FLICA

Flica 2017 terá espaço especial promovido pelo grupo Odebrecht

Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), será realizada entre 5 e 8 de outubro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Sediada em Cachoeira, a histórica cidade que fica a 120 quilômetros de Salvador, a Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), que acontece entre 5 e 8 de outubro, conta com o apoio do Grupo Odebrecht. Este é o sexto ano consecutivo em que o Grupo apoia a Flica que, nesta edição homenageia o jornalista e poeta Rui Espinheira Filho e volta a reunir autores nacionais e estrangeiros.

Para desenvolver o tema A Magia das Histórias, um espaço está sendo construído em Cachoeira a partir de material reciclável e será totalmente aberto ao público. No local serão desenvolvidas diversas atividades. atividades. “Será um espaço de convívio onde vamos realizar oficinas de sussurro poético e contação de histórias com Renata Fernandes, Sandra Popov e Saula Chequer”, afirma Raíssa Martins, criadora da Livres Livros.

Com conteúdo voltado para a literatura infantil, através do projeto Livres Livros, o Grupo Odebrecht vai doar 1.300 obras, além de promover shows musicais.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Mesas Literárias 2017 – Programação

Quinta, 05 de outubro

Mesa 1 – 15h

“Os reflexos do passado ancestral em nossa pele”

Carlos Moore (Cuba) e Cuti

Mediação: Jorge Portugal

Mesa 2 – 19h

“Penso, falo, canto e sou sua liberdade, Cachoeira”

Professor Carneirinho, Walter Fraga e Tamires Costa

Mediação: Jomar Lima

Sexta, 06 de outubro

Mesa 3 – 10h

“Memória, obsessões e outras matérias-primas da ficção”

Maria Valéria Rezende e Franklin Carvalho

Mediação: Milena Britto

Mesa 4 – 15h

“Intervenções, agitações e desvarios”

Ricardo Lísias e Daniela Galdino

Mediação: Wesley Correia

Mesa 5 – 19h

“A poesia em suas infinitas estações”

Ruy Espinheira Filho – Autor homenageado 2017

Mediação: Mônica Menezes

Sábado, 07 de outubro

Mesa 6 – 10h

“Entre a ficção e a notícia: limites, contrapontos e narrativas possíveis”

Francisco José e Ricardo Ishmael

Mediação: Zulu Araújo

Mesa 7 – 14h

“Verbos implacáveis, surtos criativos, angústias favoritas”

Jout Jout

Mediação: Tia Má

Mesa 8 – 17h

“Escrita de resistência contra quem deseja sufocar a nossa voz”

Minna Salami (Finlândia/Nigéria) e Cidinha da Silva

Mediação: Denise Carrascosa

Mesa 9 – 20h

“A máxima potência que habita as palavras”

Paulina Chiziane (Moçambique) e Elisa Lucinda

Mediação: Lívia Natália

Domingo, 08 de outubro

Mesa 10 – 10h

“A imperdoável capacidade humana de apagar seus antepassados”

Daniel Munduruku e Eliane Potiguara

Mediação: Suzane Lima Costa