Salvador

Fogo atinge cine XIV no Centro Histórico em Salvador

O acidente aconteceu por volta das 8h30 deste sábado (11)

Redação iBahia e Redação Correio 24h (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um incêndio atingiu o Cine XIV, no Pelourinho, na manhã deste sábado (11). As chamas provocaram um susto nos moradores da localidade. O fogo começou por volta das 8h30, quando um morador viu a fumaça e informou ao Corpo de Bombeiros.  

Foto: Reprodução | Correio 24h
De acordo com a Superintendência de Telecomunicações (Stelecom), o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e a Coelba foram para o local e seguem em operação.

Ainda não há informações se as chamas foram controladas. O motivo do incêndio está sendo investigado e não há registro de feridos. 

A Sala de Arte do Cine XIV fica localizada na rua Frei Vicente e foi interditada por conta da incidente, de acordo com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador). A Coelba está no local e desligou a energia para evitar acidentes.

Funcionários de um lava à jato próximo usaram uma mangueira para tentar conter o fogo, que destruiu portas, janelas e consumiu a parte interna do imóvel. O terceiro caminhão dos bombeiros chegou por volta das 10h55.

Representante da Casa 14, imóvel que fica ao lado do cinema e que também foi atingido pelo fogo, afirmou que o primeiro carro dos bombeiros não tinha água suficiente. "Os bombeiros informaram que na Baixa dos Sapateiros (onde fica um grupamento) estava sem água e eles tiveram que buscar água no Iguatemi", contou Simone Carrera. O Corpo de Bombeiros nega que tenha havido falta de água.

"O primeiro caminhão tinha água que foi usada no combate e por isso acabou. Como houve dificuldade em localizar o hidrante (que fica dentro de uma casa, que estava fechada), então vieram dois outros caminhões: um do grupamento do Iguatemi e outro de Lauro de Freitas", explicou o subcomandante Leandro Vialto.

Como o casarão estava "energizado", ou seja ligado à rede elétrica, foi preciso aguardar o desligamento pela Coelba. Equipes da concessionária foram acionadas para o desligamento de rede elétrica e consequente trabalho dos bombeiros - trata-se de um protocolo de segurança. No local, onde não havia hidrantes, estavam atuando pelo menos sete bombeiros.

Por volta das 11h, o bombeiro Jonae Braz informou que o fogo foi contido, mas como tem muita madeira no imóvel, há o risco de o incêndio ainda retornar. 

O objetivo agora dos bombeiros é fazer o rescaldo - evitando que o fogo passe para outros imóveis. Segundo ele, há risco aparente de desabamento do imóvel, que ficou destruído. O proprietário do cinema, Marcelo Sá, chegou ao local visivelmente emocionado.