Brasil

Luciano Huck diz que vai participar da renovação política do Brasil

Apesar de conversas com partidos, apresentador evita se lançar como candidato em artigo

Redação do Correio 24 Horas

Com grande popularidade no país, o empresário e apresentador Luciano Huck declarou mais uma vez que tem vontade de se engajar mais diretamente na renovação política do Brasil. Embora já tenha conversado com alguns partidos, como o DEM e o PPS, ele ainda evitando se lançar como candidato. Em artigo publicado nesta quarta-feira (18) no jornal Folha de S. Paulo, ele escreveu que tem "pensado, lido, refletido e ouvido muita gente sobre os melhores caminhos para tirar o Brasil desta triste situação em que nos encontramos", e que "quero e vou participar deste processo de renovação política no Brasil". 


O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é um dos que citou o apresentador como um nome novo que poderia ter força eleitoral diante da atual crise entre os políticos brasileiros. Apesar de aparecer bem em pesquisas, Huck diz que "continuo achando que, de onde estou, fora do dia a dia da política, minha contribuição pode ser mais efetiva e relevante". 

No artigo, o marido da apresentadora Angélica confirma ser membro do "Agora", grupo que define como sendo de "profissionais respeitados e competentes das mais variadas áreas de atuação, todos com vocação pública e experiência, estão se mobilizando para criar uma onda positiva de engajamento, escuta popular e lançamento de candidaturas alternativas ao que temos por aí". 

No texto, Huck também está colaborando e elogia o "Renova Brasil", um grupo de empresários e profissionais liberais que visa a criar um fundo para financiar a formação de novos partidos e o lançamento de candidaturas ao parlamento. O apresentador defende que a saída para o Brasil é "ocupar" o parlamento, "através do voto", com "cérebros, ideias e ideais de primeira qualidade".