Brasil

FIES: prazo para complementar dados da lista de espera acaba hoje (25)

Candidato que perder prazo pode aderir às bolsas de estudo de graduação

Redação Correio 24h

Termina nesta quarta-feira (25) o prazo para que candidatos participantes da lista de espera do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) complementem a inscrição no site do FIES. Os candidatos que realizarem o procedimento nesta quarta-feira devem comparecer, em até cinco dias, à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CSPA) existente nas unidades de oferta de cursos das próprias instituições de ensino.

A partir do terceiro dia útil em que fizer a validação dos dados na CPSA, o estudante tem até dez dias para ir ao agente financeiro com a documentação necessária para a contratação. O fechamento do contrato será feito com o agente financeiro após a aprovação dos documentos.

O FIES é a modalidade de financiamento estudantil de cursos superiores não gratuitos, desde que sejam bem conceituados pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Antes de ter sido selecionada para o FIES por meio da chamada regular, a estudante de Fisioterapia Gabriela Andrade recebeu outra oferta de financiamento. “Antes de contratar o FIES, fui selecionada para o próprio financiamento da faculdade, mas não gostei”, destaca. Atualmente, além do FIES, Gabriela também estuda pelo Prouni (Programa Universidade Para Todos).

Veja mais: O que é melhor pra você, Fies, Prouni ou bolsa de estudos?

Apesar da possibilidade de contratar os programas, o estudante tem outras opções de ingresso na graduação, como as bolsas de estudo. O Educa Mais Brasil oferta mais de 240 mil bolsas para o ensino superior em todo o país com até 70% de desconto nas mensalidades.

A vantagem do Educa Mais em relação aos programas de governo é não limitar a faixa de renda dos candidatos e nem exige garantias para a concessão das bolsas de estudo. Como o desconto na mensalidade, o estudante arca com o valor restante da ao longo do curso e não é necessário pagar juros. O estudante pode optar por estudar em cursos presenciais ou a distância.