Festival da Virada

Festival Virada: hoje tem Daniela Mercury, Margareth e Mariene

Tudo o que você precisa saber sobre a festa na Boca do Rio; evento começa mais cedo hoje

Redação Correio 24h
- Atualizada em

O Festival Virada Salvador 2018 traz desde a quinta-feira (28) diversidade musical e atrações para toda a família. Para encerrar a festa com chave de outo, esta segunda (1º) tem atrações de peso na Arena Daniela Mercury (incluindo a própria), na Orla da Boca do Rio. O CORREIO fez um guia com tudo o que você precisa saber sobre o último dia de festival. Confira abaixo.

Quais são as atrações de hoje?

Cortejo com Filhos de Gandhy
Shows:
16h* - Danniel Vieira
16h30 às 17h30* - Margareth Menezes
18h às 20h30* - Daniela Mercury
21h às 22h* - Mariene de Castro

Os portões abrem que horas?
Às 15h. Os shows começam 16h, com duração de 1h30, em média.

Como funcionará a roda gigante?
O

equipamento funcionará durante os dias da festa a partir das 16h. Com

36 metros, a roda gigante é a mesma que foi usada durante o Rock in Rio.

O acesso é gratuito. 

(Foto: Carol Aquino/CORREIO)

E a tirolesa?
Também abre às 16h. O equipamento tem dez metros de altura e 80 metros de extensão. O acesso também é gratuito. 

(Foto: Divulgação)

Como entrar no Festival?
O

acesso de pessoas para Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio, é feito

por três entradas. Confira no mapa abaixo - os portões estão nos pontos

5, 6 e 7.

Mais de 550 sanitários químicos estarão disponíveis para o

público do Festival, além de 21 conteineres climatizados. Ao longo de

toda a orla, serão 1.076 sanitários químicos. 

Como chegar e sair do Festival?
Dá para ir de carro, de táxi, mototáxi, de ônibus e até integrar com o metrô - que opera a partir das 4h.

Vai de busu?
Quem

for usar o transporte público para curtir os festejos, por exemplo, vai

contar com uma linha especial com ônibus saindo a cada dez minutos da

estação de metrô Pituaçu com destino à Arena Daniela Mercury. Essa linha

vai funcionar até quando o metrô estiver operando. Segundo a CCR Metrô

Bahia, o modal vai operar das 5h à meia-noite.

Serão 700 ônibus funcionando 24h em toda abrangência do

festival. Outras 28 do Sistema de Transporte Complementar também vão

funcionar. Dois pontos de ônibus provisórios serão criados no entorno -

um na Avenida Octávio Mangabeira, em frente à Avenida Jorge Amado, para

linhas sentido Itapuã e o outro ficará na Avenida Simon Bolívar, próximo

ao Centro de Convenções. De lá, sairão linhas com destino ao Centro,

IAPI, Caixa D’Água, Liberdade, Cidade Baixa e Suburbana.

Na noite do dia 31 haverá uma frota extra de ônibus reguladores

nas estações de transbordo. A estação da Lapa ficará aberta até as 5h

durante todos os dias do festival.


Prefere usar táxi?

Haverá

dois pontos de táxi extras dentro do circuito (com sinalização, além de

tabela de referência de preços). Um ponto ficará na orla sentido

Itapuã, entre o Jardim de Alah e o Restaurante Yemanjá, e o outro em

frente à antiga sede de praia do Bahia. Os taxistas que irão operar nos

dias de shows cobrarão a bandeira dois, mas o sindicato diz que

descontos podem ser negociados. Serão cerca de 6 mil taxistas, segundo a

Semob. Cerca de 700 mototáxis foram credenciados pela prefeitura para

trabalhar já no Réveillon.

Vai ter mototáxi?
Sim!

Serão três pontos oficiais  e cerca de 700 mototáxis foram credenciados

pela prefeitura para trabalhar no Réveillon. Eles serão fiscalizados

por cerca de 150 agentes da Semob. Os pontos para os mototáxis ficam

todos na Avenida Octávio Mangabeira: um no acesso ao antigo Centro de

Convenções, outro na Praça Osório Villas Boas (antiga sede do Bahia),

sentido Itapuã, e mais um em frente ao Restaurante Yemanjá.

Os turistas contarão com uma mordomia especial. Eles poderão ter

transporte gratuito dos hotéis até a Arena Daniela Mercury, graças a

uma parceria com a Salvador Bus.

Vai estacionar?
Quem

não usar o transporte público e for de carro contará com mais de 2.800

vagas de estacionamento. Serão 1,5 mil vagas no antigo Aeroclube e mais

1.330 na Zona Azul.

Saiba onde estacionar

* Dentro da Arena Daniela Mercury Serão  1,5 mil vagas num

estacionamento montado no antigo Aeroclube. Lá, a vaga custará R$ 30 e

dará acesso exclusivo ao local da festa;
* Zona Azul  No entorno do

local da festa, serão disponibilizadas mais 1.330 vagas, de zona azul - a

R$ 20 -,no Jardim de Alah, na Avenida Octávio Mangabeira (após Av.

Jorge Amado), e nas quadras da Boca do Rio.

Vai de Uber ou carona?
Se

ligue! Você não poderá parar em qualquer lugar - foram estabelecidos

pontos de embarque e desembarque: quem chegar à Arena deve parar no lado

direito da Avenida Octávio Mangabeira, sentido Itapuã, entre o

restaurante Yemanjá e o posto de combustível. Para a saída, este ponto

passará para o lado oposto da via, entre a saída da Avenida Simon

Bolívar e o Yemanjá, sentido Pituba.

Mora na região? Você não vai precisar comprovar o endereço para

ter acesso, já que a única via interditada será a que foi inaugurada

recentemente atrás do terreno do Aeroclube.

Sério que tem wi-fi?
Oitenta

antenas de internet vão garantir wi-fi para quem quiser postar selfies

no Instagram, ao vivos da contagem ou mandar aquele áudio com desejos de

Feliz Ano Novo durante o Festival Virada 2017. A velocidade mínima para

quem acessar será 0,5 MB e poderá chegar até 60 ou 70 MB, se você der a

sorte de estar sozinho próximo a uma antena. Para ter acesso, você deve

procurar a rede Wi-fi #conecta_salvador.

Prepare-se para a revista...
Policiais

militares e guardas municipais irão revistar todos os que forem curtir o

Festival Virada Salvador na Boca do Rio, em busca de armas, drogas,

objetos perfurocortantes e bebidas. Não é permitida a entrada de

garrafas de vidro, por se tratar de um objeto perfurocortante, inclusive

de espumante. 

E se bater a fome?
Na

hora em que bater aquela fome você tem três opções. Pode ir até a Vila

Pelourinho, onde ficará o espaço gastronômico com seis restaurantes, ou

procurar um dos sete food trucks, que servirão coxinha, hambúrguer,

tapioca, yakisoba, entre outros. Na Feira Criativa, além de estandes de

economia criativa, acessórios e camisetas, haverá aqueles de

gastronomia. 

Tem salva-vidas? E ambulâncias?
A

Salvamar disponibiliza uma moto aquática para emergências e colocará 24

salva-vidas de plantão noite e dia orientando a população na areia da

praia. Além disso, serão montadas cinco bases elevadas para ajudar no

monitoramento. Para atender a ocorrências, a Secretaria Municipal da

Saúde (SMS) vai disponibilizar um módulo com 20 leitos, sendo que um

deles de UTI. A estrutura contará com o dobro de vagas em relação ao ano

passado e funcionará das 18h às 6h entre os dias 28 e 31 de dezembro e

das 13h às 1h no dia 1º. Três ambulâncias do Samu estarão disponíveis

para o público dos shows do Festival Virada Salvador. O

Pronto-Atendimento Alfredo Bureau, no Marback, terá equipes reforçadas

para servir de unidade de referência.