Literatura

Maria Bethânia abre Flipelô com sarau na Igreja de São Francisco

Emicida e Pasquale Neto são outros nomes que estarão no evento; Festa Literária Internacional do Pelourinho acontece entre 9 e 13 de agosto

Marília Moreira, do Correio 24h

A cantora Maria Bethânia vai abrir a programação da Festa Literária Internacional do Pelourinho, a Flipelô. Bethânia, que se apresentou na inauguração da Fundação Casa de Jorge Amado e cantou para o escritor baiano em seus 80 anos, leva o sarau Maria Bethânia e as Palavras à Igreja de São Francisco no dia 9 de agosto, às 20h. A informação foi divulgada na manhã desta terça-feira (11), durante lançamento do evento.

Foto: Manu Dias/GOVBA
A abertura da Flipelô será restrita a convidados, mas o restante da programação, que segue até o dia 13 de agosto, é aberto ao público. Além da Fundação Casa de Jorge Amado e da Igreja de São Francisco,  argos, espaços culturais e ruas do Pelourinho vão receber a programação. Um deles é o Teatro Sesc Senac Pelourinho, onde acontece uma mesa com o rapper paulista Emicida. A ideia é promover uma verdadeira ocupação cultural no Centro Histórico com a realização de oficinas, espetáculos teatrais, exibição de vídeos e shows musicais.

Outros destaques da Flipelô são o bate-papo com o professor e gramática Pasquale Neto e com a biógrafa de Jorge Amado, Josélia Aguiar, que este ano assina a curadoria da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). A Osba e a cantora Jussara Silveira fecham a programação no dia 13 de agosto, domingo do Dia dos Pais, em um programa que pretende reunir toda a família. "Tenho certeza de que é a festa literária que faltava para alegrar ainda mais a alma de Jorge, de Zélia e de Myriam", diz Angela Fraga, gestora da fundação, ao lembrar dos homenageados da primeiro Flipelô.
 

Veja Mais