Nem Te Conto

Publicada em 28/01/2014 às 10h11. Atualizada em 28/01/2014 às 10h46

Série 'A Teia', baseada em fatos reais, estreia nesta terça-feira (28)


Com 13 episódios, a atração conta com a participação do ator baiano João Miguel


Camila Botto
(camila.botto@redebahia.com.br)
publicidade

Depois de estrelar grandes papéis no cinema, a exemplo de Nonato, de Estômago (2007), e Ranulpho, de Cinema, Aspirinas e Urubus (2005), o baiano João Miguel estreia nesta terça-feira (28) como protagonista na televisão. Será na minissérie 'A Teia', que vai ao ar na Globo/ TV Bahia, às 23h30, após o 'Big Brother Brasil 14'.


O ator vive o delegado Jorge Macedo, um policial federal cearense, avesso à violência, mas que terá um desafio dos grandes: desarticular uma quadrilha barra pesada. "Posso dizer que este é um dos personagens mais importantes da minha carreira, em questão de desafio, além de ser meu primeiro protagonista na TV depois de vários no cinema", comemora João, de 44 anos.

A história gira em torno da quadrilha chefiada por Baroni (Paulinho Vilhena), jovem inteligente e sedutor de classe média alta, que decide se dedicar ao crime. "Ele tem desejo de adrenalina e poder", diz Vilhena. Entre os crimes de Baroni está o assalto a um avião que carregava 61 kg de ouro, em Brasília, em 2000. Assinada por Carolina Kotscho (2 Filhos de Francisco) e Bráulio Mantovani (Cidade de Deus e Tropa de Elite), a série é baseada em fatos reais. A Teia tem 13 episódios e vai ao ar sempre às terças.

Matéria original: Correio 24h
Estreia esta noite "A Teia", minissérie policial baseada em uma história verdadeira





Tags: Vem Aí, A Teia, Minissérie, Novidades, É Hoje, Fatos Reais
{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do Portal iBahia; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação
Agenda Cultural