Salvador

Fraude no Bilhete Avulso resultou na venda ilegal de mais 48 mil passagens

Segundo os auditores do serviço de transporte, 389 cartões utilizados na fraude serão bloqueados

Redação Correio 24h
- Atualizada em

O serviço de auditoria do sistema Integra descobriu um esquema de fraude envolvendo o uso dos Bilhetes Avulsos. De acordo com o órgão, 389 cartões vêm sendo usados e 48.200 passagens já foram vendidas de forma irregular.

De acordo com o assessor de Relações do Trabalho da  Coordenação de Auditoria da Integra, Jorge Castro, a fraude existe desde que foi criado o sistema de integração. "Um grupo de pessoas vem utilizando esse benefício de uma forma leviana e criminosa", disse Castro. Ainda segundo o assessor, esses 389 cartões utilizados na fraude serão bloqueados.

Além de bloquear os cartões, a Integra ingressou com notícia-crime na 1ª Delegacia Territorial (1ªDT/Barris), solicitando a instauração de inquérito para apurar o caso. Os dados que comprovam o crime foram colocados à disposição da polícia. Castro disse ainda que as pessoas que porventura se sentirem prejudicadas com os bloqueios poderão ir até à delegacia e esclarecer a situação.

De acordo com os auditores, os fraudadores carregam os cartões com créditos em valores variados e comercializam as passagens nos terminais de ônibus, sobretudo na Estação da Lapa. Eles então vendem a um usuário a primeira passagem por valor inferior ao da tarifa oficial e, logo depois, vendem a outro a passagem de integração que, por decreto, é gratuita.

Ainda segundo os auditores, as pessoas envolvidas no esquema chegam a ameaçar e coagir os usuários de transporte público para que eles comprem as passagens. De acordo com Jorge Castro, os envolvidos nos esquema já foram descobertos, porém, as identidades deles serão mantidas, ao menos por enquanto, em sigilo, para não atrapalhar o processo de investigação.

Veja Mais