Bahia

Publicada em 25/04/2013 às 14h01. Atualizada em 25/04/2013 às 16h03

Empresário morto em acidente aéreo estava em avião emprestado de amigo


Dirceu Montani Filho, 30, era casado e tinha uma filha de 1 ano e dois meses


Redação Correio 24h
publicidade

O empresário Dirceu Montani Filho, 30, morto em um acidente aéreo na manhã desta quinta-feira (25), no município de Luis Eduardo Magalhães, pilotava uma aeronave emprestada por seu amigo, o também empresário Lauro Luzza. Segundo informações da polícia, o avião de modelo RV 10, perdeu potência na pista de decolagem e acabou caindo.

De acordo com o delegado que investiga o caso, Rivaldo Luz, o avião era "novo em folha" e é possível que Dirceu Filho não tivesse conhecimento total sobre o funcionamento da aeronave.

Apesar dessa suspeita, ele também se declara surpreso pelo ocorrido: "Ele era um piloto novo, mas experiente. Tinha mais de 2 mil horas de voo", afirma. 

Dirceu era empresário do ramo do agronegócio e, residente em Barreiras, deixava a Bahia para visitaras fazendas da família no Piauí.

Segundo Fábio Lauck, amigo da vítima que foi ao local do acidente, Dirceu era bastante conhecido na região. "Ele era um jovem muito bem sucedido", disse.

Uma perícia também será realizada nos restos do avião para determinar se houve alguma falha mecânica durante a decolagem.

Dirceu possuía brevê para pilotar a aeronave era aficionado por aviação. Em sua conta pessoal no Youtube, ele publicou um vídeo em que realiza um pouso com a ajuda de seu amigo Boris Makovich na ilha de Saint Marteen, em Porto Rico. 

Matéria original: Correio 24h
Empresário morto em acidente aéreo estava em avião emprestado de amigo








Tags: Acidente, Dirceu, Avião, Emprestado, Amigo
Agenda Cultural