Brasil

ONS diz que 'perda de carga' causou apagão no Norte e Nordeste

Falta de energia provocou transtornos em vários estados na tarde desta quarta-feira (21)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que uma "perda de carga" causou o apagão em cidades das regiões Norte e Nordeste, na tarde desta quarta-feira (21). O órgão também disse que houve um desligamento de 22,5% da carga total da energia em vários estados e que não há previsão de restabelecimento.

"Uma perturbação no SIN causou o desligamento de cerca de 18.000MW, majoritariamente localizados nas regiões Norte e Nordeste, correspondendo a 22,5% da carga total do SIN naquele momento. Em consequência da perda de carga, entrou em funcionamento o primeiro estágio do Esquema Regional de Alívio de Carga do Sistema Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com corte automático de consumidores, no montante de 4.200MW", diz a nota do ONS.

O Operador também afirma que "os sistemas Sul, Sudeste e Centro-Oeste ficaram desconectados do Norte e Nordeste" e que as equipes estão "neste momento dedicadas à recomposição dos sistemas" das duas regiões restantes.

A Energisa, concessionária que atende diversos estados, emitiu comunicado oficial informando que  “um problema técnico na Usina de Belo Monte [Pará] interrompeu o fornecimento de energia para o Norte, Nordeste e parte do Sudoeste”.

Impactos
Em Salvador, o apagão afetou serviços e provocou transtornos à população. O metrô da capital baiana também parou e até o momento não restabeleceu o funcionamento. "As nossas operações estão suspensas temporariamente. Dos trens que estavam em operação, apenas dois pararam entre estações e foram evacuados. Os usuários foram encaminhados com segurança para as plataformas mais próximas. Acesso das estações seguem fechados até o restabelecimento da energia", disse a assessoria da CCR Metrô Bahia.

De acordo com a Transalvador, boa parte dos semáforos da cidade estão desligados. Já é possível sentir o impacto da falta de luz em congestionamentos pela cidade. O órgão também informa que está enviando todo seu efetivo para as ruas para organizar o trânsito nos principais cruzamentos da cidade, como Rua Lucaia, Barris e nas proximidades da Uneb.

No Aeroporto Internacional de Salvador, segundo a sua assessoria de comunicação, a operação está normalizada. O gerador do terminal começou a funcionar assim que a energia caiu. Dois voos que estavam saindo no momento partiram normalmente. Até o momento, não há registro de atrasos ou cancelamentos.