade dos produtos;
g) criar fidelidade ao produto e a marca.

PROMOÇÃO DE VENDAS

“Promo√ß√£o √© qualquer esfor√ßo feito para comunicar e promover empresas e produtos, sem utilizar m√≠dia convencional. Tem abrang√™ncia muito grande, podendo ser uma a√ß√£o ou conjunto de a√ß√Ķes amparadas em uma mensagem objetiva de comunica√ß√£o, ou um evento simples, como um patroc√≠nio de um campeonato esportivo ou concerto musical”, complementa Regina Blessa. Vejamos alguns exemplos de promo√ß√£o:

a) vales-brindes;
b) concursos;
c) sorteios;
d) leve 3 pague 2;
e) cole√ß√Ķes/junte-troque;
f) cupons;
g) preços promocionais; e
h) entre outros.

Técnicas de Merchandising é um assunto amplo e que requer muita prática, senso de observação e trabalho em equipe. Sugerimos que você amplie os seus conhecimentos, através de livros, revistas e vídeos especializados. Vá em frente e sucesso!


Publicado em Curso, Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag | 5 coment√°rios

José Pastore afirma: Sem educação não há solução!

Tenho o h√°bito de ler os artigos do Prof. Jos√© Pastore (foto). Ele √© um dos homens mais inteligentes e competentes que tive o prazer de conhecer. Ao longo de 60 anos ele vem pesquisando e debatendo em sala de aula, palestras e semin√°rios, no Brasil e no exterior, temas sobre mercado de trabalho e qualifica√ß√£o profissional. √Č presidente do Conselho de Emprego e Rela√ß√Ķes do Trabalho da Federa√ß√£o do Com√©rcio de S√£o Paulo.

Em abril de 2012 ele publicou este artigo no jornal O Estado de S.Paulo, que ora resumimos, para que possamos fazer uma an√°lise sobre este importante tema:

“A depress√£o de 1929 teve efeitos devastadores nos Estados Unidos. Da noite para o dia boa parte da riqueza virou p√≥. A produ√ß√£o industrial caiu 50% e o com√©rcio internacional encolheu 70%. Mais de 5 mil bancos faliram. Agravadas por uma impiedosa seca, as safras fracassaram por completo. O desemprego disparou, chegando √† casa dos 25%.

Para dar uma ocupa√ß√£o a milh√Ķes de pessoas que estavam sem ter o que fazer, o governo americano, em meio de tantos cortes nos or√ßamentos, decidiu expandir as bibliotecas p√ļblicas para ali acomodar os que estavam desempregados. Assim foi feito. Os acervos aumentaram, os espa√ßos e os hor√°rios de funcionamento se ampliaram. Surgiram nessa √©poca as bibliotecas circulantes para atender os leitores das pequenas cidades e da zona rural.

Qual foi a consequ√™ncia daquela iniciativa? Important√≠ssima. Durante quase dez anos, milh√Ķes de desempregados se ocuparam com a leitura. O resultado foi o previs√≠vel: no meio de tantos desastres, o pa√≠s enriqueceu o seu mais precioso ativo – o capital humano ‚Äď e com isso enfrentou os desafios da retomada do crescimento. A hist√≥ria est√° repleta de exemplos desse tipo. O Plano Marshall teve sucesso na Europa porque, mesmo durante a guerra, a educa√ß√£o foi preservada. Muitas escolas funcionaram at√© mesmo em dias de bombardeio.

Depois da terrível devastação nuclear de Hiroshima e Nagasaki (agosto de 1945), o Japão se levantou com base no bom preparo da sua gente. A Coreia do Sul ressurgiu das cinzas após o conflito dos anos 50 e renasceu novamente depois da crise de 1998 Рnos dois casos, com base na educação do seu povo.

No Brasil, por sua vez, estamos desperdiçando a oportunidade dos bons ventos da economia. Sim, porque, mesmo com todos os incentivos do Pro-Uni, menos de 15% dos jovens cursam as escolas de nível superior. A taxa média de evasão é de 22% e, nas escolas particulares, onde está a maioria dos alunos, chega a 26%. Nessas escolas, a ociosidade atinge 52% das vagas existentes.
Esse quadro precisa mudar não apenas no aspecto quantitativo, mas, sobretudo, no qualitativo. A julgar pelo desempenho dos estudantes nas provas de avaliação, verifica-se que a qualidade do ensino da grande maioria de nossas faculdades está fortemente comprometida pelo conluio entre escolas que fingem que ensinam e alunos que fingem que aprendem. Uma farsa.

A melhoria da educa√ß√£o, al√©m dos vis√≠veis impactos nos campos da cidadania e da democracia, √© crucial para elevar a produtividade do trabalho e a competitividade das empresas e da economia como um todo. Para os trabalhadores, √© essencial para a eleva√ß√£o da renda e o progresso na carreira. No mundo competitivo, sem educa√ß√£o, n√£o h√° salva√ß√£o, complementou o Mestre Pastore”.

No www.youtube.com h√° in√ļmeras entrevistas com o Prof. Jos√© Pastore. Sugiro que voc√™ assista a que foi realizada pela apresentadora Salete Lemos, da TV CNT, em maio de 2012. Eles debatem v√°rios assuntos relacionados √† educa√ß√£o e ao mercado de trabalho. Vale a pena ver e rever.


Publicado em Dicas mercado de trabalho, José Pastore e as suas ideias, Qualificação profissional | Com a tag | Deixar um comentário

Roteiro de a√ß√Ķes para quem est√° desempregado

Se voc√™ estiver desempregado e n√£o possuir experi√™ncia profissional, preste bem aten√ß√£o a estas orienta√ß√Ķes:

1) Primeira a√ß√£o ‚Äď preparar o curr√≠culo (vide modelo abaixo). O que colocar no campo ‚ÄúExperi√™ncia Profissional‚ÄĚ? Fale sobre atividades sociais que vem realizando, experi√™ncias em ONGs e, principalmente, desenvolva um breve projeto de melhoria no atendimento ao cliente e aumento das vendas. Para tal, busque aux√≠lio de um amigo, parente ou de pessoas da sua vizinhan√ßa, que possam contribuir com ideias.

As maiores oportunidades de empregos s√£o: Operadores de Telemarketing e fun√ß√Ķes ligadas ao com√©rcio varejista (caixa, estoquista, atendente, vendedor, servi√ßos gerais, etc.). √Č atrav√©s desses segmentos que a maioria encontra a oportunidade do primeira emprego.

2) Segunda a√ß√£o ‚Äď cadastrar o curr√≠culo no SIMM e SINEBAHIA. Atrav√©s dessas Centrais os futuros empregadores anunciam as suas ofertas de trabalho.
Elas tamb√©m promovem palestras e cursos gratuitos de portugu√™s (maior √≠ndice de reprova√ß√£o nas entrevistas de empregos), comunica√ß√£o verbal, como participar de din√Ęmicas de grupo, entre outros temas.

3) Divulgar o seu currículo nas redes sociais (não colocar telefone e nem endereço) e cadastrar nos sites das empresas em que você acha que tem mais chances Рempresas de telemarketing, shopping center, varejo, etc.

4) Buscar informa√ß√Ķes atrav√©s dos telejornais, sites locais e regionais, an√ļncios na m√≠dia (normalmente quem anuncia est√° propenso a contratar), jornais, revistas especializadas e redes sociais.

5) Divulgar para os parentes e amigos a sua busca por emprego. N√£o pe√ßa emprego aos mesmos. Solicite informa√ß√Ķes, pois quase ningu√©m gosta de se comprometer em arrumar emprego.

6) Treinar a sua comunicação verbal, simular a participação em entrevistas de emprego, fazer exercícios físicos e ficar longe de bebidas alcoólicas, jogos e outras drogas.

Segue um modelo de currículo. Vá em frente e sucesso!

Incluir no currículo
- Nome, endereço e telefones no início da primeira página.
- Objetivo profissional (o cargo ou função a ocupar).
- Empresas onde trabalhou.
- Promo√ß√Ķes, cargos e resultados obtidos.
- Cursos e semin√°rios que participou.
- Idiomas que fala e escreve.

NÃO colocar no currículo
- Nome, endere√ßo e telefones na √ļltima p√°gina.
- N√ļmeros de documentos pessoais ‚Äď CPF, Identidade, etc.
- Pretens√Ķes salariais, a n√£o ser que a empresa solicite.
- Raça, religião e partidos políticos.
- Raz√Ķes de eventuais demiss√Ķes.
- Referências pessoais, a não ser que a empresa solicite. Você deve entregá-las na hora da entrevista.
- Data e assinatura.
- Erros de ortografia, nem pensar!

Modelo de currículo para Operador de Telemarketing
Mário Castro Pires (nome fictício)
29 anos, brasileiro, solteiro
Av. Princesa Isabel, 136 ap. 104
CEP – 40140214 Salvador (BA)
Telefones e e-mail para contato.

Objetivo ‚Äď Operador de Telemarketing
Escolaridade Р2011 РEstudante de Administração

Experiência profissional

Se voc√™ n√£o tiver experi√™ncia, anexar um breve projeto com a√ß√Ķes de melhoria no atendimento ao cliente e aumento das vendas. Solicitar aux√≠lio de pessoas experientes no assunto.

09/2007 a 11/2011 – Silveira Papelaria e Inform√°tica ‚Äď Salvador/BA. Empresa que comercializa artigos de papelaria e de inform√°tica.
Atuei nos seguintes cargos:
- Supervisor de telemarketing (2010 / 2012)
- Operador de telemarketing (2008 / 2009)

Principais realiza√ß√Ķes:
‚ąö Aumento nas vendas dos produtos de papelaria em 6% ao ano, em m√©dia.
‚ąö Idem, produtos de inform√°tica, em 11% ao ano, em m√©dia.
‚ąö Auxiliei na implanta√ß√£o de uma moderna central de atendimento telef√īnico.
‚ąö Sugeri a cria√ß√£o de um sistema de planejamento e controle dos nossos pre√ßos e os praticados pela concorr√™ncia.
‚ąö Desenvolvi a√ß√Ķes para reduzir despesas operacionais.

Cursos e semin√°rios
- Possuo experiência em telemarketing e em vendas pela internet.
- Conhecimento b√°sico de inform√°tica.


Publicado em Como elaborar um currículo, Curso, Dicas mercado de trabalho | Com a tag | 15 comentários

Senai tem 4.751 vagas em cursos gratuitos para a ind√ļstria

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-Bahia) abriu processo seletivo para preenchimento de 4.751 vagas em cursos gratuitos de aprendizagem industrial. As oportunidades estão divididas em dois tipos de cursos.

As 560 oportunidades são para Cursos de Aprendizagem Industrial Técnica de Nível Médio (CAI TEC) com aulas em Salvador, Juazeiro e Lauro de Freitas . A formação é destinada a candidatos que tenham idade entre 14 e 21 anos.

√Č necess√°rio ter conclu√≠do o ensino m√©dio ou estar cursando o 3¬ļ ano. ‚ÄúCerca de 70% dos estudantes que fazem esses cursos saem com emprego garantido. O sal√°rio inicial varia entre R$1, 7 mil e R$ 2,1 mil‚ÄĚ, explica o gerente das unidades do Senai Denzeiros e Bonoc√ī, Adroaldo D√≥ria. Ele argumenta que nesse tipo de curso os estudantes desenvolvem projetos no Senai para atender demandas reais das ind√ļstrias .

A carga hor√°ria varia entre 960 e 1.330 horas dentro de 10 op√ß√Ķes de cursos, incluindo qualifica√ß√£o para t√©cnico em Petr√≥leo e G√°s, em Automa√ß√£o Industrial, em Desenho da Constru√ß√£o Civil, dentre outros. As aulas come√ßam no dia 21 de julho.

A maioria das vagas abertas pelo Senai (4.191) √© para os Cursos de Aprendizagem Industrial B√°sica (CAI BAS), que ter√£o aulas em Salvador e outras 25 cidades do interior. Esses cursos tem carga hor√°ria menor. Diferente dos t√©cnicos, onde o estudante j√° sai com diploma, o curso b√°sico concede um certificado de aprendizagem. ‚ÄúA diferen√ßa √© que, nesse caso, os estudantes que come√ßam o curso entram como jovens aprendizes e j√° ganham um contrato com as ind√ļstrias – com direito a bolsa em dinheiro e todos direitos como funcion√°rio‚ÄĚ, diz D√≥ria.

Para esses cursos, a carga hor√°ria varia entre 400 e 880 horas – na metade do tempo, o estudante tem aulas pr√°ticas nas ind√ļstrias. De acordo com os editais lan√ßados pelo Senai, para os cursos de Auxiliar de Rotinas Administrativas, Comunica√ß√£o de Dados, Desenvolvedor Web, Inform√°tica Industrial, Inspe√ß√£o de Qualidade, Log√≠stica de Estoque, Suporte a Hardware e Rede de Computadores √© necess√°rio que os candidatos tenham de 14 a 21 anos. √Č exigido que o aluno esteja cursando a partir da 9¬™ s√©rie do ensino fundamental ou ter conclu√≠do o ensino m√©dio.

Pesquisa realizada pela Confedera√ß√£o Nacional da Ind√ļstria (CNI) no final do ano passado indicou que a falta de trabalhador qualificado √© um problema para 65% das empresas industriais brasileiras dos segmentos extrativista e de transforma√ß√£o. As inscri√ß√Ķes para os cursos podem ser feitas pelo site www.cursosgratuitossenai.fieb.org.br at√© 2 de maio. Ap√≥s a inscri√ß√£o, no dia 18 de maio, os candidatos realizam uma prova escrita como mecanismo de sele√ß√£o.

Matéria original do Correio РColuna Cartão de Ponto, da jornalista Graciela Alvarez (graciela.alvarez@redebahia.com.br)


Publicado em Sem categoria | Com a tag | Deixar um coment√°rio

Foco: Daniel Goleman lança o seu mais novo livro

O psicólogo (foto), escritor e palestrante, conhecido mundialmente, acaba de lançar o seu mais novo livro, editado no Brasil pela Objetiva www.objetiva.com.br РFOCO: A Atenção e Seu Papel Fundamental para o Sucesso.

Combinando pesquisa de ponta e descobertas práticas, Daniel Goleman mostra por que a base do sucesso em todas as áreas da vida é sua capacidade de ter foco.

Segundo o autor do best-seller Intelig√™ncia emocional, a aten√ß√£o funciona de forma muito parecida com um m√ļsculo: se n√£o o utilizamos, fica atrofiado; se o exercitamos, se desenvolve e se fortalece. Numa era de distra√ß√Ķes intermin√°veis, Goleman argumenta que precisamos aprender a aprimorar nosso foco se quisermos prosperar no mundo complexo em que vivemos. Aqueles que alcan√ßam rendimento m√°ximo (seja nos estudos, nos neg√≥cios, nos esportes ou nas artes) s√£o precisamente os que prestam aten√ß√£o no que √© mais importante para seu desempenho.

Foco é uma ferramenta essencial, é o que diferencia um especialista de um amador, um profissional de sucesso do funcionário mediano. Foco traz um olhar inovador sobre o segredo para o alto desempenho e a realização e mostra como a atenção tem um papel fundamental para o sucesso.
Fonte: Assessoria de Comunicação da Editora.

Embora eu ainda n√£o o tenha lido, recomendo a todos os leitores que possuem interesse neste importante tema.

A qualidade dos livros de Daniel Goleman é reconhecida em todo o mundo, através destes sucessos editorias.

1) Inteligência Emocional; 2) A Mente Meditativa; 3) Inteligência Social; 4) Inteligência Ecológica.

O mesmo pode ser encontrado nas principais livrarias presenciais e virtuais, com valores oscilando entre R$ 29,90 a R$ 39,90.


Publicado em Sem categoria | Com a tag , | Deixar um coment√°rio

Desenvolva / aprimore habilidades de oratória e de marketing pessoal

Timidez e o medo de falar em p√ļblico s√£o situa√ß√Ķes cotidianas para milhares de pessoas, causando obst√°culos para o crescimento pessoal e profissional.

Mesmos os oradores mais experientes, quando necessitam fazer apresenta√ß√Ķes e comunicar-se, quer seja numa reuni√£o, negociando, atendendo e vendendo, podem cometer equ√≠vocos e n√£o alcan√ßar o √™xito pretendido.

No meu livro ‚ÄúComo Falar em P√ļblico com Sucesso‚ÄĚ (foto), lan√ßado pela Aprenda F√°cil Editora, apresento sugest√Ķes para uma maior efic√°cia na comunica√ß√£o interpessoal, apresenta√ß√Ķes em p√ļblico, uso de recursos √°udio visuais, marketing pessoal e criatividade, entre outros temas.

O livro é essencialmente prático e se baseia na experiência de 16 anos realizando cursos, seminários e palestras para executivos, empresários, profissionais liberais, professores e estudantes.

Para facilitar a sua imediata utiliza√ß√£o, a linguagem √© clara, objetiva e atraente, contendo muitas ilustra√ß√Ķes e exerc√≠cios para melhorar a dic√ß√£o, gestos, posturas, t√©cnicas para falar de improviso, como aprender a se comunicar melhor, tendo como base os telejornais, filmes, v√≠deos do youtube, aulas e palestras.

O tema marketing pessoal tem um cap√≠tulo especial, em fun√ß√£o da sua import√Ęncia no mundo de hoje.

√Č um investimento para a sua carreira profissional.

O livro é comercializado exclusivamente pela internet, através do site www.afe.com.br
e-mail vendas@cpt.com.br telefone (31) 3899-7000.


Publicado em Dicas de livros e filmes, LIVRO DE CARLOS PRATES, oratória e marketing pessoal | Com a tag , | Deixar um comentário

Livraria Leitura possui duas lojas em Salvador

A livraria Leitura possui duas excelentes lojas em Salvador e o seu acervo é digno de passarmos muitas horas de lazer.

A LEITURA √© uma rede de livrarias l√≠der no ramo, em Minas Gerais e no Centro-Oeste. Ela disp√Ķe de 32 lojas distribu√≠das em sete estados brasileiros, sendo 10 unidades em Belo Horizonte (MG) e 02 lindas lojas em Salvador. Tamb√©m opera com uma loja virtual, atrav√©s do site www.leitura.com.br

Ela é um centro de cultura e entretenimento para toda a família. As megastores, oferecem uma enorme variedade, chegando a 100 mil itens entre livros, revistas, CDs, DVDs, games, informática, papelaria e presentes. Contam com espaços de puro entretenimento como cybercafés e ambientes para leitura, lançamentos e eventos culturais.

Maiores informa√ß√Ķes:

1) Salvador Norte Shopping 3¬ļ Piso ao lado do Cinema (71) 3035-6223, E-mail leiturassanorte@leitura.com.br

2) Shopping Bela Vista – 2¬ļ Piso (71) 3431-5229 / 5218.


Publicado em Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag | 2 coment√°rios