Moda e Beleza

'Animal não é grife. Adote, não compre' foi o mote de campanha feita por estilista no SPFW

A ação aproveitou o evento para incentivar a adoção dos pets e fazer uma campanha contra o uso de animais na indústria cosmética e da moda

Emília Oliveira (emilia.oliveira@redebahia.com.br)
- Atualizada em
A cadelinha Capitu entrou na passarela ao lado de um adestrador de animais


Uma parceria entre o estilista Ronaldo Fraga e o Projeto Esperança Animal (PEA) chamou a atenção de quem assistia aos desfiles do terceiro dia de São Paulo Fashion Week na tarde da quarta-feira (06). Isso porque, ao invés de modelos de corpos esculturais e peças tendências do Inverno 2015, uma cadelinha foi a estrela da apresentação.


Batizada de 'Dogwalk', a ação aproveitou o evento para incentivar a adoção dos pets e fazer uma campanha contra o uso de animais na indústria cosmética e da moda, que tem como mote "Animal não é grife. Adote, não compre". Ronaldo Fraga compartilhou uma foto da cadelinha na passarela em seu Instagram e recebeu muitos elogios dos seguidores. "Como sempre, uma mensagem maravilhosa que vem de você e do seu trabalho. Você me inspira!", afirmava um dos posts.


No backstage do SPFW a 'cadelinha' estrela do desfile, que atende pelo nome de Capitu, e uma outra, de pelo branquinho, chamada Sossego, foram o centro das atenções. O alvoroço foi tamanho que, após o evento, a cadelinha Sossego acabou sendo adotada por um fashionista. É muito chique fazer o bem, não acham?

Veja Mais