Salvador

Irmã Dulce ganha livro infantil, exposição em shopping e procissão; veja programação

No domingo (13) milhares de devotos e admiradores da vida e obra de Irmã Dulce irão participar da programação

Jorge Gauthier, do Correio 24h

As homenagens em memória pelos 25 anos de falecimento do Anjo Bom da Bahia e a  sétima edição da Festa em honra à Bem-Aventurada Dulce terão celebrações especiais a partir desta sexta-feira (11). A freira baiana Irmã Dulce, morta em 1992, ganhará mais um livro em homenagem à sua trajetória.


Com apenas 10 anos, Gabriel Weber lançará nesta sexta (11) o livro 10 Anos de Aventuras,às 18h, no espaço Livres Livros, no Shopping Bela Vista (2º piso). O menino, que desde os seis anos é sócio-protetor das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), conta na publicação sua história desde quando passou a doar parte de sua mesada para ajudar a entidade. Ele traz em sua obra um relato emocionante de suas iniciativas em benefício das pessoas acolhidas pela instituição do Anjo Bom da Bahia.

A publicação está sendo patrocinada pelo Esporte Clube Bahia e terá 80% da renda obtida com as vendas direcionada para as Osid. Os recursos serão aplicados na reforma da biblioteca do
Centro Educacional Santo Antônio (Cesa), núcleo de educação da Osid que atende 700 crianças e adolescentes em situação de risco social no município de Simões Filho.

No domingo (13) milhares de devotos e admiradores da vida e obra de Irmã Dulce irão participarda programação em homenagem ao dia da beata baiana. A sétima edição da Festa em honra à Bem-Aventurada Dulce dos Pobres terá início às 8h, com a Caminhada Irmã Dulce, com saída da Igreja do Bonfim em direção ao Santuário da religiosa, localizado no Largo de Roma. A manhã festiva segue com a celebração da Missa Solene, às 9h30, também no Santuário do Anjo Bom da Bahia, presidida pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger. A agenda contará ainda com Momento de Louvor (14h); Exposição, adoração e bênção do Santíssimo Sacramento (15h); e Missa dos Devotos (17h).

Também no domingo (13) será aberta a exposição O nosso tempo é o tempo de Irmã Dulce, que apresenta, de forma lúdica e interativa, a trajetória da freira baiana e o crescimento, ao longo das últimas décadas, da instituição fundada por ela. Organizada pela Assessoria de Memória e Cultura da Osid, a exposição será aberta no próximo dia 15 de agosto, às 16h, no Shopping Piedade (piso L2), em evento que contará com a presença de profissionais, moradores e voluntários da entidade, além de devotos e admiradores da vida e obra de Irmã Dulce.

De acordo com o assessor de Memória e Cultura da Osid, Osvaldo Gouveia, a intenção da exposição é mostrar que “mesmo após a morte de Irmã Dulce, esse continua sendo o seu tempo, por meio da propagação do seu legado”. “É uma exposição sobre a obra de Irmã Dulce. Na mostra, por exemplo, cada um dos últimos 25 anos será marcado por uma conquista".

Através de recursos digitais e audiovisuais, a mostra vai disponibilizar, por exemplo, totens interativos que permitirão ao público navegar pela história do Anjo Bom da Bahia e de suas Obras Sociais, podendo até mesmo ouvir a voz da Bem-Aventurada.

O que se comemora no dia 13 de agosto?

Por ocasião de sua Beatificação, ocorrida em maio de 2011, Irmã Dulce recebeu o título de Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, tendo o dia 13 de agosto como data oficial da celebração de sua festa litúrgica. O significado da data remete a 1933, quando a jovem Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes ingressou na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, no Convento de Nossa Senhora do Carmo, em São Cristóvão (Sergipe). Naquele mesmo ano, no dia 13 de agosto, com 19 anos de idade, ela recebeu o hábito e adotou, em homenagem à sua mãe, o nome de Irmã Dulce.
 
Programação da festa em honra à Bem-Aventurada Dulce dos Pobres

Data: 13 de agosto
Local: Santuário de Irmã Dulce (Largo de Roma)
8h - Caminhada Irmã Dulce, com saída da Igreja do Bonfim em direção ao Santuário da Bem-Aventurada;
9h30 - Missa Solene, presidida por Dom Murilo Krieger, arcebispo de Salvador e primaz do Brasil;
14h - Momento de Louvor;
15h - Exposição, adoração e bênção do Santíssimo Sacramento;
17h - Missa dos Devotos


Veja Mais