Economia de Água

Caixa d’água deve ser limpa com regularidade para evitar risco de doenças

Limpeza pode ser feita pelo morador ou através da contratação de uma empresa especializada

Especial de Conteúdo
- Atualizada em

Depois que a água tratada chega às residências, passa a ser responsabilidade do consumidor manter a sua qualidade. No entanto, poucos lembram da caixa d’água e da importância de mantê-la limpa. Os reservatórios domésticos precisam passar por uma limpeza regular, de seis em seis meses, para evitar o risco de contaminação da água. Essa também é uma boa oportunidade para verificar vazamentos ou mau funcionamento da boia.

Com o tempo, pode haver o acúmulo de sujeira e micro-organismos nos reservatórios que contaminam a água, tornando-a imprópria para o consumo. É importante ressaltar que não é apenas a cor da água que indica sujeira. Por mais que o reservatório esteja vedado e a água mantenha uma aparência normal, é preciso fazer a limpeza, já que os micro-organismos podem não ser visíveis a olho nu. 

Para não se perder nas datas da limpeza, uma dica é colar um adesivo com a data da última higienização no reservatório e se programar para em seis meses repetir o processo.

Outra dica é tentar consumir o máximo de água antes de fazer a limpeza, para evitar desperdícios.

Com limpar


Em casos de caixa d’água pequena, o próprio morador pode fazer a limpeza periódica. Para isso, é necessária água sanitária, que tem a mesma ação do cloro, substância bactericida utilizada para manter a pureza da água. No caso dos reservatórios de grande porte, existem empresas especializadas que fazem o serviço.

Saiba como fazer a higienização:

1 - Para fazer a higienização, o primeiro passo é esvaziar a caixa d’água;
2 - Escove bem as paredes e o fundo do reservatório. Observação: não use escova de aço;
3 – Lave bem a caixa com jatos fortes de água;
4 – Use um recipiente limpo para fazer a mistura de um litro de água sanitária e cinco litros de água pura;
5 – Espalhe a mistura no fundo e nas paredes da caixa;
6 – A solução com água sanitária precisa de meia hora para agir e limpar a caixa;
7 – Em seguida, lave novamente a caixa com água pura e deixa-a escorrer. O reservatório deve ficar vazio;
8- Não se esqueça de limpar também a tampa do reservatório
9 – Por fim, encha de novo a caixa

Transmissão de doenças

As bactérias e os protozoários que podem e proliferar em uma caixa d’água sem a limpeza adequada causam sérios problemas à saúde das pessoas.

Além disso, se ficar destampado, o reservatório pode atrair animais que são transmissores de doenças, como leptospirose, diarreias e hepatite. A caixa d’água aberta pode servir também como criadouro do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.