Natal

Bebês podem participar da ceia com papinhas natalinas; veja receitas

As papinhas são preparadas com ingredientes típicos das festas de fim de ano e alimentam bebês a partir de seis meses

Redação iBahia
- Atualizada em

A ceia de Natal é um momento de confraternização de toda a família e ninguém pode ficar de fora, nem os bebês. Se os pequenos tiverem mais de seis meses, já podem participar da reunião comendo papinhas especiais criadas pela pela equipe de nutricionistas da grife de cursos Sempre Materna. As papinhas natalinas são feitas com ingredientes típicos desta época, como peru, pêssego e damasco.

No entanto, os bebês não devem esperar até a meia noite para jantar. É importante que os pais respeitem o relógio biológico dos filhos e sirvam as papinhas no mesmo horário que estão acostumados a servir os alimentos nas outras noites.  Também se deve atentar para a saciedade do bebê. É comum que os adultos exagerem e comam demais nas festas de fim de ano, mas os bebês precisam seguir a rotina normal de alimentação. Quando eles estiverem saciados é hora de distrai-los com brincadeiras para que a comilança seja encrerrada. 

O bebê pode estar à mesa com o restante da família na hora da ceia, mas os adultos devem evitar dar algumas delícias natalinas para eles provarem. Nem tudo o que se coloca no preparo dos pratos é indicado para os pequenos como, por exemplo, a pimenta-do-reino. O excesso de sódio e de açúcar também não é bem vindo, assim como pratos preparados com mel, creme de leite e carne de porco.



Ingredientes:

100g de peru cozido e cortado em cubinhos;

200g de batata cozida;

Água para processar.

Modo de preparo:

Coloque metade do peru e da batata em uma vasilha e acrescente a água necessária para processar. Utilize um mixer de alimentos para obter a consistência de papinha. Repita o processo com a outra metade dos ingredientes.


Para bebês de 7 a 9 meses. Rende aproximadamente 300 gramas.

Ingredientes:

1 peito de frango pequeno em cubos (aprox. 70g);

4 damascos secos;

1 chalota (ou cebola pequena);

1/2 canela em pau.

Modo de preparo:

Pique a chalota. Refogue-a junto com os damascos e o frango em um pouco de azeite de oliva. Cubra com água e adicione a canela. Cozinhe em fogo baixo por 20 minutos, até que os damascos amoleçam e o molho engrosse. Retire a canela. Misture tudo no liquidificador até obter consistência encorpada. Sirva com purê de batata.


Para bebês de 7 a 9 meses. Rende 200 gramas, 3 porções.

Ingredientes:

100g de cuscuz;

20g de manteiga;

50g de alho-poró picado;

50g de peito de frango sem pele e cortado em cubos;

25g de cenoura descascada e em rodelas;

200ml de caldo de frango sem sal.

Modo de preparo:

Derreta a manteiga em uma panela e refogue o alho-poró. Acrescente o frango e mantenha no fogo até que esteja cozido. Enquanto isso, cozinhe a cenoura até que ela amoleça (aprox. 10 min). Em uma panela fora do fogo, dissolva o caldo de frango em água fervente. Acrescente o cuscuz e deixe descansando por 3-4 minutos. Revolva um pouco com um garfo e acrescente o frango e a cenoura cozida. Para que fique menos consistente, bata tudo no liquidificador até que fique como uma papinha.


Para bebês de 9 a 12 meses. Rende aproximadamente 4 porções.

Ingredientes:

1 banana madura pequena (aprox. 100g);

1 pêssego grande e bem maduro (aprox. 150g), descascado e cortado em pedaços (ou meia lata de fatias de pêssego natural).

Modo de preparo: 

Descasque a banana e corte-a em pequenos pedaços. Coloque-os com as fatias de pêssego em uma vasilha e acrescente uma pequena quantidade de água ou de suco de pêssego. Misture no liquidificador até que se torne uma papinha.


Para bebês de 6 a 7 meses. Rende 250 gramas, 4 porções.