Salvador

Publicada em 01/12/2013 às 19h53. Atualizada em 01/12/2013 às 19h57

Após ordem de saída, barraqueiros queimam equipamentos em Patamares


Notificação da prefeitura de Salvador proíbe não credenciados de atuarem na orla


Correio*
publicidade

Barraqueiros que vendem na orla de Patamares queimaram seus equipamentos de trabalho na tarde deste domingo (01), em protesto à notificação da prefeitura de Salvador que irá demarcar os lugares a serem ocupados pelos credenciados. Segundo informações da 15ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), os vendedores não chegaram a queimar todos os materiais, apenas os que não conseguiram carregar.

O protesto não chegou a interromper o tráfego na região.A partir de amanhã, as praias de Salvador ficarão vazias com a retirada de barracas, cadeiras e ambulantes  da orla.  Os barraqueiros devem ser removidos  até as 19h de hoje e ao longo da  semana, toda orla será demarcada e só 200 ambulantes  poderão voltar à faixa de areia que vai de São Tomé de Paripe a Ipitanga, no próximo sábado.

Enquanto aguardam o anúncio, os vendedores terão que arranjar uma meio de transportar e guardar barracas, tendas e cadeiras,  e terão que montar e desmontar diariamente suas estruturas. No Porto da Barra, eles deixarão os equipamentos em um depósito.

Matéria Correio24h
Após ordem de saída, barraqueiros queimam equipamentos em Patamares

 





Tags: Barraqueiros, Patamares, Polícia Militar, Protesto
{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do Portal iBahia; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação
Agenda Cultural