Brasil

Loja devolve dinheiro gasto com quarto de bebê após cliente perder a filha

Renata Marino Senise perdeu sua filha dez dias depois do nascimento

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )
- Atualizada em

A loja Ameise Design aceitou a devolução dos móveis de quarto de bebê após cliente perder a filha, dez dias depois do nascimento. A empresária brasileira Renata Marino Senise, de 33 anos, estava sem saber o que fazer com os pertences que comprou para a pequena Isabella e demorou cinco meses para decidir desmontar o quarto.

A filha de Renata nasceu saudável em maio deste ano, de parto normal, na 38° semana de gravidez. Mas, quando iam receber alta da maternidade, ambas tiveram uma febre e continuaram internadas e Isabella não resistiu. Em entrevista à revista Veja, a empresária garantiu que a causa da febre foi herpes tipo 1. 

Foto: Reprodução / Facebook

Com a perda da filha, Renata precisou de terapia para tomar a iniciativa de se desfazer dos itens comprados para a sua bebê. Para desmontar o quarto, a empresária contou com a ajuda da arquiteta que planejou o local que entrou em contato com a loja de móveis.

Informada do ocorrido, a Ameise Design deu duas possibilidades à Renata. A primeira delas seria receber o valor integral de volta pelos produtos ou desmontá-los gratuitamente e guarda-los para usar no futuro. A empresária optou por devolver os móveis definitivamente.



Também em entrevista à revista Veja, a loja informou que não tem um protocolo padrão de devolução de produtos e que eles agiram de acordo com o que concluíram ser necessário na ocasião.