Saúde

Assistir a filmes pornô deixa mulheres descontentes com 'sexo real', diz estudo

Pesquisa foi feita com 1000 voluntários, sendo 2/3 do sexo feminino

Agência O Globo

Um estudo da University of New Brunswick (Canadá) concluiu que mulheres que assistem a filmes pornô com frequência estão descontentes com o "sexo real".

A pesquisa, publicada na revista "The Canadian Journal of Human Sexuality", com 1000 voluntários - 2/3 dos quais do sexo feminino - abordou o efeito de vídeos eróticos no comportamento sexual das pessoas.

 

Nas mulheres, o pornô atua como fator desestimulante do sexo com os parceiros. Abaixo, algumas das justificativas:

- Nos filmes, o sexo dura bem mais do que na "vida real".

- As mulheres (atrizes) atingem o orgasmo muito mais facilmente.

- Os pênis (dos atores) tem dimensões maiores do que o(s) do(s) parceiro(s).

As mulheres também estão sofrendo com a autoestima, pois as atrizes de filmes adultos costumam se apresentar com corpos impecáveis.

Veja Mais