Mundo

Família de Avicii agradece apoio aos fãs após morte do DJ

Comunicado foi divulgado nesta segunda-feira (23)

Agência O Globo
- Atualizada em

A família do DJ e produtor Avicii divulgou um comunicado nesta segunda-feira agradecendo os fãs pelo apoio e carinho após a morte do músico. O sueco foi encontrado morto num resort aos 28 anos, em Mascate, Omã, na última sexta-feira. Detalhes sobre sua morte não foram revelados.

“Gostaríamos de agradecer o apoio e as mensagens de carinho sobre nosso filho e irmão. Somos muito gratos por todos que amavam a música de Tim e que têm memórias preciosas de suas canções. Obrigado pelas iniciativas tomadas para honrar Tim, com encontros públicos, sinos de igreja tocando sua música, tributos no Coachella e momentos de silêncio ao redor do mundo. Agradecemos pela privacidade durante este momento difícil. Esperamos que continue assim. Com amor, a família de Tim Bergling.”

Em 2016, o DJ havia se aposentado das turnês internacionais, como resultado do desgaste e dos efeitos colaterais causados pela excessiva carga de trabalho. Três anos antes, ele teve uma pancreatite aguda causada pelo alcoolismo e teve de operar a vesícula em 2014.

Maior hit da carreira de Avicii, "Wake me up" chegou a figurar no top 10 da Billboard, e alcançou a quarta posição em 2013. A revista "DJ magazine" o apontou como o terceiro melhor do mundo em 2012 e 2013, num ranking de 100. Chegou a ser indicado duas vezes ao Grammy — um por seu trabalho em "Sunshine", de David Guetta, outra por sua "Levels".