Mundo

Mulher faz ensaio queimando vestido de noiva após descobrir traição e se divorciar

Segundo a moradora de Los Angeles, o homem com quem havia firmado o compromisso de fidelidade, estava há três meses saindo com uma amiga em comum deles

Agência O Globo
- Atualizada em

Descobrir uma traição do marido com uma amiga em comum dos dois no Facebook, após 16 anos de casada, foi um choque muito grande para a americana Kristy Scott, de 34 anos. Para superar o divórcio, ela fez um ensaio fotográfico que mostra o momento em que destruiu seu vestido e buquê de noiva. Nas fotos, a mulher aparece queimando a roupa que representa a memória de tudo o que viveu ao lado do ex-marido.

Segundo a moradora de Los Angeles, o homem com quem havia firmado o compromisso de fidelidade, estava há três meses saindo com uma amiga em comum deles. Ela descobriu o caso em setembro de 2017.

"Eu queria queimar o vestido porque não podia queimar o casamento. Chamei meu amigo que tem uma câmera profissional, seguimos rio abaixo em uma estrada e fiz minha parada", disse Kristy ao site "Metro" em referência ao autor das imagens, Kim Michel. "Foi um símbolo de algo que pensei que era bom, que se tornou ruim", explicou.

Kristy contou que considerava o dia do matrimônio, celebrado em outubro de 2001, como o dia mais feliz de sua vida. Ela acreditava que seu marido gostasse de viver com ela. Embora tenha ficado muito magoada, afirmou que a atitude de queimar o vestido a fez se sentir "mais leve", tendo a sensação de que "um peso foi retirado de suas costas".

Antes das chamas, porém, o vestido passou por um banho de tinta. A publicação dela no Facebook ultrapassou 156 mil compartilhamentos desde o último 18 de fevereiro.

"Ninguém quis me fazer mudar de ideia, todos foram muito solidários comigo e me apoiaram. Foi ótimo", relatou. "Estou indo bem. Estou com um relacionamento agora. Ele é definitivamente diferente do meu ex-marido, de uma boa maneira. Eu definitivamente adoraria me casar novamente, e definitivamente usaria um vestido branco, mas seria muito diferente desse vestido", frisou.