Nem Te Conto

Publicada em 04/09/2013 às 11h27. Atualizada em 04/09/2013 às 16h45

Longe dos holofotes, Silmara Miranda conta como leva a vida, seis anos após a fama de 'Loira do Tchan'


Ex-dançarina, que substituiu Sheila Melo no grupo de pagode, atua como jornalista e pensa em ser personal trainer


Redação iBahia
(variedades@portalibahia.com.br)
publicidade

Silmara durante o concurso da 'nova loira do Tchan'

Muitos podem até não recordar, mas assim que Sheila Mello deixou o 'É o Tchan', em 2003, Silmara Miranda assumiu o tão cobiçado posto de dançarina do grupo de pagode, que mais fez sucesso no Brasil.

Coube a Silmara - carioca radicada em Brasília - a difícil tarefa de dar continuidade ao trabalho e visibilidade desenvolvido por Carla Perez e Sheila Melo. Difícil, porque quando a loira assumiu o posto, a formação do 'É O Tchan' já não era mais a mesma. Jacaré continuava, mas Compadre Washington já havia passado o microfone para Renatinho da Bahia; Beto Jamaica deu espaço a Tony Salles; e Scheila Carvalho entregou a cena para Aline Rosado, substituída logo depois por Juliane Almeida.


Com a saída de Sheila Mello, Silmara decidiu participar da primeira etapa do concurso 'A Nova Loira do Tchan', no programa do Gugu, pelo SBT. "Lembro que na época eu dava aula de dança e gostava muito de dançar. Quando venci foi a coisa mais maravilhosa na minha vida. Foi muito bom trabalhar com a dança, mas sempre soube que a dança não era para a vida toda", explicou ela em entrevista ao iBahia.

"... quando eu subia ao palco, fazia o que mais amava na vida. Era uma realização!"


A partir daí foi só trabalho: viagens, shows, agenda cheia e compromissos profissionais. Silmara contou que todas as apresentações que fazia eram especiais. "Mesmo que os shows fossem distantes e ficasse o dia todo dentro do ônibus, quando eu subia ao palco fazia o que mais amava na vida. Era uma realização!", relembra.

A ex-dançarina entre os antigos integrantes do grupo de pagode baiano

Apesar de toda a fama, a loira garante que passou por alguns momentos difíceis no período que dançava no 'Tchan'. "Na época em que entrei, o Tchan não estava tão no auge. Os lugares onde fazíamos shows eram distantes, os hotéis não eram bem estruturados. Mas a falta da família pesava mais. Tive que me mudar para Salvador e fiquei longe dos meus familiares e amigos", falou.

"Cada um tinha sua vida, sua personalidade. Nós nunca nos identificamos um com o outro" - contou Silmara sobre ex-integrantes do 'É O Tchan'

Silmara ainda segurou o 'tchan' por quarto anos e, em 2007, deu adeus aos holofotes, encarando o anonimato em uma faculdade de jornalismo. "Fiquei quatro anos no Tchan. Quando vi que a banda estava fazendo menos shows e ganhando pouco, desistir de continuar", revelou ela, que, como jornalista já apresentou um programa na TV e atuou em uma rádio local.

Atualmente, ela faz parte da revista infantil 'Meu Bebê Bahia' e garante que está feliz com o que tem feito: "Caiu como uma luva. Poder trabalhar com jornalismo e falar sobre o que gosto, que é criança, tem sido muito gostoso. Estou encantada principalmente porque a revista teve uma excelente aceitação", pontou.

Por causa do novo trabalho, a ex-loira do Tchan não tem muito tempo de sobra, mas garante que não quer parar por aí. Silmara disse que pretende retomar à faculdade de educação física, abandonada quando se tornou 'Loira do Tchan'. "Quero voltar às atividades que fazia antes e ser personal trainer. Pretendo me formar na área e trabalhar com isso também", disse.

Família
Morando em Salvador, a loira não teve sucesso só em sua carreira profissional, mas também em sua vida amorosa. Foi na capital baiana que ela conheceu o atual marido, o cantor Adelmo Casé. "Ele foi uma surpresa que aconteceu quando vim para Salvador. A partir do momento que vim para aqui (Salvador) por causa do Tchan, mudou tudo em minha vida e ele foi a parte boa", explicou.

Silmara e Adelmo durante o casamento, que aconteceu em 2010, em Brasília


O namoro que começou em 2007 foi oficializado com uma festa de casamento em 2010, na cidade de Brasília.  Silmara confessou que a vida de casada, apesar de prazerosa, não é fácil: "É preciso ter paciência, ser parceira e ter alguém especial do seu lado para você conseguir manter. Vamos fazer seis anos juntos e a vida a dois tem suas partes difíceis, mas é muito gostosa".

Fruto da relação, nasceu a pequena Bella, que completa dois aninhos em dezembro. A herdeira, por sinal, é o xodó da casa onde Silmara e Adelmo vivem em Salvador. "Com certeza ela foi a melhor coisa da minha vida. Ela é muito apaixonante e tem uma coisa interna dela própria. Procuro ser uma mãe dedicada, fazer parte do dia a dia dela e fazer tudo com ela. Sou um grude mesmo", brincou ela, que pense aumentar a família em breve: "penso em ter outro filho daqui a três anos, quando ela (Bella) estiver um pouquinho maior. Quero esperar um pouco, porque cuidar de duas crianças pequenas não é fácil".

O casal posou com a filha Bella no batizado da pequena, que vai completar dois anos em dezembro


Saudades do Tchan?
Questionada se sente falta da época que dançava no grupo baiano, Silmara confessou: "a dança é uma paixão na minha vida, mas foi uma fase que já passou. Teve o momento certo de começar e de terminar e já acabou. Agora quero tocar com meus novos projetos, tanto na área de jornalismo quanto na área de educação física".

Durante o bate-papo, ela deixou escapar que a relação dentro do 'É o Tchan' não era tão familiar como o grupo mostrava diante das câmeras. Segundo Silmara, alguns integrantes da banda não eram amigos. "Cada um tinha sua vida, sua personalidade. Nós nunca nos identificamos um com o outro", revelou ela sem entrar em detalhes. Hoje, Silmara já não tem mais contato com os ex-integrantes da banda.

 





Tags: Por Onde Anda?, Silmara Miranda, É O Tchan, Loira do Tchan, ex-dançarina
{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do Portal iBahia; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação
Agenda Cultural