Música

Festival 'raiz'! Ressonar movimenta Chapada Diamantina após o rèveillon

Ligado aos conceitos da música eletrônica e sustentabilidade, o evento é tradicional na primeira lua cheia do ano

Do Trancenda* (carla.leticia@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Arte, música, aprendizagem e sustentabilidade como conceitos principais de um festival não são novidade no mundo da música. Pelo menos não no da e-music. Por aqui já falamos sobre o Universo Paralello e um pouco da sua história nos rèveillons da Bahia. Agora chegou a vez da celebração realizada sob a primeira lua cheia de todos os anos, desde 2008: o Festival Ressonar.  

Arte e vida sustentável: o Ressonar é para os amantes da imersão em natureza
O evento, mais um da série dos psicodélicos da música eletrônica, mistura as inspirações de alguns festivais gringos pioneiros para construir uma celebração ao amor e à arte, com a filosofia do movimento hippie ainda intrincada em suas bases. A ideia do evento é sobreviver sem patrocínio ou propagandas, com atrações de várias partes do mundo e em um cenário absolutamente natural, no caso, na Chapada Diamantina. 

Para seus visitantes, o Ressonar oferece dois palcos - os quais prometem trazer todas as vertentes da música eletrônica - oficinas para implementação de iniciativas de baixo impacto no meio ambiente e espaço para exibição de filmes, jogos cooperativos e palestras. Performances artísticas também acontecem pelo espaço, que conta com camping, praça de alimentação gourmet e banheiros, além de suporte médico. 

Chapada Diamantina abriga o festival 

Proposta
Em dez edições, o festival já aconteceu em algumas localidades da região, como uma floresta e um antigo garimpo de diamantes. Em 2018, a festa acontecerá nas montanhas da cidade de Piatã, a mais alta do nordeste, com 1,2 mil metros de altitude. A décima edição será especial e mais longa, dos dias 2 a 11 de janeiro.

(Fotos: George Cruz/Reprodução/Facebook)
Outro detalhe que torna o evento diferenciado são as condições para sua realização: é imprescindível que o festival aconteça sempre na primeira lua cheia do ano que se inicia, como uma forma de proporcionar a renovação e meditação para seus participantes. Reenergizar para o próximo ano. PRECISAMOS, né? 

Lineup surpresa
Ao contrário da maioria dos grandes festivais, o lineup do Ressonar não é seu maior atrativo para quem está procurando o seu artista favorito. Nenhum nome até agora foi confirmado no evento, e a lista só é divulgada por volta do Natal. A 'surpresa', na verdade, deixa claro que o objetivo da festa não é a venda de ingressos em primeiro lugar, mas sim atingir o público que realmente se interessa por essa imersão na natureza. 

Ilustrando ainda mais esse caráter alternativo, as entradas são extremamente limitadas, chegando a apenas 600 na última edição, de acordo com o site oficial. O valor? Até o fechamento desta matéria, estamos em R$ 390 o individual e R$710 o duplo. 

Saiba mais e compre ingressos para o Ressonar por AQUI 

Serviço:

Festival Ressonar - 10ª edição 
Onde: Montanhas de Piatã - Chapada Diamantina 
Quando: de 2 a 11 de janeiro 
Ingressos: R$ 390 (individual) e R$710 (duplo)


*Conteúdo originalmente publicado no blog Trancenda