Saúde

Alimentos como peito de peru e barrinha de cereal não são tão saudáveis

Alguns brasileiros passaram a incluir em sua dieta produtos que ganharam fama de saudáveis

Agência O Globo
- Atualizada em

Alguns brasileiros passaram a incluir em sua dieta produtos que ganharam fama de saudáveis, mas que de bons mesmo só têm os rótulos. A Proteste Associação de Consumidores analisou 12 marcas de barrinhas de cereais e constatou em quatro delas baixa qualidade nutricional. Algumas também apresentavam quantidade de fibras abaixo do esperado e diferença acima do permitido entre os teores nutricionais declarados nos rótulos e os encontrados nos produtos em análise no laboratório.

Foto: Divulgação

— A pessoa que compra uma barrinha espera que ela tenha, pelo menos, uma quantidade razoável de fibras. Mas constatamos que elas são ricas em sódio e açúcar — afirma Livia Coelho, advogada e representante da Proteste.

Alguns brasileiros passaram a incluir em sua dieta produtos que ganharam fama de saudáveis, mas que de bons mesmo só têm os rótulos. A Proteste Associação de Consumidores analisou 12 marcas de barrinhas de cereais e constatou em quatro delas baixa qualidade nutricional. Algumas também apresentavam quantidade de fibras abaixo do esperado e diferença acima do permitido entre os teores nutricionais declarados nos rótulos e os encontrados nos produtos em análise no laboratório.

— A pessoa que compra uma barrinha espera que ela tenha, pelo menos, uma quantidade razoável de fibras. Mas constatamos que elas são ricas em sódio e açúcar — afirma Livia Coelho, advogada e representante da Proteste.

 Perigo camuflado

 Cereais Matinais: mesmo sendo uma boa fonte de energia, a maioria traz alto teor de açúcar e sódio. Por isso, o consumo de cereais nessas versões não é recomendado para crianças e deve ser evitado para adultos.

 Suco de caixinha: a maioria desses produtos possui a mesma quantidade de açúcar dos refrigerantes. Além disso, eles também contêm bem menos frutas do que o esperado de um suco.

 Sopas instantâneas: embora práticas, elas são pouco nutritivas e, em geral, ricas em sódio e aditivos químicos. O excesso de sódio atua como um fator de risco para o desenvolvimento ou agravamento da hipertensão.

Gelatina: é um alimento ultraprocessado e contém açúcares, conservantes, aromatizantes e corantes.

Biscoitos de água e sal: ele, em geral, combinam trigo branco, gordura hidrogenada, açúcar, sal e aditivos químicos. Precisam ser consumidos com moderação, os que têm gordura trans devem ser evitados.

Barrinha de cereal: muita gente acha que elas são ricas em fibras (responsáveis pelo bom funcionamento do intestino e saciedade), mas, na verdade, alguns trazem teores abaixo do esperado, além de seres ricas em sódio e açúcar. 

Peito de Peru: apesar de associado à alimentação saudável, o peito de peru é um embutido e é rico em sódio e outros aditivos como corantes, conservantes. Uma porção de  40g (duas fatias, em média) pode juntar 500mg de sódio, o que representa 1/4 do valor diário recomendado.