Lua em conjunção com Aldebaran: 25 de fevereiro

Hoje a Lua está na constelação do Touro, em conjunção com Aldebaran

Lua em conjunção com Aldebaran: início da noite de 25 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Lua em conjunção com Aldebaran: início da noite de 25 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Ol√°, amigos!

Nuvens carregadas pairam no c√©u de quase todo Brasil, trazendo a chuva, t√£o necess√°ria para as regi√Ķes com falta d’√°gua. Que bom!

Ainda assim, fica aqui a dica para quem tiver oportunidade: hoje, a Lua em quadratura crescente, formará com Aldebaran uma bela conjunção, na constelação do Touro, facilmente visível ao norte do zênite no início da noite. Se o bom tempo permitir, vale a pena dar aquela espiadinha. Experimente tentar.

Boa observação!

 


Publicado em Uncategorized | Com a tag , , | 5 coment√°rios

Efem√©rides astron√īmicas: de 21 √† 28 de fevereiro de 2015

Acompanhe a Lua crescente e a conjunção Vênus РMarte nos próximos dias

Ilustração do Sol nascente em 21 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Ilustração do Sol nascente em 21 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Ol√°, amigos!

Chegamos ao √ļltimo ter√ßo do ver√£o, e na ilustra√ß√£o acima, podemos observar que nossa estrela m√£e vai se aproximando do ponto de interse√ß√£o da linha da ecl√≠ptica com a linha do equador celeste, ponto que alcan√ßar√° no dia 20 de mar√ßo, quando dia e noite ter√£o a mesma dura√ß√£o nos dois hemisf√©rios da Terra.

Neste 20 de fevereiro tivemos uma bel√≠ssima conjun√ß√£o Lua, V√™nus e Marte. Em fun√ß√£o do tempo fechado, o evento n√£o p√īde ser observado em v√°rias regi√Ķes, mas para quem viu foi uma beleza. Ainda assim, a m√°xima proximidade angular entre os dois planetas est√° por acontecer, neste dia 22, e, nos dias subsequentes veremos ambos os planetas se afastarem.

Dia 25 a Lua estar√° em conjun√ß√£o com Aldebaran, e J√ļpiter pode ser facilmente observado desde o in√≠cio das noites no lado leste do c√©u da sua cidade.¬†Por isso, se voc√™ tiver oportunidade, fique de olho no c√©u nos pr√≥ximos dias.

Sol em 21 de fevereiro de 2015. Imagem: AIA 211 / SDO / NASA. Blog O Guardador de Estrelas.

Sol em 21 de fevereiro de 2015. Um buraco coronal pode ser observado no centro do disco solar. Imagem: AIA 211 / SDO / NASA. Blog O Guardador de Estrelas.

O Sol está na constelação do Aquário, onde se mantém até o dia 12 de março.

Posi√ß√£o do Sol e de Merc√ļrio no zod√≠aco em 21 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Posi√ß√£o do Sol e de Merc√ļrio no zod√≠aco em 21 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Merc√ļrio pode ser observado nos pr√≥ximos dias como um astro de colora√ß√£o encarnada, ascendendo sobre o horizonte leste antes da hora d’alva (alvorada), na constela√ß√£o do Aqu√°rio. Sua m√°xima elonga√ß√£o oeste acontecer√° dia 26.

Vênus e Marte em conjunção no início da noite de 21 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Vênus e Marte em conjunção no início da noite de 21 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Vênus está em conjunção com Marte, na constelação dos Peixes. O máximo da conjunção será neste domingo 22, e representará uma boa oportunidade para observar, identificar e fotografar os planetas. Se programe para observar e avise sua rede de contatos, será um belo espetáculo.

As imagens abaixo ilustram a conjunção de Vênus e Marte ao anoitecer dos dias 22 à 25 de fevereiro, no quadrante oeste do céu de todo o Brasil

Vênus e Marte ao noitecer de 22 de favereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Conjunção Vênus e Marte em 22 de fevereiro.

Conjunção Vênus e Marte em 23 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

23 de fevereiro

Conjunção Vênus e Marte em 24 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

24 de fevereiro

Conjunção Vênus e Marte em 25 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

25 de fevereiro

J√ļpiter, em oposi√ß√£o ao Sol, pode ser contemplado desde o in√≠cio das noites de fevereiro, na constela√ß√£o do C√Ęncer, se destacando das estrelas por sua magnitude expressiva e pelo fato de n√£o cintilar.

J√ļpiter pode ser observado desde o in√≠cio da noite na constela√ß√£o do C√Ęncer, no lado oriental do c√©u de todo Brasil. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

J√ļpiter pode ser facilmente observado desde o in√≠cio da noite, na constela√ß√£o do C√Ęncer, no c√©u de todo Brasil. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Saturno segue entre as estrelas do Escorpião, ascendendo sobre o horizonte leste próximo de meia noite.

Saturno entre as estrelas do Escorpião. Último terço de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Saturno entre as estrelas do Escorpião. Último terço de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

No dia 25 Lua e Aldebaran prometem um encontro brilhante!

Aldebaran é a estrela Alfa Tauri, localizada em um dos vértices da figura triangular formada pelas Híades. Híades é o nome do aglomerado estelar, cujas estrelas mais evidentes caracterizam a constelação do Touro. Outro aglomerado estelar em Touro se chama Plêiades, um pequeno conjunto de estrelinhas, que se destaca na parte inferior da ilustração abaixo:

No dia 25 a Lua estará em conjunção com Aldebaran, em Touro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

No dia 25 a Lua estará em conjunção com Aldebaran, em Touro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Dia 21 Lua em Peixes

Dia 22 Lua passa de Peixes √† √Āries

Dia 23 Lua em √Āries

Dia 24 Lua em Touro, a cerca de 8¬ļ das Pl√™iades

Dia 25 Lua em quadra crescente, em conjunção com a estrela Aldebaran, em Touro

Dia 26 Lua em Touro

Dias 27 e 28 Lua em Gêmeos

Desejo a todos, boas observa√ß√Ķes!

 


Publicado em Uncategorized | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um coment√°rio

Hoje tem conjunção da Lua com Vênus e Marte

Lua, V√™nus e Marte se encontram hoje, ao crep√ļsculo vespertino

Conjunção Lua, Vênus e Marte em 20 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Conjunção Lua, Vênus e Marte no início da noite de 20 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Ol√°, pessoal!

Hoje haverá uma linda conjunção da Lua com Vênus e Marte, ao anoitecer, visível no quadrante oeste do céu da sua cidade. Será um lindo evento, que vale a pena apreciar.

Ao final do crep√ļsculo vespertino, se o bom tempo permitir, poderemos ver a Lua com seu aspecto delgado crescente, sobre o horizonte oeste, e logo acima da Lua veremos o planeta V√™nus, bastante evidente, e o planeta Marte ao seu lado, com um brilho bem mais modesto. Se o c√©u estiver livre de nuvens, voc√™ n√£o ter√° dificuldade em observar e identificar os planetas. Avise seus amigos e familiares, ser√° uma linda e imperd√≠vel conjun√ß√£o.

Boa observação a todos!

 


Publicado em Uncategorized | Com a tag , , , | Deixar um coment√°rio

Observat√≥rio da Din√Ęmica Solar completa 5 anos no espa√ßo

SDO 5 anos no espaço. NASA. Blog O Guardador de Estrelas.

Ol√°, amigos!

Este m√™s o Observat√≥rio da Din√Ęmica Solar (SDO na sigla em ingl√™s), est√° comemorando 5 anos, mas quem ganha o presente somos n√≥s.

A NASA disponibilizou um vídeo com uma incrível antologia de imagens desses anos todos de observação do Sol desde o espaço. O SDO fica a uma altitude superior a 35 mil km da superfície da Terra.

Confira: www.youtube.com/watch?v=GSVv40M2aks

E aquele abraço!

 


Publicado em Uncategorized | Com a tag , , , , , | Deixar um coment√°rio

Efem√©rides astron√īmicas: de 11 √† 20 de fevereiro de 2015

Vênus e Marte entram em conjunção nos próximos dias. Acompanhe!

Sol nascente na constelação do Capricórnio, em 11 de fevereiro. stellarium,org. Blog O Guardador de Estrelas.

Ilustração do Sol nascente na constelação do Capricórnio, em 11 de fevereiro.

Ol√°, pessoal!

Chegamos ao segundo ter√ßo de fevereiro de 2015, e os crep√ļsculos vespertinos dos pr√≥ximos dias nos reservam uma bela conjun√ß√£o entre V√™nus e Marte.

O Sol est√° na contela√ß√£o do Capric√≥rnio, onde se mant√©m at√© o dia 16. No dia 17 nossa estrela m√£e amanhece em Aqu√°rio, onde permanecer√° at√© o dia 12 de mar√ßo. Nos √ļltimos dias foi observado um longo filamento ocupando parte significativa do disco solar. Filamentos se caracterizam por densas estruturas de gases ionizados que se mant√©m acima da cromosfera, em torno de linhas dominantes do fluxo magn√©tico do Sol.

Imagem do Sol em diferentes comprimentos de onda, obtida pelo instrumento AIA do SDO / NASA, em 11 de fevereiro de 2015. Blog O Guardador de Estrelas.

Sol em 11 de fevereiro de 2015. Um longo filamento pode ser observado ocupando parte significativa do disco solar. AIA / SDO / NASA Blog O Guardador de Estrelas.

Merc√ļrio est√° em Capric√≥rnio, vis√≠vel no quadrante leste antes do amanhecer. Na madrugada de 17, a Lua, minguante, passa a cerca de 3¬ļ de Merc√ļrio.

Aspecto mitol√≥gico das constela√ß√Ķes e a posi√ß√£o do Sol e de Merc√ļrio no zod√≠aco em 11 de fevereiro de 2015. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Aspecto mitol√≥gico das constela√ß√Ķes e a posi√ß√£o do Sol e de Merc√ļrio no zod√≠aco em 11 de fevereiro de 2015.

Vênus e Marte estão dando show no poente, ao cair da noite. Procure acompanhar o movimento aparente de Vênus em relação à Marte nos próximos dias, até o dia 22, quando ambos os planetas estarão em conjunção.

As imagens abaixo representam o quadrante oeste do céu da Bahia, às 18:45, entre os dias 11 e 20 de fevereiro, e ilustram a aproximação angular dos planetas Vênus e Marte, até sua conjunção com a Lua, no dia 20:

V√™nus e Marte entre as constela√ß√Ķes do Aqu√°rio e dos Peixes ao final do crep√ļsculo de 11 de fevereiro de 2015. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

11 de fevereiro.

V√™nus e Marte ao final do crep√ļsculo de 13 de fevereiro de 2015. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

13 de fevereiro.

V√™nus e Marte ao final do crep√ļsculo de 15 de fevereiro de 2015. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

15 de fevereiro.

V√™nus e Marte ao final do crep√ļsculo de 17 de fevereiro de 2015. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

17 de fevereiro

V√™nus e Marte ao final do crep√ļsculo de 19 de fevereiro de 2015. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

19 de fevereiro.

Conjunção Lua, Vênus e Marte em 20 de fevereiro.

Conjunção Lua, Vênus e Marte em 20 de fevereiro.

J√ļpiter entrou em oposi√ß√£o ao Sol no dia 06, e pode ser contemplado desde o in√≠cio da noite, na constela√ß√£o do C√Ęncer, ganhando altura no oriente como um farol nas noites de ver√£o.

J√ļpiter na constela√ß√£o do C√Ęncer, vis√≠vel no quadrante leste do c√©u no in√≠cio das noites de fevereiro.

J√ļpiter na constela√ß√£o do C√Ęncer, vis√≠vel no quadrante leste do c√©u no in√≠cio das noites de fevereiro.

Saturno continua formando com Grafias e Dshubba uma bela configuração celeste, na constelação do Escorpião, adornando o céu das madrugadas.

No in√≠cio da madrugada do dia 13, a Lua, minguante, com cerca de 38% do seu disco iluminado, nasce a menos de 3¬ļ de Saturno, formando uma bela configura√ß√£o.

Lua minguante e Saturno na constelação do Escorpião, madrugada de13 defevereiro.

Lua minguante e Saturno, na constelação do Escorpião, madrugada de 13 de fevereiro.

A Lua chegou ao segundo terço de fevereiro em sua fase minguante.

Dia 11 Lua em Libra, a menos de 5¬ļ de Zuben El Genubi.

Dia 12 Lua em quarto minguante, em Libra.

Dia 13 Lua passa a cerca de 3¬ļ de Saturno, em Escorpi√£o.

Dia 14 Lua no Ofi√ļco.

Dias 15 e 16 Lua em Sagit√°rio.

Dia 17 Lua em conjun√ß√£o com Merc√ļrio, em Capric√≥rnio, pouco antes de alvorecer.

Dia 18 Lua nova, conjunção com o Sol em Aquário.

Dia 19 Lua em Aqu√°rio.

Dia 20 Lua em conjunção com Vênus e Marte, em Peixes. Evento imperdível!

Conjunção Lua, Vênus e Marte no início da noite de 20 de fevereiro.

Conjunção Lua, Vênus e Marte no início da noite de 20 de fevereiro.

N√£o deixe de prestigiar o “encontro” dos planetas do nosso sistema solar! √Č no dia 20, logo ap√≥s o crep√ļsculo vespertino, no quadrante oeste do c√©u da sua cidade. Participe, e avise sua rede de contatos. Observar o c√©u √© uma grande aventura.

Boas observa√ß√Ķes a todos, e aquele abra√ßo!

 


Publicado em Uncategorized | Com a tag , , , , , | Deixar um coment√°rio

Boca de Brasa: Estrelas de Salvador

Ribeira e região da Península de Itapagipe recebem Boca de Brasa

Ger√īnimo faz o show de encerramento do Boca de Brasa - Ribeira e regi√£o da Pen√≠nsula de Itapagipe. Foto: Zelia Uchoa. Blog O Guardador de Estrelas.

Ger√īnimo fez o show de encerramento do Boca de Brasa na Ribeira e regi√£o da Pen√≠nsula de Itapagipe. Foto: Zelia Uchoa. Blog O Guardador de Estrelas.

Ol√°, pessoal!

Nos √ļltimos dias tive o prazer de integrar a equipe de produ√ß√£o do Boca de Brasa, um projeto realizado pela Prefeitura de Salvador, atrav√©s da Funda√ß√£o Greg√≥rio de Matos, cujo objetivo √© fomentar a cultura produzida nos bairros da cidade.

Em janeiro foram realizados dois encontros com a comunidade da Ribeira e regi√£o, para a apresenta√ß√£o e lan√ßamento do projeto e para discuss√£o do Plano Municipal de Cultura. Entre os dias 29 de janeiro e 04 de fevereiro Boca de Brasa realizou seis oficinas gratuitas, ministradas por especialistas em diferentes linguagens art√≠sticas: Teatro, Cria√ß√£o Liter√°ria, Criativa de M√ļsica Home Studio, Audiovisual, Dan√ßas Urbanas e Elabora√ß√£o de Projetos e Gest√£o de Grupos.

Oficina de Elaboração de Projetos e Gestão de Grupos, com a professora Márcia Cardim.

Oficina de Elaboração de Projetos e Gestão de Grupos, com a professora Márcia Cardim.

Durante as a√ß√Ķes do Boca de Brasa, estive em contato com os professores e alunos das seis oficinas, o que representou uma rica experi√™ncia, pois os profissionais destacados para ministrar as oficinas s√£o especialistas em suas √°reas, e os inscritos, em geral, s√£o pessoas em busca de conhecimento, procurando potencializar sua capacidade intelectual e art√≠stica, o que √© sempre muito estimulante.

Noite de poesia no palco do Boca de Brasa: Oficina de Criação Literária, do professor Jorge Carrano. Blog O Guardador de Estrelas.

Noite de poesia no palco do Boca de Brasa: Oficina de Criação Literária, do professor Jorge Baptista Carrano.

Na quinta-feira (05), como resultado das oficinas, o Boca de Brasa realizou uma Mostra P√ļblica, onde, no palco de um caminh√£o especial, com todos os equipamentos importantes de ilumina√ß√£o, proje√ß√£o e som, sob¬†dire√ß√£o art√≠stica de Vadinha Moura,¬†apresenta√ß√£o de Jackson Costa e com o apoio de uma equipe de profissionais de primeira linha, cada turma apresentou um pouco do conhecimento constru√≠do ou aperfei√ßoado com a ajuda dos professores durante as oficinas.

A Mostra P√ļblica do Boca de Brasa contou ainda com show de Ger√īnimo, acompanhado da Banda Monte Serrat, no belo cen√°rio da Pra√ßa Dod√ī e Osmar, localizada atr√°s da Igreja do Bonfim, equipada para pr√°tica de esportes¬†e privilegiada por uma orla maravilhosa.

Boca de Brasa: o evento contou com a apresentação do ator Jackson Costa. Foto: Zelia Uchoa. Blog O Guardador de Estrelas.

Boca de Brasa: o evento contou com a apresentação do ator Jackson Costa. Foto: Zelia Uchoa.

Em 2015, o primeiro bairro contemplado foi a Ribeira e região da Península de Itapagipe, mas em março tem mais, no bairro da Liberdade, um dos maiores celeiros culturais da cidade do Salvador.

Oficina de Danças Urbanas, com o professor Ananias Break: introduzindo os jovens no mundo mágico da dança. Blog O Guardador de Estrelas.

Oficina de Danças Urbanas, com o professor Ananias Break: introduzindo os jovens no mundo mágico da dança.

Uma qualidade importante do Boca de Brasa √© que suas a√ß√Ķes alcan√ßam diversas faixas et√°rias, em diferentes √°reas de interesse, estimulando a participa√ß√£o da fam√≠lia em torno de suas atividades. Algumas m√£es, com filhos inscritos em diferentes oficinas, prestigiaram o projeto com suas presen√ßas, acompanhando seus filhos menores durante o per√≠odo das aulas e na Mostra P√ļblica.

Este √© o terceiro ano do projeto desde que foi relan√ßado pela Prefeitura.¬†As edi√ß√Ķes passadas contemplaram os bairros de Plataforma, Cajazeiras, Boca do Rio,¬†Nordeste de Amaralina, Engenho Velho de Brotas, Pernanbu√©s, Uruguai, Itapu√£,¬†Pau da Lima e¬†Paripe. Na Ribeira, as oficinas aconteceram no Col√©gio Estadual Paulo Am√©rico de Oliveira.

A Oficina de Audiovisual, do professor Paulo Alc√Ęntara, produziu um registro contempor√Ęneo do bairro. Blog O Guardador de Estrelas.

A Oficina de Audiovisual, do professor Paulo Alc√Ęntara, produziu um registro contempor√Ęneo do bairro.

Entre outras fun√ß√Ķes, ajudei a escrever o roteiro da Mostra P√ļblica, e para isso interagi e acompanhei o desenvolvimento de cada turma, me familiarizando com o projeto e estudando a hist√≥ria da Ribeira e regi√£o, que ali√°s √© muito rica e deve ser melhor conhecida e divulgada. Ribeira era uma designa√ß√£o comumente usada pelos portugueses antigos, para se referir aos locais apropriados para o reparo e calafeta√ß√£o dos barcos durante a mar√© baixa.

Pessoalmente, foi uma experiência gratificante assistir a evolução das meninas e meninos da oficina de Danças Urbanas, ministrada pelo talentoso dançarino e professor Ananias Break, ver e ouvir a turma de Criação Literária, do escritor e poeta Jorge Baptista Carrano, recitando suas próprias poesias no palco, com emoção e profundidade.

Oficina de Teatro com a professora Jussara Mathias. Blog O Guardador de Estrelas.

Oficina de Teatro com a professora Jussara Mathias: alegria e brilho no palco do Boca de Brasa.

Foi muito bacana sentir a alegria e a vitalidade da galera da Oficina de Teatro, da professora Jussara Mathias, que abrilhantou e emprestou energia ao palco do Boca de Brasa, e assistir o resultado da Oficina de Audiovisual, do cineasta e professor Paulo Alc√Ęntara, que produziu um rico registro contempor√Ęneo da Pen√≠nsula de Itapagipe, com toda sua beleza, seu potencial tur√≠stico e cultural, apresentado no tel√£o durante a Mostra.

A trilha sonora do audiovisual foi feita pela turma da oficina Criativa de M√ļsica, do professor Nairo Elo, que reuniu um grupo de m√ļsicos promissores. O resultado foi excelente, o professor e os meninos deram show no palco Boca de Brasa.

Boca de Brasa: a Oficina Criativa de M√ļsica, do professor Nairo Elo, reuniu uma turma promissora de m√ļsicos, e a apresenta√ß√£o foi um sucesso. Blog O Guardador de Estrelas.

Boca de Brasa: a Oficina Criativa de M√ļsica, do professor Nairo Elo, reuniu uma turma promissora de m√ļsicos, e a apresenta√ß√£o foi um sucesso.

Tamb√©m foi muito motivador ver o grande n√ļmero de pessoas interessadas em aprender as t√©cnicas de Elabora√ß√£o de Projetos e Gest√£o de Grupos, na oficina sempre concorrida da professora M√°rcia Cardim. Afinal, n√£o basta ter talento art√≠stico, √© necess√°rio escrever, captar, gerir, buscar meios de viabilizar projetos.

E esse √© um dos objetivos do Boca de Brasa, estimular o estabelecimento de uma economia criativa, a partir da produ√ß√£o cultural e da voca√ß√£o art√≠stica de cada bairro, contemplando os bairros mais densamente povoados, nas diferentes regi√Ķes da cidade. Quem tiver interesse em fazer mais de uma oficina, ou perdeu a passagem do projeto pelo seu bairro, pode seguir o Boca de Brasa ao longo de 2015, nas pr√≥ximas edi√ß√Ķes do projeto.

Visite a fanpage Boca de Brasa no Facebook e revele seu talento, deixe sua estrela brilhar. Cultura é a gente que faz!

Aquele abraço.

 


Publicado em Uncategorized | Com a tag , , , , , , , , , , , | 2 coment√°rios

Indica√ß√£o de leitura: “As 100 Maiores Personalidades da Hist√≥ria”

Na sua opinião, quais são as 100 maiores personalidades da história?

Indicação de leitura: "As 100 Maiores Personalidades da História" - Michael Hart. Editora Difel. Blog O Guardador de Estrelas.

"As 100 Maiores Personalidades da História" - Michael Hart. Editora Difel. Blog O Guardador de Estrelas.

Ol√°, amigos!

Dias atr√°s revisitei alguns livros, e destaquei um deles para indicar aqui no blog. Seu nome √© ‚ÄúAs 100 Maiores Personalidades da Hist√≥ria‚ÄĚ, de Michael H. Hart.

Trata-se de uma colet√Ęnea de pequenas biografias, de 100 personagens hist√≥ricos, composta por textos leves e bem escritos. O livro pode ser lido de um modo linear, ou salteado, de acordo com o interesse do leitor pelos biografados, servindo tamb√©m √† consultas r√°pidas. Contudo, o que o torna mais interessante √© que o autor classificou os personagens de acordo com sua influ√™ncia hist√≥rica, tendo o cuidado de, em cada caso, argumentar e justificar os motivos pelos quais foram classificados naquela posi√ß√£o.

Para ilustrar o que define como influ√™ncia, diferente de import√Ęncia, Hart cita o exemplo de que:¬†(…) h√° lugar na minha lista para um homem mau e sem cora√ß√£o, mas com enorme influ√™ncia, como foi Stalin, mas nenhum espa√ßo para a piedosa madre Cabrini.

Como crit√©rio para considerar um personagem mais influente do que outro, o autor levou em considera√ß√£o o grau de influ√™ncia que cada personagem alcan√ßou, a partir de sua obra, sobre a vida e o comportamento de um maior n√ļmero de seres humanos e na hist√≥ria da humanidade. As argumenta√ß√Ķes e justificativas do autor s√£o muito interessantes e consistentes, e todo um cap√≠tulo de introdu√ß√£o √© reservado para analisar e explicar seus crit√©rios, mas Hart nos lembra que se trata apenas de sua opini√£o, como historiador, e nos convida a fazer cada qual sua pr√≥pria lista.

Ler pode ser uma verdadeira aventura. Blog O Guardador de Estrelas.

Ler pode ser uma verdadeira aventura. Blog O Guardador de Estrelas.

Eu j√° fiz meu “Top 10″, e foi um exerc√≠cio bem bacana. Minha lista dos 10 personagens mais influentes difere um pouco da apresentada pelo autor, mas os tr√™s primeiros nomes s√£o os mesmos, ainda que em uma ordem de classifica√ß√£o ligeiramente diferente.

A primeira edi√ß√£o em ingl√™s do livro √© de 1978, e voc√™ pode encontr√°-lo em boas bibliotecas p√ļblicas, ou √† venda na internet e em alfarr√°bios. E ent√£o, √© s√≥ voc√™ esticar sua rede em um lugarzinho tranquilo, e viajar na leitura.

Quiçá você se anime a fazer sua própria lista dos personagens mais influentes da história. Experimente!

Aquele abraço.


Publicado em Uncategorized | Com a tag , , , , , , | 2 coment√°rios

Estrelando: Lua cheia e J√ļpiter! 03/02/15

Lua a seis graus de J√ļpiter: in√≠cio da noite de hoje

Aspecto da Lua no in√≠cio da noite de 03 de fevereiro, 6¬ļ a oeste de J√ļpiter. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Aspecto da Lua no quadrante leste do c√©u, no in√≠cio da noite de 03 de fevereiro, 6¬ļ a oeste de J√ļpiter.

Ol√°!

Enfatizando o que foi anunciado no texto Efem√©rides, hoje tem Lua cheia, na constela√ß√£o do C√Ęncer, a seis graus de J√ļpiter. N√£o veremos as estrelas de C√Ęncer, que estar√£o ofuscadas pela Lua, mas J√ļpiter parecer√° muito evidente e ser√° uma boa oportunidade para observ√°-lo e mostr√°-lo a algu√©m.

Aquele abraço, e boa observação!

 


Publicado em Uncategorized | Com a tag , , , , | 3 coment√°rios

Efem√©rides astron√īmicas: de 01 √† 10 de fevereiro de 2015

O céu do primeiro terço de fevereiro

Ilustração de Sol nascente em 01 de fevereiro de 2015. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Ilustração do Sol nascente em 01 de fevereiro de 2015. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Ol√°, amigos!

O tempo passa, a entropia aumenta, a energia se conserva, e cá estamos, em fevereiro de 2015. Cronos é tão antigo que não lembra de sua origem, diziam os gregos. Sigamos em frente.

Sol em 03 de fevereiro de 2015. A imagem acima, obtida a partir de diferentes comprimentos de ondas, denota um grande buraco coronal no hemisfério sul do Sol. AIA / SDO / NASA. Blog O Guardador de Estrelas.

Sol em 03 de fevereiro de 2015. A imagem acima, composta em diferentes comprimentos de ondas, evidencia um grande buraco coronal no hemisfério sul do Sol. AIA / SDO / NASA. Blog O Guardador de Estrelas.

O Sol está na constelação do Capricórnio, onde se mantém até o dia 16.

Posi√ß√£o do Sol e de Merc√ļrio no zod√≠aco em 01 de fevereiro de 2015. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Posi√ß√£o do Sol, de Merc√ļrio e de V√™nus no zod√≠aco em 01 de fevereiro de 2015. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Merc√ļrio est√° invis√≠vel, dada a proximidade angular com o Sol, em¬†Capric√≥rnio, por todo o primeiro ter√ßo do m√™s.

Vênus e Marte no início da noite de 05 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Vênus e Marte no início da noite de 05 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Vênus está na constelação do Aquário, facilmente visível no quadrante oeste do céu. Procure acompanhar Vênus ao longo de fevereiro, você perceberá o movimento aparente do planeta de um dia a outro, em relação às estrelas e ao horizonte oeste. Vênus está se aproximando angularmente de Marte e no dia 20 de fevereiro ambos os planetas formarão uma linda conjunção entre si e com a Lua. Acompanhe!

Marte segue na constelação do Aquário até o dia 10, visível no quadrante oeste do céu no início da noite. Dia 11 Marte anoitece em Peixes.

Lua cheia em C√Ęncer e o planeta J√ļpiter, noite de 03 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Lua cheia em C√Ęncer, a 6¬ļ de J√ļpiter, em 03 de fevereiro. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

J√ļpiter segue sendo o bonit√£o das noites de ver√£o, ascendendo ao c√©u a partir de 19 horas (Bahia). Em meados de outubro de 2014 J√ļpiter passou da constela√ß√£o de C√Ęncer para a de Le√£o, e agora, o planeta come√ßa o m√™s de fevereiro fazendo o caminho inverso, de Le√£o para C√Ęncer, onde se manter√° at√© o in√≠cio de junho.

Saturno em Escorpi√£o. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Saturno em Escorpi√£o. stellarium.org. Blog O Guardador de Estrelas.

Saturno está na constelação do Escorpião, nascendo a partir de uma hora da madrugada (Bahia) em conjunção com a estrela Grafias (também chamada de Acrab). No dia 13, a Lua, minguante, entra em conjunção com Saturno.

Lua cheia, em 03 de fevereiro, na constela√ß√£o do C√Ęncer. stellarium.org Blog O Guardador de Estrelas.

Lua cheia, em 03 de fevereiro, na constela√ß√£o do C√Ęncer.

A Lua começou fevereiro na constelação de Gêmeos, em seu aspecto giboso crescente.

Dia 01 Lua em Gêmeos.

Dia 02 Lua em C√Ęncer.

Dia 03 Lua cheia, em C√Ęncer. No in√≠cio da noite a Lua estar√° a menos de 6¬ļ a oeste de J√ļpiter. Ser√° uma bela configura√ß√£o, e uma boa oportunidade para voc√™ identificar J√ļpiter e mostr√°-lo para algu√©m.

Dia 04 Lua em Le√£o, a cerca de 3¬ļ da estrela R√©gulus.

Dia 05 e 06 Lua em Le√£o.

Dia 07, 08 e 09 Lua em Virgem.

Dia 10 Lua em Libra.

Desejo a todos boas observa√ß√Ķes!

 


Publicado em Uncategorized | Com a tag , , , , | 2 coment√°rios

Textos soltos: Uma viagem de bicicleta

“Viver ‚Äď n√£o √©?¬†‚Äď √Č muito perigoso. Porque viver √© que √© viver, mesmo.”

Grande Sert√£o: Veredas (p. 601)

Primeiro dia: Salvador - Santo Antonio de Jesus. Blog O Guardador de Estrelas

Salvador – Santo Antonio de Jesus: 108 km

Eram tr√™s horas da madrugada, meados de janeiro de 2015. Levantei-me sonolento e tomei uma ducha para ajudar a despertar. Pela janelinha do banheiro vi Saturno, pr√≥ximo √†s estrelas Grafias e Dschubba, em Escorpi√£o. Formavam uma bela configura√ß√£o, e cerca de 13¬ļ acima do horizonte, a Lua, em delgado minguante, reluzia suavemente sobre o mar.

Naquela madrugada, minha mulher me acompanhou at√© √Āgua de Meninos, fez algumas fotos enquanto eu ajustava a bicicleta, e num beijo c√°lido e amoroso nos despedimos. Os port√Ķes de embarque do Terminal de S√£o Joaquim se abriram enquanto o Sol ascendia sobre o horizonte. Um apito longo, um solavanco leve, e a nave partiu em travessia da Ba√≠a de Todos os Santos,¬†rumo √† Ilha de Itaparica.

Uma viagem de bicicleta: travessia Salvador - Ilha de Itaparica. Blog O Guardador de Estrelas.

Uma viagem de bicicleta: travessia Salvador - Ilha de Itaparica. Blog O Guardador de Estrelas.

Ao desembarcar em Bom Despacho, munic√≠pio de Vera Cruz, segui pedalando, feliz como uma crian√ßa que rec√©m aprendeu a andar de bicicleta. Nos primeiros quarenta quil√īmetros fui cantarolando, mas antes de Nazar√© o Sol j√° estava alto no c√©u e a insola√ß√£o castigava. Parei algumas vezes para me hidratar e me proteger da insola√ß√£o, e em uma dessas paradas, sentado √† sombra de uma jaqueira, fiquei algum tempo conversando com um homem amputado de um p√©, e com uma mulher que vendia cocos √† beira da estrada. Na rodovia √† nossa frente, os carros passavam em alta velocidade, e √†s vezes paravam¬†vans para desembarcar ou embarcar passageiros.

O mundo se parecia diferente naquela manhã. Estava tudo em seu lugar, mas eu olhava de outro modo. Viajar de bicicleta nos proporciona uma perspectiva diferente de tempo, e uma maior interação com o que está à margem do caminho.

Na entrada para São Roque do Paraguaçu, uma procissão religiosa se alongava na beira da estrada. Cheguei à cidade de Nazaré ao meio dia, Sol no zênite, encontrei um restaurante aconchegante logo no início da rua, com um quintal sombreado por belas árvores e sentei-me à mesa para almoçar.

Uma viagem de bicicleta: Vera Cruz - Nazaré. Blog O Guardador de Estrelas.

Uma viagem de bicicleta: Vera Cruz - Nazaré. Blog O Guardador de Estrelas.

No início da tarde já estava pedalando novamente, para o oeste, numa insolação escaldante. Cheguei a Santo Antonio de Jesus no ocaso do Sol. O rádio de uma pequena borracharia executava a Ave Maria, de Schubert.

Santo Antonio de Jesus - Castro Alves (por Sapeaçu). Blog O Guardador de Estrelas.

Santo Antonio de Jesus – Castro Alves: 69 km

No dia seguinte acordei todo dolorido e levei um bom tempo até me levantar. Quando peguei a BR 101, rumo a Sapeaçu, o Sol estava alto no céu. Pedalei por todo o final da manhã e início da tarde, subindo muita ladeira, e em um alto da estrada parei à sombra de um pé de fruta-pão, onde o pessoal que trabalhava na manutenção do acostamento acabava de almoçar. Me uni ao pessoal para descansar naquela sombra, me enturmei, e até me ofereceram uma marmita.

Almoçando com os obreiros Jacaré, Givaldo e Mathias, na BR 101. Blog O Guardador de Estrelas.

Almoçando com o pessoal da manutenção: Jacaré, Givaldo e Mathias - BR 101. Blog O Guardador de Estrelas.

Fazia tempo que eu n√£o pedalava, e nunca havia pedalado tanto assim. No final do dia sentia cansa√ßo e muitas dores pelo corpo. A insola√ß√£o, a dire√ß√£o oeste, as ladeiras intermin√°veis deixaram a coisa um tanto dif√≠cil. Ao mesmo tempo, a mente se fortalecia com o exerc√≠cio de suportar o inc√īmodo, de persistir, de superar mais uma ladeira quando parecia que n√£o ia conseguir.

Cruzei a linha ferroviária algumas vezes, e a paisagem parecia mais bonita à medida que penetrava o semiárido, repleta de elementos emblemáticos do sertão, como os rebanhos de cabras, os umbuzeiros, os mandacarus.

Umbuzeiro, rebanho de cabras, estrada de ferro: elementos emblem√°ticos do sert√£o. Blog O Guardador de Estrelas.

Uma viagem de bicicleta pelo interior da Bahia. Blog O Guardador de Estrelas.

Cheguei a Castro Alves no final da tarde, e me hospedei em um modesto hotel, próximo à entrada da cidade. Estava tão cansado que fiz meu próprio jantar no quarto e adormeci.

Castro Alves - Iaçu. Google Earth. Blog O Guardador de Estrelas.

Castro Alves РIaçu: 121 km

A cada dia eu acordava me sentindo melhor e menos dolorido. Naquela manhã, deixei Castro Alves por volta das oito horas e segui rumo oeste pela BA 493, muito bonita e com acostamento, atravessando a pradaria, margeada por mandacarus carregados de frutos. Nessa manhã coloquei em prática uma ideia que se mostrou bastante efetiva. Eu trazia dois lacres plásticos, tamanho grande, e os atravessei pela pedaleira da bicicleta, de forma a poder prender neles a ponta dos pés e, assim, otimizar as pedaladas. A coisa funcionou bem e teria aliviado muito o esforço dos dias anteriores, os pés se soltavam facilmente, sem risco de ficarem presos e incorrer em queda.

Castro Alves - Iaçu. Blog O Guardador de Estrelas.

Castro Alves - Iaçu. Blog O Guardador de Estrelas.

Pouco antes de Itatim parei para me abastecer de água em um belo sítio, entre a estrada e um pico alto e pontiagudo de granito, muito bonito e apropriado para prática da escalada. Um grupo de homens da família chegou para almoçar e a dona da casa me convidou a acompanhá-los. Foram muito gentis e senti-me grato por compartilhar daquele agradável momento em família. Foi preciso uma dose de coragem para deixar o conforto da varanda sombreada onde almoçamos e encarar a canícula daquela hora.

Na BR 116 comprei um grande chap√©u de palha, muito √ļtil. Rasguei uma tira da camisa para amarr√°-lo √† cabe√ßa, de forma a n√£o cair com o vento, e peguei algumas informa√ß√Ķes sobre o caminho que eu pensava em seguir. A mulher que me vendeu o chap√©u disse que na noite anterior havia tido uma fuga de presos da cadeia municipal, e que os foragidos tinham fugido na dire√ß√£o que eu pretendia seguir. Animador!

Terceiro dia: Castro Alves - Iaçu. Blog O Guardador de Estrelas.

Castro Alves - Iaçu. Blog O Guardador de Estrelas.

Entre Itatim e Milagres peguei um vento contra, soprado de sudeste, que me obrigava a pedalar na descida. O deslocamento de ar causado pelas carretas tinha efeitos imprevisíveis e o sol forte castigava. Aquele que era esperado como o dia mais tranquilo, tornou-se o dia mais cansativo. Na encruzilhada com a BA 046, pouco antes de Milagres, enveredei rumo oeste novamente e segui pedalando o restante do dia, até Iaçu, onde cheguei à noite.

Uma viagem de bicicleta: Iaçu - Andaraí. Blog O Guardador de Estrelas.

Iaçu РAndaraí: 174 km

A insola√ß√£o foi tanta nesse terceiro dia, que durante a noite, apesar do cansa√ßo, eu quase n√£o consegui dormir. Como consequ√™ncia, no dia seguinte, deixei o quarto no meio da manh√£, com o Sol alto no c√©u. Comi alguma coisa em um posto de gasolina e peguei a estrada. Pouco antes de Jo√£o Amaro, parei √† sombra de uma √°rvore, onde jazia o¬†¬†esqueleto intacto de uma cobra, parcialmente coberto pelas escamas secas. Podia ouvir o som das coisas cozinhando ao sol daquela hora. A regi√£o √© muito bonita, cortada pelo rio Paragua√ßu. Na segunda metade do s√©culo dezessete a c√Ęmara de Salvador contratou os servi√ßos dos bandeirantes paulistas Estev√£o Ribeiro Bay√£o Parente, que veio acompanhado por seu filho Jo√£o Amaro, e Br√°z Arz√£o,¬†para fazerem guerra aos tapuias que viviam ao longo da bacia hidrogr√°fica do Paragua√ßu, e representavam um obst√°culo para a cria√ß√£o de gado.

Enquanto eu estava ali, passou um senhor em uma moto. Me chamou aten√ß√£o o fato de ele ter passado sem me cumprimentar, o que √© incomum, de acordo com os costumes da regi√£o. Ser√° que eu parecia um foragido da cadeia municipal? – pensei. Por algum motivo, depois de passar e entrar na pista, ele deu a volta, e veio falar comigo. Se apresentou como Sinhozinho, conversamos bastante e ele sugeriu que eu pedalasse mais um quil√īmetro, at√© Jo√£o Amaro, e esperasse por um √īnibus que passaria √†s 14:30 rumo a Itaet√™. Com isso eu evitaria a insola√ß√£o e percorreria rapidamente um longo trecho deserto, sem pavimenta√ß√£o,¬†sem abastecimento de √°gua e sem atrativos naturais, e que eu j√° conhecia. Sinhozinho, que trabalhara muitos anos na Funda√ß√£o Nacional de Sa√ļde conhecia muito bem toda a regi√£o, inclusive o Vale do Pati, aonde s√≥ se chega a p√©, ou montado em animal, no cora√ß√£o da Chapada Diamantina.

Quarto dia: Iaçu - Andaraí. Blog O Guardador de Estrelas.

Iaçu - João Amaro. Blog O Guardador de Estrelas.

Acatei sua sugest√£o, pedalei at√© Jo√£o Amaro e fiquei saboreando deliciosos umbus maduros, enquanto esperava o √īnibus, que chegou lotado. O bagageiro tamb√©m estava cheio, mas o motorista e o cobrador foram receptivos e cordiais. Remanejei as bagagens e consegui embarcar a bicicleta. Chegando em Itaet√™, o motorista ofereceu me deixar logo depois da cidade, na encruzilhada para o Rumo. Com isso, eu evitaria uma ladeira de dois quil√īmetros, e poderia pedalar at√© √† noite com temperatura mais amena. Foi o que fiz. Desci na encruzilhada para o Rumo no final da tarde e segui pedalando pela estrada de cascalho.

Havia percorrido cerca de 89 km de √īnibus, o que diminuiu pelo menos um dia de viagem, e apesar de ainda restar 60 km para chegar na vila onde moro, j√° estava me sentindo em casa. Cruzei o rio Una √† hora do crep√ļsculo, me reabasteci de √°gua na Lapa do Bode, e encarei mais uma longa ladeira. A Lua era nova, havia se posto em conjun√ß√£o com o Sol. Algumas nuvens vagavam esparsadas e as estrelas come√ßaram a surgir entre elas. S√≠rius, Can√≥pus, Rigel, Betelgeuse eram as luzes daquela hora. Da estrada eu divisava apenas o sentido geral, sem conseguir distinguir buracos, pedras e valetas. Os vaga-lumes pareciam interagir com os pisca-alerta da bicicleta, e a constela√ß√£o do Perseus se destacava de um modo especial.

Depois de algum tempo alcancei a BA 142, em bom estado, mas sem acostamento, e apesar de algumas ladeiras por subir, finalmente vieram as grandes descidas, que me proporcionaram muita emoção. Lancei-me no escuro, em alta velocidade, foi inevitável. Uma grande alegria me contagiava, e, além disso, tinha esperança de encontrar aberta a cozinha da pousada de um amigo.

De Jo√£o Amaro √† encruzilhada para o Rumo - 89 km de √īnibus. Blog O Guardador de Estrelas.

De Jo√£o Amaro √† encruzilhada para o Rumo - 89 km de √īnibus. Blog O Guardador de Estrelas.

Cheguei no povoado da Passagem por volta de 21 horas, a cozinha já havia fechado, mas as cozinheiras, minhas amigas, providenciaram uma refeição gostosa e passei a noite por ali.

No dia seguinte, claro, esperei o sol forte da metade da manh√£ para come√ßar a √ļltima etapa do caminho que me levaria pra casa. Os √ļltimos seis quil√īmetros percorri por uma trilha, antiga estrada principal da regi√£o durante o s√©culo dezenove. Ladeira inclinada, minha vez de levar a bicicleta. Parei para colher e saborear algumas mangas pelo caminho. Uma vez na vila, reencontrei amigos e levei um tempo at√© chegar em casa.

Cidade Fantasma, igatu, andaraí, bahia,  Blog O Guardador de Estrelas.

Uma viagem de bicicleta. Blog O Guardador de Estrelas.

Cinco dias depois de ter sa√≠do de Salvador, pela Ilha de Itaparica, eu chegava em casa, na Chapada Diamantina. Havia percorrido cerca de 472 km, dos quais 89 foram de √īnibus e 383 de bicicleta.

Uma viagem de bicicleta. Blog O Guardador de Estrelas.

Uma viagem de bicicleta. Blog O Guardador de Estrelas.

No dia seguinte, aproveitei para esticar uma rede à sombra de minha árvore predileta, e passei o dia descansando, lendo um bom livro, e absorvendo a experiência daquela pedalada.

Aquele abraço!

 


Publicado em Uncategorized | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , | 22 coment√°rios