Arte e Decoração

A família aumentou? Veja dicas simples para adaptar espaços pequenos

Arquiteta Carolina Gomes dá algumas dicas para adaptar espaços pequenos que vão contribuir para acolher

Agência O Globo

A família está aumentando e você não sabe o que fazer para acomodar todos em casa? A arquiteta Carolina Gomes dá algumas dicas para adaptar espaços pequenos que vão contribuir para acolher, com conforto e economia, os novos membros.

Aumente o espaço livre no chão
Os bebês precisam de espaço para ‘evoluir’, por isso é recomendável ampliar a área livre no chão para recebê-los com segurança. Para isso, use armários e prateleiras altas, e isole ambientes com escadas.


Livre-se do supérfluo
É importante criar espaço para quem está chegando, evitando atrapalhar quem já está na casa. Mas, se o apartamento tem apenas um quarto e um bebê está por vir, o jeito é se livrar do supérfluo e dividir o cômodo com o pequeno.

"Para isso, você terá que abrir mão de tudo o que não é realmente útil dentro do seu quarto, deixando-o com menos objetos possíveis. Mini berço e moisés é uma boa solução para ambientes que são muito apertados", aconselha a arquiteta.

Cuidado com as janelas
Os móveis devem ficar sempre longe das janelas, que precisarão de grades ou tela de proteção para proteger o bebê. Não esqueça de deixar também fora do alcance das crianças pequenos objetos, peças cortantes, plantas tóxicas, e qualquer outro item que possa ameaçar sua integridade.

Defina bem os espaços

É preciso separar um local para guardar as roupas e demais pertences dos filhos, ficando claro qual é o espaço dos pais e qual o das crianças, no próprio quarto ou dividindo o mesmo ambiente com outros irmãos.

Atenção aos detalhes

Para otimizar os espaços, Carolina sugere atenção a detalhes como pintar as paredes de branco, para dar sensação de amplitude, e apostar em móveis retráteis, que têm mais de uma utilidade:

"Manter os ambientes limpos e organizados sempre é bom. Uma dica para organização é 'cada coisa tem o seu lugar e para lá sempre deve voltar'".