Salvador

Black Friday: shoppings de Salvador antecipam promoções de até 80%

Veja dicas para fazer bons negócios e não cair em cilada

Carol Aquino, Redação Correio 24horas (carol.aquino@redebahia.com.br)

A data mais esperada por alguns consumidores está chegando. A Black Friday, data em que os comércios físico e eletrônico praticam descontos generosos, acontece nesta sexta-feira (24). Em Salvador e Região Metropolitana, lojas de ruas e de shopping prometem reduzir em até 80% os seus preços, gerando expectativas nos consumidores.

(Reprodução: Marina Silva/ CORREIO)

O consultor comercial Ângelo Zorthea, 40 anos, está à espera da data para comprar roupas de ginástica. Ele viajou de férias com a família no mês de maio, com esperanças de renovar o guarda-roupa, mas, por causa do preço elevado do dólar não achou os preços vantajosos. “Fui numa loja de artigos esportivos e reclamei que eles não estavam com nenhuma promoção. A atendente me disse que era em função do Black Friday. Então, resolvi esperar”, disse, acrescentando que espera encontrar descontos de cerca de 50%.

Já o empresário Fabiano Passos, 37, espera para comprar quatro televisões para o seu hotel. Um atacadista lhe ofereceu TVs de tela LED 32 polegadas por cerca de R$ 1.100, mas ele preferiu esperar a Black Friday antes de fechar negócio. 

“Como não é nada que eu tenha urgência, vou esperar a Black Friday para ver se eu consigo uma coisa melhor. Esperando para ver o que vem, para ver se tem alguma promoção de uns 900 reais”, conta.

Porém, ele revela que não está muito esperançoso, pois o eletroeletrônico tem subido de preço nos últimos tempos.

Só vá na boa

Assim como fez o empresário, o ideal para o consumidor garantir que está comprando mesmo com desconto é pesquisar com antecedência. A dica é do diretor de fiscalização da Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA), Iratan Vilas Boas. Ele recomenda também que o consumidor fique atento ao prazo de entrega.

“Às vezes, o consumidor compra na Black Friday e não recebe a mercadoria ou a recebe fora do prazo. Isso acontece quando as lojas vendem acima do esperado e não têm estoque para atender à demanda. Aí como o consumidor vai provar qual era o prazo combinado? Tem que ter isso documentado, por exemplo, por e-mail, ou print de tela”, orienta.

Outra recomendação importante vale para quem vai aproveitar as promoções no comércio virtual. “Procure comprar em sites conhecidos. Ou então, veja se no site tem algum endereço físico, telefone para contato ou CNPJ, que são informações obrigatórias por lei. Aqueles que mascaram seu endereço já possuem um indício de um site fraudulento. Porque no dia que eu tiver um problema eu vou procurar quem?”, observa. Ele lembra que mesmo em período promocional, as regras do Código Consumidor para o e-commerce continuam valendo, como o direito de troca do produto em até sete dias após o recebimento.

Horário estendido

Para dar conta do atendimento aos clientes sedentos por promoção, shoppings de Salvador vão abrir as portas mais cedo. O Salvador Shopping e o Salvador Norte estarão com as portas abertas desde às 6h da manhã, quando lojas âncoras e de eletrodomésticos começarão a funcionar. O restante das lojas do centro comercial abre a partir das 8h. No Shopping da Bahia, o horário também será estendido, com as lojas funcionando das 7h às 23h.

Em quase todos os shoppings procurados pelo CORREIO a Black Friday se transformará em Black Weekend, com os descontos se prolongando até o domingo (26). Porém, o horário estendido se restringirá à sexta-feira (23). Alguns lojistas foram além e transformaram a Black Friday em Black November, oferecendo descontos durante todo o mês.

No Shopping Barra, letras garrafais nas vitrines de algumas lojas chamam atenção: são promoções de 30%, 40% e até 70% de desconto nas mercadorias. Por lá, parte dos lojistas já aderiram à maratona de redução de preços. Melhor para o cliente que pode aproveitar durante toda a semana as vantagens de levar para casa produtos com valores reduzidos.

Opções na vitrine

Na manhã desta segunda (20), a vitrine da loja de perfumaria Charlotte Beauté, que fica no piso 2 do shopping, já estava com preços menores. Por lá, as promoções são de até 30% de descontos. O perfume importado Pollo Blue Sport, por exemplo, que custava R$ 389, sai por R$ 341. Já o perfume CK Be que era vendido por R$ 252, pode ser adquirido por R$ 149. 

A passeio em Salvador, a médica Cléria Souza, 46, foi fisgada pelo anúncio da Andare. Na entrada da loja, um anúncio convidava os clientes para conhecer as promoções de até 60% em 30% do estoque de calçados. "Aqui estou só olhando, os preços acabam nos atraindo. Hoje, eu estou levando para casa outros produtos: itens para celular que eu comprei com 50% de desconto", conta Cléria.

Para a gerente da loja, Geise Rios, não basta só as ofertas, é preciso chamar a atenção dos clientes de uma outra forma: com anúncios grandes, que chamam a atenção da clientela.

"É preciso sinalizar para que eles (clientes) possam entender que aqui na loja já antecipamos a liquidação", conta Geise. A expectativa dela é que as vendas possam aumentar 15%.

A médica Karen Paes, 42, não resistiu e antecipou as compras. Ela levou para casa cinco peças de roupas adquiridas em duas lojas. Uma delas com 60% de desconto. "Com essa crise, é melhor aproveitar mesmo, por isso decidi vim antes, para ter mais tempo", conta.

Supermercados na parada

Não só os shoppings estão oferecendo descontos, mas também os supermercados. O GBarbosa vai oferecer descontos de até 30% e colocar mais de cem itens em promoção no setor de eletros, TVs, smartphones e linha branca entre a quarta-feira (23) e o sábado (25).

A Rede Wall Mart e os supermercados Bompreço e Todo Dia começam a promoção também na quarta. Porém, na sexta é quando deve ter o maior número de produtos em oferta.