Brasil

Avô é preso acusado de violentar e matar a neta de 7 meses

Os agentes, então, foram à casa do suspeito e o levaram para a delegacia

Agência O Globo
- Atualizada em

Um homem de 52 anos foi preso, na madrugada desta quinta-feira, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, suspeito de estuprar e matar a própria neta, de 7 meses.

Policiais da 58ª DP (Posse) acreditam que o acusado abusou sexualmente da menina, já que ela havia dado entrada, na quarta-feira à tarde, no Hospital Geral de Nova Iguaçu com lesões no ânus. A criança não resistiu, e os médicos decidiram acionar a polícia.

A equipe da delegacia da Posse começou a investigar o caso e a ouvir parentes da menina. A mãe dela contou aos policiais que foi abusada pelo pai quando tinha 12 anos. Os agentes, então, foram à casa do suspeito, no bairro Rancho Novo, e o levaram para a delegacia.

Em depoimento, o homem confirmou a violência sexual contra a filha, mas negou ter abusado da neta. Porém, devido ao histórico do suspeito e ao laudo do hospital sobre as lesões da menina, o delegado Adriano Firmo França o autuou em flagrante por estupro de vulnerável, com resultado de morte.