E. C. Bahia

Elenco tricolor viajou em dois grupos; volante Edson foi a novidade

Delegação já está a caminho de Orlando, nos Estados Unidos, para a disputa da Flórida Cup

Bruno Queiroz, do Correio 24h

A lista de relacionados para a Flórida Cup, competição que será disputada em Orlando, nos Estados Unidos e fará parte da pré-temporada do Bahia, foi divulgada com antecedência, contendo 25 jogadores. Ontem, no entanto, uma novidade chamou a atenção ao descer do ônibus que levou parte de delegação tricolor ao aeroporto, à tarde.

O volante Edson, que logo após embarcar acabou sendo confirmado como novo reforço do Bahia, não teve seu nome divulgado na lista de viagem. O clube esperava apenas oficializar a contratação do jogador e ele agora é mais uma opção para Guto Ferreira nos confrontos contra o Wolfsburg, quinta-feira, às 21h e diante do Estudiantes, domingo, às 18h45.

Edson e Gustavo viajaram na tarde desta segunda-feira (9) (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)

Edson veio por empréstimo de um ano junto ao Fluminense, onde atuou por 20 partidas na Série A do ano passado, 16 delas como titular. Antes de chegar ao tricolor das Laranjeiras, passou com destaque pelo ABC e pelo São Bernardo, de São Paulo.

Parte do elenco viajou ontem bem cedo, às 5h50 da manhã. Em sua maioria, os jogadores mais jovens, com exceção do zagueiro Tiago. Os mais "cascudos" só embarcaram à tarde, entre eles o centroavante Gustavo, que pela primeira vez vai disputar uma competição internacional, mesmo que não seja oficial.

"Nunca participei de uma competição internacional. Isso vai dar muita visibilidade não só para mim, mas para o Bahia e para o grupo todo. Espero fazer uma boa pré-temporada para começar o ano bem", acredita o jogador, que fez elogios ao seu principal concorrente na disputa por uma vaga no ataque do time.

"O Hernane é um ótimo centroavante, fora de série. Tenho muito pra aprender. Acho que o Bahia está bem servido. Vim pra ajudar pra na hora que o professor optar, eu estar pronto".

A ansiedade passa também por jogar na Fonte Nova, gramado que ainda não pisou. "Já vim com o Criciúma aqui mas não entrei. A ansiedade tá muito forte e não vejo a hora de ter o primeiro contato com a torcida".