Economia

Publicada em 02/02/2012 às 07h53. Atualizada em 02/02/2012 às 07h54

Estado vai liberar empréstimo consignado para todos os bancos


A questão da liberação do consignado tem sido motivo de um embate entre os poderes Judiciário e Executivo


Redação CORREIO
publicidade

O vice-governador do estado, Otto Alencar, disse nesta quarta-feira (1) que dentro dos próximos dias o Executivo deverá permitir que todas as instituições financeiras possam realizar empréstimos aos servidores estaduais com desconto em folha.

Segundo ele, a Procuradoria Geral do estado já elaborou um parecer que obriga o Executivo a cumprir a decisão do Tribunal de Justiça da Bahia, que pôs  fim ao  contrato de exclusividade do Banco do Brasil para o crédito consignado. Apesar da Justiça ter decidido sobre o assunto em maio de 2011, até agora o Banco do   Brasil continua a ser o único banco que oferece o empréstimo com desconto em folha para os servidores públicos baianos.

Oto Alencar afirmou eu entrevista que o documento franqueando o empréstimo a todos os bancos  será publicado assim que o governador Jaques Wagner voltar da viagem oficial ao Caribe, da qual está participando  como integrante da comitiva da presidente Dilma Rousseff. A questão da liberação do empréstimo consignado tem sido motivo de um embate entre os poderes Judiciário e Executivo, na medida em que o estado vinha  descumprindo a decisão judicial.

Em maio de 2011, o pleno do Tribunal determinou que o governo baiano cancelasse a vigência de um decreto do Executivo que transferiu ao Banco do Brasil todas as operações de crédito consignado aos servidores públicos estaduais. Antes disso, em janeiro do mesmo ano, o Banco Central já havia proibido a celebração de novos contratos de monopólio.





Tags: Economia, Empréstimo, Estado, Bancos
{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação