Viver Cabula

Integração e metrô facilitam a vida de quem mora no Cabula

Equipamento permite que quem more no bairro consiga ir para os mais diferentes bairros com as mais de 20 linhas urbanas

Especial de Conteúdo

Oferecimento
A mobilidade dos moradores do bairro do Cabula passou por grandes modificações nos últimos anos. A principal mudança aconteceu após o início da operação das Linhas 1 e 2 do metrô de Salvador. O transporte e a integração com os ônibus metropolitanos e urbanos têm facilitado a vida de quem vive na região.

O Terminal do Acesso Norte, que atualmente funciona como transbordo, está entre as novidades que provocaram mudanças na vida dos soteropolitanos e, principalmente, moradores do Cabula.
Foto: Divulgação
O equipamento permite que quem more no bairro consiga ir para os mais diferentes bairros com as mais de 20 linhas urbanas, além das metropolitanas. Ao todo são 18 baias para os veículos e capacidade para receber 70 mil passageiros por dia.

Os ônibus estão integrados ao metrô e, com isso, o usuário paga uma única passagem e consegue utilizar os modais dentro de duas horas. Dentro do Cabula, por exemplo, os moradores podem pegar um ônibus, descer no terminal de ônibus e pegar o sistema metroviário, que leva para diferentes regiões da cidade, pagando o valor de R$ 3,70 (inteira).

A estação de metrô pode ser utilizada para quem deseja pegar o transporte pela Linha 1 ou pela 2. Com o fim da construção de todas as estações – a última foi entregue no último dia 26 de abril -, o passageiro agora pode ir até o Aeroporto, por exemplo, da Acesso Norte, em menos de 25 minutos, ou fazer o percurso para a Lapa em cerca de 10 minutos.

Além disso, os moradores ainda contam com opções para seguir ao Shopping da Bahia, Av. Paralela, Av. Tancredo Neves, Lapa, Brotas, Bonocô, Centro da cidade e Pirajá, de forma rápida pelo sistema metroviário.