Nem Te Conto

Lucio Mauro revela susto com 3ª gravidez da mulher: 'Tive medo'

Segundo o ator, apesar da gravidez "inesperada", ele e a mulher estão tranquilos para a chegada do bebê

Patrícia Kogut, da Agência O Globo
- Atualizada em

O ano de 2017 foi cheio de trabalho para Lucio Mauro Filho. Ele estreou em "Malhação", participou do reality "Pop star" e voltou a interpretar Aldemar Vigário na "Escolinha do Professor Raimundo". Para 2018, planeja um período de descanso por conta do nascimento de sua filha, Liz. Aos 43 anos, o ator vai ser pai pela terceira vez. 

Lucio e a jornalista Cíntia Oliveira estão juntos há 18 anos e têm dois filhos: Luiza, de 12, e Antônio, de 14 (foto abaixo). O ator diz que contará com o apoio da dupla na nova fase: - Quando acabar a novela, eu vou ficar cuidando um pouquinho da família. Cíntia já está caminhando para o oitavo mês, então, o bebê vai nascer antes do fim do trabalho. Mas tudo bem, é a vida. As crianças já são uma equipe e temos a rede de proteção dos avós. Todos vão ajudar a cuidar enquanto eu ainda estiver gravando.

Segundo o ator, apesar da gravidez "inesperada", ele e a mulher estão tranquilos para a chegada do bebê. - Nós já fomos testados como pais, sabemos como lidar - diz Lucio, que relembra o momento em que recebeu a notícia. - Eu estava no meio do 'Pop star' e a Cíntia me disse: 'Precisamos conversar'. Foi uma loucura. Passou um furacão. Agora, eu olho para trás e dou risada, mas, na época, foi complicado. Tive pneumonia durante o programa. Fiquei com medo, achei que não ia dar conta de tudo.


Ele diz que o nascimento vai "trazer mais sabedoria" para o casal: - Agora eu realmente tenho um motivo para cuidar da saúde e me planejar melhor. Eu e Cíntia somos muito acelerados. Não precisa ser assim. Já que não desaceleramos, o destino se encarregou disso. Quero continuar fazendo bons trabalhos, mas um de cada vez.

As férias, contudo, não devem durar muito. Lucio está terminando de escrever um roteiro para o cinema; apresentou um projeto de programa de variedades para a Globo; e poderá gravar a "Escolinha" novamente, caso seja confirmada uma próxima temporada. Além disso, não descarta retornar à TV numa novela: - É uma possibilidade, agora mais do que nunca. Antes de 'Malhação', eu fiquei pensando: 'Será que consigo fazer isso? Será que é bom ficar preso tanto tempo num trabalho?'. Acabei vendo que não é um bicho-papão. Adorei. Foi uma volta triunfal.

O ator estava afastado das novelas há 19 anos e nunca tinha interpretado um protagonista no gênero. Ele viveu o Tuco de "A grande família" entre 2001 e 2014 e depois participou do seriado "Chapa quente": - Passei muitos anos na comédia. O público pedia para me ver em novelas. Tive a oportunidade de fazer drama, por causa da relação do Roney com a filha; comédia, por causa do namoro do personagem com Aline Fanju; e ainda brinquei com meu lado músico. Ouvi as pessoas dizendo que as fiz chorar. Eu sou comediante, estava acostumado a escutar outra coisa. Acho que caiu a ficha para mim e para os telespectadores de que aquele garoto de 'A grande família' virou adulto. Estava marcado pelo papel do caçula e agora vivi um avô.

Segundo ele, a relação com a filha Luiza foi essencial para sua experiência em "Malhação": - Eu tinha um baú maravilhoso para o personagem. Eu e Luiza somos muito parceiros. Em casa, sempre falamos a verdade. Nossa reação é saudável e sincera. Eu venho acompanhando a transformação dela, tenho visto Luiza virando uma adolescente. Quando chegou o convite para o papel, pensei: 'Já fiz minha preparação'.