Salvador

Feriadão começa com chuva, ventos fortes e acidente em Salvador

Nesta sexta-feira (21), a cidade também deve ter ventos fortes, de até 30km/h, três vezes mais do que o normal

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Feriado rima com...chuva! Quem pensou em curtir o dia de Tiradentes, lembrado nesta sexta-feira (21), não teve sorte se a opção era ir na praia ou algum outro programa a céu aberto. Desde o início da manhã uma forte chuva caiu sobre a capital baiana deixando tempo fechado.

A avenida Paralela, bairros da Cidade Baixa  e Subúrbio Ferroviário foram as áreas mais atingidas pelas chuvas. De acordo com informações da Transalvador a área de maior atenção é próximo à feira de São Joaquim, onde há ponto de grande alagamento.

A dona de casa Arlinda da Cruz, 63 anos, fez do guarda-chuva seu melhor amigo neste feriado. "Não saio sem ele por nada", disse. Ela aproveitou a manhã de chuva para acompanhar a missa na Igreja do Bonfim. "A gente não pode deixar de lado as nossas obrigações por causa da chuva", afirmou.

Até domingo (23) é melhor fazer igual a Arlinda. A previsão é de chuva na capital baiana até domingo. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), uma frente fria chegou a Salvador nesta quinta e deve deixar o tempo chuvoso também no fim de semana. Nesta sexta-feira (21), a cidade também deve ter ventos fortes, de até 30km/h, três vezes mais do que o normal.

Com a chuva a pista das principais avenidas da cidade ficaram molhadas. Um carro capotou no Rio Vermelho por volta das 4h30. Dois estudantes que estavam no veículo - e voltavam de uma festa - relataram que a pista estava molhada e por conta disso houve o acidente. O acidente ocorreu na via que segue sentido à Avenida Antônio Carlos Magalhães. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi encaminhada ao local, entretanto os estudantes só se queixavam de dores pelo corpo.

O temporal também atrapalhou os planos de quem pretendia fazer a travessia Salvador-Mar Grande de lancha. e acordo com a Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia (Astramab), o serviço foi suspenso às 8h30 de quinta-feira (20) em função do mau tempo.

"Os fortes ventos e o mar agitado na Baía de Todos os Santos inviabilizam a navegação   das embarcações do sistema, que vão permanecer paradas e sem previsão para retomar ainda hoje as operações", diz o comunicado. Também seguem sem operar hoje as escunas de turismo que fazem o passeio pelas ilhas da Baía de Todos os Santos.

Já a linha Salvador-Morro de São Paulo continuará sendo feita com conexão em Itaparica.  Para os passageiros dessa travessia, os catamarãs vão zarpar nesta sexta-feira  do Terminal Náutico, atracar no terminal de Itaparica, de onde, de ônibus, eles seguem até a Ponta do Curral, em Valença, e fazem a travessia de lanchas até o Morro. Com conexão, o tempo de viagem direta que é de 2h20, passa a ser de 3h20.

A Defesa Civil de Salvador (Codesal)  registou, até as 9h, três solicitações. Foram um alagamento de área, uma ameaça de desabamento de imóvel e um deslizamento de terra. Não há registro de feridos. A Codesal permanece com o plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.

Veja Mais