E. C. Vitória

Desconhecido da torcida, Salino se derrete pelo Leão: "maior do Norte/Nordeste"

Jogador avisou ainda que não quer nada menos que ser campeão no rubro-negro

Fernanda Varela, do Correio 24h (fernanda.varela@redebahia.com.br)

Quando Leandro Salino foi anunciado como um dos primeiros reforços para a temporada, em plena véspera de natal, o torcedor do Vitória fez cara de dúvida. Afinal, quem é esse lateral? É bom?

Não que Salino tenha uma carreira curta ou pouco badalada, mas o atleta marcou mesmo seu nome no exterior. “Fiquei muito tempo fora, é normal a torcida não me conhecer. Tenho muita garra, vontade. Sempre tive respeito dos torcedores por onde passei. Ataco bem, sei marcar bem. Sei jogar de volante, joguei várias vezes assim na Europa. Tenho um bom passe, sei cruzar direito. Aprendi a marcar. Não que não soubesse, mas quando se joga fora, você aprende muito mais. Também sei ser um líder. Vou fazer minha obrigação, que é marcar e ajudar lá na frente”, conta.

Leandro Salino volta ao Brasil após oito anos no exterior (Foto: Arisson Marinho)

Se ainda não é conhecido pela torcida, Salino pelo menos deu um importante passo para ser querido. Em sua primeira jogada, fez um golaço ao usar bem as palavras para falar do seu novo clube. “Quando recebei o convite, não pensei duas vezes. Estou vindo para o maior clube do Norte/Nordeste. Tem que pensar para frente. Pensar em vencer. O nome do time já diz. O elenco está ficando muito forte. Temos que ganhar. Respeitamos todos os adversários, mas aqui, em casa, quem tem que mandar somos nós, temos que ir para cima”, decretou.

Acreditem, não é só o famoso ‘gogó’. Salino é pé-quente e soma títulos na carreira. Nos três anos que passou na Grécia, onde atuou pelo Olympiakos, foi tricampeão nacional. Além disso, foi campeão mineiro pelo Ipatinga, campeão carioca e da Taça Guanabara pelo Flamengo, além de conquistar a Taça da Liga 2012/13 pelo Braga, em Portugal.

Agora, em Salvador, ele promete empenho para fazer esse currículo crescer. “Comecei sendo campeão muito cedo. Joguei muito contra o Vitória, na época do Ipatinga. Por onde passei, fui campeão. Aqui, quero ser bicampeão baiano, chegar na Libertadores. Tem que brigar lá em cima. Não pode ficar ali em intermediário. Não vim só para ganhar jogos. Vim aqui para ser campeão”, avisa ele, que disputará o Campeonato Baiano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Considerado titular, Leandro Salino só disputará posição com Norberto, único jogador da mesma posição.

Veja Mais