Campus Party BA

10 curiosidades sobre a internet na Campus Party

Você sabia que a Campus Party atenderia uma cidade inteira do tamanho de Feira de Santana?

Redação iBahia (redacao@portalinahia.com.br)

1 – Na Campus Party foram colocados dois cabos de 12 fibras, cada um entrando por um local da Fonte Nova, no total 24 fibras óticas. Em cada fibra pode trafegar 42 circuitos de 100GB, o que totaliza a capacidade de 4,2 teras. Isso vezes 24, somam 1000 teras. "As fibras óticas que estão aqui poderiam chegar a essa capacidade, porém não estão todas iluminadas, uma única fibra dá conta de tudo. Mas, essa é a estrutura grandiosa que montamos para o evento", revela André Costa, CEO da Use Telecom.

2 – Uma das grandes novidades é que essa estrutura se mantém para eventos futuros. Depois do Campus Party, a Arena Fonte Nova passa a ter uma internet de alta velocidade, preparada pra atender qualquer evento, de qualquer porte fornecida pela Use Telecom.

3 – Em caso de necessidade de back-up, existe uma equipe de plantão para corrigir o problema. Existem duas fibras entrando, por duas rotas distintas que, se uma parar, a outra assume rapidamente.

O mestre @cappra trazendo os campuseiros em peso para o palco Feel the Future com a sua palestra sobre Big Data! ????

Uma publicação compartilhada por Campus Party Brasil (@campuspartybra) em

4 – A capacidade para a conexão simultânea é de 32 mil computadores (IPs), ainda que, por espaço físico, a capacidade do evento seja de 6 mil computadores conectados ao mesmo tempo.

5 – Em 24h, 18 mil terabytes de informação foram transferidas na rede da Campus Party, isso equivale a 6000 mil filmes em fullHD, o equivalente a 270 mil minutos de filmes ininterruptos. 

6 – Ao contrário do que muitos pensam, não existe um WiFi da Campus Party. Em eventos de tecnologia desse porte, não se utiliza rede WiFi devido a alta densidade de pessoas dentro do evento e a proposta é disponibilizar uma alta velocidade de internet. No wifi, hoje, uma boa qualidade de internet dá 300 mega. No cabo, isso pula pra uma disponibilidade de 1GB de velocidade para cada usuário. "Por isso não se usa. Para entender melhor, no wifi existe a limitação do rádio. Rádio é algo geralmente é usado para residência", explica André.

7 – Por outro lado, também é tradição do evento, os próprios campuseiros levarem seus modens, rotearem a internet e criarem pequenas células de wifi que  podem atender aos diversos grupos de participantes.

8 – Durante a Campus Party, a Use Telecom, empresa que responde por toda estrutura de internet do evento, congelou sua rede, ou seja, está suspensa qualquer ativação de cliente, exatamente para manter a equipe focada e evitar qualquer erro humano que possa interferir no evento. "A ideia é manter a equipe monitorando e atendendo o evento e os clientes da base apenas, para que o evento não interfira nos clientes da base e os clientes da base não interfiram no evento", conta o CEO da USE.

9 – Todos os equipamentos que entram na Campus Party são cadastrados, por segurança, exatamente pelas possibilidades que traz uma internet de alta velocidade. Caso ocorra algum crime virtual, o computador poderá ser identificado.

10 – A capacidade de internet da Campus Party atenderia uma cidade inteira do tamanho de Feira de Santana.

Veja Mais