Tecnologia

20% dos jovens possuem algum aplicativo de relacionamento no celular

Encontrar o 'crush' fica a um click de distância e no conforto de casa

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A busca por aplicativos de relacionamentos para mediar encontros tem feito parte da vida de muitos brasileiros. Segundo uma pesquisa feita pelo CONECTaí, cerca de 20% dos jovens, entre 18 e 24 anos, possuem algum aplicativo com essa finalidade baixado no celular. Dentre os mais populares estão o Tinder, OkCupid e Happen.

Foto: Divulgação

A dinâmica utilizada é bem simples, basta criar um perfil com algumas informações: nome, idade, sexo, fotos e principais gostos. Logo após, os dados ficarão disponíveis para que os 'crushs' possam analisar, conversar e marcar o esperado encontro. Muitos usuários utilizam essas novas plataformas para estabelecer relacionamentos não formais ou encontros sem compromisso, porém outros estão em busca do par perfeito e verdadeiro amor. 

Exitem diversas histórias de casais que deram certo usando os aplicativos, a mais repercutida foi a do casal Luana e Rodrigo, de Pelotas no Rio Grande do Sul. Depois de diversos encontros marcados pelos dois, a relação foi ficando mais séria e com o tempo oficializaram. O diferencial foi que eles decidiram fazer uma tatuagem com o símbolo do Tinder para eternizar a maneira como se conheceram. A história caiu na internet e rendeu muitos comentários.

Apesar da facilidade de 'selecionar' pessoas de acordo com o gosto pessoal, o 'match' não é aprovado por muitos. Ainda é considerado como maioria os que preferem o contato direto com pessoas conhecidas fora dessas plataformas, seja através de amigos em comum ou na correria do dia a dia. Maioria ou não, esse novo método pra encontrar um par tem dado o que falar.