Viver Cabula

Mata do Cascão: Região conta com últimos remanescentes da Mata Atlântica em Salvador

Área possui cerca de 200 hectares de vegetação nativa e é contornada por muros, com acesso controlado

Especial de Conteúdo


Oferecimento
Comércio, serviços, escolas e moradia. Todos esses elementos estão presentes e facilitam a vida dos moradores do Cabula. Mas o bairro também é bastante arborizado e possui um dos últimos remanescentes da Mata Atlântica de Salvador – a Mata do Cascão. A área é situada nos fundos do quartel do 19º Batalhão de Caçadores (ou 19º BC) e pertence ao Exército Brasileiro.

A área possui cerca de 200 hectares de vegetação nativa e é contornada por muros, com acesso controlado. Antigamente, apenas soldados em treinamento podiam percorrer suas trilhas, mas agora elas são abertas para visitantes e pesquisadores, desde que com uma autorização prévia do comando do 19º BC.

Foto: Reprodução

A presença da Mata do Cascão contrasta com a intensa urbanização do Cabula e da Avenida Paralela. O acesso a essa mata se dá pela Rua Silveira Martins. Dentro da Mata do Cascão é possível se deparar com muitas espécies nativas, tais como: jenipapeiros, janaúbas, ingás, sucupiras, pindaíbas, paus-paraíbas, pau-pombos. Há também a presença de espécies exóticas, como a jaqueira e a mangueira.

Rio Cascão

Toda essa área verde protege as nascentes do rio Cascão, que alimenta um reservatório de 4.400 metros quadrados de espelho-d’água. A sub-bacia do rio Cascão se espalha por 16 quilômetros quadrados. As águas do rio Cascão vêm da nascente no Saboeiro e de seu subafluente, o rio Saboeiro e ele se encontra com o rio das Pedras na altura do Imbuí.

Diversidade

Não é apenas a grande quantidade de espécimes de vegetais que é protegida pelo Exército na Mata do Cascão. O lugar abriga também uma variedade de animais. E essa é a importância de se continuar preservando a vegetação da região, principalmente as espécies frutíferas. Este ano, o Exército recebeu uma doação de 1.500 mudas nativas da Mata Atlântica de mais de 20 espécies diferentes. Assim, o Exército busca manter viva essa beleza natural que está presente no bairro do Cabula.

Lazer

Conhecer as belezas naturais da Mata do Cascão, assim, se configura como uma forma de lazer não apenas para os moradores do Cabula, mas de toda a cidade. As trilhas, o rio e o contato com a natureza são gratificantes. É possível fazer trilha e conhecer a mata, desde que com a autorização do comando do 19º Batalhão de Caçadores.  E essa autorização pode ser conseguida pelo telefone (71) 3384-9288.