Música

Fundador da Neojibá é o primeiro brasileiro a receber título da Royal Philharmonic Society

A cerimônia acontece no dia 14 de maio, em Londres, e reúne também mais quatro personalidades

Editoria Cultura & Comportamento*
- Atualizada em




Ricardo Castro recebe título de Membro Honorário da Royal Philharmonic Society em Londres, no dia 14 de maio

O pianista e maestro Ricardo Castro, diretor artístico e fundador da NEOJIBA - Núcleos de Orquestras e Corais Infanto-Juvenis no Estado da Bahia, é o primeiro brasileiro a receber o título de Membro Honorário da Royal Philharmonic Society (RPS). A prestigiada instituição criada em 1813 na Inglaterra já teve entre seus membros ilustres personalidades da história da música ocidental.


Veja outras notícias de música no iBahia


A nomeação a Ricardo Castro, baiano, nascido em Vitória da Conquista, acontece no ano em que a Royal Philharmonic Society comemora 200 anos. A cerimônia acontece no dia 14 de maio, em Londres, e reúne também mais quatro personalidades, de acordo com a RPS em seu site, que apoiam jovens músicos em diversas comunidades do mundo realizando uma grande diferença nas suas vidas com o fazer musical. John Gilhooly, presidente da RPS, explica que esta nomeação é de fundamental importância para a cultura musical. "Em seu ano do bicentenário, a Royal Philharmonic Society está olhando para fora e optou por honrar esses músicos, que entendem a importância fundamental da cultura na sociedade e seu potencial para mudar a vida. Cada um deles mostrou tenacidade e visão, todos são impulsionados por um "amor à sua arte", que está muito em sintonia com os princípios fundadores da RPS", explica Gilhooly. *Com informações do Blog da NEOJIBA.

Comentários
Veja Mais