Brasil

Homem tem morte cerebral após ser atropelado por égua que fugiu de Jockey

Damião Amaral de Carvalho estava internado em estado grave

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O garçom Damião Amaral de Carvalho, de 59 anos, que foi atropelado por uma égua no Rio de Janeiro, teve morte cerebral na última terça-feira (17). O homem estava internado em estado grave e foi atingido pelo animal que fugiu de um Jockey Clube.

(Foto: Reprodução)

O acidente aconteceu no dia 11 de abril e o homem estava em uma moto quando foi atingido. A égua foi atropelada três vezes depois de fugir do local e sofreu traumatismo craniano e múltiplas lesões.