Nem Te Conto

Ex-namorado de Eliana, Luciano Huck parabeniza apresentadora pelo nascimento de Manuela

Além do esposo de Angélica, outros famosos se manifestaram nas redes sociais

Agência O Globo

(Reprodução: Divulgação)
Ex-namorado de Eliana, Luciano Huck desejou felicidades a Eliana pelo nascimento de Manuela. Antes de se casar com Angélica, em 2003, Luciano Huck namorou, por dois anos a apresentadora. Eliana e Huck terminaram após ele ser flagrado com Ivete Sangalo. O apresentador e a cantora namoraram por seis meses. "Saúde, saúde, Saúde. Parabéns", escreveu Huck. Para que não sabe, o marido de Eliana, Adriano Ricco, é diretor do "Caldeirão do Huck".

Outros famosos como Ivete Sangalo também parabenizaram Eliana. "Viva! Viva! Viva! Que alegria! Linda!", escreveu a cantora. "Parabéns amiga! Viva Manu!", vibrou Adriane Galisteu.

Eliana, do SBT, deu à luz Manuela neste domingo, em São Paulo. A pequena passa bem e está com a mãe no quarto do hospital. A gravidez da apresentadora, de 43 anos, foi marcada por um susto: a placenta descolou, e Eliana precisou tirar licença da TV e ficar internada sob cuidados médicos. "Mãe e filha estão bem, graças a Deus", confirmou a assessora da Eliana.

(Reprodução: Instagram)

Às vésperas do parto, a estrela da TV já havia relatado a ansiedade de receber Manu, como carinhosamente chama a filha. "Já somos tão íntimas e ainda nem nos conhecemos. Que nosso encontro seja mágico e abençoado minha filha", escreveu no Instagram.

A apresentadora já é mãe de Arthur, de 6 anos, filho da relação com João Marcelo Bôscoli.

(Reprodução: Instagram)
Nos últimos meses, a apresentadora viveu momentos de angústia devido à gestação delicada que a afastou da TV. "Final feliz!", celebrou um amigo da apresentadora, Thiago Pasqualotto, nas redes sociais. No entanto, essa não é a primeira gestação complicada da loira. Capa da revista "Contigo", ela revela que sofreu um aborto espontâneo no ano passado.

Em março deste ano, com apenas 11 semanas de gestação, Eliana passou por uma cirurgia. Por ter o colo do útero curto, foi necessário fazer uma cerclagem (para garantir a sustentação do bebê no ventre). A cirurgia por meio de uma técnica robótica, menos invasiva, durou quatro horas.

"Sofri com a recuperação, mas só pensava na bebê. Deu tudo certo. A Manuela foi uma guerreira", destacou a apresentadora.