Moda e Beleza

Marcas lançam calça jeans com zíper traseiro e dividem opiniões na web

A peça traz a costura aparente, um zíper em cada perna e outro no meio da parte de trás da calça

Agência O Globo
- Atualizada em

O lançamento da calça jeans com zíper traseiro gerou polêmica na web. Internautas se dividiram entre os que celebraram a inovação da moda e os que criticaram o mau gosto da novidade. Fruto da colaboração entre as marcas Levi's e Vetements, a peça traz a costura aparente, um zíper em cada perna e outro no meio da parte de trás da calça.

A vestimenta está à venda no Net-A-Porter, com o preço de US$ 1.715 (o equivalente a R$ 5,3 mil). Além da calça, um short de conceito semelhante foi lançado a US$ 1 mil (cerca de R$ 3 mil). As peças podem ser usadas com os zíperes abertos ou fechados, conforme o desejo do consumidor.

A grife francesa divulgou o modelo em seu Instagram e os comentários evidenciaram a controvérsia. Enquanto alguns elogiavam a tendência, os usuários mais enérgicos contra a inovação ressaltaram que ela seria um "facilitador de estupro". Mas houve quem rebatesse que nenhuma peça de roupa justifica o crime ou "convida" abusadores.

"Jeans com zíper traseiro. Nada bom virá dessa peça", registrou um internauta. Outro opinou que, se era para deixar o zíper aberto, que se ficasse sem calças de uma vez. Alguns duvidaram da tendência e se questionaram se não era piada ou ação de marketing.

Do outro lado, internautas ressaltaram o caráter sexy da peça e toparam experimentar. Pelo preço não tão acessível, alguns tentariam adaptar o estilo a jeans antigos.