Salvador

Black Friday: cinco lojas em shoppings são autuadas por propaganda enganosa

Estabelecimentos podem ser multados em até R$ 2 milhões, diz Codecon

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Cinco lojas de eletrodomésticos localizadas no Shopping da Bahia, Shopping Barra e Shopping Piedade, em Salvador, foram autuadas na manhã desta sexta-feira (24) por propaganda enganosa na Black Friday. A ação foi realizada por fiscais da Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon).

Segundo o diretor-geral do órgão, Alexandre Lopes, a autuação foi motivada pela venda de produtos anunciados com valores promocionais, mas que estavam com o mesmo preço de antes.

"Fizemos uma pesquisa há um mês levantando diversos preços de diversos produtos. Nesta sexta, os agentes fiscalizam estabelecimentos comerciais em diferentes shoppings de Salvador e já constaram irregularidades. Uma loja, por exemplo, está anunciando um celular por R$ 1 mil dizendo que está na promoção, mas é exatamente o mesmo preço de um mês atrás", diz Alexandre Lopes.


Lopes relata que em outra loja foi observada uma televisão sendo vendida por R$ 1,9  mil. "Ela até estava com desconto, mas não no valor que a loja disse. Hoje, eles falaram que o preço antigo era R$ 2,8 mil, mas no final de outubro era R$2,2 mil. Isso é uma forma de enganar o consumidor", ressalta.

CLIPE PROMOÇÃO #EuQueroFlyComoiBahia:

PRINTE E MANDE POR INBOX

Os produtos mais visados pela fiscalização são smartphones, aparelhos de TV, fogões, geladeiras e outros eletro-eletrônicos.  Caso seja flagrado algum tipo de propaganda enganosa, os fiscais orientam o gerente da loja a retirar a etiqueta de desconto e trocá-la pela etiqueta com o valor original do produto. O diretor-gerala do Codecon informou que as empresas vão responder processo administrativo e podem sofrer multa que varia de R$ 300 a R$ 6 milhões, a depender do caso. O nome das empresas, segundo ele, não pode ser divulgado até que o processo seja finalizado.