Novelas

Atriz e diretor de 'Deus salve o Rei' contam o que está por vir na nova novela

Trama das sete aposta em recursos gráficos para engrandecer a produção e atrair os telespectadores

Carolina Dourado* (carolina.dourado@redebahia.com.br)
- Atualizada em

A nova novela das sete, 'Deus salve o Rei', estreou nesta terça-feira (9) e a aposta do enredo foi misturar histórias medievais, romance, humor e reflexões sobre temas atuais. Já no primeiro capítulo, foi possível perceber toda ambientação do universo medieval criada. A super produção da cidade cenográfica, efeitos gráficos, banco de imagens e o figurino deram um toque especial no folhetim, o que levou os telespectadores a se situarem na época retratada. Na Bahia, 'Deus Salve o Rei' é exibida após o Jornal Nacional.

Foto: Divulgação/ Rede Globo/ Sergio Zailis

A história gira em torno de dois reinos: Montemor e Artena, um rico em minério de ferro e outro em água. Os dois vivem em paz há muito tempo, mas as coisas vão mudar. A princípio, o reino de Motemor sofre pelo fracasso na inauguração de um aqueduto, bem como pela falta de água. Por conta disso, expedições serão feitas para encontrar o recurso natural tão precioso e a partir daí o enredo vai se desenrolando.

No decorrer da trama, vai ser possível observar histórias de amor entre o príncipe Afonso (Romulo Estrela) de Montemor e a plebeia Amália (Marina Ruy Barbosa) de Artena. No enredo, a princesa Catarina (Bruna Marquezine) irá desenvolver planos ambiciosos e malignos que podem influenciar negativamente no casal. 

A atriz Marina Moschen, que interpreta Selena, e o diretor João Boltshauser estiveram na redação do iBahia e falaram um pouco sobre a produção e a preparação para a novela. Deram, ainda, alguns spoilers para o público. O diretor também contou que por conta da super produção, alguns capítulos tiveram que ser gravados com antecedência para que os efeitos gráficos sejam bem feitos e apareçam sutilmente para quem esteja assistindo.

Marina tem 21 anos, nasceu em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Quando mais nova, ela foi incentivada pela avó a fazer aulas de balé, piano e workshops de modelo promovidas pela empresário Sérgio Mattos. Em 2012, Marina se mudou para o Rio com intuito de estudar em um bom colégio que a preparasse para o vestibular. Foi na capital que ela decidiu entrar em uma escola de formação de atores e estudou durante três anos até ser chamada para 'Malhação'. Antes disso, a atriz participou também de 'Os 10 mandamentos' e em 2016 interpretou Yasmin em 'Rock Story'. 

Em 'Deus Salve o rei', Marina dará vida a Selena, uma jovem que sonha em entrar na Academia Militar de Montemor. Por ser a primeira mulher a decidir largar a cozinha para seguir seus sonhos e entrar num ambiente considerado masculino, Selena sofrerá preconceito. Ela é determinada, destemida, resistente e uma excelente aluna.

Marina Moshen e João Boltshauser visitaram a redação do portal iBahia (Foto: Carolina Dourado/ iBahia)

iBahia: Marina, a sua personagem é uma guerreira. Como foi sua preparação para dar vida a Selena que exige tantas habilidades diferentes?

Marina Moshen: A gente fez uma preparação com todo elenco, durante um mês com Eduardo Milewicz, interpretação de corpo e de voz. Depois disso, a gente começou alguns workshops separados para cada personagem. Como estou fazendo uma guerreira, fiz preparação de luta corporal, arco e flecha, luta com espada e escalada. É preciso fazer essas preparações e coreografias para que ninguém se machuque e para que fique crível. 

Pra mim foi muito importante porque as outras personagens que já fiz eram mais próximas a mim e mais distantes da Selena, ela fala muito firme e tem uma postura corporal e o olhar diferentes.

iB: Selena é uma mulher que vai abandonar a cozinha para seguir carreira militar e vai acabar sofrendo por conta das suas decisões. Para você qual a importância de dar vida a uma personagem que vive o que muitas mulheres passam ainda hoje?

MM: Selena é uma mulher à frente do seu tempo. Acho que ela não tem essa consciência , ela vai agindo através dos instintos. O que é muito legal porque ela não é uma personagem acomodada. Quando ela percebe que o lugar dela não é trabalhando na cozinha, mas sim na academia militar, ela vai em busca dos sonhos dela e eu acho que isso vai inspirar muitas meninas que não se sentem capazes e preferem ficar em um lugar cômodo.

iB: Você assistiu algum filme medieval e se inspirou em alguma personagem para interpretar Selena?

MM: Eu comecei assistir 'Game of Thrones' por causa da novela, até pra entender essa época medieval, tem várias personagens lá que eu gosto e tenho como referência. Me inspirei em Joana D'arc e também na princesa da Disney, Velente, existem várias referências, mas são só inspirações. Selena é diferente de todas essas. 

iB: Foram feitas algumas matérias sobre o investimento e a super produção de 'Deus salve o Rei'. Para você como está sendo dirigir uma produção grandiosa para a TV brasileira?

João Boltshauser: É uma responsabilidade muito grande porque não tem desculpa, tem tudo ali pra gente fazer o melhor. O desafio é  que a computação gráfica exige um tempo para ser realizada, ela é uma ferramenta para engrandecer a trama, mas nunca está em primeiro plano. A gente precisa entregar nossas coisas com uma antecedência para que eles possam trabalhar as imagens, por isso, uma coisa já diferente nessa novela, é que a gente já esta estreando com 42 capítulos gravados.

iB: Por 'Deus salve o Rei' ser uma nova aposta e ter um enredo completamente diferente de 'Pega Pega', que obteve a maior audiência desde 2012, como você acha que será a audiência de 'DSR'?

JB: Eu, como o público, gostaria de ver as histórias mais variadas possíveis. Começar um novo produto apostando na fórmula do outro que fez sucesso é um coisa que fica maçante. A gente está tentando fazer um produto completamente diferente de tudo, fugindo um pouco da realidade tão urbana e sofrida do Brasil nos últimos tempos. 

Não que a novela tenha cara de conto de fadas. Pelo contrário, tudo que é contemporâneo tá ali: as relações de poder, de amor, traição, guerra e aventura. Mas, você tem esse bônus de estar em um mundo fantástico com uma pegada realista.

iB: Vocês poderiam compartilhar com o público algum spoiler das gravações?

JB: Um spoiler da novela é que Selena tem poderes. Ela tem uma conexão diferente com a natureza e com um tempo vai saber controlar as habilidades dela. Outro spoiler é que Afonso não morre, nem Amália.

MM: Os sentimentos dela têm relação com a natureza. Então, tudo que ela sente no momento reflete na natureza. Se ela chora, sente raiva... Eu pensava que era só isso, mas agora já vi que vai crescer.  (risos)

iB: O que vocês acharam da estreia ontem com o público baiano?

JB: Fomos muito bem recebidos e acho que a novela também foi muito bem recebida

MM: Foi ótimo. Amei! O público reagia as cenas, foi legal. Riram e ficaram apreensivos quando Afonso levou a flechada, por exemplo.

*Sob supervisão e orientação da repórter Isadora Sodré