Nem Te Conto

Na Bahia, Roberto Carlos fala de política, filme e revela segredos: “Não durmo de pijama”

Cantor participou de papo descontraído e falou também sobre superação do TOC e música na próxima novela da Globo

Luiz Fábio Almeida (luiz.almeida@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Quando o assunto é vida pessoal, Roberto Carlos prefere guardar tudo em total sigilo. Mas, em um papo descontraído com jornalistas de todo o país, na noite desta quinta-feira (16), em Praia do Forte, na Bahia, o Rei falou sobre o filme que narrará sua história, a música encomendada para ‘A Força do Querer’ – nova novela das 21h da Globo -, o momento político brasileiro e até o jeito de dormir.

Roberto falou sobre vida pessoal e filme. (Foto: Eli Cruz/ iBahia)

Além da imprensa, fãs do cantor acompanharam as perguntas e respostas, antes do início do segundo show do projeto ‘Emoções’, que pela primeira vez acontece em terra firme. A majoritária plateia feminina gritava e aplaudia as declarações do ídolo.

Durante a entrevista, Roberto falou sobre o filme biográfico e o livro que vai lançar nos próximos meses. "Resolvemos lançar o filme antes do livro, mas um contará a mesma história que o outro. Talvez o livro seja um pouco mais extenso nas informações, mas o filme será mais importante nesse momento. Vamos fazer um filme bacana e contando, realmente, a verdade sobre a minha vida”, disse.

Foto: Eli Cruz/ iBahia
Ainda sobre o assunto, o cantor afirmou que não terá censura na cinebiografia e apresentará, inclusive, detalhes sobre o acidente que o fez perder parte da perna direita. "Vai ter tudo da minha vida desde que nasci até o Festival de San Remo. O acidente, a minha vida toda, as questões que enfrentei, as alegrias que tive. Não vamos economizar. O meu filme tem que ter tudo aquilo que aconteceu na minha vida. Se me proponho a fazer um filme sobre a minha história não posso deixar nada de fora”, contou ele, que preferiu não opinar sobre ator para interpretá-lo.

Um dos momentos mais descontraídos da conversa aconteceu quando uma jornalista repassou a pergunta de uma fã para o Rei. A admiradora desejava saber se o pijama dele também era azul. "Eu não durmo de pijama", disse ele, arrancando gritos da plateia. E completou: "Eu durmo de camiseta, sempre branca". Aproveitando o momento, jornalistas perguntaram sobre o dia-a-dia do cantor. “Não saio muito não, bebo socialmente um vinhozinho e um uisquinho. Da voz cuido realmente muito bem. Faço aquecimento de voz, gargarejo, tudo para continuar cantando direitinho", comentou.

Sempre discreto em suas opiniões políticas, Roberto falou sobre o atual momento político do país e rasgou elogios ao juiz Sérgio Moro. "Estamos vivendo um momento muito importante. Quero aproveitar para dizer que muita coisa está sendo dita dizendo que eu disse, mas que eu não falei. É bom saber que eu nunca me manifestei sobre o assunto. Isso me aborrece muito assim como aborreceu ao Gil, que foi envolvido nessa história. Não sou a favor desse ou daquele. Sou a favor da Justiça e sendo a favor da Justiça sou a favor de Sérgio Moro", disparou ele, arrancando aplausos fervorosos da plateia presente.

E o coração do Rei? Roberto Carlos disse estar solteiro, mas “amando sempre”.  "Amando estou sempre, sempre amei, sou amante a moda antiga. Mas se quer saber se estou namorando, não", revelou. Apesar disso, ele teve uma inspiração, não revelada, para a nova música que escreveu, especialmente para nova novela das nove da Globo: “é uma música dirigida para uma novela, os personagens principais. Demorei muito. Não posso perder esse emprego. Perder a oportunidade de estar em uma novela, não mesmo. Já que a Gloria Perez está me dando esse emprego eu não vou perder essa oportunidade. Ela gostou muito da música.”

Foto: Eli Cruz/ iBahia

Bahia recebe projeto inédito
Após 12 anos em cruzeiros, Roberto Carlos estreou a edição do projeto em terra firme, no Iberostar da Praia do Forte. Por causa da crise e a alta no dólar, a equipe do cantor desistiu de levá-lo para o navio. "A Bahia é linda, uma maravilha. Pensamos em muitos lugares, mas a Bahia acabou ganhando na votação. Eu fico muito contente com a forma que a Bahia recebe o projeto. É um privilégio nosso estar aqui na Bahia”, relatou o artista.

Em três dias de apresentação, dentro de resort na Bahia, o Rei apresentou seus clássicos durante cerca de 1h30 para um público de mil pessoas por noite.