E. C. Vitória

Com gol antológico, Vitória bate o Bahia de Feira no Barradão

Do meio-campo, Denilson marcou o terceiro do Leão no triunfo por 3x0; Neilton e Kanu foram os autores dos outros dois

Ivan Marques, do Correio 24

Com direito ao ‘gol que Pelé não fez’, o Vitória bateu o Bahia de Feira, neste domingo (4), no Barradão, por 3x0 e segue líder (batendo a Juazeirense no saldo de gols) e invicto no Campeonato Baiano.

O primeiro lance de perigo veio aos 5 minutos. Após escanteio, Denilson cruzou para a área, a zaga do Bahia de Feira parou, mas, na confusão, Jair ficou com a bola. O Tremendão só foi responder aos 17. Bruno cortou no pé de Robert, que tentou surpreender Fernando Miguel por cobertura, mas o goleiro rubro-negro estava atento e defendeu fácil.

O jogo se concentrava no meio-campo, com as equipes tendo muita dificuldade para se aproximar do gol de seus adversários. Mas tudo mudou nos minutos finais da primeira etapa.

Aos 39, Candinho recebeu no lado esquerdo e bateu com consciência. Fernando Miguel foi buscar. Na sequência, Neilton achou Yago, mas o meia deixou a bola correr e facilitou a defesa de Jair. A melhor chance rubro-negra veio aos 44. Bryan cruzou da esquerda e achou Kanu sozinho dentro da área. O zagueiro desviou de primeira e o goleiro do Tremendão fez milagre.  

“Tem que ter paciência para encontrar o espaço”, alertou Yago no intervalo. Mas o Leão não quisa saber de esperar. Com 2 minutos de jogo, Lucas Marques curzou da direita, a bola passou por Jair, mas a zaga espanou. 

O Vitória sufocava o adversário e já havia reclamado de dois pênaltis quando Gil Baiano, aos 16, puxou a camisa de Denilson após o atacante pegar o rebote do próprio chute. Pênalti bem marcado, que Neilton bateu com categoria, deslocando Jair e abrindo o placar.

Sem tirar o pé, o Leão quase amplia três minutos depois. Neilton desceu pela esquerda e deu lindo passe para Juninho. Solidário, o lateral-esquerdo tirou de Jair e deixou Uillian Correia na boa. Mas o volante ‘conseguiu’ perder o gol.

Um minuto depois não teve jeito. Neilton bateu escanteio e Kanu, lá no alto, cabeceou fora do alcance do goleiro feirense. Aos 22, Denilson saiu de frente para Jair, que conseguiu abafar a bola.

O Tremendão só foi ameaçar aos 24, quando Robert recebeu cruzamento sozinho mas cabeceou para fora. Na cobrança do tiro de meta, Denilson recebeu de Uillian Correia no círculo central, girou sobre Menezes e, dali mesmo, bateu no gol, pegando Jair desprevenido e fazendo um gol antológico no Barradão. 

Com o placar dilatado, o Leão, enfim, sossegou. O Tremendão ainda tentou diminuir o placar mas esbarrou na defesa rubro-negro.