Onde Está Meu Trio

Aplicativo de celular venderá abadás com preços a partir de R$39,90

Com investimento de aproximadamente R$ 50 mil, o aplicativo Meu Abadá reúne 17 camarotes e 32 blocos em sua plataforma

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Será lançado na próxima quarta-feira (15) o aplicativo para celular Meu Abadá,  que venderá abadás para o Carnaval de Salvador. O aplicativo, que  estará disponível para download gratuito (em IOS e Android), funcionará como uma espécie de “classificados” virtual que busca facilitar a vida do folião que quer comprar, trocar ou vender seu abadá, além de prestar serviço  com informações em tempo real sobre valores dos abadás, coletados nos pontos de vendas do Aeroclube e Jardim Brasil.

O aplicativo terá também  dicas de segurança para turistas com  locais onde comer, onde customizar seu abadá e  onde encontrar faxineiras para casas de aluguel por temporada. “O que eu quero é facilitar a vida dos turistas e dos baianos com uma ferramenta inovadora”, garante o produtor Iuri Paulino, 31 anos, idealizador do Meu Abadá. Ele  conta que sempre fez o papel de mediador entres os amigos de outros estados. Foi aí que surgiu a ideia de oficializar e profissionalizar as dicas de onde comprar e vender abadás.

Com investimento de aproximadamente R$ 50 mil, o aplicativo Meu Abadá reúne 17 camarotes e 32 blocos cadastrados em sua plataforma com preços que custam a partir de R$ 89,99 e R$ 39,90, respectivamente.  Lançado no mês do Carnaval, período que prevê mais de um milhão de turistas em Salvador, Meu Abadá espera atingir pelo menos 300 mil foliões. “Saber onde vender e comprar abadá é uma dificuldade de 90% dos turistas que vêm para Salvador”, explica Iuri ao comentar a realidade do mercado em que o aplicativo está sendo lançado.