Brasil

Publicada em 06/04/2012 às 09h40. Atualizada em 06/04/2012 às 09h48

Entenda o significado de cada dia da Semana Santa


Domingo de Ramos abre os sete dias de orações, hinos e procissões. Vela com símbolos religiosos e letras gregas é abençoada no sábado santo


Da Redação*
publicidade

Tradição católica que celebra a Paixão, Morte e a ressurreição de Jesus Cristo, a Semana Santa tem início no Domingo de Ramos e em cada dia da semana, muitos outros rituais e missas são celebrados como uma preparação para o acontecimento mais importante da Igreja Católica: a Páscoa do Senhor.

Entenda o que acontece em cada dia da semana de Páscoa e o significado das missas:

Domingo de Ramos (1º de abril)

A entrada de Jesus na cidade de Jerusalém é representada neste dia. O domingo começa com uma procissão de fiéis cantando hinos e carregando ramos. Ao chegar à igreja, uma missa é celebrada com leitura de trechos bíblicos sobre o sacrifício de Jesus Cristo.

Segunda, terça e quarta-feira santas (2, 3 e 4 de abril):

Nas missas celebradas nos três dias, os fiéis pedem a Deus bons frutos na vida pessoal e religiosa e são lidos trechos bíblicos sobre a salvação.

Quinta-feira Santa (5 de abril)

Nesse dia são abençoados ou consagrados os três óleos santos. O óleo consagrado é o do sacramento da Crisma, na qual o fiel confirma publicamente a sua fé cristã e sua ligação com a Igreja Católica. Neste rito, o padre impõe as mãos sobre o fiel, invocado o Espírito Santo, e o unge com óleo. Os outros dois óleos, o do batismo e o dos enfermos, são abençoados.

À noite, a Igreja celebra a ceia do Senhor em alusão à última ceia entre Jesus Cristo e os 12 discípulos, antes da crucificação. Nela, Jesus irá instituir o sacramento de seu corpo e de seu sangue, chamado pela Igreja Católica de Eucaristia. Nesta mesmo dia acontece a missa do lava pés, na qual 12 pessoas são escolhidas aleatoriamente para que o padre lave seus pés, em referência ao momento em que Jesus ensina a humildade aos discípulos lavando os pés deles.

Sexta-feira da Paixão (6 de abril)


É o dia em que os fieis se reúnem para celebrar a paixão e a morte de Cristo. O rito tem quatro momentos, o momento da paixão anunciada, invocada, venerada e comungada.

Sábado Santo (7 de abril)

Durante o dia, não há missa, e à noite acontece a vigília pascal, onde o padre abençoa o fogo que acenderá uma grande vela, chamada de Círio Pascal. A vela é toda decorada com símbolos religiosos, como o da primeira e da última letra do alfabeto grego - Alfa e Ômega, que indicam que Jesus é o início e o fim de tudo, como ensina a Bíblia. Cinco cravos representando os cincos ferimentos na cruz – dois nas mãos, dois nos pés e um na lateral do corpo – e o ano de 2012 também são inscritos na vela.

Domingo de Páscoa (8 de abril)


Para encerrar o período da quaresma, os 40 dias estipulados pela Igreja Católica para que o fiel se prepare para o ápice da Semana Santa, a ressurreição, missas são celebradas com hinos e trechos bíblicos sobre a ressurreição.

*Com informações do G1 São Paulo.





Tags: Páscoa, Religião, Semana Santa, Significado
{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação
Agenda Cultural